História Pray For Me ( versão SasuSaku ) - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Pray For Me - five


 

“Amante

Amor proibido.
Amor preferido.
Amor escondido.
Seu segredo é castigo.
Mas amar é preciso.”

~Reff Carvalho

 

Ore Por Mim.

 

— Sabe sementinha, minha bisavó Mari costumava a cantar pra mim uma música que ela dedicava sobre sua relação com o meu bisavó durante a época da guerra, e essa música se chama Pray For Me, e eu quero compartilhar ela com você porque.....bom parece um pouquinho com a minha relação com o seu pai, entende? Só que , na realidade , nem sei se ele realmente gosta de mim do jeito que eu gosto dele depois daquele dia...... — Sakura secou uma solitária lágrima que escorrera de seus olhos verdes e acariciou levemente sua barriga, encostando a cabeça na parede fria em meio a quilos de cobertores após deixar o ar condicionado no 8 graus — I'm always ready for a war again, Go down that road again, It's all the same, I'm always ready to take a life again, You know I'll ride again, It's all the same ooh, ooh, ooh! / Eu estou sempre pronto pra mais uma guerra, passar por esse caminho novamente, é tudo a mesma coisa, eu estou sempre pronto pra tirar mais uma vida, você sabe que eu irei novamente, é tudo a mesma coisa ooh, ooh, ooh! — puxou um chocolate quente da bancada e tomou um gole fazendo seu corpo inteiro se arrepiar e ficar quente por dentro, adorava sentir frio em casa — Tell me who's gon' save me from myself, When this life is all I know, Tell me who's gon' save me from this hell, Without you, I'm all alone. Who gon' pray for me? Take my pain for me? Save my soul for me? 'Cause I'm alone, you see If I'm gon' die for you, If I'm gon' kill for you, Then I'll spill this blood for you, hey...../ Me diga, quem vai me salvar de mim mesmo? Quando essa vida é tudo que eu conheço Me diga, quem vai me salvar deste inferno? Sem você, estou completamente sozinho, Quem vai orar por mim? Levar minha dor embora por mim? Salvar minha alma por mim?, porque eu estou sozinho, você sabe, se eu for morrer por você, se eu for matar por você, então eu derramarei este sangue por você, ei — solto um risinho em pensar na música que seria muito forte pra sementinha, mas a música fazia parte dela e a lembrava muito sobre ela e Sasuke, e de repente, a mesma ouviu um barulho batente na porta e acabou por soltar um suspiro cansado e de desagrado, se levantando da cama e desligando o ar condicionado — Depois continuamos a cantoria, sementinha. — sorriu de canto desfarçadamete e abriu a porta da casa, se dar conta de ver primeiro no olho mágico quem era, e quando o viu ali parado frente a frente , seu corpo estremeceu e seu sorriso de antes se desmanchou por completo — O que faz aqui, Death Reaper?

 

— Hey Cereija, bela música...., pelo visto você ainda tem o dom de cantar de antigamente....— o moreno coçou a nuca, e sorriu nervoso e — de certo modo — envergonhado.

 

Sakura franziu o cenho, cruzando os braços embaixo do peito.

 

— Vou perguntar mais uma vez. O que faz aqui, Death Reaper?

 

— E-Eu....eu.... — respirou fundo, abaixando o olhar. — Podemos conversar como.... pessoas normais?

 

— Pessoas normais? Como quiser, Uchiha. Só que me parece somente mais uma silada sua, simples assim. Então, não será algo tão normal assim. — sorriu em deboche e ele se restringiu em apenas revirar os olhos e entrar rapidamente pela porta sem dar chances dela o interromper — Mas o que....

 

— Precisamos conversar, pink. Sério. E outra, não foi eu quem sumiu por dias. Eu tentei ter contato mas.....

 

A rosada irritada, fechou a porta fortemente e apontou o dedo de forma acusadora em sua direção.

 

— Você decidiu isso quando foi de idiota pra um estúpido babaca sem coração! Igual ao seu irmão!

 

— Sakura chega! Já deu! Eu não sou igual ao Itachi! Será que não entende?! — Sasuke passou as mãos no cabelo preto, frustrado com um olhar de súplica na direção dela.

 

— Em toda a minha vida, em todos os momentos que vivemos juntos..... Nunca pensei que iria te ver se tornar alguém tão.... frio e matador. Nunca pensei que eu iria ficar justamente de um ASSASSINO!

 

— Puta que pariu. PARA! — já cansado e irritado, ele a pegou pelo pulso e a prensou na parede, ficando com seus braços apoiados na parede um de cada lado, prendendo-a — Me escuta antes de me acusar de tudo, caralho! Eu sou um assassino NÃO por escolha e sim por mandato! Eu não tenho mais ninguém a não ser a pessoa que está na minha frente e o meu irmão que por acaso é o Avenger Sharingan. Todo o santo dia , tenho que fazer o trabalho sujo dele , junto com um monte de outros caras e até mulheres, os tãos famosos Akatsuki. Minha vida é um inferno, Haruno! E ver você.....tendo um filho meu...... Não quero colocar no mundo um filho meu em risco só por causa da merda de vida que eu tenho!

 

— Mais que droga Sasuke-kun! É só você desistir dessa vida! Você tem a porra de mais de 20 anos! Seu irmão não tem um pingo de autoridade e direito sobre você e suas decisões! Nem pai ele é seu! Você tem casa e emprego. — ela se jogou no sofá após conseguir sair do meio dos braços dele , encostando sua cabeça pra trás e respirou fundo — Já disse pra você, cai fora da minha vida e do MEU bebê. A não ser que acabe com tudo que envolva ti sobre os Akatsuki e Avenger Sharingan.

