História Porquê comigo? - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias NOW UNITED
Personagens Any Gabrielly, Bailey May, Joalin Loukamaa, Josh Beauchamp, Noah Urrea, Personagens Originais, Sabina Hidalgo, Sina Deinert
Tags Beauany, Depressão, Joaley, Noart, Romance
Visualizações 60
Palavras 1.200
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Então eu decidi postar mais cedo porque amanhã não vou conseguir postar.

Boa leitura

Capítulo 13 - It must be a joke


Sabina off

Any on

Eu deitei-me na cama e não conseguia dormir então estava apenas de olhos fechados a pensar em tudo o que estava a acontecer mas saiu dos pensamentos quando ouço alguém entrar no quarto. Abro ligeiramente um olho e vejo ser o Josh. Ele vem até mim e fica a encarar me por serca de uma hora até começar a andar para ir embora e eu seguro lhe no braço.

- Não tratem a Heyoon mal, ela não fez nada de errado eu é que não queria dizer nada e ela adiantou-se - digo com as lágrimas nos olhos enquanto lhe vou soltando o braço.

- Tu ouviste a conversa toda? - ele questiona.

-Sim e sei que não deves de estar a perceber nada mas é melhor não perceberes. - argumento.

- Tu és a melhor pessoa do mundo. - ele diz e segura-me na mão. - Tens a certeza que estás bem? Não queres comer nada?

-Sim eu estou bem e não, eu não quero comer nada. - digo.

Quebra de tempo

Bom já se passaram dois messes desde o que aconteceu e bem eu e o Josh continuamos próximos mas afastá-mo-nos um pouco e agora ele anda sempre com a Heyoon, a Sina e o Noah começaram a namorar oficialmente à uma semana, o bailey e a Joalin continuam juntos a Taylor anda bastante próxima de um menino chamado luke e a Sabina, eu e o Lamar agora somos como inseparáveis. Quanto às mensagens elas continuam.

A Bianca acalmou os ânimos mas não sei se isso é bom ou mau, ela pode simplesmente estar a tentar passar por despercebida para depois fazer algo.

A Heyoon nunca tira o olho de cima de mim, mas já me pediu desculpas pelo que aconteceu. O Josh nunca soube o que aconteceu e acha que eu o usei por que me afastei dele entretanto.

Bem hoje é só mais um dia, acho eu, mais bandanas nos pulsos, mais calças e claro mais sorrisos.

Acordo e vou me vestir tomar o café da manhã e vou com o Noah para a escola, chegamos mais cedo do que o normal e não havia ninguém.

- Any posso te perguntar uma coisa? - perguntou o mais velho.

- Claro!- digo.

- Tu e o Lamar estão a ter alguma coisa? - questionou Noah.

-Não. - respondo.

- outra pergunta, porque é que nunca estás comigo, com a Sina, com o Joah, com a Heyoon, com o Bailey e com a Joalin?

- Porque não quero.- Eu digo e apercebo-me que o Lamar e a Sabina estam atrás de mim mas ainda longe e eles estavam a olhar para o portão.

Olho na mesma direção que eles e vejo o Josh e a Heyoon a andar abraçados e antes de entrarem ela dá-lhe um selinho. Eles venhem na nossa direção ao mesmo tempo que o Lamar e a Sabina.

-oi-dizem heyoon e Josh.

-Oi - respondi eu e o Noah.

Sinto uma mão nas minhas costas e vi ser o Lamar.

- Confia em mim. - ele sussurrou para que só eu ouvisse.

- Oi pessoas- diz a mexicana e o britânico.

- Olá princesa. - Diz lamar virado para mim e dá me um beijo que não durou muito tempo.

- Tu não tinhas acabado de dizer que vocês não tinham nada? - pergunta Noah.

- E não é nada de muito especial - eles encaram-me - eu já beijei gente que significava ainda menos uma das quais foi na primeira semana em que estive aqui, não que queira comparar o Lamar com uma pessoa daquelas, mas gente por enquanto não é nada demais.

- Foi mesmo isso que eu vi? - dizem Joalin, Taylor e Sina.

-sim - responde o Lamar.- vamos? - diz para mim e para a Sabina.

Nós saímos de lá, eu estava abraçada ao lamar a tentar segurar as lágrimas. Fomos até ao terraço e eu finalmente deito uma lágrima.

- Gente, eu sei que a Any está mal mas eu tenho que vos dizer que eu tenho falado com uma miúda e eu acho que estou a ficar apaixonado.- Diz o Lamar.

- E quem é? - pergunta Sabina enquanto eu pego num cigarro de erva.

- Chama-se Sofya e é Russa! - ele diz.

-Eu sei quem é! - digo. - ela é muito fofa, shippoooooo.

-Any, isso é erva? - perguntou o Lamar.

-yha. - digo já meia chapada.

Ele vem até mim e tira me o cigarro da boca.

-Mas... - reclamo.

-Mas nada, não vais para a aula, vais ficar aqui comigo. A não ser que queiras ter problemas.- ele diz.

- Vocês podem ir os dois eu desenrrasco-me. 

Eles saem e eu fico sozinha

Any off

Josh on

Eu realmente amo a Any, mas ela só me usou, foram uns beijos e depois quase deixou de falar comigo e disse para eu ajudar a Heyoon e nisso tudo eu percebi que a Heyoon é uma ótima pessoa, também descubri que ela gostava de mim e ontem ficamos, nada de sério tipo eu fico com outras garotas mas na boa acho eu.

Eu cheguei com a Heyoon e vi a Any e o Noah a falar depois aparece o Lamar e beija a Any, parece que aquele momento durou anos, doeu-me tanto e depois ela dá a entender que eu nunca fui nada. Isso doeu mais do que muito é como se ela tivesse o meu coração nas suas mãos. 

Agora vou ter aula com a Any, com o Lamar, com a Sabina e com a Taylor. Chego na sala e lá estava Taylor, no mesmo momento em o professor chega a Sabina e o Lamar entram mas nada de Any.

- Sabina? - sussurro.

- Diz! - ela sussurra de volta.

- Onde está a Any? - pergunto.

- Ela não se sentiu bem e não quis vir à aula- ela responde.

-Professor! - chamo a atenção do mesmo.

-Sim? - ela diz.

- Posso ir no banheiro, estou com muitas dores. - faço cara e voz de sofrimento.

-Claro.

Saiu da sala e vou para o terraço e como esperado encontro lá a Any, mas ela não parecia muito bem então decido não incomudar, ela vira-se ligeiramente na minha direção e eu reparo de ela está drogada. Disto eu não estava à espera.

Josh off

Any on

Eles saem e cerca de 30 minutos depois eu recebo mais da mensagens do meu ex, e a minha cabeça começa a doer então decido ir embora.

No caminho sou puxada para um beco e dou de caras com o Ryan, sim o meu ex.

- Finalmente encontrei-te.- ele tenta me beijar mas eu viro a cara, eu comecei a chorar desesperada e quando ele me punha contra a parede. - Rebelde como sempre, mas mais gostosa. - ele diz é aperta a minha bunda com força fazendo com que eu chorasse ainda mais, ele começou a dar-me socos e mais socos, e como eu estava sob o efeito de drogas não me conseguia defender. Ele ia continuar mas voa para o outro lado com um soco, limpo as lágrimas e vejo que era o Josh.



Continua....





Notas Finais


Por favor dêm sugestões para a fic!

Desculpem qualquer erro!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...