História Possessive Love - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Suga, V
Tags Bts, Yaoi, Yoonmin
Visualizações 21
Palavras 926
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Yaa hoje vai ser em primeira pessoa heueue. Espero que gostem.

Boa leitura!!♡

Capítulo 2 - "Apenas amigos"


Fanfic / Fanfiction Possessive Love - Capítulo 2 - "Apenas amigos"

Jimin on

Aquela aula estava realmente um tédio, eu nem ao menos prestava atenção, minha atenção estava toda para o garoto de pele pálida e cabelos negros, Min Yoongi, eu realmente não sei por que aquele sentimento era tão forte por ele, logo por ele, o garoto mais popular, o garoto que tem milhares de meninas e meninos aos seus pés, e todos mais bonitos que eu, realmente não sei porque ele, mas foi meu coração que escolheu, eu sei que é verdadeiro, meu corpo reage de uma forma tão estranha quando lhe vejo, aquela velha sensação de borboletas no estômago, arrepios e etc.

Eu me sinto um idiota, ele nem ao menos sabe da minha existência, mas mesmo assim os sentimentos permanecem, e cada movimento seu eu observava, sempre que estava perto, eu acompanhava cada movimento, aquele belo sorriso que me distruia, aquela mania maravilhosa de passar a língua sobre os seus belos lábios finos e rosados, isso realmente acabava comigo, mas o que realmente me deixava para baixo, era vê-lo com outras pessoas e nunca tê-lo apenas para mim. Ele nem ao menos sorria ou me dava um "oi", porra min yoongi me nota so uma vez.

Todos aqueles pensamentos foram embora quando a campa bateu, todos levantando de seus lugares arrumando suas coisas para irem para merenda, e eu ainda la de cabeça ao encontro da minha mesa, eu procurava forças e vontade para levantar, eu so queria ficar ali e me deixar levar por meus pensamentos novamente, mas Taehyung não deixava.

- Hyung levante, vamos merendar. - O mais novo me criticava na tentativa de me fazer levantar.

- Não tae, eu quero morfar aqui nessa cadeira enquanto penso, apenas me deixe.- eu disse desanimado me aconchegando ainda mais na cadeira.

- Vai querer mesmo ficar ai enquanto pensa no yoongi? Deixe de ser trouxa hyung, levante logo. - O garoto me pertubava, me cutucava e me balançava enquanto me implorava para eu levantar  dali e ir com ele para o refeitório. Depois de muito insistir eu resolvi levantar e ir com o garoto, eu também estava com fome, eu realmente não podia ficar ali morrendo de fome enquanto pensava no branquinho que fazia meu coração acelerar.

Ao chegar no local, eu e taehyung entramos logo na fila e pegamos nossa merenda, e peguei apenas maçã e um suco, e me sentei com o mais novo, que logo começou a tagalerar novamente, e eu não prestava atenção, estava novamente preso em meus pensamentos de trouxa, Yoongi não estava ali, ele sempre ficava andando pela escola no intervalo, ainda sim, meus pensamentos estavam todos direcionados a ele. Eu olhava Para um canto qualquer, com uma mão em minhas madeixas, e a outra levava o suco até minha boca, meus movimentos eram automáticos, apenas meu corpo estava alí, minha mente estava nele.

- HYUNG - e agora estava novamente na terra depois de um grito do garoto de voz grossa que havia não chamado apenas minha atenção, mas de como de alguns outros alunos.

- desculpa tae, do que falava? - perguntei bagunçando meus próprios cabelos afastando meus pensamentos levando minha atenção ao mais novo.

- esquece hyung. - disse o garoto depois de um longo suspiro decepcionado.

Eu nem ao menos prestava atenção em meu melhor amigo, eu me perguntava, o que min Yoongi havia feito comigo, ele de verdade havia ferrado com minha vida.

•••

Depois da merenda, voltamos novamente para a sala, ainda tínhamos aula, e eu tentei prestar bastante atenção na aula, de vez enquando eu tinha minhas recaídas e me deixava levar por pensamentos, mas depois me acordava com cutucadas de Taehyung, eu pelo menos consegui entender um pouco a aula. Felizmente a aula não demorou muito e finalmente saimos logo dalí.

Tae e eu ja estamos prontos para ir embora, mas fomos parados no meio do caminho por jungkook, jungkook é um amigo do 2 ano, de acordo com taehyung, apaixonado por mim, o garoto é realmente muito bonito e tem com certeza uma ótima personalidade, uma garoto bem fofo e simpático, mas infelizmente não é por ele que meu coração bate.

- Jimin hyung, tae hyung, finalmente encontrei vocês eu... Preciso mesmo falar com você jimin hyung. - O garoto de sorriso tímido me olhou como se implorasse por um minuto de atenção.

- Tudo bem então, vamos. - Dito isso, peguei o garoto pelo braço e nos afastamos um pouco de taehyng, ficando com uma boa privacidade.

- E-ntão hyung é que..eu venho querendo dizer a um tempo, eu realmente não tinha coragem, é difícil falar .. Jimin eu - O garoto suspirou como se estivesse tomando coragem. - Jimin eu amo você, amo você de verdade, não consigo ficar longe de você, é difícil, jimin por favor seja meu. - O garoto agora falava com confiança enquanto segurava minha mão. Eu podia ver em seus olhos que era sincero, e como eu queria dizer um "sim" sincero também, mas eu não conseguia, eu até queria que minha paixão fosse por ele, mas como sempre, o coração escolhe errado.

   - Jungkook-ah eu.. Eu queria de verdade poder dizer sim mas, não seria sincero, queria que fosse recíproco mas não é.. - Fui sincero em dizer aquilo, disse calmo tentando evitar magoá-lo. - Vamos apenas manter a amizade, porque eu realmente gosto da nossa amizade. - disse soltando sua mão, dando um suspiro agora esperando uma resposta do garoto que estava cabisbaixo.

- Apenas amigos. - escutei o garoto dizer tristonho de cabeça baixa.

- Desculpe - Foi a última coisa dita por mim, lhe dei um beijo na testa de despedida, e sair com taehyung.



Notas Finais


Foi isso amores :3 espero que esteja bom pra vocês, bjjjjs ♥♥♥.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...