História Por trás das câmeras - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)
Personagens Armin Arlert, Eren Jaeger, Levi Ackerman "Rivaille", Mikasa Ackerman
Tags Rivamika
Visualizações 115
Palavras 3.629
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - Acampamento?


Tudo estava frio naquele momento.

Eu sentia medo.

Vontade de correr.

Mas eu não podia, aquilo, ouvir aqui lo era necessário.

Coloquei meu celular em viva voz, meu coração estava batendo forte mais no meio dessa tempestade o Levi foi como uma borboleta no meio tudo, com ele ali senti que iria ficar tudo bem...

-Na verdade essa historia começa bem antes do seu nascimento...há anos atrás possívelmente uns 26 anos atrás se não me engano... Sua mãe e eu estamos tentando ter um filho e conseguimos. Shinozaki seria o nome dela, sua mãe e eu, nós estávamos tão felizes por finalmente conseguir ter uma filha, mas...nem tudo da certo, nossa vida naquele momento que estava uma bela rosa vermelha sangue derrepente começou a perder suas pétalas quando sua mãe sofreu um acidente em um evento com seus leitores, ela tropeçou do palanque e bateu a barriga...a gravidez não era de risco por isso eu não fiquei com medo de algo acontecer, estava cego de tanta alegria, estava começando a dar certo os negócios na antiga empresa que eu trabalhava, sua mãe estava escrevendo como nunca, foi nossa época de ouro, nosso amor naquela época era como do primeiro dia, eu amo muito sua mãe e ela me amava muito naquela época...mas, ela perdeu Shinozaki, por alto tão fútil, perdemos nossa felicidade, perdemos nosso tudo, nossa base e estrutura de tudo, nossos planos, nosso sonho de ter uma família, foi um momento muito conturbado, sua mãe não aceitou a ida de Shinozaki, simplesmente não, ela começou a escrever coisas melancólicas, nessa época ela se trancou e se afastou de min, ela estava tão abalada psicologicamente que eu acho que esqueceu que eu também estava sofrendo...ela lançou um livro que ficou muito famoso chamado "Gritos da alma" eu o li, e foi tão doloroso, eu me senti tão inútil sobre isso, o livro descrevia o sentimento de perca, como sua mãe já era uma escritora conhecida quando o livro foi lançado logo nessa época todos ligaram os pontos, mais voltando ao principal, as coisas ficaram assim uns dias, eu era um covarde. Tinha medo de não saber oque falar, eu tava totalmente desmotivado, então eu tive um pesadelo...sua mãe cometia suicídio, logo quando acordei assutado resolvi que isso não poderia ficar assim. Eu abri a porta com a chave mestra e a vi no canto do quarto dormindo sentada no chão, podia ver em suas olheiras as noites mal dormidas, a peguei no colo e coloquei em nossa cama, depois disso as coisas melhoraram consideravelmente, comecei a tirar dias e dias para cuidar dela, dando tudo na mão e a tratando super bem, ela me agradecia e sempre sorria acompanhando seu sorriso de um "Sou grata por ver que realmente casei com o homem da minha vida..." fiquei tão feliz, bem, com tempo ela parou de se trancar, começamos a sair mais juntos, ela voltou a escrever, lançando "Depois da tempestade" você deve ter lido, um romance muito bonito,bem eu estava muito feliz por ter conseguido passar tempos difíceis, até que um dia estamos deitados prontos para dormir quando sua mãe sorrio e me disse animada "Amor... Eu quero tentar de novo, Shinozaki, Shinozaki pode vir novamente... Por favor..." eu falei sim, claro eu também queria, ai Mikasa, veio você, admito que... Sua mãe queria Shinozaki, mais a convenci de Mikasa, Mi de Minha nova tentativa de felicidade, Ka de Karla, nome da filha da protagonista de depois da tempestade... E SA de Saudades eternas Shinozaki... Sua mãe não saiu nem da porta durante sua gravidez, eu não achei estranho até porque eu também tinha esse trauma mas derrepente sua mãe mostrou que ela tinha algo maior que um trauma, lembro me de ir em psicólogos e passar a história e descobri que sua mãe crio na mente dela que você podia a abandonar a qualquer hora, todas as vezes que você queria sair com amigos e coisas assim, muitas vezes ela não deixava por medo, eu já a peguei chorando quando vocês ia escondida pra casa das suas amigas no ensino fundamental, ela dizia..."Mikasa vai nós deixar, c-como Shinozaki nós deixou " bem eu comecei a apoiar ela em questão de você ficar em casa, eu tinha medo de que ela voltasse aquele antigo estado, mas tudo tava saindo do controle, até inventar que tinha gente te seguindo ela inventou... e eu vi que você estava pendendo sua infância, foi ai que começamos a brigar e sua mãe me mandou embora e disse que não precisava de min... Eu sou humano e então não aguentei mais e sai mesmo de casa, eu disse que ia te levar mais sua mãe... Ela se ajoelhou e me disse "Leve tudo, mas por favor, eu preciso da minha filha..." eu não consegui dizer não, mesmo sabendo como você teria uma vida cheia de privações eu...te deixei com ela, mesmo vendo que ela não demostrava o quanto te ama, eu não sei porque mas sua mãe parece tão fria, como se não fosse ela, você fosse uma obsessão apenas... Eu não entendo sinceramente...É minha culpa, eu te deixei Mikasa, eu, eu...

