História Potter - Uma Nova Geração - Capítulo 47


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alice Longbottom, Alvo Potter, Angelina Johnson, Argo Filch, Arthur Weasley, Astoria Greengrass, Blásio Zabini, Carlinhos Weasley, Dominique Weasley, Draco Malfoy, Fleur Delacour, Fred Weasley Ii, Gina Weasley, Gui Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Hugo Weasley, Jorge Weasley, Lilá Brown, Lílian L. Potter, Lino Jordan, Lorcan Scamander, Louis Weasley, Lucy Weasley, Lysander Scamander, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Molly Weasley II, Neville Longbottom, Pansy Parkinson, Percy Weasley, Personagens Originais, Ronald Weasley, Rose Weasley, Roxanne Weasley, Scorpius Malfoy, Ted Lupin, Tiago S. Potter, Victoire Weasley
Tags Harry Potter
Visualizações 38
Palavras 1.828
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Lumooos !!
Desculpa pelo sumiço, tive alguns problemas mas graças á Merlin eu consegui resolver els, gente queria contar uma novidade pra vocês, sim, sim, já já chega os 15 anos da Lily... espero que vocês fiquem tão ansiosos quanto eu ^_^
Comente bastante, compartilhem a fanfic e adicionem aos favoritos
Espero que gostem, desce ae
Obs - James e Lily na capa

Capítulo 47 - Estúpido


Fanfic / Fanfiction Potter - Uma Nova Geração - Capítulo 47 - Estúpido

                                                 P.O.V James 

Eu não sabia porque eu estava tão nervoso, mas ver minha irmãzinha ficar com alguém já era demais para mim, eu nunca soube ao certo  a hora de parar de cuidar dela, mas meu coração sempre acelerava quando via aquilo. Desci as escadas correndo, mas de longe percebi que alguém tinha segundas intenções, pois o Scorpius tinha colocado uma mecha do cabelo dela para trás da orelha.

Andei com passos firmes até o Lago Negro, Scorpius estava sorrindo igual um idiota 

- Aí QUE LINDOS ! - gritei andando 

- Tá maluco rapá? - minha irmã arfou de susto 

- Maluco é o Scorpius - reclamei - Tá querendo passar o rodo no 4°ano também Malfoy?

- Não te interessa, palhaço - Ele falou se aproximando de mim - A Lily não é sua prioridade 

- Mas quando se trata de você, até o chão é a minha prioridade, pateta - eu falei ficando cara a cara com ele 

- EU JÁ FALEI E VOU REPETIR - o Malfoy gritou - EU NÃO LIGO PRA SUA OPINIÃO, E A LILY FICA COM QUEM QUISER 

- Abaixa o tom, não tá falando com suas amiguinhas, e minha irmã não é idiota de ficar com você - eu reclamei fazendo Lílian revirar os olhos - Ou era? - perguntei me virando para ela 

- Olha, assim, nenhum de vocês é meu dono - ela falou - Você é paranoico demais Jay, para com isso , eu sei me cuidar 

- Meu amor eu sei disso, eu não confio nele mesmo - eu disse em rendição 

- CALA BOCA JAMES, VOCÊ NEM ME CONHECE DIREITO - Scorpius reclamou fazendo eu me virar para ele estressado 

- NÃO? EU TE CONHEÇO DÊS QUE VOCÊ NASCEU MOLEQUE, E OS BOATOS QUE ESPALHAM DE VOCÊS NÃO SÃO OS MELHORES - falei dando um passo a frente 

- Não vida, calma - Dominique disse, segurando o meu braço - Por favor - Na mesma hora parei e fiquei quieto no meu lugar

- JAMES - Lily gritou - Pelo amor de Merlin, quantas vezes eu vou ter quer falar pra você ficar FORA DA MINHA VIDA - ela falou estressada, dando um passo a frente ficando com as bochechas vermelhas - UMA VEZ NA VIDA ME DEIXA EM PAZ, PARA DE ME PROTEGER COMO SE FOSSE UMA CRIANÇA - ela gritou, quase voando em mim, mas o Malfoy á segurou  pelos ombros 

