História Preliminary :: Shawn Mendes - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Shawn Mendes
Personagens Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Baby Girl, Bad Boy, Daddy's Girl, Fanfic, Hot, Morte, Prostituição, Shawn Mendes
Visualizações 368
Palavras 1.665
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esse foi um dos capítulos que eu mais gostei de escrever, porque ele tomou um rumo totalmente diferente do que eu havia planejado!

Espero que gostem

Obrigada pelos favoritos❤

Capítulo 3 - It was for me?


Fanfic / Fanfiction Preliminary :: Shawn Mendes - Capítulo 3 - It was for me?

                 Trey Songz/Chill

"Nós deveríamos sair dessa festa e ir para algum lugar em que ficamos sem roupa e eu possa ver seu corpo, esses drinques deixaram minha cabeça girando, girando e girando quantas doses preciso beber para poder te ter sozinha bebê? Porque uma garota como você merece carinho quando estamos transando. Você já sabe o que eu tenho em mente, venha curtir comigo, se esfregando e transando no chão, vamos transar, amo quando você vai com força, essa buceta me deixa louco, relaxando comigo, mas a sua bunda pra cima... E você não vai querer parar, quando eu for fundo, vou te fazee cantar..."

      

             Shawn Mendes 

Como já previsto acordei com uma ressaca enorme hoje, nem sei como vou prestar atenção no trabalho com toda essa dor de cabeça, parece que minha cabeça vai explodir.

 

 

Levantei da cama com um pouco de dificuldade, minha cabeça está girando, fui até o banheiro e tomei um banho demorado pra tentar relaxar um pouco, depois da noite de ontem.

 

Termino o meu banho, visto meu terno como de costume, desço as escadas e pego qualquer coisa pra comer dentro do carro já que acordei um pouco tarde.

 

(...)

 

Chego na empresa e vou direto para a minha sala, já estou de saco cheio de tantas perguntas do porquê eu não fui trabalhar ontem.

 

-Sr Mendes? -ouço uma voz feminina me chamar, acho que é a Kenzie. -O que foi? -digo seguindo em direção a minha sala.

 

Abro a porta e sento na minha cadeira, Kenzie para em minha frente esperando eu dar permissão para que ela falasse, fiz um sinal qualquer com os as mãos e ela assentiu.

 

-Então Senhor Mendes, Hoje o senhor terá duas reuniões muito importante. -Para de falar e olha para o tablet que estava segurando. -Uma com o Dono da InsideOut e o outro com o Senhor Scott.

 

-Okay. Agora me deixa sozinho -falo apontando para a porta e ela sai de pressa.

 

Preciso tirar Amy da minha cabeça, mas toda vez que eu olho pra baixo eu a imagino entre as minhas pernas.

 

Com altos pensamentos em Amy acabei me excitando. Que merda, como eu vou resolver isso? Daqui a três minutos é a reunião.

 

Quando me levanto para ir até o banheiro vejo Kenzie entrando novamente em minha sala, vi que seus olhos percorreram o meu corpo.

 

-Qual foi a parte de bater na porta você não entendeu?- digo sem paciência tentando fazer com que ela não perceba que meu pau estava completamente duro.

 

-Desculpa Senhor Mendes. -sai da sala com a cabeça baixa.

 

Depois de alguns minutos vou até a uma outra sala, onde haveria a reunião.

 

(...)

 

-Bom saber que você gostou. -Digo apertando a mão do Sr Adams. -Suas sugestões são ótimas Mendes. -diz Adams. -Obrigado -Digo bebendo um copo d'água.

 

-Opa, espero não estar atrapalhando -Entra Scott de repente na sala.

 

-Claro que não -falo indo em sua direção.

 

-Como vai Mendes? -pergunta Scott colocando uma de suas mãos em cima do meu ombro.

 

-Estou indo, com um pouco de ressaca mas estou indo -digo e ele ri fraco.

 

-Sente-se. -aponto para a cadeira.

 

-O que eu vim falar é bem curto -diz e eu o olho confuso. -Te espero hoje a noite no 'Here in bed'. hoje terá uma festa de lançamento e eu quero o meu sócio lá Okay?

 

Como Scott tinha 26% da minha Impresa em suas mãos, resolvi me juntar a ele comprando 30% do 'Here In Bed'  também, tudo o que era feito lá, passava por mim primeiro, inclusive, a chegada de Amy.

 

-Okay. -digo e saímos da sala.

 

Depois de um bom tempo na frente daquele computador termino de escrever os últimos preparativos para o Sr Adams assinar amanhã de manhã e sua impresa também será minha, tudo em minhas mãos.

 

(...)

 

Cheguei em casa faminto, precisava comer algo, comecei a pegar as primeiras coisas que vi pela frente e joguei tudo dentro de uma tigela colocando no micro- ondas.

 

Termino de comer e vou até o meu quarto escolher uma roupa para ir até a boate. Tenho ternos de todos os tipos e ocasiões, mas resolvi escolher um simples hoje, para não ter muito trabalho quando Amy estiver entre minhas pernas novamente.

 

Ah que vadia gostosa.

 

Quatro horas antes de ir para a boate, dou uma corrida completa na Praça do meu condomínio, não posso perder o costume de malhar já que ultimamente não ando tendo tempo para isso.

 

(...)

