1. Spirit Fanfics >
  2. Porque eu sou uma garota?(Kiribaku) >
  3. Ciúmes

História Porque eu sou uma garota?(Kiribaku) - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Eai galerinha, mais um Capítulo pra vocês

Capítulo 7 - Ciúmes


Fanfic / Fanfiction Porque eu sou uma garota?(Kiribaku) - Capítulo 7 - Ciúmes

           (Pov bakugou)

Depois daquela noite "agitada" se é que me entendem, eu e kiri dormimos de conchinha, não sou dessas coisas...mas até que gostei:3

                    (6:00 am, terça)

Acordei tomando um susto com a porra do despertador tocando e cai no chão, kirishima acorda assustado olhando para o chão e começa a rir

-cala a boca, cabelo de merda - digo com raiva, mas depois começo à rir também

 Continuando...nos acordamos "normalmente" e kiri foi para o seu quarto se arrumar para a aula enquanto eu também fazia o mesmo, fiz minhas higienes e coloquei o uniforme, quando sai do meu quarto vi kirishima saindo do seu ao mesmo tempo, peguei na mão dele e fomos para a aula, enquanto caminhavamos riamos e conversavamos , até que chegou aquele nerd de merda

-oi kirishima, queria falar uma coisa com você...- obiviamente eu estranhei, era raro o deku conversar com o kiri. Kirishima apenas deu permissão para ele falar  dava obviamente para ver que estava curioso

-ergh...a sós- o deku falou me olhando com um rosto um pouvo assustado, oque aquele nerd de merda quer com o kirishima?

-bakugou, você pode ir indo, te vejo na sala- falou kirishima soltando minha mão, cara...como eu tava puto nunca tinha me sentido assim antes, eu só concordei com ele e fui andando pra poha da sala

                    (Pov kirishima)

Achei estranho o midoriya ter me abordado assim, mas devo admitir...eu tava muuuito curioso, o bakugou tava muito calmo essa manhã mas assim que eu falei para ele ir indo p sala, ja que o midoriya queria falar comigo "à sos", ele ficou com uma expressão mais fechada e saiu andando com raiva, estranho, mas tudo bem, nesse momento eu so quero saber oque o midoriya quer conversar comigo

-então...kirishima, eu queria saber se você pode me ajudar

-ajudar? Com oque?- eu vi o rosto dele ficando avermelhado, tipo, muuito avermelhado

-é que...eu..eu...g-gosto...- cara o midoriya não terminava aquela frase nunca- você gosta...-eu tentei o ajudar um pouco

- EU GOSTO DO TODOROKI - fiquei surpreso ele falou um pouco alto, não tão alto de outras pessoas ouvirem mas...ainda sim foi alto

-e queria saber se você p-pode me ajudar, ja que você está com o bakugou pensei que você poderia me ajudar a me confessar para o todoroki- eu o olhei surpreso pela situação

- Eu não falei com o bakugou, porque...você sabe né...o bakugou é...o bakugou-assenti com a cabeça com um pouco de exagero-mas s-se você não quiser tudo bem...

-Não, não eu te ajudo

-obrigada, kirishima, obrigada meesmo- ele fala pouco antes de me abraçar, fiquei um pouco surpreso, mas feliz por conseguir ajudar um amigo

Então depois dessa história toda do midoriya e do todoroki voltei para sala onde vi bakugou, nervoso e com raiva, isso ja era normal, mas faz muito tempo que ele não fica assim, pra ser sincero dês de que a gente começou a namorar, apenas ignorei sua raiva e sentei ao seu lado

-Onde você tava poha? Porque demorou tanto? Oque aquele nerd falou com você?- ele falou furioso, nossa realmente assustador

-wow, calma, quantas perguntas,
1°: eu estava no corredor conversando com o midoriya
2°: novamente, eu estava conversando com o midoriya
3°: desculpa, mas não posso te falar.

- Porque não? Tá cheio de segredinho com o deku ,né?- ele fala virando seu rosto para o lado oposto e cruzando os braços, realmente parecia uma criançinha mimada.

- Nossa ,quando você ficou tão ciumento assim?- falei num tom de brincadeira apenas para provocar ele

-Eu não to com ciúmes, só quero saber , o porque do meu namorado ficar o tempo todo com um nerd de merda - olhei para a cara dele com um rosto debochado e falei

-katsuki...hoje foi um dos raros dias em que eu falo com o midoriya, nem invente nada que eu mal falo com ele direito

-tsch, tanto faz

O professor chegou e a aula seguiu normalmente, tirando pelo fato do bakugou esta meio desconcentrado na aula, a aula acabou e fomos para o refeitório, enquanto katsuki estava na fila pegando o nosso almoço, aproveitei para falar com o midoriya, que estava numa mesa com: iida, uraraka, tsuyu e todoroki. O chamei para um local mais privado(no caso;onde o todoroki não estivesse) e começei a conversa com o mesmo