-Não não pai...não é sua culpa, nada disso é culpa de ninguém -falo colocando a mão tapando meus olhos molhados de lágrimas, eu jamais imaginaria tudo isso por trás do meu nascimento, e como tudo que minha mãe já havia feito ser por amor e trauma, medo... Medo de me perder, estou tremendo, droga. Tenho falar sem demonstrar o choro...mais sinto Levi colocando a mão em meu ombro e olho para ele, antes que ele fale algo meu pai fala mais

-Mikasa... me desculpe por dizer tanta coisa de uma vez assim,por favor pense sobre tudo que eu disse, nada disso é culpa de sua mãe... Por tudo que ela faz eu realmente senti muito medo de que você desenvolvesse raiva ou algo assim por ela...por isso contei tudo, você já está madura o suficiente pra saber de tudo isso...eu realmente queria contar tudo pessoalmente mais não poderia...me desculpe... eu realmente preciso ir dormir, mas queria muito estar ai com você me desculpe filha, papai te ama. Boa madrugada princesa eu torço para que você consiga dormir por que eu não que vou conseguir...boa noite filha, eu te amo muito...

Ele desliga, e então elevo meus olhos ao Levi que na mesma hora se aproxima me dando um grande e apertado abraço e diz

-Pode soltar tudo, não vou te largar até sentir suas lagrimas molhando minha camisa.

Eu estava mal, queria mesmo chorar e não pensei que choraria na frente do Levi nunca, estão fiz uma última brincadeira antes de cair no choro

-Sua camisa vai ficar suja tem certeza? Eu vou soar o nariz nela também...-Falo dando um pequeno sorriso e o abraçando também -

-Vai logo antes que eu desista...e eu tenho uns lenços que são melhores do que minha blusa pra soar nariz

-Obrigada Levi

-Não agradeço Mikasa, eu ainda posso ser um louco que está aqui e der repente te joga dentro de um saco e adeus Mikasa... -Fala dando uma pequena risada -Vamos anda logo porque aqui ta frio... -ele fala isso por fim-

Tudo fica em silêncio, minhas tentativas de mudar de pensamento não funcionaram, tudo voltou a tona...então eu só senti uma tristeza me dominar e meus olhos começaram a soltar lágrimas como se não houvesse fim -

E pelo oque vi, chorei até apagar

[....]

-Acordaaa pra cuspirrrr!! -Sinto alguém em cima de min me sacudindo -

-Oque? -Abri os olhos me assustando -S-Sasha?!

