1. Spirit Fanfics >
  2. Por Um Fio - Yoonmin >
  3. Isca

História Por Um Fio - Yoonmin - Capítulo 48


Escrita por:


Notas do Autor


uma boa e desfrutante leitura.

Capítulo 48 - Isca


Fanfic / Fanfiction Por Um Fio - Yoonmin - Capítulo 48 - Isca

Park Jimin


- lalalala se eu fosse um peixinho e soubesse nadar, eu tirava o Jimin lá do fundo do mar.


Jimin - mamãe, eu sei nadar!


- haha, é apenas uma canção meu filho, me dê essa sacola.


Jimin - não mamãe, eu quero ajudar, quero ser útil. - o mesmo falava enquanto arrastava a sacola pesada pelo chão.


- meu filho. - ela para na frente ao Jimin e se abaixa olhando em seus olhos - você sempre será meu bebê, e eu te amo Jimin. Não fale nada assim de novo, você é útil para mim e para seu pai  tá? - a mesma abraça o pequeno e os dois voltam pra casa cantando e rindo.



Jin - Jimin? abre, preciso de ajuda com algo. - Jin falou logo depois de entrar na casa e bater na porta do quarto. 


Jimin - espere. Estou indo. - o mesmo levantou e vestiu uma roupa mais decente. - entre Jin.


Jin - obrigado. - Jin entra e se senta na cama.


Jimin - cadê o Nam??


Jin - em cama, esperando o lance do Hobi e as coordenadas. - falava enquanto tirava os sapatos.


Jimin - oh, certo. Mas, em que você precisa da minha ajuda? 


Jin - quero saber, mais sobre o Taemin, a parte 2 desse plano envolve ele, devo saber algo que eu posso usar pra... seduzi lo. - falou sério.


Jimin - ah... certo, mas como ajudarei com isso? Eu posso até ter ido fazer aquilo mas, nunca descobrir nadinha. - falou suspirando.


Jin - sim mas, você deve ter visto algo, algo que posso ajudar, como... um ponto fraco dele ou coisa do tipo. - levantou se olhando no espelho.


Jimin - bom, por péssima experiência própria, eu percebi que ele é muito estratégico, meio difícil de entender. ele também é... safado oh se é. - falou revirando os olhos.


Jin - continue. - coçou a nuca.


Jimin - bom só em olhar pra ele, você tira essas conclusões, mas, eu tive uma nova oportunidade e vi que ele é muito molenga quando o assunto é sexo. ele se torna outra pessoa, baixa a guarda completamente. isso ajuda? - falou fazendo bico.


Jin - com certeza Jimin! Já sei até o que irei fazer... - confirmou com a cabeça.


Jimin - oh, certo. Mas, não se deixe levar, ele não é mole. - falou indo pra perto do Jin que estava na cama.


Jin - certo. quase esqueci que ele quase te devorou.. - enrugo as sobrancelhas.


Jimin - não me lembre disso. argh. - revirou os olhos.


Jin - vai contar ao Yoongi sobre o acontecido? - falou preocupado.


Jimin - realmente devo contar, não vou mentir. Vou ser claro e sincero. mas, não agora, vou deixar a poeira baixar um pouco, logo depois de encontrar ele e passar uns dias, eu irei contar tudo. - seu semblante já não era mais o mesmo, seu rosto estava triste e medo lhe punia sempre.


Jin - ei... Estou com você, irei ficar ao seu lado, assim como o Namjoon e o Hobi, não se preocupe, estamos mais perto do Yoongi do que você pensa. - lhe abraçou. 


Jimin - obrigado Jin.


Jin - a segunda parte do meu plano irá acontecer essa noite. - falou depois de soltar o Jimin e se levantar.



Jimin - mas... Jin, o Nam concordou com isso?? 


Jin - não se preocupe, eu já resolvi isso com ele. - piscou pro Jimin.




Kim Namjoon


andava inquieto naquele quarto e vejo o Jin entrar indo pro banheiro. logo vou atrás.


Namjoon - Jin, não conversamos sobre seu plano! eu não vou permitir. - falou de fora do box.


Jin - Namjoon já conversamos sim, irei fazer o que eu disse, e você nem ninguém vai me impedir. - saio do box de roupão.


Namjoon - mas Jin, isso é loucura e perigoso, se ele descobrir  que o Joe é seu irmão e além do mais, não quero que ele coloque aquelas mãos sujas em você, nunca! - ficou na frente de Jin que desviou o caminho indo ara frente do espelho.


Jin - ele nunca vai tocar em mim, e aliás, eu sei como me virar, já pensei em tudo. - ele limpa o rosto com um lencinho.


Namjoon - eu não vou deixar você ir, só se me matarem. - se jogou na cama olhando Jin se arrumando pra dormir.


Jin - eu já decidi, eu quem decido nessa relação. - se virou de braços cruzados.


Namjoon - sabe que não deve fazer isso Jin, não tente compensar aquilo que você fez, só vai doer mais e mais. - Nam se levanta e abraça o Jin.