-então, o que pretende fazer?- falo com os olhos brilhando de emoção e curiosidade por ser o cupido desse casal lindo rsrs

-então...eu queria que hoje você falasse com o todoroki, nao seja muito direto, so quero que você pergunte se ao menos ele gosta de alguém

-okey

Finalizamos a nossa conversa e vi bakugou sentado em uma das mesas junto com denki, ashido e sero, ele me viu e deu um sorriso, até que ele viu o midoriya e seu sorriso foi desmanchando virando sua cara raivosa de sempre, nos almoçamos normalmente, e notei que bakugou estava muito quieto, bem, fomos para as áreas dos dormitórios e ele foi para seu quarto sem falar uma palavra, estranhei mas fiz o mesmo ,ao chegar em meu quarto tomei um banho, fiz minhas higienes e desci para a área comun e fui falar com todoroki, obiviamente eu n ia chegar "eai cara você gosta de alguém?" Então eu comecei uma conversa aleatória até chegar o momento de perguntar

-então, todoroki...você ta afim de alguém ou coisa do tipo?- ele estranhou a pergunta e me olhou desconfiado

-por que da pergunta?

- so pra...saber

-hm então ta,maas, respondendo sua pergunta: sim eu gosto de alguém...- olhei pra ele com esperança de ele falar que era o midoriya, ele não falou mas nada ;-;

-e...você não vai falar quem é ?- falei curioso e com os olhos brilhando

-ah, claro- ele deu um suspiro meio longo enquanto eu esperava pacientemente- pra falar a verdade eu gosto dessa pessoa des do festival esportivo, é o midoriya- ele fala com um rosto meio envergonhado e sério ao mesmo tempo, como ele consegue ser tão sério?

Eu pulei de alegria e ele me olhou confuso, continuamos a conversar um pouco pra descontrair, até que vejo bakugou descendo as escadas, olhando para mim e todoroki, parando por um tempo e depois apenas voltando pelo mesmo lugar que ja tinha vindo irritado eu percebi e na mesma hora parei minha conversa com todoroki

-é...todoroki, a conversa ta boa mas...eu realmente tenho que ir agora- falo subindo as escadas depressa

Chego na porta do quarto de bakugou batendo na mesma e entrando em em seu quarto, vejo ele deitado em sua cama

-bakugou, você ta bem?

-oque é cabelo de merda? Achei que você tava conversando com o seu novo melhor amigo meio a meio, ou com o nerd!- eu o olhei confuso quando percebi seus olhos marejados

-você...você ta com ciúmes deles?

-é claro que eu tô poha, você mal falou comigo hoje, so ficou com eles falando sabe lá oque, você se cansou de mim? Eu sabia que uma hora isso ia acontecer

- Não, calro que não, eu só tava falando umas coisas com o midoriya e...

-oque é tão importante qu eu não possa saber,ein? 

-olha eu vou te contar, so pra você parar com esses ciúmes bobo, mas prometa katsuki, prometa que não vai contar para ninguém- ele se levanta de sua cama com um rosto confuso e um pouco sério - E-eu juro- fala ele engolindo um seco

-é que, o midoriya gosta do todoroki e pediu minha ajuda...ja que, você sabe, nós estamos juntos ele achou que eu podia dar umas "dicas" - falo olhando para o chão depois direcionado meis olhos para bakugou que estava com um sorrisinho

-hahaha, era isso? Sério...agora to me sentindo um idiota de pensar que você tava me traindo- ele fala dando uma risada muuito alta, eu so olho pra ele, e rio de nervoso com o rosto um pouco confuso

-ok...desculpa por tudo isso- ele continua sua fala parando de rir aos poucos e me abraça

-oh...sem problemas- digo o abraçando também

- ah e...katsuki

-hm?

-eu te amo e nunca...eu disse nunca vou me cansar de você ou até mesmo te trair- falo olhando para seus olhos que estavam brilhando ao som de minha fala

                       (Pov bakugou)

Depois de eijirou me explicar tudo eu me senti um verdadeiro idiota por pensar que ele faria algo assim, eu fui totalmente consumindo pelo ciúme,tenho que me controlar, e parar de ser tão egoísta, afinal o kiri é amigo de todo mundo, todo mundo gosta dele, e é óbvio que ele não vai ficar só comigo o tempo todo, eu só...queria que ele ficasse, ele me deixa confortável, ele é o único que me entende e que nunca me julgou, ele sempre me perdoa, sabe lidar com meu ego e com os meus surtos rsrs,caralho...como eu amo esse garoto !







Notas Finais


Hehe, uma pesquisa rápida, quantos anos vocês tem?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...