1. Spirit Fanfics >
  2. Porque que tinha que ser logo você? >
  3. Boneca Assassina

História Porque que tinha que ser logo você? - Capítulo 13


Escrita por:


Capítulo 13 - Boneca Assassina


Fanfic / Fanfiction Porque que tinha que ser logo você? - Capítulo 13 - Boneca Assassina

E para não deixar a minha mãe preocupada, eu atendi. 

Eu: Oi mãe - Falei baixo pra ninguém além da minha mãe ouvir - 

Mãe: Ai filho, ainda bem que vc atendeu, vc está bem? - 

Eu: Tô mãe - Ouivi minha vó falar no fundo, alguma coisa como, “Me da esse telefone” - 

Vó: Lee felix, Onde vc está? - Gritou muito irritada, me assustando - 

Eu: Ai vó, não grita, eu não sou surdo 

Vó: Vc ainda não me respondeu 

Eu: É que...

Vó: Primeiro vc sai de casa cedo e chega atrasado na escola, e agora demora mais de uma hora pra chegar em casa, sendo que a sua escola fica perto daqui

Eu: É que

Vó: Eu tenho certeza que essa história de cachorro é mentira. Aaaa Felix, onde vc ta? Vc ta na rua? Pq se vc estiver...

Eu: Não vó, não é nada disso, é que

Vó: Vc está andando com más influências na rua? Não me diga que vc anda por ai fumando, bebendo e usando drogas? 

Eu: Da pra a senhora parar de inventar coisas? Eu não estou na rua usando coisas proibidas e nem fumando e bebendo. Eu estou na escola ainda, ta legal?

Vó: Oxi, oque vc ta fazendo ai ainda? 

Eu: Eu to... - Olhei pro vazo, tendo uma ideia - Eu to passando mal, to aqui no banheiro da escola

Vó: Pq vc não veio cagar no banheiro aqui de casa? O banheiro dai deve ser imundo, credo

Eu: Não deu tempo de ir pra casa

Vó: Quer que eu mande seu pai ou o seu avô ai pra te buscar? 

Eu: Não precisa vó, eu já to melhor, já to indo pra ai 

Vó: Ta bom, só não demora, ouviu? 

Eu: Sim, ouvi - Desliguei a ligação. Como já se passou uma hora que eu estou aqui dentro e os garotos até agora não me acharam, eles não devem nem estar mais aqui na escola. 

Eu finalmente sai do banheiro pra ir pra casa.

Tomei um susto gritando, caindo sentado no chão, pq apareceu uma boneca de pano do nada, toda ensanguentada, com cabelos longos marrons embaraçados, e com olhos de botões, na minha frente -

Mel: - Riu - Eai lindinho? - Jogou a boneca no chão com brutalidade, e se ajoelhou, ficando com as pernas em cada lado do meu tronco, e colocou a mão no meu pescoço, insinuando me enforcar - Sabe... Derrepente eu senti uma vontade enorme de te fazer sentir dor - Sério isso? Do nada ela vem pra cima de mim. 

Será que ela ta bêbada? Vai que que ela bebe atrás da escola. 

Sai do meus pensamentos, quando ela saiu de cima de mim - Fuja - Ela falou quase num sussurro. E eu como uma ótima pessoa que dar valor a vida, fui pro terraço da escola, mas me arrependi depois que eu pensei q séria muito mais inteligente ir pra casa. 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...