História Por Trás dos Muros de Mármore - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Drogas, Incesto, Romance
Visualizações 6
Palavras 495
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Leiam as notas finais.

Capítulo 15 - Capítulo 15 - CEO


A vida no Upper West Side não era como todos pensavam, por trás de tanto glamour e dinheiro havia uma verdade que só quem estava dentro via: eles eram podres, quase todos eles, poucos se salvavam.

Alice era uma dessas. Mas além dela o único outro daquela casa era Alex.

A sede por dinheiro e poder estava enraizada naquela família, estava entremeada em seus seres, unidos a quem eles eram. Sem isso eles não eram nada.

Doía em Alice admitir mas sua família amava mais o dinheiro do que uns aos outros. Eles não se importavam com nada do que você fizesse, contanto que não causasse um escândalo. E por um acaso Alice havia causado um bem grande, possivelmente o maior.

Ninguém sabia como a imprensa havia tido acesso àquelas informações, eram todas confidenciais já que Alice era menor de idade. Mas a manchete no jornal havia rendido a garota uma grande dor de cabeça.

Ela tinha recebido um sermão de meia hora sobre como suas atitudes prejudicam o nome Walker, e consequentemente o conglomerado Walker. “Somos uma corporação familiar, querida. Nossas ações refletem na imagem que nossos clientes têm de nós.”

Alice escutou atentamente o que o tio dizia, e quando ele terminou a garota se levantou, disposta a finalmente falar sobre a questão na qual tanto pensara.

- Sabe tio, eu pensei muito sobre isso. Sobre quem vai assumir o cargo de CEO da empresa quando você se aposentar. - Alice começou encarando o tio nos olhos - Todos nós sabemos que nenhum dos seus irmãos poderia, então resta nós, a segunda geração da família Walker. Cá entre nós, suas filhas nunca poderiam. Holly é uma cirurgiã. Alex é um ativista ambiental. E Max é só uma criança.

- Você e Max tem a mesma idade - ele sorriu encarando a garota, como se já tivesse adivinhado o que ela iria dizer.

- Você sabe que não é a mesma coisa tio, ele tem metade do meu Q.I.

- Mas e o Ethan? - ele arqueou sobrancelha.

- O Ethan é um irresponsável. Ele é arrogante, inconsequente e egoísta. - Alice cuspiu as palavras - Coloque-o como CEO e ele vai afundar em uma semana todo o império que nossa família levou décadas para construir.

- Pensei que fosse apaixonada por ele - Noah disse, ele lançou a Alice um sorriso, como se dissesse que a única criança ali fosse ela.

- E eu pensei que você dormisse com a mãe dele - Alice rebateu.

- Parece que dormir com pessoas casadas é coisa de família - o homem não se deixou abalar.

Alice respirou fundo, controlando a vontade de socar o tio.

- Sabe que sou a mais qualificada - disse em voz baixa - Não deixe o seu machismo destruir esse império.

Alice não esperou o tio dizer nada, deu as costas e saiu do escritório.


Alice não sabia que queria ser CEO antes daquele dia, mas agora estava disposta a ir até o fim para conseguir o cargo. Nada, nem ninguém ficariam no seu caminho.


Notas Finais


Oi gente, só queria esclarecer que as mudanças na personalidade da Alice não foram do nada, ela passou por um evento super traumático que mudou ela de forma que nem ela entende. Nos próximos capítulos isso vai ser melhor explicado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...