História O inicio... - Harmione - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Andromeda Tonks, Angelina Johnson, Argo Filch, Arthur Weasley, Astoria Greengrass, Carlinhos Weasley, Cho Chang, Cuthbert Binns, Dino Thomas, Dobby, Dolores Umbridge, Dominique Weasley, Draco Malfoy, Fred Weasley Ii, Gilderoy Lockhart, Gina Weasley, Gui Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Horácio Slughorn, Hugo Weasley, Jorge Weasley, Katie Bell, Kingsley Shacklebolt, Lilá Brown, Lílian L. Potter, Lorcan Scamander, Louis Weasley, Lucy Weasley, Luna Lovegood, Lysander Scamander, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Molly Weasley II, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Olívio Wood, Padma Patil, Pansy Parkinson, Parvati Patil, Percy Weasley, Pomona Sprout, Poppy Pomfrey (Madame Pomfrey), Ronald Weasley, Rose Weasley, Roxanne Weasley, Rúbeo Hagrid, Scorpius Malfoy, Sirius Black, Ted Lupin, Tiago S. Potter, Valter Dursley, Victoire Weasley, Viktor Krum
Tags Ação, Aventura, Colegial, Draco Malfoy, Gina Weasley, Harmione, Harry Potter, Hermione Granger, Jorge Weasley, Luta, Romance, Ron Weasley
Visualizações 270
Palavras 786
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiiie, tudo bom? Como eu disse, voltei! Agora pra ficar, prometo que vou melhorar!!

Capítulo 1 - 1 - Briga.


P.O.V Harry - 

Neste momento eu estava em frente a Hogwarts, observava os destroços, as pedras, as torres destruídas, a cabana de Hagrid nem existia mais, os corpos feridos, mortos...A cena era triste, sinto que falhei, todos esperavam que eu os salva-se, matei Voldemort, mas também muitas outras vidas inocentes.  Por um lado, sem Tom Riddle, poderia ter uma vida normal, uma família, enfim... Uma vida normal. Saí de meus devaneios quando ouço alguém me chamar, era Profa. Minerva, fui em direção á ela, que me disse:

-Harry Potter - Ela disse orgulhosa - Vamos á minha sala...

-Claro professora, algum problema? - Perguntei.

-Não, querido, não há mais nenhum problema. - Ela disse com um largo sorriso no rosto.

Assenti positivamente e comecei a segui-la, dentro de Hogwarts, consegui ver Madame Pomfrey, andava de um lado para outro, parecia que a qualquer momento iria explodir! Passamos pelos corredores e entramos na sala dela, lá estava: Gina, Neville Longbottom, Luna Lovegood, Ron e Hermione...Quando encontrei os olhos de Hermione, senti que não importava se Hogwarts desmoronara, não importava se pessoas estão machucadas, a única coisa que me importa é que Hermione está ali, bem... são e salva. Parei de olhá-la pois senti que estava vermelho e me sentei.

-Bem, chamei vocês aqui, porque foram todos vocês que ajudaram para Lord Voldemort cair, se Harry não tivesse amigos como vocês não saberíamos o que teria acontecido. Como forma de agradecimento, o Ministério da Magia irá presenteá-los com mil galeões e fama eterna, se aceitarem é claro...

-Mil galeões? - Ron disse boquiaberto. - Daria para reformar a toca. 

-Isso mesmo Ron, vocês aceitam? - Minerva disse.

Lembro que da última vez que recebi mil galeões, dei para Fred e Jorge, lembro o quão os dois ficaram feliz, iriam investir nas Gemialidades Weasley.

-Aceito. - Eu disse, olhei para os outros e todos assentiram positivamente.

-Que bom! Nós ficamos felizes que aceitaram nosso agradecimento de galeões e a fama, vocês aparecerão em livros, irão escrever contos sobre vocês, biografias, livros e jornais.

-Nós agradecemos professora! - Hermione disse.

-Professora...? - Gina disse, sua voz não parecia muito alegre.

-Gina? - Minerva disse.

-E aqueles que morreram? Morreram para ajudar, ou pessoas que não tinham nada haver? Lilá, Fred, Alastor Moody,  Sirius... - Olhou para mim. - Eles terão um funeral digno? - Voltou o olhar para Minerva.

-Claro querida, todos terão um funeral digno.. - Seu olhar entristeceu. - Peço que dia 19 vocês venham ao encontro do Ministro da Magia para receberem seus galeões. 

Ela disse e depois de resolvermos tudo, fomos ao salão comunal, iríamos dormir lá, estávamos todos reunidos, apenas nós cinco, Luna iria dormir aqui também, já que o salão comunal da Corvinal está destruído.

P.O.V Gina -

Por que será que Harry ainda não falou comigo? Será que ele encontrou outra no caminho? Ou que não me ama mais? Melhor eu ir tirar as duvidas com o próprio. Fui até a poltrona em que estava sentado e disse:

-Harry? 

-Oi. - Olhou para mim.

-Eu sei que esse não é um bom momento, mas... Quero saber o que sente por mim. - Eu disse e ficamos um tempo silenciosos, até Harry quebra o silêncio.

-Gina, eu não quero te magoar, e nem te perder, você é como uma irmã pra mim. - Ele disse.

-Você me amava? - Eu disse.

-Eu-eu amo você, mas não é do mesmo jeito que você me ama...

-Tudo bem, não quero te prender a nada, você é livre para amar quem quiser, mas o sentimento que eu sinto, e senti a vida toda por você não irá mudar. - Senti meus olhos marejados, saí rapidamente dali antes que eu chorasse,  não queria que ele me visse chorando, mas acho que funguei e Ron ouviu...

- POR QUE VOCÊ SEMPRE FAZ ISSO CARA? PRIMEIRO VOCÊ NAMORA ELA, DEPOIS TERMINA, E AGORA FAZ ELA CHORAR? ATÉ QUANDO? - Ron gritou.

-EU NÃO QUERO MAGOAR A SUA IRMÃ, MAS NÃO VEJO ELA DO MESMO JEITO QUE ELA ME VÊ! - Harry gritou.

P.O.V Hermione

-RON! PARA AGORA. - Gritei tentando separar os dois mas Ron me deu um empurrão bem em meu estômago, fazendo eu cair no chão, com dificuldade na respiração.

-VOCÊ É DOENTE CARA, NUNCA PENSEI QUE UM DIA FOSSE FAZER ISSO, VOCÊ NÃO ENTENDE? - Harry gritou, vindo até mim me ajudar. - Você está bem Hermione?... 

-NÃO, VOCÊ É QUE NUNCA VAI ENTENDER, NUNCA TEVE UMA FAMÍLIA PARA SE PREOCUPAR, NEM IRMÃ PRA VOCÊ AMAR, É VOCÊ QUE NÃO ENTENDE! - Ron disse, Harry já estava vermelho, me pegou no colo no estilo noiva e me largou no sofá. Pulou pra cima de Ron e....

Continua??


Notas Finais


Leiam as notas.

A propósito, mudei tudo na fic, nome sinopse história etc. Me perdoem, mas achei melhor assim!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...