História Porque um Híbrido?! - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), H.O.T.
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Amor, Bts, Drama, Hentai, Híbrido, Hot, Jikook, Jimin, Jungkook, Romace, Shoujo
Visualizações 33
Palavras 1.922
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Yaoi (Gay)
Avisos: Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Yooooooooooooo pessoal!
Sei que não posto faz tempo e vocês tem toda razão de ficarem bravos!
Mas venho com uma boa noticia para vocês!
A semana de provas terminou! A da feira cientifica também!
Entãoooooooo LIVRE ESTOOOOOU LIVRE ESTOOOOOU!
Aproveitem o cap!
Ah! Perceberam que eu mudei a capa? Me digam o que acharam e também se devo mudar o nome da fic, ando pensando se devo ou não.....bom deixem nos comentários!

Capítulo 17 - Mudança


Fanfic / Fanfiction Porque um Híbrido?! - Capítulo 17 - Mudança

Acordei com o som de gemidos e então vi que era o Jimin. Ele parecia perturbado com algo. Esta tendo um pesadelo, pensei. Cheguei mais perto dele e então acariciei sua cabeça.

 

 

–  Shh...esta tudo bem... – falei enquanto sua respiração ficava mais pesada.

 

 

Jimin: – Mamm... – ele disse se mexendo – Mama!... Papa!

 

 

Será que ele estava sonhando com os pais? Pelo que eu sei...então me dei conta que na verdade nunca havia perguntado sobre os pais do Jimin para ele. Enquanto pensava em como fui destraido pude ouvir ele choramingar, só que não parecia um choro de saudade, parecia de....solidão.

 

 

– Esta tudo bem Jimin...eu estou com você – o abracei e pude sentir seu corpo relaxar no meu abraço e seu choro virar um suspiro. Ótimo, ele estava ficando mais calmo. Quando me afastei para me certificar que ele havia dormido vi que ele estava de olhos abetos e quase cai da cama no susto. Seus olhos estavam arregalados, em um transe, quase como se ele não estivesse ali, não, com certeza ele não estava ali. Parecia em um lugar muito distante.

 

 

Jimin: – Mama! – ele se sentou na cama – Não deixa o Jimin aqui! – ele esticou o braço, parecia querer alcançar algo – Papa! Porque estão fazendo isso com o Jimin!? – ele começou a se chacoalhar na cama como se quisesse correr e então peguei em seu braço.

 

 

– Jimin... não tem ninguém ali... – então eu percebi. Ele ainda estava sonhando. Tentei abaixar seu braço e consegui. Puxei sua cabeça para perto do meu peito e a escorei – vai ficar tudo bem... shh – eu pude sentir ele ficando tranquilo cada vez mais até adormecer novamente. O que significava tudo aquilo?

 

 

Jungkook off

 

 

Jimin on

 

 

Quando o Jimin acordou foi direto para a cozinha já que o Kookie não estava mais no quarto.

 

 

– Booooom dia Kookie! – o Jimin disse sorrindo e abraçando o Kookie que estava colocando os pratos na mesa.

 

 

Kookie: – Bom dia Jimin... – o Kookie olhou para o Jimin e então o Jimin pode perceber que o Kookie parecia cansado.

 

 

– O que foi Kookie? Não dormiu bem? – o Jimin disse e os olhos do Kookie se arregalaram.

 

 

Kookie: – Você... não se lembra? Quer dizer...humm – o Kookie disse um pouco nervoso.

 

 

– O Jimin não lembra do que Kookie? – o Jimin disse confuso.

 

 

Kookie: – Humm, é que... choveu forte ontem então eu não dormi bem... – o Kookie disse passando a mão na cabeça – vamos tomar café? – o Jimin assentiu com a cebeça e então se sentou – ah! Esqueci de te falar, você vai ficar na casa do Jin enquanto eu estiver trabalhando ok?

 

 

– Ta bom! Mas... o Jin não trabalha?

 

 

Kookie: – Ah, sim. Ele tem um restaurante e, sinceramente, cozinha muito bem, mas como ele é o chefe não tem que cozinhar o tempo todo lá. Liguei pra ele hoje de manhã e ele ficou super feliz. Acho que você vai gostar também. – o Kookie disse e então sorriu – e la eu sei que você está longe da Lisa...e seguro.

 

 

– O Jimin vai adorar! – o Jimin disse sorrindo e então começamos a comer.

 

 

Jimin off

 

 

[...]

