História Predestinadas a ficarem juntas! - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Amor, Colégio, Festa, Lesbicas, Lgbt, Romance
Visualizações 28
Palavras 699
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Primeirinha.. heheheh
Tô nervousa!

Capítulo 1 - Cap 01



Laura 

Como alguém gosta do ensino médio? Alguém me explica? Santo Deus!!

É gente, eu odeio o ensino médio por vários fatores, mas o principal deles tem nome, sobrenome e é linda pra caramba, Marina Gordon é a peça. Vivemos brigando, desde que entramos no ensino médio e ficamos na mesma turma, acho que foi ódio a primeira vista ou não...

Deixa eu me apresentar pra vocês... Eu sou Laura Rabello, tenho 16 anos, falta pouco para 17, dona de olhos verdes e cabelos ruivos, um corpo de atleta pois faço aulas de boxe. Sou lésbica assumida, passei por grandes perrengues quando me assumi pra minha família, que é composta por meu pai Marcelo, minha mãe Betina e meu irmão mais novo Felipe. Moramos em Belo Horizonte MG,  meu sonho era morar em Vancouver, mas seguimos por aqui. Pretendo fazer faculdade de arquitetura e urbanismo então estou me esforçando bastante para passar na UFMG.

Bom, eu não sou boa em me enturmar com as pessoas então meu ciclo de amizade é bem pequeno, tenho apenas três pessoas que são meus melhores e verdadeiros amigos, o Tadeu que me acompanha desde a infância e é namorado da Fernanda, minha musa maravilhosa que está sempre me ajudando no que preciso e tem o Henry, viaaado, aprontamos todas juntos. 

Mesmo com esse meu jeito introspectivo, sou bastante festeira e pegadora, cof cof, não tenho problemas com as garotas, já que elas faltam cair aos meus pés, acho que é pela minha beleza... E olha, tenho uma pegada magnífica. Nunca namorei sério, mas isso não é problema, estou vivendo minha solteirisse muito bem.

Como já comentei, vivo em pé de guerra com a Marina, vou confessar que tive uma paixonite por ela no começo do ensino médio, mas acabou (eu acho) logo que tivemos a nossa primeira briga e foi logo na primeira semana de aula. Ela é famosinha, então já peguei ranço por isso, mas é extremamente linda, morena de olhos castanhos claros feito mel, um cabelo liso invejável e um corpo digamos que nos padrões. Eu pegava muito, mas né...

Nesse último ano de colégio vou me dedicar bastante aos estudos, não que minhas notas sejam ruins, sou uma boa aluna, mas eu quero os nota no Enem, então é estudo em dobro. Claro que as farras não ficaram totalmente de lado, tem Laura pra tudo!


Marina

Terceiro ano de ensino médio, último de colégio!! Eu ouvi um amém?

Finalmente quase no fim, estou louca para ir para a faculdade, respirar novos ares, conhecer gente nova, não aguento mais essa mesma gente, principalmente uma pessoa específica: Laura Rabello, meu ranço desde o primeiro ano!

Mas como não podemos escolher com quem estudar, a gente tenta suportar. Sou, de certa forma, famosinha no colégio, na verdade meu grupo de amizade todos, começou porque nós andávamos com o pessoal do terceiro ano. Somos de muita farra, somos incluí: eu, o Gabriel meu gay favorito, a Giulia, o Thiago, o Bernardo meu ex, não temos mais nada, somente amizade, a Duda, já peguei mas foi só um momento e não vai acontecer mais, e tem a Maju. Somos amigos desde o ensino fundamental, sempre estudamos no mesmo colégio, então a amizade só cresceu a cada ano. Já brigamos várias vezes mas a amizade sempre prevalece e voltamos mais amigos ainda!

Como já devem ter percebido, sou bissexual assumida, mas ainda enfrento alguns pequenos problemas em casa, principalmente com o meu pai o Vicente, que ainda não digeriu essa realidade, mas me respeita bastante, de vez em quando brigamos, mas ele até então nunca fez algo radical. Minha mãe, Luciana, é maravilhosa, sempre me aceitou tranquilamente e é uma super amiga, sou filha única e não tenho problemas com isso, até porque já são 17 anos sozinha! Somos do Rio de Janeiro, nós mudamos para BH, quando eu tinha 12 anos logo após meu pai receber uma promoção no trabalho. Confesso que sinto falta do clima do Rio, eu amo a praia, aquela brisa... Sempre vamos pra lá nas férias, pois nossa família mora toda lá!

Pretendo cursar Direito, quero passar em uma federal e vou me esforçar o quanto puder para isso se concretizar! Mas obviamente vou viver esse terceiro ano intensamente!


E lá vamos nós!! 





Notas Finais


Até mais...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...