História Portrait-Camren g!p - Capítulo 55


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony, Troye Sivan
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Troye Sivan
Tags Allyson Brooke, Camila Cabello, Camren G!p, Dinah Jane, Lauren Jauregui, Romance, Troye Sivan
Visualizações 1.003
Palavras 1.275
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Intersexualidade (G!P)
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa a demora meus amorinhos, esse capítulo é uma recompensa

Capítulo 55 - Parte LVII


~Camila~

Saí do quarto de Theo e fechei a porta. Caminhei de volta até o quarto e quando abri a porta, Lauren estava sentada na cama, ainda com a roupa do trabalho, mexendo no celular.

-Lauren. -Repreendi e ela me olhou.

-O que?. -Perguntou me encarando.

-Amor você ainda não tomou banho. -Gruni e ela suspirou se jogando para trás, fazendo sua calça apertada marcar seu membro, salivei.

-Estou com preguiça. -Disse manhosa e eu suspirei.

-Eu não vou te dar banho, então trate de tomar logo que eu vou arrumar a mesa. -Falei encarando seu volume e ela se sentou me fazendo desviar o olhar.

-Tudo bem. -Disse levantando e me olhou com a mão na cintura. -Você cortou o cabelo?. -Perguntou confusa.

-Que?Não, por que?. -Perguntei confusa.

-Hum, sei lá, está diferente. -Deu de ombros e caminhou para o banheiro.

Parei de frente ao espelho e me olhei, franzi a testa virando de lado, me olhando inteira, não tinha nada de diferente, Lauren estava louca.

(...)

Enquanto eu arrumava a mesa, cantava a música ambiente baixinho, Lauren gostava de jantar ouvindo música, ainda mais quando a música relaxava.

Senti seus braços abraçarem meu corpo com força e ela fungar em meu pescoço.

-Que susto amor. -Falei sorrindo enquanto ajeitava os pratos.

-Para com isso. -Ela disse apertando meus pulsos fazendo-me soltar os talheres. -Você está tão cheirosa. -Disse pincelando o nariz em meu pescoço e eu suspirei.

-Lauren, vamos jantar. -Falei baixinho e ela soltou meus pulsos devagar apenas para tocar em minha cintura.

-Eu quero jantar, mas quero jantar você. -Me virou de vez fazendo-me soltar um gritinho surpreso.

-Depois do... -Ela tomou meus lábios em um beijo enquanto me apertava contra seu corpo.

Tentei empurra-lá mas ela era mais forte, então mordi seu lábio com força, puxando-o e Lauren me soltou devagar.

-Tudo bem, vamos jantar. -Disse de mal gosto enquanto tocava os lábios. -Saiba que isso só me deixou mais excitada. -Piscou e eu suspirei assistindo ela ir até a pia e lavar as mãos.

-Ok, vamos jantar. -Falei suspirando e puxei uma cadeira para sentar.

Lauren sentou ao meu lado e começamos à comer. As vezes ela parava de comer para me olhar e aquilo me deixava completamente vermelha, o que fazia ela rir.

Sua mão direita pousou sobre minha coxa e eu dei um pequeno sobressalto pelo susto. Continuei comendo até sentir a sua mão subir até perto da minha intimidade.

-Lauren. -À repreendi e ela se inclinou deixando um beijo em meu ombro.

-É impossível ficar sem te tocar. -Suspirei e olhei para ela enquanto mastigava devagar. -Tá bom, chata. -Disse tirando a mão e voltando à comer, sorri.

(...)

Lauren e eu estávamos agora na sala, sentadas no sofá assistindo um filme. Eu estava tentando mesmo, porque Lauren não parava de me tocar um segundo sequer.

Sua mão esquerda acariciava minha cintura e sua direita estava na parte interna das minhas coxas que estavam pressionando sua mão para que ela não mexesse.

Seus lábios brincando em meu pescoço, me deixando louca sim, mas eu não ia dar uma de fácil, eu queria ver Lauren louca.

-Amor, olha, ela vai casar agora. -Falei fingindo não me importar com suas provocações.

-Uhum, legal. -Mordeu meu pescoço e eu reprimi os lábios para não soltar um gemido. -Amor, vamos para o quarto, deixa esse filme aí. -Pediu e eu à olhei, seus olhos estavam dilatados.

-Ah amor, estou sem sono, se quiser ir dormir, boa noite. -Deixei um selinho em seus lábios e voltei o olhar para a televisão.

Ela puxou meu rosto segurando-o com força e me encarou nos olhos.

-Eu quero foder, não dormir. -Disse grosso e eu senti meu corpo estremecer. -Quer que eu desenhe?. -Perguntou enfiando a mão em meu short e na minha calcinha, fazendo-me abrir a boca diversas vezes.