Jin - eu sei o que devo fazer, e irei fazer. - fala sério.


Namjoon - mas, você não precisa fazer isso, eu te perdoei, o Jimin te perdoou. - lhe solta e olha em seu rosto.


Jin - eu sei Namjoon, mas, fui criado assim, devo fazer aquilo que tenho que fazer, devo compensar o mal que fiz, é a coisa certa a se fazer. - se vira pro espelho e faz massagem em baixo dos olhos.


Namjoon - você é muito teimoso! aaaah. - se joga na cama e tira a camisa logo após. - se você vai fazer isso, vou entrar em greve.


Jin - em greve? Você? - se vira de braços cruzados olhando o Nam. 


Namjoon - sim, acha que não posso? quando faço algo que te irrita você faz isso também, então... nada justo eu entrar em greve. - sorriu descarado e ficou assobiando.


Jin - ah, certo. em greve, tudo bem então. - o mesmo se vira e arruma o cabelo - aqui esta quente.


Namjoon - por isso tirei a camisa, o ar condicionado deve estar com problemas. - me sento na cama.


Jin - ah, então não vou precisar disso. - o mesmo tira o roupão e se joga na cama apenas de box.


Namjoon - que golpe baixo Kim Seokjin. até mesmo pra você. - Namjoon se vira e põe uma almofada no meio das pernas.


Jin - boa noite senhor de greve. - Jin sussurra no ouvido do Nam o fazendo arropiar. 


Namjoon - eu me arrependi disso. aaaa - o mesmo fala e logo tenta dormir.



Min Yoongi


morrer, era tudo que eu mais queria, mas, algo me deixava viver, era minha luz, meu grande amor, é difícil viver longe de você Jimin, toda noite sentia falta de seu cheiro, de sua pele, quero sentir novamente o seu toque e isso me faz morrer por dentro, pois parece uma coisa impossível nesse momento. 


Taemin - eae Yoongi... espero que tenha dormido, tenho uma bela história pra contar pra você. - falou depois de entrar e sentar na escada olhando para o Yoongi.


Yoongi - cala a boca infeliz. - ele levanta do chão e fica sentado.


Taemin - olha a boca! bom, eu vou contar, é do seu interesse... sabe, eu nunca tinha comido morango. - falou tirando o canivete do bolso.


Yoongi - me mate e cale a boca! - abaixa a cabeça.


Taemin - eu? te matar? calma, isso está longe de acontecer... Agora ouça a história. 


Yoongi - vá se ferrar. 


Taemin - você não pede por esperar Yoongi. - aponta o canivete pra ele - bom, como eu falava, nunca tinha comido morango, mas, finalmente comi, o sabor é maravilhoso. o cheiro então! - lambe o canivete olhando para o Yoon.


Yoongi - ME MATE! - abaixa a cabeça sem querer ouvir tudo aquilo.


Taemin - pro seu bem... fique calado, e, se quer saber Yoongi, eu realmente não comi o morango. - ele levanta da escada isso pra porta - eu devorei! hahaha


Yoongi - MALDITO! TE ODEIO! - ele saiu do galpão, Yoon começa a gritar e dar socos e chutes nas paredes, ele chegou no limite pois sua mão estava sangrando de tanto ser usada.



Kim Seokjin



Jin - é hoje Taemin, é hoje. - estava fechando a porta com o cartão quando vi o Jhope e aproximar de mim.


Jhope - Jin? 


Jin - Olá Hobi, o que faz aqui?? - termino de fechar a porta e fico lhe olhando.


Jhope -  cadê o Namjoon? tenho algo importante pra vocês saberem. - o mesmo fala animado.


Jin - ele foi pra casa, agora vou dar início a próxima parte do plano. - sorriu.


Jhope - aaah, espero que consiga Jin! Estou indo atrás do Namjoon, volte logo. - Hobi sorriu e subiu na moto.


Jin - Vamos lá... Taemin, hoje será seu fim. - entrei no carro e fui direto para a boate; logo quando cheguei na frente, estava lotado de pessoas, estava na cara que o Taemin iria vim nessa quinta, ele sempre ia. logo vi o mesmo aparecer de moto.


Taemin - Olá, você sempre vem aqui? nunca te vi... seu rosto, é familiar, mas, nunca te vi por aqui. - falou depois de estacionar e se aproximar.


Jin - acertou... nunca vim aqui, foi uma recomendação.


Taemin - hum... teve sorte, eu conheço esse lugar melhor que ninguém. Se quiser entre, estarei lá dentro. - Taemin sorriu e entrou.


Jin - isso..   morde a isca. - Jin pegou o celular e ligou para o Jimin - Jimin?


Jimin - Eae Jin?


Jin - assim como disse, ele chegou sim.


Jimin - tome cuidado com ele Jin, seja estratégico. logo ele vai querer te engolir inteiro na cama. - falou sério.


Jin - eu sei Jimin, agora. Estou indo, me deseje sorte.


