1. Spirit Fanfics >
  2. Potter, The New History(Drarry) >
  3. O mestre das Poções

História Potter, The New History(Drarry) - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


Capítulo novo YEY!!!

Capítulo 14 - O mestre das Poções


Fanfic / Fanfiction Potter, The New History(Drarry) - Capítulo 14 - O mestre das Poções

Cap. 14

O Mestre das Poções

Chegando na sala de poções Harry reparou que era "mais frio ali do que na parte social do castelo e teria dado arrepios mesmo sem os animais embalsamados flutuando em frascos de vidro nas paredes à volta.

Snape, como Flitwick, começou a aula fazendo a chamada e, como Flitwick, ele parou no nome de Harry..

- Ah, sim - disse baixinho - Harry Potter. A nossa nova celebridade."

O trio que se sentava ao lado de Harry se inclinou e deram um sorriso para ele, voltando então sua atenção para a aula

"Snape terminou a chamada e encarou a classe. Seus olhos eram negros como os de Hagrid, mas não tinham o calor dos de Hagrid. Eram frios e vazios e lembravam túneis escuros."

- Ele é apavorante - sussurrou para Andrew ao seu lado, que até agora tinha se provado o mais legal do trio

- eu o acho fascinante, ele é um gênio em tudo que faz

"- Vocês estão aqui para aprender a ciência sutil e a arte exata do preparo de poções começou - Falava pouco acima de um sussurro, mas eles não perderam nenhuma palavra. Como a Professora Minerva, Snape tinha o dom de manter uma classe silenciosa sem esforço - Como aqui não fazemos gestos tolos, muitos de vocês podem pensar que isto não é mágica."

- já fez alguma poção?

- dei uma folheada no livro em casa explodiu no meu rosto e você?

- Nem tentei, complexo demais - disse arrumando os óculos

"- Não espero que vocês realmente entendam a beleza de um caldeirão cozinhando em fogo lento, com a fumaça a tremeluzir, o delicado poder dos líquidos que fluem pelas veias humanas e enfeitiçam a mente, confundem os sentidos..."

- Desde quando um caldeirão é uma obra de Da Vinci? - abrindo um largo sorriso

Harry fez de tudo para conter a risada, pensou em como alguem como ele andava com duas pestes como Draco e Charlotte

"- Posso ensinar-lhes a engarrafar fama, a cozinhar glórias, até a zumbificar se não forem o bando de cabeças-ocas que geralmente me mandam ensinar."

Harry olhou para o garoto, revirou os olhos e colocou a língua pra fora imitando um zumbi

O garoto ficou até roxo tentando conter a risada, de repente voltou a seriedade e sussurrou rapidamente para Harry:

- fazem a poção do Morto Vivo; cura de venenos encontra na barriga de cabras e plantas de mesmo gênero botânico

Falou quase incompreensível e virou o rosto olhando para o livro em sua mesa. Harry ficou estático tentando entender o que o garoto havia dito, seus pensamentos foram cortados pelas palavras do professor:

"- Potter! O que eu obteria se adicionasse raiz de asfódelo em pó a uma infusão de losna?

- Raiz de quê em pó a um infusão do quê?" Harry olhou para Andrew ao seu lado, mas o garoto olhava compenetrado para o livro

" - Não sei não senhor - disse Harry.

A boca de Snape se contorceu num riso de desdém.

-Tsk, tsk, a fama pelo visto não é tudo. Vamos tentar outra vez, Potter. Se eu lhe pedisse, onde você iria buscar bezoar?"

Pelo rabo de olho Harry podia ver Charlotte e uma outra menina da Sonserina morrendo de rir

" - Não sei não senhor.

- Achou que não precisava abrir os livros antes de vir, hein, Potter?

Harry fez força para continuar olhando diretamente para aqueles olhos frios. Folheara os livros em casa, mas será que Snape esperava que ele se lembrasse de tudo que vira em Mil ervas e fungos mágicos?

- Qual é a diferença Potter, entre acônito licoctono e acônito lapelo?"

E de repente Harry recebe um chute por baixo da mesa sufocando a interjeição de dor, se lembrou das palavras de Andrew:

- é… produzem a poção do Morto Vivo, é encontrado no estômago de cabras e as últimas são plantas do mesmo gênero botânico

- O divino lhe fez lembrar Potter? Pois bem 5 pontos para a Sonserina pelas eximias respostas do senhor Potter, porém, menos 25 pontos lá conversa paralela entre ele e o senhor Northuldra

Harry recebeu olhares de reprovação de todos os outro sonserinos da sala, inclusive Draco e Charlotte.

"Snape separou-os aos pares e mandou-os misturar uma poção simples para curar furúnculos.

Caminhava imponente com sua longa

capa negra, observando-os pesar urtigas secas e pilar presas de cobras, criticando quase todos, exceto Draco e Charlotte, de quem parecia gostar."

Quando a aula finalmente acabou Harry andava pelo corredor com Andrew do seu lado, aparentemente, Draco e Charlotte estavam dando um gelo neles por terem feito a casa perder tentos pontos:

- como soube que…

- I am a legilimens, e tenho que voltar pra sala de poções, te vejo no salão comunal - e deu meia volta voltando pelo mesmo caminho de onde vieram

Harry tomou seu caminho com uma pulga atrás da orelha, e ela tinha nome, se chamava legilimens



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...