-Lauren. -Gruni apertando seu pulso com força.

-Se queria que eu dormisse, por que está tão molhada?. -Perguntou serrando os olhos e movimentando os dedos em minha intimidade.

Fechei os olhos mordendo o lábio e soltei um gemido baixinho enquanto seus dedos se movimentavam.

-Lauren, por favor amor, pare com isso. -Pedi entre suspirou e Lauren se inclinou mordendo minha orelha.

-Você quer mesmo que eu pare?. -Perguntou em um sussurro e mordeu minha orelha novamente. -Eu sei o quanto você adora meus toques Camila. -Sussurrou e eu mordi o lábio com os olhos fechados e assenti. -Então vem aqui. -Me puxou para cima do seu colo sem tirar a mão da minha calcinha.

Seus lábios tomaram os meus em um beijo quente enquanto continuava mexendo os seus dedos em minha intimidade.

Gemi em reprovação quando sua mão saiu dali e quebrei o beijo para olha-lá. Seus dedos foram em direção à sua boca e eu gemi novamente, assistindo-à sugar os dedos.

-Como você tem a capacidade de ficar gostosa à cada dia?. -Sorri safadamente e me sentei um pouco à baixo das suas coxas apenas para puxar seu short para baixo.

-Por que você usa jeans à noite?. -Reclamei e ela riu.

-Eu estava pensando em irmos ao cinema, mas ao ver essa sua bundinha que não tem nada de "inha", eu desisti imediatamente. -Mordeu o lábio e passou a mão por cima da sua ereção.

-Você é uma pervertida. -Ela riu levantando o quadril para que eu tirasse seu short.

-Você gosta desse meu lado. -Mordeu o lábio novamente e apertou meus seios me fazendo gemer baixinho novamente.

-Pra falar a verdade, sim. -Desci sua boxer fazendo seu membro saltar dali e pela segunda vez naquele noite, senti minha boca salivar.

-Hum, então deixa eu te foder. -Puxou meu short para baixo junto com minha calcinha.

Fiquei de joelhos no sofá fazendo seus lábios encostarem em minha barriga, ela deixou uma mordida fraca ali e eu suspirei tirando minhas peças e jogando longe.

Segurei a base do seu pau e o posicionei na minha entrada.

-Espera. -Lauren quase gritou e se esticou para pegar algo na gaveta. -O Theo vai fazer um ano amanhã. -Disse rindo enquanto balançava o pacote do preservativo.

-Puts, esqueci disso completamente. -Me ergui novamente e ela colocou o preservativo rapidamente e tocou minha cintura empurrando-me para baixo. -Cachorra. -Gruni desferindo um tapa em seu rosto.

-Vadia. -Xingou cravando as unhas em minha bunda.

Joguei a cabeça para trás enquanto começava à me movimentar em um vai-e-vem um pouco rápido.

-Devagar baby, eu não quero gozar muito rápido. -Disse tirando minha blusa.

Me inclinei para frente segurando seus ombros e colocando nossas testas enquanto sentava com força no colo de Lauren e ela apertava meus seios.

-Isso, La-Lauren. -Gemi mordendo o lábio e começando à quicar no seu colo.

-Ah Camila, isso amor. -Gemeu me dando um tapa na coxa que eu retribui em seu rosto quase que no mesmo segunda. -Vadia, não me bate. -Disse movendo seus quadris para cima, ajudando meus movimentos.

Desferi outro tapa em seu rosto e Lauren gruniu me dando outro tapa na coxa e me chamando de vadia, o que me fez gemer alto.

-Porra. -Ela soltou enquanto estocava.

Soltei uma sequência de "isso" quando senti meu ventre se contrair. A única desvantagem de cavalgar no colo de Lauren, eu gozava rápido demais.

-Oh Lauren, eu vou...Ah. -Um gritinho saiu da minha garganta enquanto eu quicava em seu pau, sentindo-o esbarrar em meu ponto g várias vezes.

-Goza Camila. -Lauren gemeu estocando fundo.

Senti minhas paredes internas apertar seu pau, dificultando o acesso das estocadas, mas Lauren não parou de jeito nenhum, continuou estocando.

Lauren jogou à cabeça para trás, parando com seus movimentos e eu comecei à rebolar, até que senti meu corpo se convulcionar e então atingi o ápice.

Continuei rebolando, vendo as veias do pescoço de Lauren quase saírem da sua pele. Algumas reboladas à mais e ela gemeu gozando também.

-Oh céus. -Ela jogou a cabeça para trás novamente e eu apoiei o rosto em seu ombro. -Eu te amo. -Ela disse beijando minha bochecha seguidas vezes.

-Eu te amo. -Disse em suspiros e à beijei.


Notas Finais


Uma boa madrugada heuhue


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...