História Predestinados - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Personagens Originais
Tags Nono Yakushi, Romance No Mundo Ninja
Visualizações 3
Palavras 1.354
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um capítulo bom demais! ^-^

Capítulo 22 - O Reencontro


Fanfic / Fanfiction Predestinados - Capítulo 22 - O Reencontro

Kabuto pega minhas mãos e as beija, foco em seu rosto sereno e calmo, seus olhos expressavam que ele queria me abraçar, beijar e terminar tudo numa cama num prazer avassalador más estávamos acompanhados, ele faz carinho em meu rosto e mesmo corada eu não acreditava que era ele mesmo bem ali na minha frente, tremendo sussurrei:

 -Ka...bu...to...meu amor! Ele sorriu me dando a prova que era ele mesmo, aquele sorriso me fazia derreter e suar o meio de minhas pernas, assim como seus olhares. Eu falei tocando em seu rosto: 

-Nossa...vc está tão...forte e alto, seu cabelo cresceu...vc está...lindo! Ele ri e fala pondo as mãos em meu rosto:

 -A única coisa linda aqui, é vc. Ele me abraça e tomo seus lábios expondo toda saudade que eu estava dele, ele vai com calma e brinca com minha língua pressionando mais seus lábios nos meus, ele me aperta e solta um gemido baixinho, depois afasta seus lábios, encosta sua testa na minha e sussurra: 

-Vamos dar uma voltinha...só vc e eu? Eu balanço a cabeça confirmando, ele ergue a mão e fala pro kakashi: 

-Kakashi-sensei! Vou dar uma volta com a kayna-kun na floresta. Kakashi abraçado com Tsunade fala:

 -Tudo bem Kabuto, bom passeio! Kabuto pega minha mão e vamos andando pela floresta, pegamos uma trilha que conhecia para mostrar a ele meu lugar preferido, uma clareira nas margens do rio, durante o caminho conversamos, contei como foi cada mês que fiquei longe dele e também contei sobre o treinamento, até que chegamos na margem do rio, pássaros cantavam anunciando o fim de tarde. Ele beija minha mão e se aproxima me abraçando, ele sussurra: 

-Eu nem acredito que estou sentindo seu perfume! Senti muito sua falta...meu amor. Eu o aperto contra meu corpo e afundo o rosto em seu pescoço respirando fundo também não acreditando, eu falo: 

-Senti sua falta também...e vc mudou muito, está mais alto que eu e mais...lindo. Ele sorri sexy e fala: 

-Estou é? Só quero saber se ainda estou gostoso como vc falava...estou? Eu sorri sexy e falei: 

-Só tem um jeito de descobrir. Eu tomo seus lábios com um desejo insaciável pelos seus beijos, sem fôlego continuo à beijá-lo, más agora, ele era quem não aguentava mais, em um segundo ele gemeu e tirou da cintura um pergaminho, fez 3 selos e invocou um tipo de barraca de acampamento já montada, ele guardou o pergaminho e abriu o zíper me convidando pra entrar, entramos na barraca ele fechou o zíper e falo brincando: 

-Puxa! Faz tempo que não acampo. Ele ri e tira o sobretudo com capuz o jogando no canto da barraca, ele me olha e fala: 

-Eu também...está com fome? Eu trouxe morangos. Eu sorri e fiquei animada, comemos alguns morangos até que ele faz carinho em meu rosto e fala: 

-Vc mudou muito também...está mais linda de corpo e de rosto...Além de já possuir um perfume delicioso naturalmente...senti falta desse perfume e do seu calor...mais ainda do seu sabor. Ele passa a língua nos lábios devagar e confesso...aquilo fez meu corpo se incendiar em segundos, ele percebeu e seus dedos seguraram meus cabelos me levando de encontro a seus lábios gostosos, o beijo foi de tirar o fôlego, fiquei molhada só com o beijo, eu o desejava muito e ele o mesmo, chegamos ao limite da lucidez e nos banhamos numa paixão sem fim um pelo outro, eu o beijava como se minha vida dependesse disso, ele gemia entre o beijo assim como eu, ele desamarrou meu kmono e o tirou jogando-o no canto da barraca, tirou meu sutiã devorando meu pescoço, eu tiro sua camisa e sua bandana aos beijos só que não resisto ao olhar seu corpo, como ele ficou musculoso depois do treinamento, eu falo: 

-Nossa...amor...Eu deslizo minhas mãos pelos seus braços musculosos e por seu peito, ele ri sexy e fala: 

-Que foi? Gostou? Eu falo: 

