História Por você - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 9
Palavras 672
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Desculpa demorar tanto... É q por conta das aulas estou um pouco sem tempo.
Era só isso, Boa leitura 😘😘❤

Capítulo 4 - O que está havendo comigo??


Kaio on.

Fomos a um restaurante muito bonito, pegamos uma mesa e fizemos nosso pedido. E lá estávamos nós dois comendo.

" Ele parece tão bonito, não, espera... O que eu tô dizendo?, O que eu estou fazendo?... Esse não sou eu, eu não falo coisas assim, principalmente de meninos. Acho que pareço estar em pânico por fora também, ele não para de me olhar... Acho que estou vermelho, cinto meu rosto ter uma leve queimação."

- Você parece um pouco vermelho, você está bem? - Ele me pergunta com um tom de voz doce.

- Eu estou bem sim - Respondo com rapidez.

O que está havendo comigo? 

Kaio off.

Mark on.

Estávamos jantando quando percebo que Kaio está um pouco corado, será que estou olhando muito para ele? Ele estava tão fofo assim com vergonha, eu não posso evitar olhar para ele, ele é muito bonito. Queria saber se ele é como eu. (Caso eu não tenha mencionado, o Mark é gay desde o começo, mas acho q deu pra perceber), tenho tanta vontade de beija-lo mas não posso ainda, tenho que fazer ele confiar em mim primeiro. 

Estávamos quase indo em bora, mas Kaio não queria deixar eu pagar a conta sozinho.

- Eu pago, fui eu quem convidei - Fali mas ele não quer nem saber.

- Eu ajudo vc a pagar! - Ele é muito insistente.

Há muito custo ele deixa que eu pague a conta, vamos para casa e já que nenhum de nós tinha algo útil para fazer ficamos conversando por um tempo, até que percebo que Kaio pegou no sono. O deixo em sua cama e o cubro com um cobertor q tinha ao lado.

- Será que... - Me aproximo de sua boca, cada vez mas - Não! Eu não posso... Ainda não tenho sua confiança. 

Deixo ele descansar, e vou para o meu apartamento, deito na minha cama e fico lembrando o quão perto estive de provar o gosto daqueles lábios cheinhos até pegar no sono. 

No outro dia....

Acordo e já são umas 11:38 da manhã, faço minhas igienes tomo um banho e deito na minha cama, mas logo alguém bate na porta, e é Eressa batendo em minha porta, ele sabe que não tenho nada fazer hoje e vai ficar me perturbando. Então decidi abrir a porta, vejo Eressa com umas duas sacolas nas mãos, parece comida.

- O que você está fazendo aqui? 

- Vim te fazer companhia! 

- Fala o que você quer logo.

- Tá bom... Fala com o papai pra ele me deixar fazer o meu intercâmbio no Canadá - Ela fala com uma cara de pidona - Por favorzinho...

- Está bem, eu falo com ele por você... Agora passa essa sacola pra cá - Falo puxando a sacola da mão dela.

Foi um dia muito bom, assistimos um monte de filmes, saímos para tomar sorvete. Eu sei que minha irmã pode ser um pouco chata e pentelhando mas eu os ela, fazer o que né, ela me conta que ela é Jony estão namorando, e eu conto de Kaio para ela, rapidamente ela lembra e me conta que puxou assunto do nada comece em nossa cafeteria favorita.

Logo escurece, o dia passou muito rapido, minha irmã vai para o apartamento dela, eu tomo outro banho e vou deitar, mexo um pouco no celular mas logo durmo. Amanhã vou falar com meu pai para deixar Eressa ir fazer intercâmbio, afinal vai ser bom pra ela, eu a apoio muito, acho bom ela ter uma experiência como essa, de viajar pra fora e conhecer novas culturas e novos costumes.

Acordo bem cedo com o barulho do dispertador, faço mi há igienes matinais coloco uma roupa confortável e pego as chaves do carro, vou pra casa (do meu pai), quando desço vejo Kaio, acho que está falando com os pais dele, ele também falou que tinha uma irmã, deve ser aquela menina de cabelos castanhos com as pontas de roxo, ele me vê e acena.

Ele está vindo em minha direção com aenina, o que faço? Espera...  Tenho q agir naturalmente, se controla Mark...

- Oi........

             



                    Continua.....



Notas Finais


Desculpem os erros de português...
Espero q tenham gostado bjs 😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...