1. Spirit Fanfics >
  2. Porque meu coração te escolheu?! >
  3. Porque te amar dói tanto, Felipe Zaghetti...?

História Porque meu coração te escolheu?! - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem:3

Capítulo 3 - Porque te amar dói tanto, Felipe Zaghetti...?


Fanfic / Fanfiction Porque meu coração te escolheu?! - Capítulo 3 - Porque te amar dói tanto, Felipe Zaghetti...?

Anteriormente 

Depois que as aulas terminaram, nós e os amigos deles fomos comer juntos. 2 fucking anos nessa faculdade e esses caras que eu conheci hoje, me fizeram rir como nunca. Confesso que algumas vezes olhei pro Felipe, mas os amigos dele o chamavam de Felps, ele retribuiu olhando de volta, então eu abaixava a cabeça rapidamente e dava um sorriso e levantava denovo só pra ele não ver. Depois descobri que morávamos no mesmo prédio. Que conhecidencia. Além disso, eu lembrei do meu amigo Zaghetti e o Montes. Achei muita conhecidencia que eles o chamavam de Felps e o apelido do meu antigo amigo era o mesmo.

Bom, mas vamos tirar essa idéia da cabeça. Amanhã é um novo dia. Não tô com fome então não vou fazer nada pra comer. Só vou tomar um banho e dormir.


Amanhã será um novo dia...


Agora...


Porque meu coração te escolheu?!

Capítulo |||

Porque te amar dói tanto, Felipe Zaghetti...?

By: HaruzinGay


Felps

Acordei com a luz do sol  no meu rosto. Me levantei, peguei uma roupa, minha toalha e fui ao banheiro. Tomei meu banho, me sequei e escovei meus dentes. Arrumei meu cabelo, coloquei minha touca vermelha e fui a cozinha fazer um café, não estava com fome então eu só faria algo pra beber. 

São 14:57, ontem fui dormir tarde. Eu iria sair 15:30 com uma garota que eu estava "ficando", fiz o café, coloquei numa caneca e bebi enquanto mexia no celular. Deu 15:15 e então eu coloquei a caneca na pia, peguei minha carteira e minhas chaves, guardei o celular no bolso, saí e tranquei o apartamento. Fui ao Shopping de uber, saí do carro, paguei o motorista , entrei no estabelecimento e fui pra praça de alimentação, local onde tínhamos combinado de nos encontrar. Esperei uns minutos, 15:42 e ela não tinha chegado. Eu nem tava me importando muito, só não conseguia tirar o Rafa dos pensamentos. Deu 16:00 e ela chegou, pelo jeito, nem ela tava ligando pros nossos encontros. Ela chegou se sentou na mesma mesa que eu a minha frente.

- Desculpa pela demora, eu estava resolvendo umas coisas.- Ela coloca a bolsa na cadeira ao lado dela.

- Tudo bem. Tá com fome?

- Pra ser sincera sim.

- Ok. - Acenei pra atendente que veio em nossa direção com dois cardápios. 

- Aqui o cardápio. - Ela nos entregou e saiu, depois de alguns minutos ela voltou. - O casal já escolheu o que vai querer? 

- Eu vou querer um X-burguer com batatinha e uma coca-cola. - Pedi a atendente e ela anotou.

- Vou querer um X-calabresa e um suco de laranja. - A atendente também anotou o pedido da Sasa e saiu.

- Então Sasa, como vai a vida?

- Bem, e a sua Felponeo? 

- Normal, como sempre

Ficamos conversando por um tempo, a atendente voltou com nosso pedido. Eu comi meu lanche apenas ouvindo a Sasa falar. Depois que comemos, ficamos conversando por mais um tempo, até que a Sasa tem a idéia de irmos a uma loja que ficava ali perto, a loja estava tendo promoção. Aproveitei e comprei umas coisas que eu estava de olho faz tempo. Saímos da loja, nos sentamos num banco ali perto, conversamos muito até que percebi que a Sasa tava se aproximando, então fiz o mesmo. Coloquei a mão no rosto dela e a beijei. Mas, senti desgosto. Não era um beijo bom tipo os de filme de romance, era um beijo horrível.  Se tivesse uma tabela de piores beijos, o dela seria o primeiro.


