1. Spirit Fanfics >
  2. Porquê eu te amo >
  3. Acho que q fic já tá acabando :(

História Porquê eu te amo - Capítulo 14


Escrita por: aquela_patroa

Notas do Autor


Atenção, o capitulo a seguir pode ser desconfortável para menores de 16 anos

Capítulo 14 - Acho que q fic já tá acabando :(


Sakura já foi embora e eu e Naruto estamos nos preparando para dormir

Nós deitamos na cama e Naruto fica me encarando por um tempo

— eu te amo, Sasuke— ele diz acariciando meu cabelo com um tom baixo de voz

Estamos perto o suficiente para mim sentir sua respiração. Depois de dizer isso Naruto da um sorriso e começa a se aproximar de mim

Ele me beija

Novamente ele me beija, dessa vez de forma mais intensa

Ele me beija e eu sigo os movimentos de sua boca, acompanhando seu beijo

Eu não posso continuar fazendo isso, é errado

Eu interrompo o beijo e me afasto

— melhor a gente parar com isso— digo levantando da cama

— por quê?— ele começa a tirar a blusa

— por que você ta fazendo isso? Ta frio

— eu não quero parar

— mas eu quero, é errado

— por que é errado?— ele volta a se aproximar de mim— porque somos dois homens? Por isso é errado?

— sim — eu respondo com um suspiro

— então eu te encontro no inferno— ele volta a me beijar assim colocando suas mãos por trás de minha cabeça e entrelaçando seus dedos em meus fios de cabelo

Ele senta em meu colo e eu posiciono minhas mãos em sua cintura o trazendo para mais perto de mim

Paramos por um momento para recuperar o fôlego, ele olha pra mim com a respiração ofegante e abre um sorriso

— devemos parar, é sério

— devemos é? — ele fala com um tom irônico

— você sabe que é errado

— sei? — ele posiciona suas mãos em meus ombros

— você tem que parar com isso— começo a tirar minha camisa

— com o que?

— tem que parar de me fazer ficar cheio de desejo

— não me peça o impossível — ele da beijos de leve em meu pescoço

Ambos deitamos na cama, ele em cima de mim

(A partir dessa parte começará as cenas explícitas, caso você se sinta incomodo com esse tipo de cena pode pular o capitulo)

Ele começa a beijar meu corpo até chegar nas partes de baixo, tirando assim o resto de roupas que eu ainda tinha

Tento não olhar muito pra baixo, é meio estranho pra mim mas não chega a ser desconfortável

Só é estranho, vergonhoso

Fico corado com o toque dele em meu corpo, me sinto fervendo, ele passa sua mão pelo meu membro e começa a chupa-lo

Eu me seguro para não fazer barulho, lembro que os pais de Naruto estão no quarto ao lado e esquecemos de trancar a porta, não posso fazer barulho

Um tempo depois ele vai em direção a um armário dele e pega um lubrificante e camisinhas, eu coro ao lembrar em que situação eu estou, eu não deveria estar aqui, o que eu estou fazendo? É errado

Naruto deixa o lubrificante e as camisinhas em cima de um apoio que tem do lado de sua cama e volta para cima de mim

Meu coração está disparado, parece que vai sair pela boca

— você nunca fez isso antes né Sasuke?— ele pega uma camisinha e começa a abri-la— como se sente?

— é claro que eu já fiz, mas foi com uma garota

— como ela era? Como foi? — ele começa a colocar a camisa em meu membro

— por que está perguntando isso? — eu coro

— só curiosidade mesmo

Ele volta a sentar em meu colo, dessa vez fico sentado na cama com o rosto mais perto do dele

— ela tinha o cabelo longo e tingido de azul— digo colocando minha mão sobre sua cintura— era uma garota do orfanato, mas eu não senti muita coisa quando fizemos, não tem muito o que contar

Ele vai em direção ao lubrificante e começa a abrir — garota do orfanato? Excitante, vocês fizeram em que parte do orfanato?— ele me olha com um sorriso irônico

— na cozinha

— na cozinha!? Como?— ele faz uma expressão exagerada, logo depois me dá o lubrificante e me pede para colocar em seu orifício

— tava de madrugada e ela insistiu muito para que fosse em um lugar em que seríamos pegos facilmente— depois de prepara-lo com o lubrificante ele senta em mim novamente, mas dessa vez fazendo com que eu fique dentro dele

— e depois?— a voz dele tem um pouco de dificuldade para sair e quase se mistura com um gemido

— por que está perguntando isso? — começo a tocar em seu membro

— curiosidade, só queria saber como foi a sua primeira vez— ele volta a apoiar suas mãos em meus ombros

— e a sua? Como foi? — começo e beijar seu pescoço enquanto toco em seu membro

— traumática...foi com um babaca— sua respiração está ofegante— ele puxou meu cabelo e falou “ou você me dá o seu cuzinho ou eu conto pra todo mundo o que você é” eu dei, mas mesmo assim ele contou— ele faz uma pausa para recuperar o fôlego— que azar né?

— sim...muito azar — ele goza e eu paro de toca-lo voltando a atenção para sua boca—mas como foi a sua primeira vez de verdade? Onde você não foi ameaçado nem nada?

— foi em uma festa, eu tava muito brisado então não lembro de muita coisa, só sei que eu chamei o cara e lembro de ter sido agradável

Depois que terminamos o sexo, ambos caímos na cama tão cansados que esquecemos de vestir nossas roupas, dormimos assim mesmo, de conchinha 


Notas Finais


Enfim foi isso, senti muita vergonha escrevendo o capitulo kakakaka


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...