1. Spirit Fanfics >
  2. Por Um Fio - Yoonmin >
  3. "Dono" de casa

História Por Um Fio - Yoonmin - Capítulo 54


Escrita por:


Notas do Autor


㋡ eaeee, demorei muito mas voltei.

*estou arrumando a fic gente, dando um toc hehe e eu espero que gostem dos próximos capítulos.

*muito obrigada por cada comentário! fixo bastante feliz.

*ei! você! não seja um leitor fantasma! ㋡

Capítulo 54 - "Dono" de casa


Fanfic / Fanfiction Por Um Fio - Yoonmin - Capítulo 54 - "Dono" de casa

Min Yoongi


a noite tinha sido cheia de emoções, esses últimos dias aconteceu cada coisa louca na minha vida, ao ser sequestrado me vi em uma situação totalmente precária, sem ânimo pra absolutamente - o motivo é bem óbvio - e sem esperanças em reencontrar todos. até agora, nesse momento em que estou ao lado da pessoa mais importante pra mim, vulgo Park Jimin -mais conhecido como amor da minha vida - acho que estou em um sonho. naquele galpão, em momento algum eu pensei que estaria aqui de novo, lhe vendo dormir e roncar feito um gatinho pequeno, senti seu cheiro adocicado todas as manhãs e noites, e estar presente em todos os momentos da sua vida. mas, isso é mais real do que a minha própria existência. saber que a 20 segundos a partir de agora, ele vai acordar e me olhar com aqueles olhinhos que só ele sabe fazer - inchados por sinal - me faz a pessoa mais realizada do mundo.


Jimin - bom dia meu amor. - o mesmo acorda sorrindo pra mim, com o rosto inchado devido a bebida e ressaca. - ai, eu tô morto de sede. - resmunga.


- eu irei pegar água pra você meu  bem - falo sorrindo de orelha a orelha. - mas antes me dá um beijinho? - me aproximo do mesmo.


Jimin - Yoon, sabe que não precisa pedir. - sorri fofo logo após engatindo na cama vindo até mim. - eu te amo muito. - me deu um beijo na bochecha.


- eu te amo muito também. - sorri e lhe retribui um beijo na testa, logo saindo do quarto, indo para a cozinha onde vi a tia do Jimin - sim ela ainda está aqui junto a mão dele - fazendo um café logo. - bom dia senhoritas. - sorri enchendo um copo com água.


Sra. Park - bom dia. - fala sonolenta -  Jimin está acordado meu querido??


- sim senhora, vim pegar água pra ele, ontem ele bebeu muito, nunca tinha visto ele beber daquela maneira. - rimos juntos.


Sra. Park - Jimin nunca foi de beber assim, mas, pelo o que ele me contou, ele estava feliz, sabe que agora eu sei sobre tudo. - ela sorri simpática.


Tia Jina - olha que eu também sei, como um rapaz como você sobreviveu aquela situação? - ela insinua algo.


Sra. Park - Jina! seja delicada. - jogou um pano de prato na mesma.


- haha não precisa se preocupar. - balanço a cabeça rindo.


Tia Jina - mas eu não fui insensível, ele é... - dá uma pausa - não está bemais... - para de novo.


- quer dizer, não estou em boa forma?? - falo rindo, devido a o caos todo, perdi peso, não tinha comido nada por absolutamente 6 dias, mal sabia o que era algo "comivel".


Tia Jina - isso! isso mesmo. - ela balança a cabeça positivamente.


Sra. Park - não ligue pra ela querido Yoon, eu te acho uma graça. - pega em meu ombro passando por mim, logo se sentando em uma das cadeiras.


- não ligo, eu sei que sou. - ri - agora eu tenho.


Jimin - Yoongi cadê minha água?! - grita do quarto.


Tia Jina - você deve ir logo. - me empurra de leve.


Sra. Park - vá vá vá. - fala apontando pra escada e eu corri rápido.


- Jimin, aqui está sua água. - falo entrando no quarto e lhe vejo ainda na cama - ainda deitado?? - lhe entrego o copo.


Jimin - amor... finalmente! - fala bebendo a água como se não houvesse amanhã - estou com muita sede. - fala suspirando - eu nunca tinha bebido assim, porque me deixou beber Yoongi.


- eu não tive como fazer algo amor haha você não parava de beber, não ia estragar o único e exclusivo dia em que iria te ver bêbado. - fala rindo, nunca tinha lhe visto daquela maneira.


Jimin - seu aproveitador - fala fazendo uma careta - não bebi muito esses dias, acho que estou fraco pro álcool.


- melhor dizer que você nunca mais tinha bebido e caiu de cara em tudo que era bebida ontem haha. - cutuco ele.


Jimin - ei! não zombe de mim. - jogo um travesseiro nele - minha mãe ainda esta aqui??


- estão, sua tia "conservadora" também - faz aspas rindo - elas estão tomando café, vamos descer?? - fala se levantando e estendendo a mão pro Minnie.


