História Predator - Capítulo 11


Escrita por: e Wones

Postado
Categorias Eddsworld
Tags Omegaverse, Tordedd, Yaoi
Visualizações 62
Palavras 1.120
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drabble, Drama (Tragédia), Famí­lia, FemmeSlash, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


"I feel like i'm drowning..."

Capítulo 11 - Panfleto.


Fanfic / Fanfiction Predator - Capítulo 11 - Panfleto.

TORD'S P.O.V

Edd me encarava com olhos semi-cerrados e corado,ele estava implorando por isso...Eu conseguia sentir o luxo e a saliência em seu olhar,não que isso seja um problema,mas...Agora?

E-eu não sei se Edd está no cio...Bem...Provavelmente não,pois ele não está mais exalando aquele cheiro doce de antes.

- Por favor....~ - Implorou com uma voz fina,com certeza ele estava assustado com o ocorrido...Não posso vacilar em deixá-lo sozinho de novo...

- Certo... - Quando ia deitar,Edd pega no capuz do meu wonzie de coelho e me rouba um beijo,me fazendo encurralo-o na cama.

Não sei o porquê dele estar assim tão submisso e carinhoso,Edd quase nunca é assim,mas eu não posso deixar de aproveitar este momento,pois ele só me quer quando está no cio.

Nosso beijo era profundo e calmo,sentíamos o gosto do desejo de cada um,parece que foi nosso primeiro beijo com amor.

Edd pressionou suas mãos contra o meu peito,me fazendo separar de seu corpo.

Aí começou a brincadeira~...

EDD'S P.O.V

​​​Eu e Tord estávamos deitados em nossa cama dando uns "amassos",sabe?Mãos bobas em lugares inapropriados e beijos com mordidas quentes por todo o pescoço.

- Nhhg...~Uh!~Awn~Tord!A-aí nã-A-aah!~... - Ele me dava apertões e fortes tapas na minha bunda por cima do meu short curto de poliéster,me fazendo gemer seu nome baixo,eu simplesmente não podia acordar os outros dois...

- A quem você pertence,huh?~ - Ele jogou nossos wonzies no chão.

- A-a você,D-daddy~ - Ele me fez sentar em seu colo enquanto agarrava a minha cintura a fazendo rebolar por cima de sua cueca. - Ah!~Sim!~Ooh~

- Hm...Acho que uma fodinha rápida não faz mal~ - Tord torceu os meus mamilos.

- Aaah! - Choraminguei por que foi forte o belisco.

- Oh meu Deus,você está bem? - Ele me tirou do seu colo e me deitou na cama.

- V-você o-os apertou muito forte... - Acariciei ambos os biquinhos,eles ardiam muito.

- Eu resolvo isso... - Se aproximou do meu tórax e começou a lambê-los.

Tord lambia o meu esquerdo enquanto acariciava o direito,e eu apenas acariciava sua cabeça enquanto sentia minhas pernas tremerem mais do que o normal.

Ele fazia movimentos circulares com a língua,em cada um,aquilo era tão bom...Mas nós precisávamos repousar.

- Tordie...Vamos dormir...Já está tarde... - Bocejei sentindo-o mordiscar o meu biquinho direito após dar-lhe uma chupadinha.

- Ok~Você tem um dia em cheio amanhã. - Ele se deitou do meu lado e meu deu um beijinho na minha barriga. - Boa noite,durma bem~

- Sonhe com os anjos,Tordie!

- Claro que eu irei sonhar com você~ - Ele se virou para o lado oposto.

- Bobinho~. - O abracei por trás e fechei os olhos.

Não consegui dormir muito bem...Pois estava pensando no que ocorreu mais cedo...

TORD'S P.O.V (AGAIN)

Eu acordei em cima de algo duro,abri os olhos e logo percebi que eu estava abraçado com o chão,me questionei várias vezes o porquê de eu ter parado ali,mas eu não me importei muito.

Me espreguicei e me levantei,farejei o ar e senti aquele mesmo cheirinho doce.Oh,delícia...~Parece que tem um ômega obediente no meu quarto e na minha cama~

- Edd?~ - Chamei seu nome e o vi jogado na cama.

