História Possessivo 2 - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Justinbieberpossessive2
Visualizações 81
Palavras 1.285
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Estupro, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - Talvez seja o fim


Belinda P.O.V

1 semana depois

Eu estava amando a minha vida nova, tudo estava dando certo, o Justin está cada vez melhor e o Chaz e minha irmã estão juntos.

Hoje acordei animada afinal é sábado e eu e o Justin íamos ter a tarde só pra nós já que Jannette ia ficar com o Chaz.

Termino de por a mesa do café e aviso ao Justin que está pronto, logo ele passa pela porta é senta na mesa ao meu lado.

-Espero que você goste do nosso café.

-Tudo que você faz é maravilhoso amor.

Sorrio animada com o jeito que ele fala comigo e começo a me servir.

-Acho muito bom você pensar desse jeito para o resto da sua vida.

-Pode deixar, o que você quer fazer hoje?

Paro um pouco pra pensar e logo respondo.

-A gente podia ver uns filmes ou dar uma volta em um parque, o que você prefere?

-Fico com o parque, não aguento mais te ver dentro de casa.

-Eu amo ver o jeito como você se importa comigo.

Dou-lhe um selinho, sorrio fraco pra ele e continuo tomando meu café.

-Isso prova o quanto eu mudei, então vamos tomar café rápido pra gente aproveitar bem o dia.

-Claro

(...)

Depois de terminarmos de tomar café da manhã limpo a cozinha rapidinho e vou para o quarto trocar de roupa.

Visto um vestido rodadinho e logo desço as escadas, Justin já me esperava no carro então ando até lá fora e entro no mesmo.

-É muito longe esse parque?

-Não amor, é aqui pertinho.

Ele logo liga o carro e dirige até lá, ponho uma música baixinha no som e começo a cantar.

Chaz Somers P.O.V

Termino de dar café para a Jannette e ajudo Bella a arrumar a cozinha rapidinho pra gente ir brincar com minha filha no jardim, pego alguns brinquedos dela e começamos a brincar como uma família feliz.

Posso dizer que esses dias que estou com Bella foram os melhores.

-Você não sabe o quão feliz você está me fazendo nesses dias Bella.

-E eu espero de fazer muito mais feliz.

Ela me da um selinho é logo ouço Jennette reclamar.

-A princesa do pai está com ciúmes é meu amor ?!

Pego ela no colo e a encho de cosquinhas.

-Nem é igualzinha a mãe dela.

Bella levanta Jennette do chão e segura sua mão.

-O papai não vai pegar a gente.

As duas começam a correr, sorrio fraco e vou atrás.

-Vamos ver então.

Ouço a gargalhada da minha filha e sorrio fraco.

-Vamos Jennette, mostra pro papai que ele não corre nada.

Corro um pouco mais rápido, pego minha filha no colo e derrubo Bella no chão me deitando ao seu lado.

-Falei que o papai ia pegar.

Beijo a testa de Jennette é voltamos a curtir nosso fim de semana.

Justin Bieber P.O.V

Belinda e eu passamos nossa tarde toda em um parque e agora estamos assistindo um filme abraçadinhos.

Hoje foi um dos melhores dias da minha vida, nos divertimos pra caralho.

-O que achou do passeio?

-Foi ótimo, temos que levar Jennette no próximo.

Me arrumo no sofá e digo.

-Falando em Jennette, eu queria te perguntar uma coisa...

-Hum...pode perguntar.

-O que você acha de me dar um filho ?

Ela levanta do sofá nervosa e me olha.

-Acho que agora não é o momento certo.

-E quando vai ser o momento certo? Me fala.

-Justin, acabamos de voltar e estamos tentando arrumar nossa vida primeiro.

-Belinda você ainda tem medo de mim?

Ela começa a andar de um lado pro outro.

-Claro que não, eu só não quero precipitar as coisas.

-Eu to fazendo de tudo pra te agradar porque você não pode fazer ao menos uma coisinha pra me agradar?

Olho pra ela nervoso é passo a mão no rosto.

-Eu só quero saber como é ser pai de verdade ter a mesma sensação que o Chaz tem de saber que é amando por uma coisinha pequenina que sempre vai ta ali pra te amar, pra você ajudar, ensinar e pra ouvir ela te chamar de pai e te agradecer por tudo que fizer por ela quando estiver soltando os últimos suspiros.

