História Power or Love? - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Allison Argent, Derek Hale, Isaac Lahey, Lydia Martin, Malia Tate, Natalie Martin, Peter Hale, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski, Stiles Stilinski, Talia Hale, Theo Raeken
Tags Drama, Lydia, Poder, Stiles, Stydia
Visualizações 107
Palavras 1.157
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom dia!!!! Voltei! Demorei mas voltei, a semana foi daquelas e ainda tenho alguns trabalhos para finalizar, porém quis postar um capítulo pra vocês.. bjss e não deixem de comentar..

Capítulo 14 - Capítulo Treze - "Um dia Perfeito P2"


— Antigamente esse parque era propriedade de grandes monarcas, hoje plebeus como nós dois podemos caminhar por aqui e conhecer toda essa beleza. – Disse o moreno abrindo os braços, como que para mostrar toda a grandeza do lugar. — É lindo não?

— Maravilhoso. – Disse a ruiva encantada. — Como nasci em Londres e nunca vi tudo isso?

— É no subúrbio Lydia, você deve conhecer somente as belezas do centro, mais acredite aqui também tem paisagens como essa.

Lydia caminhou por entre as grandes árvores do Greenwich Park, Stiles estava logo atrás sorridente por ter apresentado aquele lugar para a ruiva. E simplesmente encantado com o sorriso que ela tinha naquele momento, os olhos verdes brilhavam, mas que o normal os lábios não pareciam parar quietos a todo momento sorrindo por algo que via, como aquela Lydia que estava com ele podia ser a mesma Lydia dê uns dias atrás? Encostado na árvore e de braços cruzados fitando a mulher, Stiles deixou se levar, não se incomodando em falar o que lhe viesse à cabeça.

— Você que é maravilhosa Lydia. – Disse aproximando se dá ruiva, que ao escutar aquelas palavras voltou seu olhar ao moreno, a boca estava boquiaberta, Stiles já havia chamado Lydia de tudo menos maravilhosa, soou diferente em seus ouvidos. — É simplesmente perfeita. – Os braços foram parar na cintura fina sem nenhuma intenção de algo malicioso naquele momento, ele só queria abraçar aquela bela mulher à sua frente.

— Me acha maravilhosa?

— Acho que você é mais que maravilhosa, é preciosa e sendo sincero com você ruiva, eu não sei o que você tem, só que parece um imã me atraindo até você, desde aquele dia, sabe aquele dia que nos vimos na sua festa?

— Sei, eu senti o mesmo, eu não conseguia desviar os olhos e juro que isso me irritou tanto. – Os dois no momento tinham uma das mãos entrelaçadas como vários outros casais por ali, Stiles estava com a outra mão no rosto da ruiva.

— Isso é tão errado, só que é tão bom. – Disse o moreno, os olhos estavam fechados naquele momento e antes que Stiles falasse outra coisa Lydia selou seus lábios aos lábios do Stilinski, começando um beijo calmo que foi se aprofundando aos poucos, era um beijo doce.

— Por favor não vamos falar de problemas hoje, prometeu lembra?

— Não vou falar, por hoje. – Enfatizou a última palavra. — Ainda tenho muito o que te mostrar.

— Vamos passar o dia todo juntos? – Perguntou a ruiva, os braços estavam em volta do pescoço esguio do homem e estava nas pontas dos pés para tentar ficar pelo menos próximo da altura do moreno, o que era impossível.

— Não quer? – Perguntou soando um pouco desesperado, o que se arrependeu logo em seguida, não podia ficar demonstrando todas aquelas emoções que estava sentindo.

— Quero sim, eu quero conhecer tudo que pode me mostrar.

— Ótimo, vem. – Disse segurando na mão da mulher e andando os dois juntos.

Naquela parte da manhã o casal passeio por muitos outros parques que ficavam próximo dali e só realmente pararam quando Lydia reclamou de estar com fome.

— Podemos ir em um restaurante, ou comer um dog de um dos melhores food trucks do parque.