 

— V-Você não entende. Não posso chegar simplesmente pro meu irmão e dizer que eu to fora da jogada. Não é tão simples assim, Sakura. Ainda depois da...... — Sasuke se calou rapidamente, se xingando de mil e uma maneiras por ter quase falado sobre a maldita carta de sangue.

 

— Depois da....? — Sakura o olhou interogativa e curiosa.

 

— Deixa pra lá.....

 

— SASUKE! 

 

— .... — o moreno respirou fundo tomando coragem, até porque o assunto tinha que ser tratado com ela, pra própria segurança dela mesma — Durante toda a minha estadia como Death Reaper, sempre antes de uma “caçada” , eu recebia uma carta , a famosinha “Carta de Sangue” que nós da Akatsuki costumamos dizer, e nelas.....sempre tinha tudo sobre a vítima, seu nome, seus dados, uma foto. E eu recebi uma hoje, Sakura. — ele engoliu em seco, desviando o olhar. Não consegueria falar isso olhando pra ela — Era você na carta, pink. V-Você é a minha próxima vítima....

 

A agente arregalou os olhos perante a revelação do ex agente.

 

— ......você vai me.....m-me....

 

— LÓGICO QUE NÃO! Não seria louco a esse ponto Haruno! Porque.....porque....

 

— P-Porque....?

 

—..... — suspira fundo e se senta no outro sofá de frente pra ela — Você tem que ir embora de Konoha, Sakura....

 

— O que disse? — a rosada se levantou do sofá, de sobrancelha erguida, indgnada pelo o que ouvira.

 

— Isso mesmo que você ouviu. Você tem que sair da cidade por um tempo, até que seja seguro pra você.....ou até por tempo permanente. — ele a encarava seriamente, fazendo-a se arrepiar — E assim, quem sabe eu não consiga também sair do meu título de Death Reaper no meio disso tudo.....

 

— Ta brincando não é? Sabe que não sou uma donzela em perigo. Até porque não é a primeira vez que o Avenger Sharingan queira me ver morta num caixão. E outra! Tenho o seu caso em mãos! Se eu for embora, minha carrera como agente vai pro brejo total! Não posso simplesmente largar tudo de repente, ainda mais agora estando.....

 

— Grávida, eu sei. — bufou revirando os olhos e logo pegou algo do bolso, estendo para ela — Aqui está sua passagem pra....

 

— EU JÁ DISSE QUE NÃO SASUKE ! A gente pode se juntar e acabar com tudo isso, juntos merda! Podemos acabar com o Itachi e a Atakatsuki, e ainda podemos fingir a minha morte ....ou.....

 

— Não. Não. Não. Você não me entendeu Marinette. — algumas gostas de lágrimas podiam ser vistas escorrendo de seus olhos de ônix , e Sakura o encarou sem saber o que fazer ou falar — Ou eu mato você em menos de 42 horas, ou outra pessoa vem atrás de você. E-Então.... eu te peço....p-por favor que vá embora de Konoha.

 

— Só não me dou de bandeja pra ti por causa do bebê. — piscou o olho pra ele, sorrindo fraco. — Mas me diga mais uma coisa.....Porque essa preocupação toda? Afinal, da última vez que nos vimos, você deixou bem claro que bebê não se importa e muito menos eu.

 

— .....PORQUE EU TE AMO PORRA! — esbravejou se levantando brutalmente e mais lágrimas caíram no seu rosto — E.....e....eu me importo com a criança..... só ainda não sei o que pensar sobre..... — limpou as lágrimas rapidamente e deixou a passagem para o Canadá, em Vancouver, na mesa — Espero de coração que vá embora de Konoha e até do Japão! Sakura....é pro seu próprio bem e da criança. — caminhou em lentidão em direção a porta, mas antes que a destrancasse, uma mão repousou em seu ombro o fazendo se virar de frente pra ela — Mas o que.....

 

Sasuke se calou ao sentir os lábios da rosada que tanto anciava por sentir novamente nos seus, em um beijo casto e sem mais delongas ele retribuiu do mesmo modo e intensidade, cheio de amor e carinho, exalando a saudade que sentiam um pelo o outro.

 

— Eu também te amo. Mas....prefiro a versão de um Death Reaper bonzinho.... — sorriu de canto, afastando-se dele com uma leve empurrada na testa do mesmo, que soltou um riso baixo.

 

— Farei o possível pra esse carinha voltar a ser como era antes....por

 

— Por o que? — riu vendo-o revirar os olhos com sua interrupção e deu um beijo na ponta do nariz dela.

 

— Porque eu te amo e prometo pensar com mais clareza e carinho sobre o bebê, okay?

 

— Okay! — ambos sorriram um para o outro antes de darem um rápido selinho — Vamos bolar um plano, Uchiha. Mas que fique claro que não deixarei de pisar no chão de Konoha por enquanto, muito menos do Japão.

 

— Certo. Iremos resolver isso, juntos.

 

— Juntos!


Notas Finais


Espero que tenham goxtado :)
Perdão por qualquer erro de ortografia ;-;
Amanhã farei vestibular então sem postagens :P e sábado viajo, então tentarei dar o meu máx pra acabar logo com essa fic e começar outras que eu já to querendo postá-las faz mó tempão XP
Kisses da Uchiha <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...