- Vamos esperar mais um pouco não é só eu ir lá e fazer um filho tem muita coisa pra resolv..

-Não me enrola mais Belinda eu sei do que precisa pra ter uma criança, esse é meu maior sonho, ter um filho com você mais estou vendo que você não pensa a mesma coisa que eu.

-Justin, é claro que eu penso mas você não entende meu lado, não é fácil eu engravidar assim, pra você é fácil falar "vai lá e faz outro" mais não é assim, se você quiser um filho vai ter que esperar.

-Eu vou respeitar sua decisão, com licença.

Saio de casa e pego meu carro, ouço os gritos de Belinda e saio cantando penel na rua.

Porque ela não pode me dar um filho?! É tão difícil acreditar que eu mudei? Eu faço de tudo para ela e ela nunca faz nada para mim.

Eu só queria ser pai é fazer tudo que meu pai nunca fez para mim.

Dar tudo do bom e do melhor.

E hoje eu assumo que eu, Justin Bieber, tenho inveja da vida que meu ex melhor amigo tem.

Eu nunca vou ser feliz por completo,meu melhor amigo deve me odiar e o amor da minha vida não quer me dar um filho pois tem medo de mim.

Eu não queria ter machucado ela eu queria ter feito diferente, mais todos erram.

Belinda P.O.V

Pego meu carro e resolvo ir atrás de Justin.

(...)

Depois de muito seguir o mesmo que andava sem rumo algum, me desespero ao ver o seu carro bater em um caminhão e voar na pista.

Solto um grito é saio do carro correndo é ando até onde o carro parou.

-ALGUÉM LIGA PRA AMBULÂNCIA.

Vejo algumas pessoas ficarem em volta e começo a chorar.

Vejo que ele está todo machucado e cheio de sangue e então seguro sua mão.

-Por favor não me deixa Justin, não de novo meu amor.

Tudo isso é minha culpa, como eu pude ser tão idiota assim.

-Senhora acho melhor você se afastar a ambulância já está vindo.

-Eu não posso deixar ele sozinho.

Sinto alguém me puxar pra longe dele e tentar me acalmar.

Mais ninguém conseguira me acalmar a não ser ele .

Justin Bieber P.O.V

Continuo dirigindo em alto velocidade e logo sinto um impacto e meu carro capotar quatro vezes na pista.

Ouço um grito distante e vejo que é a voz de Belinda, como ela estava aqui?

Será que ela me seguiu? Ela não vai me deixar sozinho.

Logo minha respiração começa a ficar fraca e ouço barulho de pessoas em volta do carro falando pra ligar pra emergência.

Acho que hoje será o dia da minha redenção eu espero que Deus tenha me perdoado por tudo que fiz.

Sinto meus olhos se fecharem de vagar e meus últimos suspiros se aproximarem.

Talvez o grande final de Justin Bieber seja agora.

Chaz Somers P.O.V

Acordo com o toque do meu celular, vejo que são 3 horas da madrugada e atendo.

-Chaz

Vejo que é a Belinda e tudo indica ela está chorando.

-Belinda o que houve? O que o Justin fez dessa fez?

-O Justin sofreu um acidente de carro e está entre a vida e a morte no hospital, Chaz eu nao sei o que fazer estou sozinha aqui.

E naquele momento o meu mundo parou, meu melhor amigo pode morrer a qualquer momento e eu não me desculpei por ter abandonado ele.

-Chaz você esta ai?

-Eu estou indo pro hospital.

-Okay.

Desligo o celular é fico olhando para o nada e pensando em como nós dois fomos egoístas.

Não nos falamos em nenhum momento para pedir perdão um ao outro .

Mas ele não pode morrer sem o meu perdão e ele não vai morrer.



Você pode me ouvir gritando: por favor, não me deixe?

Espere eu ainda te quero.

Volte, eu ainda preciso de você.

Me deixe pegar a sua mão, eu vou consertar tudo.

Juro te amar por toda minha vida.

Espere eu ainda preciso de você.



                           Chord Overstreet Hold On
       




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...