— Dog? – Perguntou meio receosa.

— Péssima ideia né? Tudo bem, restaurante.

— Não, eu aceito o dog, estou afim de viver novas emoções.

— Tá vamos, você precisa escolher.

— Stiles eu não faço ideia de como escolher isso. – Disse um pouco assustada, o que Stiles achava bem fofo, como ele estava sendo ridículo assim?

—Eu ajudo, agora vamos já é quase meio dia, depois enche de famílias e outras mil pessoas e vamos demorar uma eternidade pra sair daqui.

Os dois chegaram na frente do trailer que já estava começando a encher, por conta do horário.

— Ei Stiles, que bom que voltou garoto. – Disse o mais velho.

— Claro Bill, lembra do que falei? É o melhor de toda região.

— Obrigado garoto, então o dê sempre?

— O de sempre, e um pra minha amiga também.

— Certo vou fazer bem caprichado para vocês. – Disse o senhor sorrindo simpático para os dois.

— Vem sempre aqui?

— É perto de casa, sabe eu vinha com a minha mãe e o Liam, era algo entre nós três, depois que ela morreu já não fazia tanto sentido continuar vindo.

— Ela devia ser uma mulher maravilhosa. – Disse a ruiva colocando a mão sobre o ombro de Stiles.

— E era, nunca vi ninguém tão bondosa quanto ela, o amor que meus pais sentiam era lindo de ver.

— Posso saber o que houve? – Perguntou um pouco cautelosa.

— Câncer, foi rápido sabe? Depois que ela descobriu passou seis meses e ela desistiu da quimioterapia, alguns dias depois ela se foi.

Lydia abraçou Stiles, só de imaginar o sofrimento que aquela família havia sofrido sentiu um aperto no peito.

— Obrigada! – Ele agradeceu.

— Stiles? – Chamou o senhor no Food Truck, o moreno foi até ele, pegando os lanches e já pagando também, junto trouxe duas garrafas de refrigerante.

— Pode pegar. – Disse entregando para a ruiva.

Lydia segurou o alimento nas mãos e analisou, não sabendo bem como morder, olhou para o moreno que já havia atacado o dog, não se preocupando em sujar as mãos e o queixo também. Stiles encarou Lydia não entendendo porque ela ainda não havia começado a comer.

— Não quer?

— Assim? Sem um prato, faca e garfo?

— Lydia é só morder, faça como eu, na verdade não precisa fazer como eu, pode ser da forma que você achar melhor.

Lydia colocou o dog na boca e sorriu ao sentir o sabor gostoso do lanche, não se incomodou se ia se sujar toda e muito menos se alguém estava olhando, começou a comer se deliciando com a comida que nunca havia provado antes.

Stiles que já havia terminado de comer seu lanche sorriu ao ver a cena, como era possível que ele a achasse tão maravilhosa até daquela forma? Ele estava se achando cada vez mais idiota.

Lydia terminou o lanche e só então viu que tinha se sujado como uma criança.

— É uma delícia, sério eu deveria ter experimentado isso a muito tempo.

— Sabia que ia gostar, quer dizer quem não gosta de hot dog?

— Preciso lavar as mãos e a boca também.

— Atrás do trailer tem uma pia, podemos lavar as mãos lá.

Os dois foram até o fundo do food truck, onde tinha um espaço com um lugarzinho para os clientes lavarem as mãos, Stiles foi o primeiro a lavar as mãos e limpar o queixo, Lydia fez o mesmo que o moreno.

— Certo agora que já comemos pronta para o resto do dia?

— Prontíssima.

A tarde passou rápida naquele dia, Stiles levou Lydia para ver tudo o que ele achava que a ruiva podia gostar, a noite os dois foram até a London Eye, algo que Lydia nunca tinha feito também. Viram toda a Londres lá de cima e foi naquele dia que Stiles soube que ele estava apaixonado por Lydia, e soube também que ele estava perdido.


Notas Finais


Então me digam o que acharam???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...