Como cheguei aqui? Levi me trouxe?...de qualquer forma ainda não sei como não tive pesadelo algum, só fechei os olhos e pronto

-Levanta! Vamos fazer alguma coisa pra comer

-Ah sim -Me levanto bocejando -

-bom dia Sukasinha -Armin fala e me olha estranho -pff... -Ele começa a rir -

-Oque foi? -Falo ficando de pé -

-Seu cabelo...

Ah droga esqueci disso...meu cabelo fica uma DROGA quando acordo, fazer oque né? Como eu dormia no meu quarto o Levi não teve a infelicidade de ver meu cabelo, e no dia que dormi com ele no sofá acho que por eu não ter dormido numa almofada confortável meu cabelo tava mais aceitável (graças a Deus) a ultima coisa que queria era ser zoada pelo Lpouco

-Ah vai a merda! -Falo bocejando e logo esfrego os olhos-

-Já acordou bravinha é? -Eren sai de sua barraca com uma bolsa e quando me olha quase começa a rir mas eu repreendo ele antes que ele comece-

Pego minha mochila e abro pra pegar minha escova de cabelo, e vou andando em direção ao rio, nisso Sasha se aproxima -

-Vai aonde?

-Molhar o cabelo e escovar ele, vem comigo? -Falo e dou um sorriso, desde que Sasha chegou não tivemos um momento sozinhas ainda -

-Opa quero sim, só espera eu pegar minha bolsa, vou tomar um banho no rio -fala animada se virando pra pegar sua bolsa -

-Ta bem -Falo a esperando no mesmo lugar -

-Ai alguém viu o Levi? -Eren que estava procurando galhos para fazer um fogueira se aproxima -

-Deve ter ido tirar uma água do joelho -Armin fala dando de ombros -

-Não acho que ele iria fazer isso no mato mas vai saber né, nunca conhecermos as pessoas de verdade

-Pronto Mikasa vamos -Sasha fala com um maio e uma toalha no ombro -

Menos mal, pensei que ia querer tomar banho pelada do jeito que ela é...

-Vamos -Falo segurando o riso ao ver a cara do Armin e do Eren -

AiAi, Sasha é tão bobinha, nem percebe que tão babando no corpo dela

-Aonde vão?

-No rio

-Ah sim, cuidado Mikasa, ouvi relatos de um buraco por aqui

-Não tem perigo, ontem eu fui na de madrugada e não vi buraco nenhum

-Como assim buraco? -Sasha olha pensativa -

-Antes tinha animais nessa floresta, ai tem algumas armadilhas, tipo pra urso sabe?

-Ah entendi, tudo bem obrigada pelo aviso, até daqui a pouco

[...]

-FINALMENTE -Sasha fala se jogando no rio e molhando até a min -

-Idiota me molhou -Falo rindo enquanto sento em uma pedra na beira do rio e pego água com as mãos e jogo no cabelo -

-Pula aqui Mikasa! -Sasha fala dando uma mergulho -A água ta ótima!

-Deus me livre a água ta super gelada -Falo fazendo careta, mais logo noto que Sasha sumiu -

-S-Sasha? -Falo entrando na beira do rio molhando apenas os pés -Sasha? Para de graça! -Fico olhando para o rio e começo a me desesperar -

-Socorro! -Sasha aparece no meio do rio com os braços pra cima agonizando -

-Sasha! -Pulo sem pensar duas vezes, nesse momento agradeço a meu pai por me da aulas de natação escondido da minha mãe -

Chego até onde ela ta e a seguro mas nesse momento eu vejo que tenho uma amiga bem cachorra.

