História Pra Tudo Há Uma Primeira Vez... - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Dominic Sherwood, Katherine McNamara, Matthew Daddario, Nina Dobrev, Shadowhunters, The Vampire Diaries
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Clary Fairchild (Clary Fray), Elena Gilbert, Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), Jocelyn Fairchild, Magnus Bane, Mason Lockwood, Simon Lewis
Tags Alexandre Lightwood, Amor, Brigas, Clace, Clary Fairchild, Elena Gilbert, Ficção, Isabelle Lightwood, Jace Herondale, Maia, Matthew Daddario, Romance, Simon Lewis
Visualizações 73
Palavras 595
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente isso aqui é novo pra espero que gostem

Capítulo 1 - Prólogo


(Vivian McCartney)

Eu me chamo Vivian McCartney, tenho 22 anos, é sou uma Shadowhunters, mais diferente, eu tenho poderes pois é, sou uma feiticeira e Shadowhunters ao mesmo tempo. Foi estranho pra mim, mais acabei aceitando a realidade. Minha vida é um estranha, eu não tenho exatamente 22 anos eu tenho 222, agora porque eu tenho cara é corpo de 22, vou explicar.

Descobrir que a muito tempo minha mãe, foi criada em um laboratório da Clave, eles a fizeram a arma perfeita, isso era o fim dos submundo, minha mãe era Shadowhunters, mais também tinha a velocidade de um vampiro e a força e Faro de um lobo. Eu tenho tudo isso mais também tenho poderes, meu pai era um feiticeiro, naquela época ele era o mais poderoso. Eu não sei quem é ele, mais eu sei que ele é um feiticeiro porque quando eu acordei tinha uma carta e avia tudo sobre a minha vida, o porquê de eu ter dormido por tanto tempo.

Infelizmente se eu acordei, é por que ele não tem mais poder, se ele não tem, é por que morreu, minha vontade era de o encontrar, mais nunca consegui.

Depois acordei e soube da minha vida eu foi a um Estituto no Brasil, lá eles quase me mata por que eu era uma submundana, mais provei a minha confiança, então eles me aceitaram.

Me apaixonei por um cara, ele me fazia feliz a cada minuto, no dia do nosso casamento ouve uma invasão dos submundanos, ele acabou morrendo, mais a culpa era toda minha, ele não queria se casa no Estituto, mais eu insisti, é acabei perdendo quem eu mais amo. Isso foi a um anos atrás, já faz dois anos que eu estou aqui, é depois dele nao ouve e não avera ninguém pra me deixa feliz como ele deixava.

Aqui no Brasil, a muitos submundanos que estão nos saíndo da qui, a última notícia que eu tive, foi que um feiticeiro estava matando gente em Nova York, o diretor do Estituto daqui do Brasil, me designou pra lá, agora eu estou indo para Nova York, encontrar o diretor do Estituto de lá, Alexandre Lightwood.

(Alexandre Lightwood)

Já se avia passado dois anos que a guerra dos submundanos, e também que eu perdi a pessoa que eu mais amo nessa vida, Magnus foi o primeiro homen por quem eu me apaixonei de verdade, é com certeza será o último. Depois da morte dele eu nunca mais fui o mesmo, eu só treinava e comandava o Estituto, mais nada.

-Alec... ALEC...- Izzy gritou meu nome.

-Aiih Izzy precisa- estava com as mãos nos ouvidos.

-Claro que sim, você não escutava, a Clave já foi que vai manda alguém que sabe sobre esse feiticeiro- Izzy passava as informações na tela também.

-E quem é a pessoa?-

-Ela se chama Vivian McCartney, do Estituto do brasil.-

-Me passa as informações no escritório- sai Izzy veio atrás de mim, eu já sabia que era pra briga comigo, já que eu praticamente não saía de lá.

-Alec, por que você não vai a missão?-

-Izzy eu quero fica mesmo aqui-

-Olha Alec eu sei que você foi o que mais sofreu com a parte do Magnos. Mais não se esqueça que você ainda tá vivo, viva sua vida, não pode fica só aqui trancado.- ela tinha um olhar preocupado

-Voçe tá pior que o Jace- revirei os olhos.

-A gente só tá preocupado-

-Eu sei Izzy eu to bem, vai você que está no comando da missão- dei um sorriso e ela me abraçou depôs foi fazer o que eu pedi.

Entrei no escritório e foi ver as informações que tinham de Vivian McCartney


Notas Finais


Espero que tenham gostado...
Comentem pra eu saber... Se sim continuo se não paro.kkkkkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...