Edd estava encolhido,abraçado a alguns travesseiros e pelúcias,eu não entendia o que diabos ele havia feito em nossa cama,mas acho que é alguma espécie de "ninho".

Edd continuava dormindo,mas ele tremia e não parava de se remexer,acho que foi assim que eu acabei caído no chão.

- Eddy,baby~Acorda~ - Sussurrei.

- E-eu já estou acordado... - Abriu um pouquinho de seus olhinhos castanhos.

- Entãão...Parece que tem alguém aqui precisando de ajuda~

- E com certeza não sou eu...

Farejei novamente,e sim,ele estava no cio...

- Vamos~Você precisa~

- Não...Eu não quero...

- Para de me negar~Eu sei que você me quer~

- Eu não te quero!Eu quero dormir! - Exclamou bravo.

- Woah,desculpa... - Subi na cama e me deitei ao seu lado. - O que foi,baby?...

- ?

- Eu sei que tem algo de errado... - Dei-lhe um beijo. - Vai,me conta...O que você sente para não me deixar montar em você?~

- C-cólica... - Ele choramingou e puxou minha camisa. - E dói!M-me machuca muito!

- Mas eu posso te ajudar...

- Eu não quero "esse" tipo de ajuda... - Chorou.

- O-o que você quer que eu faça então?

- M-Matt... - Ele fechou os olhos.

Saí correndo em direção ao porão,vendo Matt e o sem olhos se pegarem intensamente.

- MATT! - Gritei seu nome vendo-o sair de cima daquele babaca com ambos me olhando surpreso.

- O-O QUE?!

- EDD PRECISA DE SUA AJUDA!

- T-TOM,FIQUE AQUI!EU VOLTO EM ALGUNS SEGUNDOS,OK?

- Uh...Ok...

Matt saiu correndo em direção ao nosso quarto,mas quando eu ia entrar,ele fechou a porta na minha cara com força!

Sei que não foi intencional,mas quase que quebrou o meu nariz!

Me sentei na beirada da porta e esperei ansiosamente pela volta do Matt.

- E seu namorado?An...Ele 'tá bem? - Tom perguntou enquanto se escorava do meu lado,só que em pé.

- Eu não sei...Ele está no cio,mas não sei porquê ele está me rejeitando agora...

- Talvez ele não te queira mais.

- WOW!AJUDOU BASTANTE,HEIN?

- A verdade machuca!

Começamos á discutir,só paramos quando ouvimos uma porta sendo aberta.

- E-ele está bem? - Perguntei.

- Relaxa,ele está tranquilo,apenas dei alguns comprimidos que eu trouxe comigo... - Sorria. - Aqui,pegue,isso irá ajudar. - Ele me entregou um tipo de panfleto.

- O que é isso?

- É um guia de como cuidar de um ômega no cio,sei que o Edd é seu primeiro namorado,então você não deve saber muito de como se cuida de um. - Ele pegou no braço do Tom. - Médicos entregam esses manuais nos postos e em farmácias. - Matt e Tom saíam. - Eu e Tom estamos indo,aliás,diga para o Edd que amamos a festa do pijama e que iremos voltar mais vezes.

- Valeu,Matt. - Comecei á ler o panfleto.

- Não há de que! - Eles saíram de casa.

Eu entrei no quarto e vi Edd um pouco mais calmo,ele continuava acordado,só que mais alegre.

- Ué,Matt trouxe consigo pílulas?Mas ele... - Edd pensava e eu o interrompi.

- Edd! - Corri e o abracei. - Está melhor?

- Haha!Claro!Ficou preocupado?Porque parece feliz em me ver~

- Eu?Feliz?

Edd então apontou para a minha cauda,ela balançava para os lados de uma maneira muito rápida,Merda!Eu não consigo controlar isso!

- Hmm... - Senti meu rosto esquentar. - Ah!Olha o que o Matt me deu! - Eu lhe mostro o panfletinho.

- Um panfleto sobre ômegas? - Ele se aproximou de mim.

- Sim!Agora irei saber mais sobre você!

- Oh céus...


Notas Finais


',:1


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...