Jimin - vamos lá haha, eu quero ovo com bacon, faz pra mim?? - abraço seu braço de lado - faz pra mim?? hum?? - fala manhoso.


- eu faço sim haha irei fazer. - lhe dou um selinho rápido e descemos a escada juntos até a cozinha.


Tia Jina - oh, o príncipe encantado acordou. - se vira enquanto comia um pãozinho.


Jimin - bom dia tia Jina - sorri - bom dia mamãe - vai até ela é abraça por trás.


Sra. Park - bom dia meu anjinho. - beija as mãos do Jimin - sente, vamos comer juntos. - sorri.


Jimin - certo. - se senta ao lado da mãe.


Tia Jina - você deu muito trabalho ontem viu moço, não beba novamente. - fala seria.


Sra. Park - deixa meu bebê em paz dona Jina. - aperta os olhos - Yoongi, sente também. - aponta pra cadeira do lado da Jina, a frente do Jimin.


Jimin - não mamãe, ele vai fazer Bacon com ovo pra mim. - sorri - vá Yoongi, estou com fome.


- sim sim. - me posiciono atrás do balcão e ligo o fogão automático logo pegando os ovos e as tiras de Bacon. - quer daí ele jeito?? - me viro pra ele.


Jimin - daquele jeito! - acentiu com a cabeça.


Sra. Park - hum... segredos. - aperta o nariz do Jimin com os dedos.


Tia Jina - daquele jeito?? - pergunta confusa.


Jimin - sim, segredo nosso. - fecha os olhos orgulhoso - não contarei tia, use os seus próprios fetiches culinários.


Tia Jina - o Min vai me contar.


- não vou mesmo. - ri.


Jimin - haha, não conte, e tia, não perca tempo. - gargalhou.


Sra. Park - vocês são uma graça! - sorri - mas querido vamos provar não é??


- pronto, está tudinho feito. - termino e limpo o balcão.

 

Jimin - claro! - levanta e ajuda o Yoon a servir o Bacon com ovo para todos na mesa.


Tia Jina - isso... - come uma tirinha de bancon.


Sra. Park - melhor que o meu! - sorri espontânea. - você é um dono de casa e tanto querido Yoongi.


- obrigada senhora, morei sozinho... então, eu cozinhei pra mim a vida inteira, desde então me considero apenas um amador, não sou tão bom assim. - explica tudo com um sorriso no rosto.


Tia Jina - eu adorei! - finalmente fala - amador é meu marido! você é um cozinheiro de mão cheia! - aponta a colher pra mim.


- que isso haha. não não. - fala modesto.


Jimin - ele é ótimo tia, eu sempre soube. - sorri todo bobo apaixonado.


Sra. Park - eu sabia que ia encontrar alguém especial meu anjinho. - sorri pro Jimin e pega na mão dos dois - eu quero que saiam, serei de total apoio aos dois, não importa as opiniões, problemas ou circunstâncias, eu sempre serei a fã número um do relacionamento de vocês. - a mesma fala enquanto sorria.


- obrigado por suas palavras senhora. - sorri e Jimin fez o mesmo só que com lágrimas nos olhos; e a tarde junto com eles foi assim, batemos um papo enorme, falamos sobre a infância do Jimin, sobre como ele foi bem em uma audiência pra cantar, mas mesmo assim não seguiu a carreira. fiquei feliz em ser alguém ali naquele  momento, me senti bem ao saber que era da família, eu sabia, era real, nada forçado. 


noite chegou, junto ao frio e a neblina, choveu um pouco antes de ficar apenas aquele vento gostoso, me sentei junto ao Jimin na varanda, onde a gente costumava conversar quando discutíamos - sobre coisas bobas na verdade - mas, ali era apenas o nosso cantinho. e dessa vez, ele foi preenchido por amor, carinho e afeto.


Jimin - o jantar estava muito bom. - sorriu - porque não abre um restaurante?? - falo entre as suas pernas, onde estava recebendo um cafuné nos cabelos. 


- acha que deveria algum dia?? - perguntei pensativo - eu quero fazer algo mesmo, quero comprar uma casa enorme, confortável e quero te fazer feliz. - suspira.


Jimin - ãn? amor? você está. - se vira olhando pro Yoongi - meu amor?? não não! porque está chorando?? - Jimin pega em meu rosto me olhando preocupado.


- Jimin, eu sei que não tenho nada pra te oferecer, eu te disse desde o começo, eu durmo em sua casa, faço tudo aqui, quem sou eu?? - falo o olhando.


Jimin - mas eu amo isso! eu quero que isso dure pra sempre meu amor, não chore. - lhe abraço ainda sentados juntos.


- eu sei... só, pensei nisso esses dias no galpão, Taemin me disse coisas horríveis. sei que eram apenas mentiras. - fala pegando no rosto do Jimin.


Jimin - Yoongi, eu... - fala pensativo.


- Jimin?? - olho pra ele preocupado, sabia que tinha algo, Jimin com certeza tinha feito o impossível pra me encontrar de novo. eu sabia.


