História Prazer, Matthew Jones. - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Adolescentes, Colégio, Drama, Drogas, Escola, High School, Romance
Visualizações 19
Palavras 895
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Vou começar a postar 2 capítulos por dia, espero que curtam a ideia. Se acomode e, boa leitura.

Capítulo 3 - Ligação Inesperada


Era 00:00 quando acordo com um barulho lá embaixo na cozinha, levantei da cama e fui ver o que era. Quando saio do quarto vejo minha mãe e minha irmã no corredor, pareciam estar assustadas.

Desço correndo as escada, acendo as luzes e... Encontro um gato. Sim, um gato. Ele derrubou o vaso de plantas da minha mãe de cima da mesa. Colocamos ele para fora, fechamos as janelas e voltamos a dormir.

Acordei às 5:00 da manhã, demorei 30 minutos para ficar pronto, e lá vou eu pegar o metrô. Eu estava tão cansado que nem percebi que tinha uma senhora idosa em pé na minha frente, quando percebi levantei ligeiramente para ela se sentar, e fui para perto da porta.

~Escola~

Caminhei durante 10 minutos até chegar na escola. Adivinha quem estava me esperando? James. Ele parecia meio triste.

- O que houve James?- Perguntei.

- Nada demais, Matt. - Respondeu baixo.

- Tudo bem, se precisar pode contar comigo. - Falei.

- É a Alice. - Ele disse.

- O que tem ela? - Perguntei.

- A gente ia sair ontem e... - antes que ele pudesse terminar de falar o sino toca - te conto no intervalo.

Logo depois disso ele saiu andando rápido na frente. Eu estava entrando para a aula de Literatura quando Alice para na minha frente.

- Oi. - Falou ela.

Eu apenas encarei ela esperando que ela fosse dizer alguma coisa.

- Sabe Matt, você é novo e tudo mais, mas eu acho que você não deveria procurar encrenca. Max está com raiva de você. - Disse ela.

- Ah, sério? É meio óbvio que ele esteja com raiva. Só não sei o motivo. - Falei.

- Ele tem medo. - Respondeu ela.

Olhei para os olhos dela.

- Medo de quê? - Perguntei.

- Minha amiga gostou de você. - Respondeu ela enquanto respirava profundamente- E ele sempre amou ela. Ele tem medo que você "roube" o amor da vida dele.

Eu segurei a risada por um momento, respirei fundo e falei:

- Fala sério, eu não quero nenhuma de suas amigas, ele não precisa se preocupar, pode falar isso para ele. - Falei enquanto entrava para a aula.

- Olha, parece que temos um aluno novo. - Disse o professor - Como é seu nome?

- Matthew. - Respondi.

- Bem vindo, Matthew. Pode se sentar na frente da Amber, por favor. - Disse o professor.

Olhei em volta até que percebi uma garota que apontava para a mesa da frente. Fui até lá e me sentei.

- Bom, peço para que sentem em trio, logo após, passarei com as pastas e algumas questões. Vocês podem perguntar entre si do trio. E lembrem-se: Vocês têm 1 hora e 30 minutos para a realização da atividade. Sem pedir para sair, sem levantar. Qualquer erro ou dúvida na prova me chame.

Senti alguém me cutucando. Me virei e vi Amber. Ela é realmente linda, com cabelos castanhos ondulados, olhos verdes, tem sardas... Mas isso não vem ao caso.

- Oi, vamos fazer eu e você? A sala toda já está em trio, só sobrou eu e você. - Disse ela.

- Claro, sem problemas - falei enquanto juntava nossas mesas.

-Tudo bem? - Perguntou ela.

- Estou. - Respondi.

- Você não é de muito assunto né? - Perguntou ela.

- Não. - Respondi.

O professor entregou as pastas e começamos a ler umas folhas (20 no total), quando acabamos de ler fomos responder as questões.

Uma hora se passou e eu e Amber terminamos.

- Estava fácil, não estava? - Perguntou Amber.

- Sim, estava. - Respondi.

- Gosta de ler algum livro? - Perguntou Amber.

(Fala sério, ela me perguntou isso mesmo?)

- Sim. - Respondi.

- Terminou de ler qual recentemente? - Perguntou ela.

- O último grito. - Respondi.

- Eu amo esse livro! A minha frase favorita é: "Ela rasgava sua garganta com aquele vinho, enquanto sentia o perfume da morte"- Disse ela.

- A minha é: "Ela estava entorpecida, mas podia sentir o seu sangue escorrendo pelo seu corpo, enquanto recitava poemas de morte em sua mente"- Respondi.

- Uau, é uma das minhas favoritas também. - Falou sorrindo.

Depois de algumas aulas o sino bateu para o intervalo, Amber estaria me esperando na cantina e James perto dos bebedouros.
Fui até onde James estava.

- Eai James. - Falei.

- Oi. - Respondeu ele.

- Vamos para a cantina, conheci uma garota bem legal na aula de Literatura. - Falei.

- Vamos. - Disse James.

Chegamos lá, Amber estava me esperando como combinado.

- Oi Matt, oi amigo do Matt. - Falou ela sorridente.

- Oi. - Falamos juntos.

- Estou pensando em ir ao shopping sábado, vamos nós 3? - Perguntou Amber.

- Podemos. - Respondi.

- Não sei.- Falou James.

- Como assim? Vamos logo, te apresento uma amiga. - Falou Amber.

Eu sabia que algo estava errado com James.

- Relaxa Amber, ele irá sim. - Respondi.

- Ótimo. - Disse Amber.

James que era tão comunicativo permaneceu calado o tempo todo.

Na hora da saída Matt não me esperou, achei estranho mas não falei nada. Levei Amber até o ponto de ônibus e fui embora.

~~ Em casa ~~

- Cheguei mãe. - Falei alto, mas não obtive resposta.

Então subi para o meu quarto, tomei banho e desci. Fui até a cozinha e tinha um bilhete.

"Vou trabalhar até tarde. Ana foi dormir na casa de uma amiga dela, qualquer coisa me ligue, tem comida na geladeira"

Claro, ficar sozinho era tudo o que eu precisava. Não até meu celular tocar.


Notas Finais


Obrigada por chegar até aqui, e até o próximo capítulo. :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...