-Sash-sasha me puxa pelo pé pra baixo e eu molho meu corpo por completo, nisso ambas vamos para a superfície e eu só olho pra cara dela entendendo tudo -

-Cachorra -Falo brava ao ver que ela conseguiu direitinho oque queria -

-me ama tanto que nem lembrou que eu aprendi a nadar junto com você -

-Ora sua...! -Começo a perseguir- lá no rio mas graças ao tempo que não nadamos logo cansamos, mas Sasha fica em uma distância segura de min -

-Ah Mikasa, eai foi tao ruim? -Fala rindo -

-Ta não, e até que a água ta boa mesmo -Falo com a respiração acelerada -

-Desculpa te deixar assustada mas é que vi que era o único jeito de te deixar menos tensa, você anda evitando muito a fadiga, isso é precaução ou a idade mesmo? -Fala e solta uma risada -

-Idade o escambal, estou na flor da juventude -Falo convencida -

-Arham sei, e essas gordurinhas ai em?

-Gordurinha tem sua mãe -Falo atacando água na cara dela -

-ta chega de me amar, eai como anda as coisas desde a mudança? Ta gostando do trabalho, até agora me parece bom...também né, trabalhando com esses gatos até eu estaria bem, eu trabalho com criança catarrenta

-Senhor depois diz que ama seu trabalho, e não sua tarada são meus amigos e vão ser isso até o fim, mas no geral sim, to gostando do trabalho e tudo mais

-E o Levi ? -Fala com uma cara maliciosa -

-Ele é meu chefe...e acredite ou não, eu e ela não nos damos bem

-não me engana que eu não gosto, cartas na mesa Mikasa

Droga ai ela me pegou, temos um acordo, começamos ele com uns 15 anos que é o "Cartas na mesa" quando uma de nós diz isso a outra tem que ser totalmente honesta sem passar o pano em nada

-Cartas na mesa não...-falo relutante -

-cartas na mesa sim, solta tudo

[...]

? On

/Em algum lugar na floresta/

-Onde será que eles estão? E a coisa é...eles estão mesmo aqui? -Falo com uma mochila nas costas -

Olho em volta procurando eles mas nada, ando um pouco mais e vejo um canto meio sem mato, me aproximo e noto um buraco

-Nossa ainda bem que ta de dia, certeza que eu cairia aqu-Levi?

-Petra?! Me ajuda a sair daqui! Eu cai aqui ontem de madrugada

-C-calma, como eu posso te ajudar? Oque eu faço?

-Chama alguem, liga pra alguem! -Fala tentando se levantar -

-Não se mexe Levi! -Grito o olhando assustada -

-Por que? Preciso tentar levantar -Fala ainda deitado -

-Então -Dou um sorriso sem graça - Você tem medo de barata?

-Eu tenho cara de ter medo de barata? -Fala me olhando convencido -

-Ok então você não vai se importar com esse "ninho" que barata cascuda a esquerda da sua cabeça né?

-Oque? Não existe ninhos de barata cascuda na floresta -Fala olhando para a esquerda com o canto dos olhos -

-e se por a caso o buraco onde você caiu for aonde as pessoas jogam o lixo e por um triste destinho tem pelo menos umas 15 baratas cascudas...

-...

-Levi?

AHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

[...]

Mikasa On

-Ta admito que gosto do Levi, mas não sei se é mais do que como amigo, eu percebi que tava errada sobre ele e tal, mas não quero me precipitar com nada, em todos os livros da minha mãe um dos dois teve experiencias ruins em primeiros relacionamentos e bem não to afim de entrar nesse padrão...

-Uou, viu sabia que você tava guardando muita coisa pra si...se sente melhor?

