História Pra Sempre Amor (Malec) - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter, Shadowhunters
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Clary Fairchild (Clary Fray), Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), Magnus Bane, Personagens Originais, Raphael Santiago, Simon Lewis
Tags Malec, Shandonwantes
Visualizações 73
Palavras 1.264
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, LGBT, Magia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii meus amoores mais um capítulo pra vcs espero que gostem booa leitura bjss e até as notas finais😘

Capítulo 17 - Um mês depois


Fanfic / Fanfiction Pra Sempre Amor (Malec) - Capítulo 17 - Um mês depois

              UM MÊS DEPOIS 

Um mês havia se passado des do primeiro ataque ao Instituto, os ataques agora estavam mais frequentes e cada vez pior o que estava levando Alec a loucura, e o que acabava deixando o Magnus também louco, todos os submudanos estavam ajudando pra saber quem estava pro trás desses ataques.

Magnus e Alec estavam juntos a dois meses, um so ficando e outro namorando essas duas semanas eles meio que estão afastados, os dois como líderes estão com muita coisa pra fazer, mais eles sempre tentam escapar, mais alguma coisa sempre acaba atrapalhando, e os afastado novamente.

            NO INSTITUTO 

Alec estava em sua sala concentrado na tela do seu computador quando Izzy, Jace e Clary apareceram na sala.

JACE: Alec a gente pode falar com você?


ALEC: Pode! falar.

Ele fala ainda olhado pra tela do computador.

IZZY: Tem um galpão vazio no Queens e parece que estão vindo de la os demônios.

ALEC: Como vocês sabem disso?

Agora ele estava olhado pros irmãos.

CLARY: Alison um dos bruxos dela viu uma movimentação muito estranha la.

JACE: Precisamos ir la confiri Alec.

ALEC: Logico vamos agora mesmo.

E assim eles fizeram, foram ao galpão.

             NO GALPÃO 


Draco e Sebastian estavam no galpão prontos pra invocar mais algnus demônios, des da ultima conversa dos dois o clima entre eles não estavam muito bom, nem estavam se falando direito, so o necessário.

DRACO: Vamos logo com isso.

SEBASTIAN: Espera você sabe que isso leva tempo.

DRACO: Tanto faz Jonathan, so vai logo com isso.

Sebastian ja estava odiando esse clima, ele parou o que estava fazendo e foi até o Draco que estava vigiando a saida.

SEBASTIAN: Eu ja estou cansando desse clima, qual o seu problema Draco?

DRACO: Que mesmo saber?

Sebastian assentiu com a cabeça, então Draco virou pra ele respirou fundo e continuo.

DRACO: Você e o meu problema.

SEBASTIAN: Eu! O que eu te fiz?

Ele fala se aproximado mais de Draco.

DRACO: Entrou na minha vida, agora vai terminar logo com isso.

Ele fala voltando olhar pra saida.

SEBASTIAN: Não eu quero arrumar as coisas com você.

Ele fala puxado Draco pelo braço.

DRACO: Você não pode, lembra você não e gay, nei eu sabia que era até conhecer você.

Sebastian ja não podia evitar o que estava sentindo, ele se aproximou mais do Draco e não pensou duas vezes e selou seus lábios. Draco tentou resistir no começo mais foi em vão logo, ele estava se entregando ao beijo, mais eles foram interrompidos quando ouviram um barulho.

Alec e os outros tinham chegado no tão galpão, e ouvirão duas vozes pareciam esta discutindo, mais logo se calaram Alec deu as ordens Jace e Clary ia pro trás e ele e Izzy ia pela frente, e assim fizeram, e quando entram viram dois homens se beijado mais logo param e Alec levou um susto, ele realmente esta vendo o Sebastian, logo Jace e Clary apareceram.

JACE: Sebastian.

Sebastian congelou não estava pronto pra rever seus inimigos, pelo menos não ainda mais se manteve filme.

SEBASTIAN: Ora ora se não e meus queridos e amados irmãos.

JACE: Não somos irmãos.

SEBASTIAN: Não seja modesto nois dois fomos criados pelo o Valetine o que nos torna irmãos.

Ele fala com um tom irônico e uma risadinha diabolica, os outros incluído Draco so olhava a cena calados sem se mover.

CLARY: Achei que você estava morto.

SEBASTIAN: Achou errado irmãzinha, oi izzy linda como sempre Alec eu acho que vocês estão procurado por isso não é

Ele fala mostrando o cálice mortal.

SEBASTIAN: Mais infelizmente vocês não vão poder te-ló, vamos Draco.