 

 

Jungkook on

 

 

Não sei por que não contei a verdade para o Jimin. Foi algo que simplesmente senti não ser a hora, não sei como posso explicar direito, só senti que não era o momento certo. Isso tudo é muito confuso para mim ainda e nem sei se o Jimin se lembra... despertei dos meu pensamento quando Omma Jin me deu um tapa leve no meu braço.

 

 

Jin: – Não estava me ouvindo não é? – ele disse um pouco irritado.

 

 

– Desculpa, estava pensando em algumas coisas... – olhei para a xícara que eu segurava e a fitei por alguns segundos.

 

 

Jin: – E lá vai ele de novo pro mundo da lua... – omma Jin soltou um suspiro.

 

 

– Estou te ouvindo – disse levantando os olhos da xícara para encarar os dele.

 

 

Jin: – Ta certo... mas o que te tira tanto a atenção? – resolvi contar para omma Jin sobre o Jimin. Eu precisava do conselho de alguém.

 

 

– O Jimin, ele... sonhou com os pais dele essa noite e foi um pouco... preocupante – fiz uma pausa para tomar um gole de café – ele chamava pela mãe dele e pelo pai também... parecia magoado... machucado e triste, – tentei conter a voz embargada enquanto falava – chorava perguntando porque estavam fazendo aquilo com ele. – omma Jin ficou em silencio por alguns segundo até que resolveu falar.

 

 

Jin: – Onde... você encontrou o Jimin? – não entendi muito bem porque aquela pergunta.

 

 

– Em um beco sozinho e sem roupas, só de cueca... porque? – ele me olhou e largou a xícara na mesa.

 

 

Jin: – Pode ser que o Jimin tenha sido abandonado pelos pais Jungkook e isso com certeza é uma coisa horrível de se fazer com um filho... – quando ele me disse isso eu engoli em seco, um nó se formou na minha garganta e não consegui dizer uma palavra sequer. – você conversou com ele sobre isso? – respirei fundo e neguei com a cebeça, as palavras ainda não saiam – Por quê?

 

 

– Eu não consegui, olhei para ele sorridente... eu só não queria... perder o sorriso dele conversando sobre algo que talvez o machuque – consegui falar depois de alguns minutos me concentrando em ficar calmo – não parecia a hora certa... e pelo que eu vi de noite, não ia ser a melhor das conversas...

 

 

Jin: – Entendo... mas você tem que falar com ele, talvez ele tenha um trauma ou algo assim. – omma Jin colocou a mão no meu ombro – falando dele... olha quem chegou! – ele disse sorrindo e fingindo que nada tinha acontecido - gostou do seu quarto Jimin?

 

 

– O Jimin adorou! É tão grande e espaçoso! – ele disse sorrindo.

 

 

Jin: – Que bom que gostou! – omma Jin disse sorrindo.

 

 

– Não pense que vai comprar ele só com isso – falei fingindo irritação.

 

 

Jin: – Ah, claro que não... eu ainda nem cozinhei – ele abriu um sorriso maléfico e me encarou.

 

 

– O Jimin não se vende por comida Kim SeokJin... – falei me levantando e indo até o Jimin colocando a mão em sua cintura – ele prefere outro tipo de coisa... – olhei para Jimin e dei um sorriso malicioso.

 

 

Jin: – Ok, vou fingir que não entendi só para me manter estável – omma Jin disse e então começou a rir o que fez com que déssemos risada também. Era bom estar assim com o Jimin, eu não quero trazer a tona coisas que talvez o façam sofrer, pelo menos não agora quando estamos tão felizes...

 

 

– Vou indo então, amanhã tenho que trabalhar e parece que o Moon vai me dar um monte de pepino pra resolver mas prometo voltar aqui amanha quando sair do trabalho pra te ver Jimin – dei um beijo na testa do Jimin.

 

 

Jin: – Quem sabe você não dorme aqui em casa também Kookie? – omma Jin disse e eu não tinha pensado nessa possibilidade.

 

 

– Claro Omma Jin! Só que tenho que pegar as minhas coisas em casa...porque não pensei nisso antes? – falei colocando a mão no rosto.

 

 

Jin: – Também não sei, agora vai logo pra eu poder preparar uma comida bem gostosa pra vocês comerem – ele disse abrindo a porta. Eu me despedi rapidamente e fui para casa. Peguei uma mala e coloquei meus ternos e então em outra coloquei a maioria das minhas roupas, as que mais uso. Feito isso fui até a porta e a tranquei, conferindo se havia pegado minha escova de dente e o desodorante quando meu telefone tocou. Era meu chefe.

 

 

– Alô?

 

 

Moon: – Oi Jeon! Desculpe te ligar no final de semana, é que eu precisava te avisar sobre amanhã – pude ouvir um som de água, provavelmente meu chefe estava aproveitando a piscina com alguma mulher...

