História Pra Tudo Há Uma Primeira Vez... - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Shadowhunters, The Vampire Diaries
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Clary Fairchild (Clary Fray), Elena Gilbert, Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), Jocelyn Fairchild, Magnus Bane, Mason Lockwood, Simon Lewis
Tags Alexandre Lightwood, Amor, Brigas, Clace, Clary Fairchild, Elena Gilbert, Ficção, Isabelle Lightwood, Jace Herondale, Maia, Matthew Daddario, Romance, Sexo, Simon Lewis
Visualizações 14
Palavras 573
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente. Vou pedir logo desculpa de tiver alguns erros ortográficos. E se alguma coisa não fazer sentido me falem que eu mudo.kkk
Espero que gosto

Capítulo 2 - Vivian McCartney


Fanfic / Fanfiction Pra Tudo Há Uma Primeira Vez... - Capítulo 2 - Vivian McCartney

(Vivian McCartney)

Hoje eu vou para Nova York, eu não sei exatamente a onde Fica, então atas de Eu ir pesquisei a onde Steve o feiticeiro que está dando trabalho. Peguei a localização e fui fazer um portal pra ir pra lá. 

Quando eu cheguei eu vi que era um liga estranho escuro não fazia a mínima ideia a onde eu estava. Eu só escutei alguns barulho, pareciam que estava avendo uma luta, fui atrás dos barulhos e vejo quatro shadowhunters lutando corpo a corpo com Steve até que quando ele ia atirar uma força de poder neles, eu jogo uma outra força fazendo com que não os atingem.

-Ora, Ora, Ora.... Se não a dona Vivian McCartney- ele falava com um tom de deboche.

-Oi Steve parece que da trabalho no Brasil não bastou pra você.

-Já estava entediado, A gente se ver- antes que eu possa fazer alguma coisa ele já tinha sumido.

Me viro e me deparo com os shadowhunters, eles estavam espantados.

-O como você fez Isso?- uma mulher de cabelos pretos perguntou.

-Você que é a Vivian McCartney. Pensei que o Brasil ia manda uma shadowhunters e não uma feitiçaria.- um cara alto de olhos claros cabelo preto e com os seus arcos e flechas apontados pra mim.

-Primeiro acho melhor você abaixa isso não tem necessidade, não sou inimiga. Eu sou uma feiticeira sim, mais também sou uma shadowhunters.- ele abaixou o arco.

-Como você não tem runas- dessa vez foi a vez de uma outra mulher com cabelos vermelhos fala.

-Eu sei, mais é  que eu não sou só uma feiticeira, tenho um pouco de vampiro e de lobo, acho que por isso que as minhas runas não são a mostra.

-Mas como assim a mostra.?- um loiro perguntou.

-Nem eu sei direito, só sei que as minhas runas eles não são a mostra para vocês só pra mim, eu sou a única que posso vales.

-E se você estiver mentindo?- o cara alto perguntou 

-Será se eu posso?- estendi a minha mão na intenção dele me da a dele, ele olhou pro cara loiro que assentiu, e ele pagou a minha mãe, e viu as minha runas. Ele deu um leve sorriso de lado quase imperceptível.

-Ta você é a shadowhunters mais estranha que eu já vi.-ele falou depois de ter largado a minha mão. Eu não sei mais senti algum quando ele a largou, como se eu quisesse que não tivesse tirado.

-Pois é. Bom eu preciso ir ao Estituto daqui, vocês podem mostrar quem mostrar quem é Alexander Lightwood.- a morena começou a rir.

-Você está bem na frente dele- ele tinha um largo sorriso no rosto quando viu a cara dele, tinha de novo um leve sorriso de lado.

-Então acho que não preciso mais me apresentar. Mais e vocês.

-Como você já sabe eu sou Alexander mais pode me chama de Alec, esses Clary Fray, Isabelle Lightwood minha irmã, e esse e Jace Herondale meu Parabatai.- ele foi apresentando um de cada um.

-Prazer em conhecer vocês.

-Acho que já devemos volta Alec- Jace fala. Eu pensei em dizer que era bom fazer um portal, mais eu não sabia a onde era o local.

Só que a Clary fez um com uma runa. Uma coisa que eu não sabia que era possível.

Eu até que gostei deles parecem legais, mais o Alec ele parecia misterioso, eu não sei o que eu senti quando ele pegou a minha mão mais eu sei que era uma coisa que eu não tinha sentido a muito tempo.



Notas Finais


Comentem espero que gostem..❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...