Ouvi alguns passos atrás de mim, era Albus 

- Pelo amor de Cristo, que que vocês estão brigando? - Meu irmão perguntou 

- O James 

- A Lily - eu reclamei 

- Ciúmes? Lily.. - Albus começou mas Lílian começou a encher os olhos de lágrimas, possivelmente de raiva 

- NÃO PRECISA COMEÇAR - ela falou se soltando do Scorpius - Vocês dois, eu não quero ver nem pintado de ouro - ela falou apontando para nós  - E você some daqui, antes de eu me estresse - Lily enxugou algumas lágrimas , e saiu pisando firme -  EU ODEIO  VOCÊS- ela gritou sumindo da nossa frente 

- Lily volta aqui - eu disse

- LÍLIAN - Dominique gritou, fazendo Albus e Scorpius ir atrás dela 

Eu me sentei na grama, e Domi me acompanhou 

- Você acha que fiz algo de errado? - perguntei deitando minha cabeça no peito dela 

- Não baby, você só não está preparado para deixar ela - Domi começou - Lily só quer um pouco de espaço, mas no fundo quer você, Albus e ela juntos, e ela te ama muito, assim como eu 

- Você é muito especial sabia Domi? - falei selando nossos lábios - Me desculpa por tudo 

- Você não fez nada, passion 

- Passion? - eu perguntei franzido o cenho 

- Significa paixão, pois a partir de agora, você será a minha paixão eternamente - Ela explicou rindo pelos ombros 

- Então tá bom, passion -  respirei fundo, me aconchegado entre suas pernas - Lily.. 

                                   P.O.V Lily 

Mas era óbvio que fiquei puta, porque eu pareço que tenho um rastreador, sai pisando fundo, uma raiva me consumia, até que algo puxou meu braço, era Louis 

- VOCÊ TÁ DE PARABÉNS - eu gritei no meu corredor e ele me encarou - Seu idiota

- Lily - ele tentou se explicar, mas dei os ombros e entrei no salão comunal da Grifinória 

Eu realmente não sabia oque fazer, o salão estava vazio, eu tinha alguns minutos até minha próxima aula de Trato de Criaturas Mágicas, Rose estava no canto da sala conversando com Rox, eu apenas me sentei no chão e encarei o chão, querendo quebrar tudo que estivesse na minha frente, as lágrimas de raiva descia no meu rosto lentamente. Senti alguns fios encostarem no ombro, espiei e era os fios  ruivos , me abraçando 

- Tá tudo bem - Rose me abraçou - Não faz  mal chorar - ela falou enquanto eu me debruçava em soluços 

- Eu...odeio...isso - solucei e Rox me acariciou meu cabelos 

- A gente também odeia, quem faz isso com você - Ela falou, fazendo eu sorrir 

- Conta com calma oque aconteceu...pelos menos metade da história eu já sei - Ro pediu me soltando, e dando um longo suspiro 

Eu expliquei tintim por tintim, ela ouviram atentamente 

- James só sente ciúmes, e Louis não quis ver você se ferrar aos olhos dele - Rox explicou 

- Eu acho melhor você se arrumar, o salão já vai lotar - Rose falou - Eu acho que vou com você - ela disse pensativa 

- Eu preciso falar com o Hugo, então eu encontro vocês no jantar - Rox disse arrumando seu cabelo, e mandou alguns beijos no ar 

Subi para o dormitório junto com a Rose, ela pediu para eu me sentar na cama, enquanto ela mexia no seu baú 

- Espera só um pouco - ela pediu, enquanto eu arrumava meu suspensório - ACHEI - ela falou animada 

- Que foi ? - eu perguntei e ela sorriu, entregando para mim uma bandana preta - Pra que isso? 

- Isso é uma bandana DEER - ela falou fazendo careta - Essa bandana tem um significado especial - ela se sentou ao meu lado - Minha mãe me deu, quando eu tive alguns momentos difíceis na vida, ela significa resistência, de todas as meninas que já conheci, você é a mais sonhadora e a mais resistente, e talvez isso te lembre da sua essência 

- Obrigada - agradeci dando um abraço nela

Prendi a bandana no meu cabelo, de um jeito hippie, formando um laço na minha testa. 