Eles tentaram impedi, mais ja era tarde Draco tinha feito um feitiço, e eles sumiram.

JACE: Não acredito que aquele desgraçado ta vivo.

ALEC: Se alcama Jace vamos pegar ele, e o amigo dele.

CLARY: Vamos, mais dessa vez vamos ter a certeza que ele esta morto.

IZZY: Vamos voltar pro Instituto precisamos saber quem e esse Draco.

ALEC: Ele e um feiticeiro.

IZZY: Não julgado pela varinha, ele e um bruxo.

CLARY: A Alison pode ajudar a gente.

Todos concordam e voltaram pro instituto.

LUIZA: Senhor Lightwood tem visita pra você, esta na sua sala.

Alec sentiu seu coração acelerar ele sabia que era seu Magnus, ele nei respodeu e foi direto pra sua sala, mais teve uma grande decepção quando viu que não se tratava do Magnus, e sim de seus pais.

ALEC: Mãe, Pai o que estão fazendo aqui?

Ele fala entrado na sala.

MARYSE: Ficamos sabedo dos ataques, e a Clave nos mandou pra observar as coisas.

ALEC: Por quanto tempo?

ROBERT: Não sabemos, o certo algumas semanas vou ve a Izzy e o Jace, bom te ver filho.

Ele fala dando um abraço no filho e logo saindo da sala. Alec observou seu pai saindo, e quando voltou a olhar pra sua mãe, ela estava o encarando com um olhar estranho.

MARYSE: Quem e ela?

Alec olhou confuso frazio a testa.

ALEC: O que, ela quem?

Ele realmente não sabia do que sua mãe estava falando.

MARYSE: Sua aliança Alec, quem você esta namorado, eu quero conhecer.

Alec sentiu sua respiração falhar o que ele ia dizer, como ia dizer que era gay, então ele tentou mudar de assunto.

ALEC: Sabemos quem esta com o Cálice.

MARYSE: Que otimo, e quem é?

ALEC: Jonathan filho do Valetine.

MARYSE: Esse moleque de novo vamos pegar ele, mais não foge do assunto eu quero um jantar na sexta com toda a familia, pra conhecer minha nora.

ALEC: Mãe estamos no meio de uma guerra.

MARYSE: Não interessa Alec, eu quero conhecer.

Ela não deu direito de resposta e saiu da sala, e agora o que ele vai fazer, como vai contar pra mãe dele que não e ela e sim ele, mais pensando bem não tem mais porque esconder seus irmãos e a maioria dos shadonwantes que estão no Instituto ja sabiam, então seria uma questão de tempo até seus pais ficarem sabedo, e ele sabia que seus irmãos estaria la pra apoia-ló então porque não, ele vai falar com Magnus e sem pensar duas vezes ele foi pro apartamento do namorando, e estava torcendo pra que ele estivesse la quando chegou bateu na porta. Magnus logo abriu e os dois sorriram Magnus deu passagem pra Alec entrar, assim ele fez.

Alec se aproximou do Magnus e o beijou, um beijo tão intenso e cheio de saudade os dois estavam precisado daquilo, so pararam porquê o ar se fez necessário.

ALEC: Estava com saudades Mags.

MAGNUS: Eu também meu anjo, eu ainda estou.

Ele puxou Alec pra mais um beijo um beijo calmo, e como sempre cheio de paixão.

ALEC: A gente pode conversar?

Magnus assetiu e sentou no sofá e chamou Alec pra sentar com ele, e Alec foi e sentou no colo do Magnus que sentiu seu corpo todo tremer, passou as mãos na cintura do moreno.

ALEC: Foi o Sebastian que robou o cálice, mais não se preocupa vamos pegar ele.

MAGNUS: Eu sei que vamos.

Magnus percebeu que tinha mais alguma coisa, o namorado estava com um ar preocupado.

MAGNUS: O que foi amor? tem mais alguma coisa não tem.

ALEC: Minha mãe esta na cidade.

Magnus sentiu que seu coração ia sair pela boca.

ALEC: Ela que fazer um jantar na sexta pra conhecer você.

Magnus tirou Alec do seu colo e levantou não, ele não quer jantar com essa mulher. Magnus ficou calado não sabia o que responder.

ALEC: Magnus fala alguma coisa.

MAGNUS: Eu não vou nesse jantar, Alexander.


Notas Finais


Olha eu aqui denovo meus amoores esse foi o capítulo de hoje espero tenha gostado cometem pra mim saber

E até sexta-feira pra quem lê Mil e uma Noite A Proposta Malec 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...