Cellbit 

Já que tava sem nada pra fazer, decidi ir ao Shopping, ouvi umas pessoas comentando que tinha uma loja com promoção lá. E eu preciso de umas roupas novas. Coloquei uma calça jeans preta e uma camisa de manga longa cinza com preto ( a da foto) com um C. Coloquei meu all star branco, arrumei meu cabelo, peguei minha carteira e minhas chaves, saí e tranquei o apartamento. 

Pelo jeito Felps não estava em casa, até pensei em chamá-lo pra me acompanhar mas mudei de idéia. Peguei um uber e fui ao Shoping, paguei o motorista, saí do carro e entrei no estabelecimento. Fui direto a caminho da loja, estava com um pouco de fome mas quando eu chegasse em casa eu pederia um lanche. Só que ao me aproximar da loja, não vi algo que eu gostaria de ver. O Felps estava beijando uma garota ruiva. Eu sabia que o Felps era o que eu tinha conhecido antes de vir pra cá, percebi isso por causa do jeito que ele falava, olhava. Aquilo me atingiu de alguma forma, porque? Já vi ele com outras garotas mas nunca fiquei assim, tanto por ele, como por todos os meus ex-crushs. Porque estava sentindo um ódio? Uma dor enorme no coração? Queria sumir dali por um tempo. Eles se separaram, provavelmente, pela causa da falta de ar. Fiquei congelado por um tempo e eu queria desabar.

Desviei o olhar, voltei pra real life e sai dali. Entrei na loja rapidamente, acho que o Felps não me viu. Espero que ele não tenha visto. Fui escolhendo algumas coisas pra comprar, até que sinto alguém colocar a mão no meu ombro, congelo totalmente. Será que era o Felps? Ele tinha me visto? O que será que ele ou outra pessoa quer?



- Ce tá bem Cellbit? - Era uma voz familiar, mas não consegui reconhecer,  me virei e vi que era apenas o Alan, o Pac e o Guaxinim, um dos amigos do Felps.

- O-Oi Alan, to sim.

- Tem certeza? Ce tá pálido moço. - Pac disse com uma face preocupada, estilo irmão mais velho quando ce faz algo errado. 

- To, relaxa gente. 

- Bom. Ce tá sozinho? - Alan

- Sim

- Fica com a gente então. Pra você não ficar solitário. 

Concordei que sim com a cabeça, fomos escolhendo as coisas que nós queríamos, pagamos e nós divertimos muito. Eles me deixaram na porta do prédio e eu dei tchau pra eles. Subi ao meu andar e fui em direção ao meu apartamento que ficava no fim do corredor. Destranquei a porta, entrei e tranquei a mesma novamente. Colequei as sacolas em um canto na cozinha. Fui ao meu quarto, peguei uma roupa e uma toalha e fui tomar meu banho. Depois arrumei meu cabelo e fui a cozinha. Peguei um X-burguer em umas das sacolas, peguei um refrigerante  de coca-cola na geladeira e comi meu lanche assistindo TV. Peguei meu celular e fiquei mexendo com a televisão ligada. 

Até que algo pegou toda minha atenção. Meu celular vibrou avisando uma nova mensagem, era o Felps. Abri o WhatsApp e conversei com ele. 




conversa on•


Felps fofo

Oi loirinho 

Ta acordado?


Cellbit 

Oi

To sim 


Tudo bem?


Tudo e você? 


Tô bem também. 

Oq você tá fazendo? 


Nada e tu? 


Nada também 

Posso te ligar ?


Pode, tô entendiado mesmo.


Ok


conversa off•


Felps me ligou, então novamente ficamos o resto da noite toda conversando. Foi bem divertido, rimos pra caralho. Aquela risada enche meu coração de alegria, até esqueci do que eu vi hoje mais cedo no Shopping. Parece que no mundo só existia eu e o Felps. Então ele desligou pois estava morrendo de sono, e eu também estava. Nos despedimos e fomos dormir. Logo me veio a cena do shopping denovo, então meu coração se quebrou denovo, dava pra ouvir ele quebrando dentro de mim. Porque você faz isso comigo Felipe Zaghetti?


Porque te amar dói tanto, Felipe Zaghetti...?


Notas Finais


Gente esqueci de por na fic mas é sábado na fic Ok? Pra vocês entenderem melhor💖
Eu nem ia soltar esse capítulo hoje mas não aguentei hehe, eu amo mimar vocês💖
Ah e falando, o lerdo do Felipe não sabe ainda que o Rafael é o Cellbit que ele conhecia.

Bjux do Haruzin, menor que treix 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...