Jimin - até mais! boa sorte! - desligou; Jin demorou um pouco arrumando o cabelo e dando uns últimos retoques no gloss, logo entrou. lá dentro muitos olhavam torto para o Jin, pelo motivo do mesmo esta muito "arrumado" pra aquele tipo de lugar. A passos largos ele chegou perto do Taemin.



Taemin - ei, você veio mesmo.


Jin - recosiderai seu convite. - se sentou no banco e pediu um copo de Whisky.


Taemin - não acha que está arrumado demais?


Jin - você tem razão, devo tirar isso  - Jin olhou sério pro Taemin e tirou o terno que usava, ficando com a camisa social, totalmente apertada.


Taemin - oh, podemos dizer que você ainda continua vestido, até demais. - Taemin sorriu de lado e saio pra fora.


Jin - isso... morde a isca! - Jin falou baixo logo seguiu o mesmo até o carro aonde ele foi impressado no carro.


Taemin - acho que você deve tirar essas roupas.


Jin - farei o que quiser. - Taemin sorriu e logo ligou a moto, e em menos de 4 minutos os dois chegaram na casa do Taemin; antes do Jin entrar, o mesmo foi puxado pra dentro e o outro iniciou um beijo. - aah.. espere! preciso ir ao banheiro.


Taemin - não demore, da última vez que me disseram isso deixei passar  dessa vez não... - o mesmo tirou o celular e a chave do Jin de dentro do bolso - volte logo.


Jin - me espere. - sorriu e foi para as escadas indo para o banheiro; logo quando entrou, tirou a pílula que estava colada no quadril, colocou na boca e foi pra sala. 


Taemin - estava preocupado. - Jin se aproximou e o beijou rápido, o beijo ficava cada vez mais intenso.


Jin - lhe empurro devagar até o sofá e lhe beijo mais, por pouco o Taemin quase descobriu sobre pílula, mas, a mesma derreteu logo depois de um longo Beijo. 


Taemin - me beije mais... - o mesmo puxou o Jin pra perto e logo virou o rosto desmaiando.


Jin - isso! - Jin se levanta e veste a  camisa, logo as caixas e gavetas foram mexidas pelo mesmo, que logo encontrou algo. Jin pegou seu celular e a chave indo embora.



Kim Namjoon


andava igual um pião louco naquela sala com anceio do Jin ter passado algo mas, logo aquela agonia passa quando vejo o mesmo entrar pela porta.


Namjoon - meu amor! finalmente! - Nam se aproxima, lhe dando um beijo.


Jin - senti Saudades. 


Jhope - ei! eu estou aqui viu , deixem o sexo pra depois. - os dois se soltaram e se sentaram na mesa.


Namjoon - Jin, tem certeza que não passou daquilo que você disse? ele fez algo com você?


Jin - Namjoon, não sou louco. Não deixei e deu tudo certo, tenho algo que vai deixar vocês loucos!


Jhope - eu também tenho. mas antes...


Namjoon - antes?


Jimin - cheguei tarde??? vim correndo... - Jimin entrou ofegante.


Jhope - pronto. sentem, vamos colocar as cartas na mesa, oh quer dizer. As coordenadas certas. - ele falou e jogou os papéis na mesa.


Jimin - o que é isso?


Jhope - olha, aqui... aqui, e aqui! - Hobi riscou os pontos e no meio ficou um círculo.


Namjoon - então?


Jin - o meio é a coordenada, de um galpão??


Jhope - sim! 


Jimin - não...


Jhope - o Yoongi está lá, eu tenho a mais pura certeza, é em um lugar vazio  apenas o galpão e plantações.


Jin - que...


Jimin - VAMOS LÁ! vai Namjoon! pega seu carro Jin! - Jimin fala todo animado e com os olhos cheios de lágrimas.


Namjoon - calma Jimin, não temos mais informações... precisamos de mais pistas e ter um plano. 


Jimin - mas Namjoon... - ele fala triste.


Jin - calma Jimin.


Jhope - precisamos de um plano, e algo que posso abrir as portas, cadeados.


Jimin - porque?!


Namjoon - não podemos apenas arrombar tudo.


Jin - eu... tenho uma solução.


Namjoon - qual?


Jin - olha isso. - o mesmo tira várias chaves do bolso junto com um mapa.


Namjoon - AS CHAVES?!


Jhope - bingo!


Jimin - eu... Não acredito. e-eu vou, ver meu amor? - Jimin se abaixou chorando, era o dia, finalmente. o plano finalmente ia dar certo. 



Min Yoongi 


por uns minutos, ouvi um barulho lá fora, logo entrou quatro homens junto com um cara gordo.


- como faremos Chefe Joe?


Joe - arrume o carro, amanhã iremos sair daqui. 


- certo. - eles saíram e logo ouvi um barulho de portão abrindo. Então, eu ia embora? 


Notas Finais


OOOOOPA, CHEGUEI HEHEHE ESPERO QUE GOSTEM!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...