         ***

Eu estava voltando da minha aula de Trato de Criaturas Mágicas, quando encontrei Luccas no meio do caminho 

- Tudo bem? - ele perguntou, e eu sorri 

- Tudo, e com você? - Eu respondi, segurando alguns livros que precisava devolver para biblioteca 

- Tô - ele suspirou - Eu vi a sua discussão de hoje 

- Lu, olha, aquilo saiu da minha raiva e não pude deixar aquilo me abater, toda vez que faço algo, todo mundo me critica 

- Eu não tô bravo, nem nada, mas acho que James ficou chateado com aquela palavras 

- Eu sei disso, mas... eu vou falar com ele - Suspirei - Faz um favor? - perguntei e ele assentiu - Entrega esses livros na biblioteca pra mim, eu tô atrasado pra aula do Chris 

- Você não tem mais tanto tempo para mim - Lu falou, fazendo eu revirar os olhos  

- Você continua sendo meu tutor, todas as quartas nós se vemos - Eu expliquei caminhando com ele 

- Mas a gente fala sobre poções, e aquilo é chato demaaais - ele reclamou novamente 

- Você quer fazer o que no sábado inteiro? - eu perguntei e ele sorriu 

- Que tal uma surpresa? - ele perguntou e eu ri disso 

- Sério isso? - eu disse duvidando, e ele me encarou - Ok. Uma surpresa 

- Aproveita, esse é o meu último ano aqui - ele me lembrou, fazendo eu abraçar ele tristemente 

O sonho de Luccas, era poder viajar para França e estudar alguns anos lá e poder visitar o túmulo da mãe dele, que ficava em Paris. Lu perdeu sua mãe em um atentado bruxo, após ela virar uma aurora. 

- Você é um menino muito fofo - eu falei - Eu ainda vou ir com você para França - ele sorriu 

- Te encontro no jantar 

- No jantar 

Após dar a aula de reforço para o Chris, saímos para o saguão principal. 

- Você devia me agradecer, sou a melhor tutora - Eu falei, fazendo Christian roubar minha varinha 

- Aé? - ele perguntou - Eu sou a melhor tutora - ele me imitou 

- Idiota - eu reclamei, chegando perto do saguão, Alison estava esperando por ele 

- Tu demorou enh? - ela reclamou se aproximando de nós - Oi Potter - ela disse secamente 

- Oi Travers - eu falei, enquanto entrava no saguão - Até sexta Chris - eu disse 

- Até Lily - ele respondeu, indo com Alison até a mesa da Sonserina 

Me sentei ao lado de Hugo que comia feito um esfomeado, peguei um pouco de macarrão com carne moída, e um purê esquisito mas que tinha um gosto ótimo, James encarava cada garfada que eu dava na boca. Comi um pouco menos que esperava, deixando um resto de comida no prato 

- Você..não - Hugo falou com a boca cheia 

- Não, pode comer - Me rendi, entregando meu prato pra ele 

- Isso tá uma delícia, o que aconteceu? - ele perguntou, atacando meu prato 

- Nada - eu disse me levantando da mesa 

- Tem certeza? - ele insistiu, e eu apenas sorri 

- Tenho - disse caminhando até a saída, James também se levantou e veio até o meu  encontro 

- Então nós vamos ficar assim? - ele falou, acompanhando meus passos 

- Eu não sei, você não nunca deixa me explicar - eu falei parando, quase na porta do salão - Nas minhas histórias você nunca  pergunta o por que para mim, e sim para todos ao meu redor - eu expliquei entediada 

- Me desculpa, Lily - ele pediu, e eu apenas neguei com a cabeça 

- Eu te desculpo uma, duas, três, quatro, duzentas e você nunca olha para mim e pergunta  realmente o por que deu fazer aquilo, será que um dia você vai me entender? - eu perguntei, e ele me encarou sem resposta - Essa é a resposta que eu realmente quero James, me desculpa - Pedi continuando minha caminhada, alguns flash-backs passaram pela minha cabeça dos momentos mais felizes que tive com ele, eu realmente não suportava aquela situação e eu não tinha uma resposta concreta sobre aquele fato. 

Eu não sabia se ia continuar falando daqui pra frente com ele, não verdade não sabia de nada, principalmente o que viria daqui pra frente... 

 

 

 

 

 

 

                                      

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado!!
Comente e adicionem aos favoritos !!
Até a próxima..
Um beijo, um queijo e Noox !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...