Jimin - Yoongi, eu fiz minha parte do plano que eu mesmo criei. - começa a explicar sobre como foi o plano, como foi que entrou na casa do Taemin, falou como foi cada detalhe. - eu sei que foi errado eu sei. - começou a chorar - sei que não devia! - se vira - mas... eu estava desesperado. eu achei que nunca mais iria te ver novamente.


- Jimin. - assim que ouvi tudo aquilo, fiquei em choque, não saia da minha cabeça, quando o mesmo contou o plano, quando ouvi que o Taemin tinha lhe beijado, mesmo não acontecendo nada a mais, mesmo assim meu coração quebrou por dentro. 


Jimin - eu errei. errei feio, me senti sujo, nada daquilo ajudou você. - ele falava aos prantos - e-eu só... me entreguei de bandeja aquele idiota e não ajudei em nada! - Jimin levanta e limpa os olhos que insistiam em ficar molhados.


- Jimin. - lhe sigo com os olhos e fico parado pensando. - eu...


Jimin - sente nojo de mim não é?? - se vira olhando pro Yoongi.


- que? eu não Jimin! - me levanto o olhando.


Jimin - eu sei que sente Yoongi! - chora mais - você mal olha em meus olhos! - acabou desmoronando no chão. - eu entendo se quiser me deixar. eu quem errei.


 - o que??? - me abaixo lhe abraçando - não Jimin não! eu prometi! e irei cumprir. - lhe aperto mais forte no abraço - eu entendi a sua parte, não quero duvidar que foi difícil, pra mim foi um peso não está mais aqui ao seu lado. - me sentei no chão enquanto o abraçava.


Jimin - e-eu sou um idiota. - lhe aperto forte no abraço.


- não é não! e não repita isso de novo. - peguei em seu rosto o olhando - você é Park Jimin, o amor da minha vida, eu sinto muito por tudo que passou - limpo seus olhos - não irei te deixar por nada! tá me ouvindo?? - te olho sorrindo de leve.


Jimin - estou ouvindo sim. - lhe abracei novamente. - me perdoe. - falava sem parar.


- tá tá. - lhe abraço beijando sua cabeça - eu te perdôo, faça o mesmo por mim. - lhe aperto.


Jimin - sempre irei te perdoar. - fala entre pausas. - eu te amo Yoongi.


- eu te amo muito! nunca duvide disso. - levanto e lhe abraço em pé, logo após, fomos pro quarto, e tomamos um banho relaxado, onde um cuidava do outro, sem se importar com tempo, hora ou outra coisa que iria passar, ambos sabíamos que somos um do outro. assim como sempre fomos.  


Jimin - achei que não ia me perdoar. - ele fala deitado em meu  peito, coberto com um cobertor quentinho.


- não pense mais nisso, eu te disse Jimin, você não teve culpa. - alisava seu braço enquanto falava - estava sem rumo. não posso negar que faria qualquer coisa por você também. - lhe beijo na cabeça.


Jimin - finalmente te tenho aqui comigo. - lhe aperto.


- eu quem te falo isso. agora, dorme meu Mochi, apenas durma. - desliguei o abajur e me arrumei ao lado do Jimin, onde iríamos estar a noite toda, preenchendo um ao outro, como nunca antes.


Jimin - Yoongi, eu consegui um emprego, aqui pertinho. - fala pensativo.


- que?? sério?? - me sento - meu amor! - lhe abraço - você é incrível! haha que conquista.


Jimin - haha eu fiquei feliz em saber que gostou.


- sim! eu não devo interferir em nada em sua vida, mas, eu fico feliz por suas conquistas, saiba que sou seu fã número um! - sorri.


Jimin - obrigado! por isso que te amo. - sorri.


- quero que saiba Jimin, sou seu namorado quase noivo mas... eu não irei interferir em seus sonhos, planos e coisas que queira realizar sozinho. - passei um fio de seus cabelos para trás da sua orelha.


Jimin - eu sei amor. falo o mesmo pra você, sou ciumento maaaas... eu deixo você trabalhar naquela oficina cheia de pessoas bonitas e atraentes. - fiz uma cara feia.


- haha para! o único bonito e atraente que eu sempre vou amar é você! - lhe abraço - saiba disso. 


Jimin - eu sei eu sei haha - olhei pro mesmo e lhe beijei - vamos dormir agora?? - sorriu.


- sim, amor. boa noite meu Mochi. - nós aproximamos novamente e lhe abracei, após, dormimos tranquilos, não havia melhor lugar a mão ser os braços de ambos. não existia mesmo. 


Notas Finais


amores, esses próximos capítulos será mais pra deixar claro pro Yoongi algumas coisas, como o que tem nesse, irei encurtar o máximo possível essa explicação, como vocês já sabem, não tem o porque de repiti, então, relevem. a fic vai parecer meio diferente e bem mais pro futuro, porque eu meio que mudei ela sabe, algumas coisas estavam me incomodando, decidi mudar, mas, a história não irá mudar, só coisas que nunca foram ditas que vão aparecer meio que do nada, mas vão ser explicadas bem. até o próximo! ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...