-Bem melhor, Valeu Sasha -Sorrio alegre e lhe dou um abraço rapido e apertado -

-Sem problemas, não quero que você não pense que pode contar comigo só porque estamos morando longe uma da outra, tava sintindo que estavamos muito afastadas uma da outra sabe? Alias porque você saiu da barraca ontem? Eu ia te seguir mas vi o Levi indo e não quis parecer incoveniente por isso olhei vocês de longe, Quem tava no telefone? Você tava chorando? Oque houve? -Fala me olhando precupada -

-Meu pai me contou uma longa historia...mas ainda me sinto meio mal em tocsr nesse assunto, eu prometo que conto logo pra você

-Tudo bem Mi, lembra quando eu te chamava assim? Depois que começou a ser a chest sweet

Pff esse apelido começou a pegar depois de um acidente na aula de culinaria na escola, o menino timidozinho e desajeitado tadinho tava passando levando uma vasilha cheia de acuçar mas ele tropeçou no cardaço mal amarrado do tenis dele...resultado: Ele caiu e deramou acuçar em min mas antes dele cai totalmente ele tentou se segurar em min, so que no meu peito, ele queria se segurar no ombro mas deu errado, ele sim chegou a pegar no meu peito mais foi um acidente, não foi intencional foi no desespero de dar de cara no chão, mas o povo não perdoa e começaram a me chamar de peito doce, mas a Sr.Mcfly não gostou e mandou pararem, ai você pensa "ai eles pararam " não mesmo, eles se deram ao trabalho de perguntar o professor de ingles como se falava peito em ingles e depois acuçar, mas de um jeito que não soasse estranho perguntar isso, tipo "professor se eu quero fazer peito de frango como eu falo?" E depois "se eu for na mercearia pedir um quilo de acuçar como devo dizer?" Ai saiu "chest sweet" esse povo quando é pra zoar o limite é excluido do dicionario mesmo, mas depois de pistolar muito eu aceitei e até uso como meu nome no Twitter e adivinha como o garoto timido e tal ficou? Me pediu desculpas e tal e hoje em dia pra mostrar como a vida da voltas, ele é um modelo, lindo e super seguro de si, as mesms garotas que esnobavam ele agora tem posts deles nas paredes do quarto como adolecentes,que alias tavam pra morrer quando ele na biografia dele me citou, porque parece que foi apartir dali que ele cansou de ser zoado e mudou, ele até me marcou no Twitter, ganhei altos seguidores e olha que eu escondia ser uma Ackerman pra não ter fans da minha mãe vigiando minha vida, ai Deus envia esse ser pra me fazer ganhar seguidores por simplismente ser marcada no Twitter dele, é, eu amo o destino

-Nem lembre -Falo rindo -

AHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

-Oque foi isso? -Olho para Sasha assustada -

-Vamos ver! Alguma garota deve ta perdida por aqui porque isso é um grito feminino com certeza, e de garota fresca...

Saimos da agua bem rapidinho e fomos andando em direção ao barulho do grito

-Meu celular! -Falo me aproximando de uma grande rocha, a rocha da noite passada, pensei que Levi tivesse levado meu celular junto, sorte que ninquem passou a mão no meu bebe -

-Esqueceu aqui ontem? Pensei que o Levi tivesse levado -Sasha me olha confusa -

-Tambem...

Calma!

Ouvimos uma voz feminina de determinada direção e fomos ver oque era, talvez dali tivesse vindo o grito, olhando agora percebi que vem de uma rota alternativa do caminho que fiz ontem pra vir aqui...

-Olá? -Vejo de costas uma garota meio agachada -

Ela se vira e me encara com os olhos arregalados apenas ai eu noto quem é

-Petra? Oque está fazendo aqui?

-Mikasa graças a Deus, o Levi caiu no buraco, na armadilha de urso -Fala apontando para o buraco -

Sasha e eu nos aproximamos e não é que o Levi ta mesmo lá? Foi mijar,sei...

-Mikasa? Sasha? Arrumen um jeito de me tirar daqui!

-você ta machucado? -Falo meio precupada -

-Só um pouco ralado

-Que susto pensei que tinha quebrado algo

-Por que?

-Pelo grito que a Petra deu, escutamos lá do rio -Sasha falou apontando para o rio -

-Oque? Não foi eu que gritei, foi o Levi!

-MENTIRA

-Mentira nada! É porque ele ta com medo das baratas cascudas que tem lá!

