1. Spirit Fanfics >
  2. Powerful love >
  3. Capítulo 2

História Powerful love - Capítulo 3


Escrita por: e Lollypop367


Capítulo 3 - Capítulo 2


- Alô?
- Filha?
- Mãe? É você?
- Sou eu filha!
- Ah, que saudade que eu tava de você!
- Eu também filha!
A gente se fala um pouco e depois eu falo:
- Mãe é que eu tô na rua agora, a gente se fala de noite, pode ser?
- Ah, claro filha!
- Ta bom então! Tchau, mãe!
- Tchau, filha!
Eu desligo
- Ai, a mamãe liga em cada hora que... - sou interrompida por barulhos estranhos, parecendo de luta
P.O.V Alyssa
Nós paramos abruptamente.
- Mas que merda é essa? - Pietra diz
- Vamo ver o que que é! Vai que é alguém batendo e machucando alguém! - digo, preocupada
- Ver o que que é o cacete! Pq NÓS que vamos ser as machucadas! Tá louca?
- Mas... - ela me interrompe
- "Mas" nada! Ou a gente liga pra policía ou a gente finje que nem ouviu isso!
- Ah, para de ser medrosa!
- Medrosa não! Eu só não tô doida pra levar uns soco no meio da cara! Mas se tu tá, então ó, vai lá pegar os teus, que eu não vou não! - ela cruza os braços
- Ah, mas a gente vai sim! Bora, agora!
Eu puxo ela até a fonte do barulho.
- Ei! Eu dis... - eu coloco a mão na boca dela
- Cala a boca, sua lerda! - susurro - Pq se não, ai mesmo que nois tamo lascada!
Eu tiro lentamente a mão da boca dela, e levo o dedo indicador as lábios, fazendo um sinal de silêncio, e ela GRAÇAS A DEUS cala a boca.
Eu começo a espiar e vejo 7 caras. Tem 5 homens atacando os outros 2 homens e parece uma luta séria...
- E ai? O que que a gente faz, grande gênia? - a Pietra pergunta
- Ligar pra policía?
- Eu tinha falado que era pra gente ter feito isso desde o início, sua tonta! - ela bate na minha testa
- Ai... - eu esfrego minha testa
Ela espia de novo.
- Ei, eles são familiares, não?
- Huh? - espio novamente a luta
(Não sei pq, mas eles me lembram o zitao e o xiumin...)
- Verdade, eles são...
Um minuto depois, os 5 caras estão no chão, nocauteados e inconsciêntes.
- Meu deus, mas como eles fizeram aquilo???
- Eu sei lá... - respondo
Eles se ajeitam e começam a se virar para ir embora
- Ah, não! Eles vão ver a gente!
- Disfarça... - ela pega rapidamente seu celular e mexe em quaquer app
(Ahhhhh, o que eu façooooo????)
Ela me olha, como se dissesse "anda, faz alguma coisa!"
Eu ouço os passos dele bem perto, mas fico paralizada, até que do nada a Pietra joga minhas coisas no chão e fala:
- Ah, me desculpa! Deixa eu te ajudar! - ela se abaixa e me olha de relance
- Ah-h n-não tem problema! - eu me abaixo e ajudo ela a juntar minhas coisas
(Mas pera ai... Os passos pararam e eles não passaram por aqui ainda, e para sair desse beco onde eles tavam lutando, eles precisariam passar por mim... então isso quer dizer que...)
A Pietra fica um olhar diferente, mas continua a juntando tudo o que derrubou por "acidente"
- Tudo aqui! Bom, tenho que ir!
Só que ela para por algum motivo. Eu me levanto e me viro e vejo os doia caras que estavam no beco.
(Pera eles... SÃO ELES?)
P.O.V Pietra
(Não... Não pode ser que sejam aqueles arrombados que quase nos fizeram perder a primeira aula naquele dia...)
- Fazia um tempo, né não? - eu acho que é o zen, não, shin? Ah, sei lá o nome dele mas é zi ou ze alguma coisa que fala isso
Ninguém fala nada, até que zen, zi a sla o nome dele começa a falar.

- Então são aquelas garotinhas de antes. - ele fica me encarando.

- Então pq quando nos chamamos vocês e vocês duas nos ignoraram ? - o cara alto que sla o nome dele deve ser itao alguma coisa do tipo.

- Porque a gente tava atrasada porra, será que é difícil de enteder senhor itao ou sla seu nome. - eu falo ja puta da vida.

- Primeiro é Zitao e segundo... - ele é cortado.

- Puta que pariu Pietra a gente ta atrasada. - Alyssa falou olhando pro celular dela.

Ela pegou meu pulso e a gente saío correndo. ( Aleluia a gente saío dali ) Ela parou de correr e eu peguei me celular e vi que a gente não tava atrasada.

- Você fez aquilo pra gente sair dali ? - eu perguntei recuperando o fôlego.

- Sim, eu ainda acho que eles não são confiáveis. - ela falou e eu concordei.

P. O. V. Xiumin

Não acredito que elas fugiram de novo.

- E de novo lá vamos nós... - Tao falou meio triste. - Porque será que elas meio que fogem da gente ?.

- Não sei, mas eu to com fome bora em alguma lanchonete ? - eu falo morrendo de fome.

- Ta bora. - ele fala e vamos a uma cafeteria.

P.O.V. Z.tao

Chegamos na cafeteria e por nossa surpresa elas estavam lá. Vesti meu capuz e olhei em direção ao xiumin e ele tipo que me entendeu.

Sentamos em uma mesa e vimos que a tal Pietra estava vindo nos atender.

- O que vão querer ? - ela fala simples

- Dois milkshakes, um cupcake e uns biscoitos de chocolate. - xiumin fala.

Pelo visto ela não reconheceu a voz. Passou alguns minutos e a outra garota vem, incrivelmente ela me atraí de alguma forma.

- Aqui seus pedidos, bom apetite. - Ela me parece meio triste.

Vontade de perguntar mas não posso colocar ela no meu caminho e além do mas ela vai me reconhecer e vai acabar fugindo. Nós estavamos comendo até que um cara chega com uma garota e a amiga da Pietra fica meio abalada.

P. O. V. Alyssa

Naquele momento que eu falei para a Pietra que estavamos atrasadas e saímos correndo foi porque, meu namorado na verdade agora ex, simplesmente terminou comigo.

Depois de um tempo começamos o trabalho, servi dois clientes e voltei para o balcão quando a porta da cafeteria abriu eu fiquei em choque pois o filho de uma kenga ja tava com outra garota. Segurei minhas lágrimas e olhei para a Pietra e ela ja havia entendido e ela atendeu o corno desgraçado


Continua..m




Notas Finais


Espero que gostem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...