História Porto Seguro - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Abraham Mateo, CNCO, PRETTYMUCH
Personagens Abraham Mateo, Austin Porter, Brandon Arreaga, Christopher Vélez, Edwin Honoret, Erick Brian Colón, Joel Pimentel, Nick Mara, Personagens Originais, Richard Camacho, Zabdiel De Jesús, Zion Kuwonu
Tags Cnco, Manuel Turizo, Prettymuch
Visualizações 7
Palavras 917
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


“Lute com determinação, abrace a vida com paixão, perca com classe e vença com ousadia, porque o mundo pertence a quem se atreve e a vida é muito para ser insignificante.”
- Augusto Branco

“Todo mundo é capaz de sentir os sofrimentos de um amigo. Ver com agrado os seus êxitos exige uma natureza muito delicada.”
- Oscar Wilde

Perdoem os erros ☹️
Espero que gostem dessa história 😌💕
Boa leitura 🥰
Espero vocês nos comentários e nas curtidas ❤️

Capítulo 1 - Você vem ou não??


Fanfic / Fanfiction Porto Seguro - Capítulo 1 - Você vem ou não??

Erick (POV) 

Nada mais relaxante do que um banho demorado depois de um show. Eu e os meninos ficamos de fazer seis shows essa semana aqui no Chile porém tivemos um problema e teremos que voltar para Miami antes do planejado. Para não deixarmos nossos fãs na mão, resolvemos fazer todos os shows em três dias, então estamos mortos de cansaço. 

Fechei o chuveiro, sequei meus cabelos e me troquei de roupa rapidamente. Assim que abri a porta do banheiro, Joel, com quem eu estava dividindo o quarto, me chamou a atenção. 

- Joel: Erick, você esqueceu de tirar a etiqueta da roupa de novo! 

Na hora eu comecei a me mexer todo desengonçado pra alcançar a etiqueta nas minhas costas mas sem sucesso, até ele começar a rir e eu ver que era só uma brincadeira idiota da parte dele. Há dois dias eu subi no palco com a etiqueta da calça saindo pra fora, não quero nem lembrar da vergonha que passei. Etiquetas... quem nunca as odiou, né? 

- Erick: Haha, que engraçado senhor Pimentel de León! 

- Joel: Só essa semana é a terceira vez que você cai na mesma brincadeira!

Disse rindo 

- Erick: Eu devia ter percebido... foi pra isso que me chamou?

- Joel: Não, foi pra avisar que seu celular estava tocando mas quando fui atender desligou. Acho bom você retornar, era sua mãe! 

Dessa vez eu sabia que não era brincadeira porque estou com sérios problemas em casa, minha mãe só liga quando realmente é coisa séria e precisa falar comigo.

Peguei meu celular e fui pra a varanda do hotel, respirei fundo e pensei comigo mesmo: “não será nenhuma péssima notícia” e só então criei coragem, disquei seu número e me coloquei a chamá-la. 

- Erick: Oi mãe! Tá tudo bem? 

- Daisy: Oi meu filho, preciso falar com você!

- Erick: O que aconteceu? Vocês estão bem? A T/N tá bem??

Perguntei preocupado 

- Daisy: Sim, estamos todos bem. Sua irmã está bem também. Não se preocupe com isso. É sobre seu pai e eu! 

- Erick: Devo me preocupar mais ainda? O que aconteceu? 

- Daisy: Logo eu te explico mas preciso que me faça um favor e envolve sua irmã...

- Erick: Claro! Qualquer coisa por vocês! 

Digo me arrependo no mesmo instante de ter dito essas palavras. Infelizmente não é tudo que está ao meu alcance. Mas é minha família, posso não fazer o impossível mas darei o melhor de mim quando estivermos juntos. 

T/N (POV)

Eu estava fazendo uma limpa no meu guarda roupa: jogando fora o que não dava mais pra usar, doando aquilo que não precisava ou não servia mais e organizando minhas coisas. Argh, como eu detesto arrumar meu quarto. 

Mas eu precisava comprar algumas coisas para o escritório que estava montando na casa dos meus pais e pra isso eu precisava de espaço. Então tudo o que coubesse no guarda roupas seria lucro. Muito minha cara jogar tudo lá dentro e dizer que tem espaço suficiente no resto do cômodo.

Meu celular começou a tocar e quando vi quem era, não pude evitar de sorrir. Parece que ele sabe quando preciso ouvir sua voz.

- T/N: Oiii louquinho! 

Digo me sentando na cama para conversar com calma

- Erick: Oiiii minha louquinha!! Saudades??

- T/N: Não muito... mentira, estou morrendo de saudades! 

- Erick: Eu também!! Não vejo a hora de te ver! Como você está?? 

- T/N: Um pouco cansada mas bem e você? 

- Erick: Estou bem também... deixa eu adivinhar: dia de faxina em casa? 

- T/N: Eu gostava quando você estava aqui e arrumava tudo pra mim...

Digo fazendo biquinho 

- Erick: Era pra isso que você queria um irmão mais velho, né? 

Rimos

- T/N: Como está a turnê? 

- Erick: Tá tudo indo melhor do que o esperado. Claro que sempre temos um imprevisto ou outro mas nada que nos impeça de realizar nosso sonho...

- T/N: Queria ser você... assim: todo talentoso, sabe?

- Erick: Você é toda talentosa, só não se dá conta disso! 

E antes que eu começasse com a mesma discussão de que só ele tinha talento na família, o mesmo me cortou e no fundo eu agradeci. Estávamos sem nos falar há tanto tempo que eu não queria arrumar briga por telefone.

- Erick: E como estão os estudos na universidade?? 

- T/N: Estão ótimos! Há duas semanas entreguei meu TCC e agora eu estou de férias!! 

- Erick: Finalmente né?? 

Disse rindo e me zoando 

- T/N: Senti ironia na sua resposta...

- Erick: Você não acabava a faculdade nunca... parecia que para ser advogada precisava de três vidas para conseguir se formar! 

Eu ri 

- Erick: Mas você merece porque eu vi o quão se esforçou para chegar onde está agora. E tenho orgulho de dizer que minha irmã vai ser a melhor advogada que o mundo já viu! 

- T/N: A não ser que eu brigue com o juiz e ele tire minha OAB...

- Erick: O que é bem provável de acontecer! 

Rimos novamente 

- T/N: Mas, vem cá Eri, você nunca liga assim, do nada...  aconteceu alguma coisa? A que devo a honra dessa ligação?

- Erick: Por acaso não posso ligar pra minha irmãzinha? Isso se chama saudade!

- T/N: Hahaha... acredito! Você nunca tem tempo pra me ligar! 

- Erick: É que eu queria te perguntar uma coisa... o que me diz de vir na turnê comigo e com os meninos??


Notas Finais


Problemas com etiquetas.... 😂
Só eu que realmente imaginei o Erick nessa situação? 🤣💕
T/N deve aceitar o pedido pra ir na turnê??
Com certeza eu iria! Eu sei que ele não me pediu pra ir junto mas as malas já estão prontas 😜
Beijos e até qualquer hora ❤️
Se gostarem, deixem suas curtidas e comentários 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...