Ai não da, tive que rir

-Levi com medo de baratas pfff -Falo tentando parar de rir -

-Ta bem edai? Arrumen um jeito de me tirar daqui

-Calma fala com jeitinho -Falo o olhando nos olhos -Ta bem, ta bem va-

-Oque ta acontecendo aqui? -Armin surge de uns arbustos e eren do meio de algumas arvores -

-Perfeito... -Levi fala emburado -

-Então, que bom que chegaram, Levi caiu nesse buraco de madrugada

-Mais ele ta bem? -Eren fala precupado -

-sim esta..mas precisamos ajudar ele!

-Precisamos? -Armin fala baixinho olhando de canto de olho fingindo que ta lixando as unhas -

-Precisamos sim -falo olhando ele com rabo de olho -

-Beleza, pode descer mikasa -Sasha fala me empurando -

-Oque?! Eu não sei escalar isso não

-Você fez escalagem já

-mas na rocha não na terra

-hnm, cof cof -Eren tosse falso olhando para armin que continua a fingir lixar a unha -

-Sasha Eren ta te encarando acho que ele ta afim de você -Armin fala fazendo sua melhor voz de loira metida -

-Oque?! -Eren da uma cutuvelada forte no braço do armin que vira gruni de dor na hora -

-Pra que agredir? Não tem necessidade isso... -Fala olhando Eren -

-CHEGA! AQUI TA FEDENDO ANDEM LOGO! -Levi fala puto da vida -

-Por favor Armin, deixa de lado o fato do Levi ter infernizado sua vida no trabalho e te demitido sem seguro desemprego... -fala como se estivesse orando -

-Er...você não ta ajudando Petra

-Armin você já fez escalada so que alem de rochas em lugares de terra tambem?

-Sim fiz -Fala convencido e sasha o puxa pra mais perto dele -

-Então me mostra, mostra pro merda do Levi que você é foda! Que você consegue ser mais util que ele que precisa ser resgstado igual uma princesinha em perigo -Sasha fala em um tom mais baixo e os olhos de armin se encher de DETERMINAÇÃO -

-Ta bem -Fala super determinado e começa a descer com muito cuidado o buraco -

-oque fez pra convecer ele? -Eren fala curioso -

-um bom e velho incentivo -Sasha fala estralando os dedos -

Essa é a Sasha que conheço, consegue te convencer a se jogar do penhasco

-Finalmente! Muito obrigada, Sasha não é? Sou Petra prazer -Petra fala sorridente e estende a mão sasha corresponde -

-Satisfação, prazer só na cama -Sorri e Petra fica meio envergonhada e ri e ambas voltam a olha o buraco -

-Mas pera ai, como o Armin descendo vai ajudar o Levi em alguma coisa? Eren fala curioso -

-Vish é verdade! O Armin é menor que o Levi -Sasha fala surpresa -

-Vocês querem dizer em corpo né? Por que em altura... -Petra diz olhando Levi -

-Verdade, já repararam que o Levi parece um anão de jardim? -Falo olhando tambem -

-SÓ PRA AVISAR QUE TO OUVINDO TUDO! CHEGA DE FALAR DA MINHA ALTURA!!! -Levi fala em um grito e desviamos o olhar na hora -

-Ah vai Levi tão falando a verdade -Armin fala descendo -

-Ah cala a boca barbie -Levi fala irritado -

-Barbie? E você que parece uma princesinha que precisa ser resgatada? -Armin fala bravo -

-Resgatado o escanbal, eu não pedi a SUA ajuda! -Levi fala ingrato -

-Vai se fuder seu merda, não sei como Mikasa te suporta!

-digo o mesmo!

Bem tentamos nos meter na briga mas não rolou, teria dado tudo bem...se o Armin não tivesse soltado uma mão pra mandar o dedo do meio pro Levi...

-AHHHHHHHHHH

-Quando eu penso que não tem como as coisas piorarem -Falo con a mão na cabeça -

Ai que o universo me supreende...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...