-Vc está maravilhoso...quero vc todinho! Ele ri e fala: 

-Eu já sou seu, esses músculos são minha melhor chance de chantagem? Ele dá um sorriso malicioso de derreter corações e falo: 

-Sou toda sua! Ele sorri tirando minha calcinha, ele me deita de frente pra ele e fala: 

-Vc está muito mais gostosa, seus seios cresceram mais...Ele perde o controle e vem por cima de mim tomando meus lábios num beijo de língua de tirar o fôlego, suas mãos pegam meus seios e os aperta forte mais não machucando, perco o controle, tiro sua calça e sua cueca, pego seu membro grande e bem duro o masturbando no ritmo do beijo, ele gemia entre o beijo assim como eu, estávamos tão famintos um pelo outro que fazíamos tudo automaticamente, ele deu vários chupões em meu pescoço antes de chupar meus seios e os morder, ele desce mais um pouco e me leva ao êxtase mais esperado por mim, ele lambe e chupa toda minha intimidade, ele me olhava e penetrava mais a língua em minha entrada, chupava meu clitóris até que eu não resisti e cheguei ao ápice gemendo alto no momento de prazer mais intenso que ele proporcionava, ele gemeu e pôs seu membro em minha entrada molhada, começando devagar a me penetrar, até que agarrei seus cabelos e tomei seus lábios num beijo de língua de tirar o fôlego, minhas pernas o envolveram dando impulso aos movimentos, ele ficou ofegante, de lábios entreabertos e fechou os olhos quando me penetrou com todo seu tamanho, aquilo me excitou mais ainda e acabei agarrando suas costas o arranhando, ele sorriu malicioso e falou: 

-Que delícia...me arranha muito, pois vou fazer vc gemer muito agora. Fiquei ofegante com o nosso ritmo, era rápido forte e gostoso, imploravamos por mais, até que chegamos ao ápice juntos, abraçados, nossos lábios aos beijos e mordidas. Sem fôlego, deitamos de frente um pro outro e nos recuperamos, estava escurecendo e ele acendeu uma lanterna à pilhas amarrando no teto da barraca, voltou a se deitar de frente pra mim e fez carinho em meu rosto falando: 

-Estava com tantas saudades que sonhava com esse momento...eu te amo...muito. Eu dou um sorriso corando e falo: 

-Eu também te amo, Kabuto-kun...muito...ainda mais quando vc faz gostoso assim. Sorrimos maliciosos e ele fala: 

-É só o começo...vc pode usar esses seios pra me chantagear também quando eu não me comportar. Eu ri e falei:

 -Concordo...vc gostou daqui? Ele deita com as mãos atrás da cabeça pra eu ficar olhando seu peito nu e fala: 

-É lindo...vc vai poder se lembrar toda vez que vir aqui, do amor gostoso que fizemos e...pode também se tocar daquele jeitinho. Ele sorri malicioso e falo: 

-Não sabe o quanto eu estava desejando vc...todos os dias...e ainda mais recentemente. Ele me puxa com uma mão para me deitar encima dele e fala: 

-Não vamos desperdiçar um segundo longe um do outro, eu terei que voltar na manhã do dia 26...enquanto estivermos aqui, vou querer vc sentando em mim sem reclamar. Ele sorri malicioso, distribuo beijos por seu peito e falo: 

-Sem uma paradinha? Ele deita minha cabeça em seu pescoço e fala: 

-Só vai ter uma...que é a que vamos fazer agora, vamos na vila do chá...tenho uns ticket de pernoite com direito a janta, lanches e café da manhã...Kakashi queria a cabana só pra ele, apostamos no chouji mais perdi...então ele me deu os tickets pra ficar sozinho com sua lady na cabana...Então, vc aceita sair comigo? Eu dou um sorriso muito animada e falo: 

-Aceito meu amor! Agora vamos tomar um banho. Ele sorriu e nos levantamos saindo da barraca, estavamos nus então botei o pé na água do rio estava muito gelada, nos higienizamos com uma garrafa de água e fomos pra cabana, lá tomamos banho juntos aos beijos, observar e tocar todo seu corpo lindo me fez incendiar novamente, ele gostava muito do que provocava em mim, fazia tudo de propósito só pra me ver babando, sorria malicioso e quando tinha a chance me provocava do jeitinho que ele sabia de me atingir em cheio, ele mal sabia o que eu estaria planejando para nossa noite juntos...só sei que vai ser inesquecível!


Notas Finais


Jájá tem o próximo capítulo nao percam! ^-^ obgd por acompanharem as aventuras de kabuto e kayna ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...