História Por trás de um papel - Aguslina, Ruggarol e Michaeltina - Capítulo 12


Escrita por:

Visualizações 95
Palavras 1.148
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 12 - A grande noite parte 1


Fanfic / Fanfiction Por trás de um papel - Aguslina, Ruggarol e Michaeltina - Capítulo 12 - A grande noite parte 1

*Carolina Kopelioff*

Entro no escritório de Agustin dando o meu bom dia de sempre, sento do seu lado e começamos os últimos preparativos para essa grande festa, só faltava a assinatura dos três comandantes da empresa ou seja: Agustín, Ruggero e Michael, Agustín assinou e pediu para que eu leve aos outros, cheguei na sala de Ruggero que estava trancada, achei estranho, bati na porta várias vezes então o chamei

- RUGGERO! KAROL! Estão ai? – grito perguntando até que ouso alguém gritando de volta

- Já estou indo Caro! – Karol grita como resposta

Não digo nada apenas espero, depois de 5 minutos a porta é aberta por Karol

- O que quer Caro? – perguntou Karol simpática (Como sempre)

- Eu preciso que Ruggero assine esses documentos como confirmação para o baile que vai ter amanhã – digo

- Ok vou pedir para ele assinar, fica aqui já volto – Karol diz e eu concordo esperando a mesma voltar

Espero e logo ela já está de volta

- Aqui está – ela diz

- Obrigada amiga e seu batom está borrado, quero detalhes em casa – agradeço e pisco para ela que fica envergonhada e entre novamente para a sala

Vou em direção a sala de Michael bato e nada, percebo que a mesma está aberta então entro, não havia ninguém ali, procurei por eles naquele andar e nada, perguntei a recepcionista e ela disse que os mesmos haviam subido para o andar onde as câmeras ficavam, agradeci e corri para o elevador, e apertei o botão que se direcionava para o último andar, quando cheguei lá havia um corredor grande com diversas portas, a última estava meio aberta e segui até ela, olhei pela frecha da porta e vi uma cena assustadora

 

 

*Karol*

Ruggero me prensou na parede e disse as seguintes palavras em meu ouvido:

- Vou realizar todas as suas fantasias – sussurrou Ruggero

Me excitei na hora, como ele conseguia me deixar assim, ele me beijou e obvio que retribui, depois de um tempo naquele beijo que me deixava sem folego, ele me pega no colo me levando até a mesa que ele trabalhava, me colocou sentada ali e me puxou mais contra o seu peitoral, paramos por um tempo para voltarmos com o folego, depois voltamos a nos beijar, nesse momento Ruggero já estava sem camisa, passava a mão por todo o seu corpo bem definido, ouvimos batidas na porta, eu até paro o beijo e falo com dificuldade por ele estar beijando o meu pescoço

- Devemos a-a-aten-dder Ruggero – digo com minha respiração acelerada

Ele só me beija assim desistimos da porta, depois de várias batidas achamos que a pessoa já tinha ido em bora, eu já estava com a camisa desabotoada, até que ouvimos um grito de Carolina, respondo me arrumando e digo

- Mais tarde eu cuido de você – digo e Ruggero se senta recuperando o folego, eu só arrumo meu cabelo, um pouco da maquiagem e minha blusa, abro a porta e pego o papel

- O que é isso? – Ruggero perguntou

- Assina e podemos continuar quando você quiser – eu digo

Ele nem fala nada apenas assina e me entrega, dou os papeis para Carolina que me diz algo, que com isso fico envergonhada, entro e volto a beijar Ruggero, depois de um tempo paramos com os amassos e nos recompomos como se nada tivesse acontecido

 

 

*Valentina*

Eu e Michael entramos e tinham alguns homens da empresa a nossa espera, eu cumprimentei todos até chegar um deles que fiquei paralisada, não sei porque, eu já o conhecia, mas não sei de onde, o homem chamou minha atenção me fazendo sair daquele transe bizarro, o cumprimentei rapidamente e voltei a abraçar Michael, forçadamente é claro, não sei por que mas me senti observada pela frecha da porta, não fiz nenhuma questão em abri-la

- E então quando pretendem anunciar o noivado – um homem perguntou

- Se tudo ocorrer como o planejado amanhã mesmo – Michael diz e eu apenas concordo

Quando estávamos subindo o elevador para vir até aqui ele disse

 

*Flash Back on*

- Quando eles perguntarem algo a você apenas concorde comigo ok? – ele perguntou

- Ok mas não sei o porque de tudo isso – digo sem intender

*Flash Back off*

Eles fizeram mais perguntas para mim e Michael, só respondi algumas, não queria mentir muito nisso, mesmo que aquilo que contei não fosse verdade, quando íamos sair ouso uma porta ao lado direto se bater e trancar, a encaro enquanto estamos indo, sabia que estava sendo observada

 

 

*Carolina*

Noivado? Como assim? Quando vi que eles estavam vindo me escondi na porta a direita, já que era a única que estava perto e que estava aberta, quando entrei por sorte não havia ninguém, depois de um tempo que sabia que estava seguro sair fui, não tinha ninguém no corredor e no elevador, quando cheguei ao meu andar fui até o toalete para processar tudo aquilo, serio que a Valentina vai casar sem ao menos contar, quando saio vou direto para a sala de Michael e lhe entrego o papel, depois que ele assina volto até Agustín, termino de arrumar tudo e encontro as meninas no carro, eu dirijo hoje, Karol está ao meu lado e Valentina está atrás, conversamos novamente e Valentina sempre distante, quando chegamos dormimos cedo porque no dia seguinte iria ser corrido

 

 

*Narradora*

As garotas acordam e vão direto ao SPA, os nossos chefes bancaram o mesmo, depois de um dia de garotas elas voltam para sua humilde casa, quando chegam estavam três vestidos a sua espera, elas vão se vestir e a primeira a sair é Karol, ela usava um vestido preto com suas costas a mostra, no vestido continha estampas diversas, era lindo, a próxima a sair era Carolina, usava um vestido com um lindo caimento e na parte debaixo estavam rendas era um lindo vestido, por último mas não menos importante Valentina, usava um vestido preto completamente brilhante, suas mangas eram rendadas, como acessório ela colocou uma choker totalmente preta e assim as garotas saem.

Com os meninos foi bem diferente, eles acordaram cedo para comprarem os vestidos e marcar um horário no SPA para as garotas, depois de um tempo eles pedem para os entregadores, irem até o apartamento e com a ajuda do porteiro eles entram, deixam os vestidos e vão em bora, Agustín vestia um terno totalmente preto, da cabeça aos pés, tirando a sua blusa branca e seu tênis cinza, Ruggero usava um terno preto com sua gravata borboleta vermelha e sua bota preta com cadarços vermelhos e por fim Michael que usava um terno preto com suas botas também pretas.

Eles aguardavam ansiosamente pelas garotas que chegaram deslumbrantes, com uma música ao fundo Imagine Dragons – Natural, bem no refrão elas entram trazendo olhares aos seus chefes e outros rapazes, não é de menos elas estavam deslumbrantes.

 

E assim a festa vai começar           

 

Continuo?


Notas Finais


E ai gostaram?
Se sim comente
Um beijo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...