História Poseidon - Imagine Jungkook - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, CrystaL Clear (CLC), TWICE
Personagens Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Momo, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Sorn
Tags Bangtan Sonyeondan, Black Pink, Blackpink, Bts, Deuses, Fanfic, Jeon Jungkook, Jeongguk, Jungkook, Mitologia, Poseidon, Romance
Visualizações 180
Palavras 983
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


O que Twisy?
Que título de capítulo é esse?
Sim gente, esse é o título do CAP de hoje...
Boa leituras

Capítulo 11 - "Abre as pernas"


Era final de tarde, o sol já estava se pondo, seu brilho na água, dava visão para a garota saber se era dia, ou noite.

- incômodo? - Jungkook adentrou o quarto da sereia, que no entanto se encontrava no painel de vidro observando a luz do sol se pondo.

- não - ela não se virou, já conhecia bem aquela voz, já se passou tantos dias desde o acontecimento na terra acima.

- você está bem? - ele se aproximou da mesma e se abaixando até ficar na mesma altura - você está estranha - o deus acariciou o rosto da morena e se aproximou de seus lábios, porém a mesma se virou e saiu da cadeira, Jungkook fechou os olhos e seguiu a menina até sua cama - o que ouve  (s/n)? - ela o encarou e suspirou, ela não poderia contar o que houve ontem a noite.

- nada! Eu estou bem! Apenas….cansada - ela abraçou o moreno, era bom  estar nos braços dele, ela se sentia protegida, como se lá já fosse seu céu! - Jungkook!

- hmm?

- eu te amo!  - ele ficou surpreso, a mais de 200 anos ela não o dirigia essa palavra.

- eu também - os lábios dos dois se encontraram, eles não eram mais estranhos, era como se o mundo parasse e só os dois, eles se sentiam felizes.

Jungkook apertou ainda  mais a garota contra seu corpo, o beijo já não era mais calmo, ele desceu até o pescoço da jovem, ela sorriu, sentia cócegas, seu corpo se arrepiou, foi como se uma carga elétrica passasse por seu corpo.

Ele a deitou na cama, (s/n) sentia seu coração disparar, como se estivesse começando uma corrida.

- se você não estiver se sentindo confortável, eu posso…- a garota o cortou com um beijo.

- eu quero! - os dois sorriram um para o outro.

Jungkook abriu o primeiro botão da blusa dá mais nova, e dando um beijo no local, continuou a despir a garota, não tendo mais a blusa, Jungkook beijou sua barriga, seu corpo arrepiou por completo com o toque do moreno, ela sentia cócegas  naquela região, sua saia foi tirada e ficando quase desnuda na frente do mais velho, suas bochechas ficaram vermelha, Jungkook riu e baixou a parte de baixo da morena, ela segurou a mão dele, ela se levantou e olhou nos olhos do mais velho, ela retirou a blusa de Jungkook.

- você continua o mesmo! - ela o beijou, Jungkook deslizou suas mãos até o feche do sutiã da mesma, não tendo mais a peça, Jungkook apertou um dos seios da garota, ela arfou e seu corpo mais uma vez arrepiou, sua intimidade pulsava a cada toque do mais velho.

- Jungkook!...- ditou manhosa, a deitando novamente na cama, Jungkook abocanhou seu seio esquerdo, sua língua brincava com o mamilo da garota, sua mão adentrou a calcinha da jovem e tocando seu clitox, sorriu.

- você está tão molhada  (s/n) - ela gemeu quando sentiu o polegar do mesmo apertar o seu  botãozinho, a sensação que a causava era incrível.

O dedo de Jungkook desliga pela vagina da menina, ele a olhou e desceu até as partes íntima da jovem, tirando a calcinha da mesma, encarou a buceta inchada da mesma, ele abaixou sua cabeça até a intimidade da garota, e passando a língua no clitox da jovem, ela gemeu, ele sugava a intimidade da garota a causando cargas elétricas, sua buceta pulsava cada vez mais com a língua do moreno.

- isso é tão bo-om Jungkook! - ela gemeu manhosa.

- é? - ela concordou, Jungkook se levantou e tirou suas últimas peças de roupas, foi até a jovem - abre as pernas querida!  - obedecendo o mais velho, (s/n) abriu as pernas e sentindo o pênis do maior adentrar sua buceta gemeu alto, era uma sensação boa para a garota.

O pau do Jungkook cabia perfeitamente na vagina da garota, ela podia sentir o quão fundo ia o pau do Jungkook.

- Jungkook ma-ais rápido! - ele se afundou ainda mais na vagina da garota e a sentiu tremer, ela havia alcançado seu ápice, Jungkook continuou a penetrar a garota, até ele sentir seu orgasmo, ele tirou seu pau de dentro da jovem, ele se jogou ao seu lado e a encarou.

- eu te amo muito sabia? - a garota concordou, ele a puxou para mais perto e abraçou! - até amanhã minha querida! - o moreno deu um beijo calmo na cabeça da garota.


~Manhã seguinte


- DROGA!  - Sorn jogou a taça no chão - Alex é um covarde, ou melhor Xiumin, mais eu irei me vingar, ai se vou! - ela andou de um lado para o outro - QUE ÓDIO! - gritou.

- porque está gritando Sorn? - Jennie adentrou o quarto da deusa.

- quem lhe deu permissão para entrar em meu quarto?  - Jennie recuou.

- o que está havendo em Sorn?  Você está faltando nas reuniões do olímpico, e está sumida - ela encarou a deusa.

- o que eu faço não é da sua conta! - Sorn saio do quarto deixando Jennie sozinha.


[...]


(S/n) abriu os olhos logo pela manhã, ela olhou para o lado e percebeu que Jungkook não estava mais ao seu lado, ela se levantou e caminhou até o banheiro, a mesma fechou os olhos e se lembrando da noite passada, ela nunca irá esquecer do que aconteceu, ela  sentia falta das noites que passava com Jungkook, sua mente estava a mil enquanto tomava seu banho.

Após um bom banho, a garota saiu do quarto, porém sentiu a presença de alguém, e quando finalmente olhou para a pessoa e viu Sorn com uma estaca na mão.

- ninguém irá lhe salvar minha irmã!  - Sorn caminhou até a garota que recuava a cada passo da mais velha, seu coração está quase saindo de sua boca, foi quando um tiro ecoou pelo quarto, (s/n) sentiu seu coração apertar, seu corpo caiu ao chão e desesperadamente respirou em busca de ar


Notas Finais


Iiiii, e agora? Últimos capítulos de Poseidon!
Há, e escolhem quão deuses (da história, tipo: Namjoon é Zeus, entenderam?)
Comentem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...