História Porque tinha que ser ele - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Afrodite de Peixes, Albafica de Peixes, Asmita de Virgem, Camus de Aquário, Hades, Hyoga de Cisne, Ikki de Fênix, Kiki de Áries, Marin de Águia, Mascára da Morte de Câncer, Minos de Grifon, Miro de Escorpião, Misty de Lagarto, Mu de Áries, Pandora, Shaka de Virgem, Shun de Virgem
Tags Albafiaca X Minos Camus
Visualizações 16
Palavras 719
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Confissão


Fanfic / Fanfiction Porque tinha que ser ele - Capítulo 5 - Confissão

Na Grécia 

Casa de Afrodite dite e dm 

Camus está em seu quarto quando escuta Milo chegar ele se levanta e vai até a sala é se esqueceu que tava apenas de cueca box .

Milo on

Só pode ser brincadeira esse ser surge no meio da sala só de cueca tó sem ar meu coração acelera que quase posso escutar. Suas batidas.

Camus on

Oiiiiiii irmão tudo bem e se joga no sofá colocando a cabeleireira ruiva em meu colo (pode isso )

Milo on

Empurrei ele é falo: 

- vc não é meu irmão idiota !

Ele olha pra mim com os olhos marejados e corre escada acima

Milo on

Pronto oque eu fiz agora será que ele Não vê que ao me chamar de irmão ele anula qualquer tentativa de estar ao seu lado .mas tomo coragem e subo atraz dele tentei abrir a porta do seu quarto mas está fechada.Camus abre, bati a primeira vez.abre camy eu não falei por mau, abre tive que apelar e chamei ele de Cam abri por favor se não abrir vou ligar pro Paollo.pronto escuto um ranger da porta empurrei a mesma e vejo ele de bruço com a bunda redondinha pra cima ,aí Zeusassim e pra matar papai né. to infartando aqui caminho até seu lado sento e continuo admirando sua costa bem marcada pelo cabelos compridos vermelhos ele soluça eu acomeço a brincar com seu cabelo e falo bem próximo do seu pescoço camy desculpa ele vira e encara meu rosto com seus olhos ardendo em dor e eu não sei o porquê dele ter se ofendido tanto até ele falar.

Camus on

Milo oque eu te fiz vc quase não fala comigo tá sempre tão distante nem me olha nos olhos e volta a chorar. 

milo on

Abaixo minha cabeça encostando minha cabeça em sua barriga e falo:

-Você é tão burro que não percebe um palmo a sua frente camus,será que não percebe que fugindo de você fujo dos meus impulsos,fugindo de você fujo da vontade de toma-lo em meus braços e fazelo meu ,sera que você não percebeu que cada vez que vejo você prensar aquela berinjela rocha contra a parede queria que você assim o fizesse comigo em camy?será que você não percebeu que eu amo cada traço de você.

Camus on 

A cada palavra que milo diz eu arrega-lo o olho como assim ele me ama ?eu sempre o amei! eo distanciamento dele tava me matando me fazendo morrer por dentro passo as mãos em seu cabelo e levanto seu rosto.

-Olha pra mim falei sério ,ele olhou e disse isso tudo é verdade milo ou você só precisa de mais um pra sua Lista?

Milo on

Jamais falaria levianamente Pra você ele me beija ,no começo lento mais se tornou agressivo e delicioso , Camus me Puxa para cima de sua cama e susurra em meu ouvido me faz teu e me beija com mais desejo é destempero arfo sussurrando seu nome ageito - me porcima dele é continuo a beijar sua boca seu pescoço seu peito estudando com as pontas do dedo seu peitoral ,deixo meu peso cair sobre ele e ele susurra milo com a voz tomada de tesao aí como os gemidos dele é música para meus ouvidos vou descendo os beijos até chegar ao coiz de sua cueca a baixo e caramba como é grande e Grosso ainda bem que não sou passivo pois ele me destruiria mas coloco tudo em minha boca sugando seu pré gozo até ele gozar em minha boca.eo viro de bruço e estímulo seu membro até quase ele gozar afasta sua perna e inrtroduzo meu falo nele com movimentos de vai e vem por alguns segundos aumentando a velocidade até ele gozar em minha mão .

Deito na cama tão feliz pois não foi sonho ele foi meu e eu dele o aconchego em meu peito e dormimos assim

Dite  on

Quando cheguamos em  casa tá um silêncio, tão grande que estranho subo no quarto de Camus eo os vejo nus abraçados tem cheiro de sexo nesse Quarto, dou uma risada pois sei que meu filho ama Camus eles serão felizes e quase consigo ver o Shaka pular de alegria com essa notícia . Amanhã às coisas volta ao normal falta pouco pro natal eas crianças vão chegar da índia no sábado.fecho a porta e vou ficar com meu amor.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...