História Prazer, Matthew Jones. - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Adolescentes, Colégio, Drama, Drogas, Escola, High School, Romance
Visualizações 62
Palavras 840
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


To empolgada:)

Capítulo 2 - Encrenca


~~ Despertador tocando ~~

Acordei assustado com o despertador, mas pelo menos vou ter bastante tempo para me arrumar. É, é hoje que eu vou para a escola nova, dizem que ela é 4 vezes maior que a minha escola antiga.

Termino de tomar banho e vou me trocar.

-Droga!! - Gritei alto.

- O que foi? - Gritou a minha mãe lá de baixo.

- Nada. - Falei para ela impaciente.

- Suas roupas estão na lavanderia, peguei ontem à noite enquanto você dormia. - Disse ela calmamente.

- Era por isso que eu não achava. - Falei mais calmo.

- É, eu sabia.- Falou ela enquanto dava uma risada.

Logo desci no porão e peguei minhas roupas, me vesti lá mesmo e subi para o café da manhã.

- Agora sim, bom dia filho. - Falou minha mãe.

- Bom dia mãe. - Falei.

- Você vai de metrô hoje, a escola da sua irmã é no sentido contrário da sua. - Disse minha mãe.

- Beleza, só vou chegar atrasado.- Falei.

- Ta bom, vou te levar agora então, mas amanhã se prepara para pegar o metrô.- Disse ela.

- Ta bom. - Falei.

Minha mãe me levou até a escola de carro enquanto minha irmã se arrumava.

- Boa aula. - Disse ela.

- Obrigado. - Falei.

Desci do carro e fui andando até a entrada. Sim, essa escola é muito grande. Parece até brincadeira, mas realmente parece filme de drama adolescente. Tem os jogadores de futebol americano logo na entrada, rodeados por garotas.

Do lado direito da entrada tem algumas árvores, onde tem dois Nerd's lendo livros. Na frente da entrada tem as patricinhas valentonas que logo de cara estão zombando de uma outra.

Ignorando todo esse fato, fui caminhando até a entrada...

~~ Mão bloqueia a passagem ~~

- Hey garoto, vai onde com tanta pressa? - Perguntou a garota loira do meio.

- Falar com o diretor. - Falei.

- Hahahaha - começou dar risadas escandalosas- Ta de brincadeira, né?! - Falou ela.

- Não, não estou. Agora se me dá licença... - Falei tirando a mão dela da entrada.

- Olha, toma cuidado com o Max, ele não gosta de novatos. - Disse ela.

Dei um olhar sarcástico para ela enquanto entrava. Fui até a sala do diretor, peguei meus horários com ele e fui procurar a minha sala.

Enquanto guardava o papel com os horários, vi aquela loira se aproximando.

- Eai novato, o Max quer falar com você. - Falou ela.

- Meu nome é Matthew. E obrigado, mas não quero falar com ninguém. - Falei desviando o olhar.

- Meu nome é Alice. E você não tem querer, ou você vai até ele, ou ele vem até você. Eu não deixaria ele com raiva se fosse você. - Falou ela.

- Olha, eu tenho aula de química agora, sabe onde fica o laboratório? - Perguntei.

- Tenho cara de informante de turismo garoto?- Falou ela com tom de arrogância.

- Esquece, obrigado. - Falei saindo de perto.

- Segundo andar, sala 3. - Gritou ela.

Cheguei no laboratório (atrasado), e fui procurar um lugar para sentar, não achei e fiquei ali, em pé na porta, até que um garoto acena para mim e me chama para sentar ao seu lado.

- Eai cara, tudo bem?- Perguntou o garoto.

- Oi, estou bem. - Respondi.

- Como é seu nome? - Perguntou ele.

- Matthew... Matthew Jones. - Respondi.

- Hm, legal. O meu é James. James Densen. - Falou ele.

Ficamos em silêncio até que uma voz interrompe. Era a professora. Ela não parece ser do tipo que se arruma bem. Na verdade, ela parece que nunca penteou o cabelo.

- Bom dia. - Falou desanimada - Façam resumo da página 51 até a página 73. Depois passarei um trabalho em dupla para a semana que vem. E quando todos terminarem o resumo, façam um experimento que envolva Magnésio, vocês conseguirão fazer se lerem bem o que está no livro. Vocês têm 1 hora. - Explicou a Professora.

~~ Hora depois ~~

- Acabou o tempo, vou passar olhando e dar nota. - Disse a professora.

Finalmente o sino toca, depois de 4 aulas finalmente é o intervalo, vou seguindo até o patio central escutando música.

~~ Empurrão ~~

O que foi isso?- Pensei.

- Eai babaca! - Gritou um garoto do time de basquete.

- Pode falar o que eu te fiz?- Perguntei calmamente.

Ele me ergueu pela camiseta.

- Eu sou o Max, eu falei que queria falar com você, e você recusou, tem problema seu otário? - Berrou enquanto me jogava no chão.

Antes que eu pudesse falar algo uma voz interrompe. Olho para trás, era James.

- Não encosta nele! - Gritou James.

- Cai dentro então, otário! - Disse o jogador.

James estava se aproximando, então me levantei e segurei ele pelo braço.

- Relaxa, não vale a pena. - Falei puxando ele pela multidão que tinha se formado.

Na hora da saída pego o número dele e vou embora para casa. Chego em casa, tomo banho e vou direto para a cama. Naquela noite eu não jantei, apenas pensando naquilo...

Algumas horas depois minha mãe entra no quarto, finjo estar dormindo e ela recua.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...