 

 

– Sem problemas chefe...o que seria? – por favor que não seja uma viajem!

 

 

Moon: – Amanhã na empresa vai começar uma nova secretária e eu gostaria que você mostrasse a empresa para ela já que ela vai ficar no seu antigo cargo antes de ser promovido – coitada, vai trabalhar pro Senhor Wang. Na minha opinião ele é o chefe mais estressado de todos, ainda bem que pude ser promovido, uma promoção muita justa na verdade pelo tempo que me esforcei para conseguir ela.

 

 

– Okay chefe, eu mostro sim. – tranquei a porta e fui até o carro para guardar as malas.

 

 

Moon: – Obrigado Jeon. Até amanhã. – ouvi um splash e então entrei no carro o ligando.

 

 

­ – Até amanhã chefe. – ele desligou e então dirigi até a casa de omma Jin. Seja quem for essa nova secretária espero que ela tenha um pé de coelho, um trevo de quatro folhas e uma ferradura pra talvez ter um pouco de sorte trabalhando com o Senhor Wang.

 

 

[...]

 

 

Terminamos de comer e então Omma Jin foi tomar um banho. Eu e Jimin estávamos sentados no sofá vendo um filme até que ele escorou a cabeça no meu ombro. Ficamos assim por um tempo até que ele quebrou o silencio.

 

 

Jimin: – O Jimin esta muito feliz... – ele disse eu senti aquela alegria me invadir então puxei sua cabeça e o beijei como se não houvesse amanhã, como se fossemos os únicos seres no mundo. Desci até seu pescoço e pude ouvir ele gemendo então abri um sorriso. Desci minha mão até sua calça e pude sentir o quanto ele estava excitado, retirei sua calça e cueca. Comecei a fazer movimentos de vai e vem com a mão e ele agarrou meus ombros.

 

 

Jimin: – Mmmm...haaa Kooki...AHH! – ele havia derramado todo o seu leite no minha blusa, retirei a mesma e também a calça. Não podia mais esperar. Ergui as pernas de Jimin e o penetrei.

 

 

– Nossa... – aquilo era bom. Toda vez que eu fazia com o Jimin era bom, mas daquela vez parecia ser melhor ainda, talvez por ele ter me dito aquilo no parque e eu saber que ele me ama... seja ainda melhor agora – Jimin – disse ofegante – meu deus, você é muito delicioso haaa...

 

 

Jimin: – Koo...Kookie, não para por favor – ele disse balançando a cabeça em negativa.

 

 

– Nunca – sussurrei e então aumentei as estocadas. Estava mais perto do ápice. Selei a boca de Jimin que estava aberta em um gemido. Um beijo carinhoso e apaixonado que foi ficando cada vez mais feroz, deixei sua boca a mordendo na parte inferior e então dei uma ultim estocada atingindo meu ápice e antes que Jimin pudesse gritar de prazer o puxei para outro beijo, só que dessa vez desci até seu pescoço deixando um chupão.

 

 

Jimin: – O que o Kookie fez? – disse ofegante e colocou a mão no pescoço.

 

 

- Uma marca pra mostrar que você é só meu – sorri e o Jimin me devolveu um sorriso tão fofo que eu poderia ter uma parada cardíaca ali mesmo. Colocamos as roupas de volta e Jimin escorou novamente a cabeça no meu ombro então escorei minha cabeça na dele e peguei no sono. Acordei com alguém batendo no meu ombro.

 

 

Jin: – Kookie é melhor dormirem na cama... – ele apontou para mim e Jimin.

 

 

– Certo, é verdade. – peguei o Jimin no colo e fui em direção ao quarto no andar de cima. A propósito, omma Jin é tão rico que eu me perderia ate no banheiro dele. Entrei no quarto e coloquei Jimin na cama, fui até a mala e peguei uma toalha, meu pijama e o do Jimin. Coloquei o pijama nele e ele nem acordou, da pra acreditar? – Que sono pesado hein – dei um suspiro e entrei no banheiro que havia no quarto. Cara, eu realmente poderia me perder naquele banheiro. Entrei no chuveiro e enquanto a água escorria pelo meu corpo fechei meu olhos – espero que amanhã no trabalho seja tudo tranquilo...


Notas Finais


Então..quem vocês acham que vai ser essa secretária? Será uma nova personagem? Deixem nos comentários!
E sobre a mãe e o pai do Jimin? Deixem suas teorias hehe...
Favoritem e comentem se gostaram! Bejuuus!
Obs: [...] -> quebra de tempo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...