História Portland - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Assassinato, Investigação, Morte, Policial, Vingança
Visualizações 4
Palavras 479
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), FemmeSlash, Festa, Ficção, Lemon, LGBT, Mistério, Orange, Policial, Romance e Novela, Slash, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 6 - Sua vida pode ter um grande risco


Já fazia duas semanas que Lívia e Matthew estavam trabalhando juntos. Lívia ajudou Matthew em algumas investigações sobre a morte da sua mãe e o desaparecimento do seu pai, eles eram próximos o suficiente depois que o mistério dos pacientes do Doutor Stuart. Ele estava dando substâncias químicas tóxicas em remédios para os pacientes morrerem de convulsão. 

2 semanas antes 

O telefone da delegacia tocou, eram 2:30 da manhã. Oficial Gurlat foi atender o telefone, ela voltou e sussurrou algo no ouvido de Lívia. Matthew só observava tudo calado, Lívia se levantou e pediu para que ele o seguisse. Eles foram juntos ao hospital da cidade. 

-Pois não?- perguntou a recepcionista do hospital

-Somos os detetives Clarkson e Valois, precisamos ir para o necrotério. 

-É no andar de baixo, primeira porta a direita- falou a mulher pegando um cartão 

-Muito obrigada. 

Lívia e Matthew desceram até o primeiro andar e foram conversa com o médico responsável pelo necrotério. 

-Detetive Valois, desculpe por ligar tão tarde da noite- falou o médico olhando os detetives-Eu descobri a causa da morte a poucos minutos e ela é uma substância química em formato de remédio, que causa sérias convulsões. Até então é ilegal no país e todos os pacientes apresentam ossos quebrados.  

Ele mostrou os mortos e todos estavam em estados parecidos, com a pele fria e alguns hematomas nas costelas e pernas.

Matthew e Lívia ficaram horas e descobriram a farça do doutor Stuart, ele na verdade fez cursos online de psicólogia e dava remédios com tóxicas mortais e ilegais no país. 

O remédio que os seus pacientes com sérios transtornos psicológicos e isso facilitava para 3 criminosos, mas conhecidos como a recepcionista e 2 seguranças que ficavam na frente do prédio. Eles simplesmente pegavam os pacientes e espancava eles. 

A detetive Valois e o detetive Clarkson, ficaram bastante conhecidos depois de resolverem isso. 

Nesse momento

-Detetive Clarkson, eu descobri um pouco sobre o passado da sua mãe. 

Lívia olhou para Matthew enquanto os 2 conversavam em uma mesa afastada de um restaurante central em Portland. Matthew olhou para Lívia pedindo por respostas, ela apenas pegou um papel e anotou um endereço 

-Me encontre na minha casa depois do nosso espediente. 

-Lívia espere, eu preciso muito que você me diga se meu pai teve algo haver com o assassinato da minha mãe. Antes que eu vá na sua casa e me surpreenda com a notícia. 

-Não direi nada aqui, essas paredes tem ouvidos. 

Lívia olhou para Matthew e a garçonete chegou com os pratos de ambos, ela entregou o prato dos 2 e logo saiu. 

-Mas por que? É algo tão grave assim? 

-Sim, são coisas que não se deve falar em um lugar público- ao sussurrar Lívia cortou um pedaco da sua carne e levou a boca. Depois de ter mastigado, ela olhou para Matthew e completou- Sua vida pode ter um grande risco. 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...