 

Subo novamente para o meu quarto e vou direto para o banheiro. Enquanto tomava banho meus pensamentos só tinham uma direção, Amy, mais por que ela? Só de pensar nela sentando no meu pau de novo...

 

Depois do banho vou até o meu closet e pego meu terno vinho, o visto, passo meu perfume e coloco o meu sapato. Procurei a chave do carro que costumo ir para a boate mas não a encontrei, resolvi pegar o meu BENTLEY CONTINENTAL e ir com ele.

 

(...)

 

Ainda era cedo, a boate não estava totalmente cheia, fui até o bar e pedi uma tequila, apenas para começar a noite, sentei em uma mesa esperando encontrar com Amy, mas nem sinal da mesma, então resolvi levantar e ir procurá-la. À procurei por todo canto da boate, sem sucesso.

 

-Emma? -A chamei e ela me olha confusa indo em minha direção. -Onde está Amy? -pergunto.

 

-Então Shawn...-diz deslizando uma de suas mãos em meus braços. -Pra você é Sr Mendes, me diz onde ela está -digo apertando seu pulso.

 

-Você está me machucando Mendes -faz força tentando tirar seu pulso de minha mão.

 

-Onde? -digo pela última vez.

 

-Eu não sei, só vi Scott saindo com ela da boate. -diz apontando para a porta de saída. -Agora dá pra me soltar? -fala choramingando, pude ver que seus olhos realmente estavam cheios d'água.

 

A soltei e peguei rapidamente o meu carro, indo ao encontro de Amy. Sai disparado com o carro, eu estava cegamente à procura de Amy, eu tinha que encontrá-la.

 

Passo por uma pista completamente escura e vazia, vi uma enorme Van preta com dois homens dentro, mais o que me chamou atenção foi as inicias da Van, SJ, Scott Jones...

 

Virei o meu carro para que ele pudesse imperdir a Van de dar partida e sai correndo em direção a mesma, colocando a mão na cintura pegando minha arma.

 

-Solta. A. Garota. -digo pausadamente apontando a arma para os dois homens.

 

-Não vai rolar cara -diz um deles e eu ameaço atirar

 

-Wooow cara, abaixa a bolinha aí -debocha

 

-Pela penúltima vez, solta a garota -digo já sem paciência com a arma ainda apontada para eles.

 

-Não

 

-SOLTA A PORRA DA GAROTA! -grito e atiro pra cima.

 

-Última vez, Solta a garota, desse vez essa bala vai estourar a cabeça de um de vocês. -digo e eles rapidamente pegam a garota, vi que a vendaram e a amarraram.

 

Eles jogaram ela em cima de mim e sairam correndo, Scott você está morto nas minhas mãos.

 

A peguei pelo braço e levei ela até o meu carro, coloquei ela no banco de carona e vi uma lágrima sair de seus olhos.

 

-Está tudo bem, você está comigo agora. -digo retirando o pano de sua boca, ela estava amordaçada.

 

Pela primeira vez ela me olhou com um olhar que eu não consigui decifrar, apenas enrolei meu braço em sua cintura e a abracei forte.

 

-Vou te levar pra minha casa.

 

-Não, ele vai está lá quando souber o que você fez por mim. -diz desesperada.

 

-Amy -ri fraco. -Eu tenho bons seguranças pra isso e você está segura comigo.

 

Aciono todos os meus seguranças para que eles protejam o condomínio e Amy.

 

(...)

 

Finalmente chego em casa, saio primeiro do carro para abrir a porta para Amy, um pouco de cavalheirismo não iria fazer mal a ninguém.

 

A peguei no colo e a subi até o meu quarto, vi que estava toda roxa e machucada.

 

-Eles fizeram algo com você? -pergunto

 

-Não...

 

-Tem certeza? -Insisto

 

-Shawn, eles não fizeram nada comigo, mas iriam fazer se você não chegasse a tempo. -diz

 

-Vai tomar um banho, você precisa descansar.

 

-Mais aonde é o banheiro? Que roupa eu vou vestir? -pergunta

 

-Quantas perguntas. O banheiro é ali -aponto. -E as roupas deixa que eu providencio isso, agora vai.

 

Porque eu to fazendo isso? Porque estou enfrentando um dos meus melhores amigos por causa de Amy? Ela me faz sentir algo diferente, ela consegue despertar o meu outro eu adormecido.

 

-Terminei -diz Amy saindo do banheiro com a toalha enrolada em seu corpo.

 

Estava com a cabeça tão perdida que esqueci das roupas, fui até meu closet e peguei uma blusa que eu tinha e um pacote de cuecas, fechadas é claro.

 

-Aqui -dei em suas mãos e ela correu para o banheiro.

 

A esperei sair do banheiro para ver se tudo serviu, só assim eu poderia ficar tranquilo e tomar o meu banho para relaxar.

 

-Ficou bom? -diz Amy dando uma viradinha de lado.

 

-Ficou ótimo.

 

Mas o que eu realmente queria dizer mesmo era.

 

"-Fica de quatro nessa cama agora, se prepare porquê eu vou foder você de um jeito que você nunca vai esquecer"

 

Amy se aproxima e senta do meu lado me olhando, ah seus olhos cor de mel...

 

Ela deita a cabeça em minha perna e eu passo as mãos pelo seus cabelos compridos, quando fui ver Amy já estava dormindo, a ajeitei na cama tentando fazer com que ela não acorde e fui tomar o meu banho.

 

Termino de fazer minha higiene, escovo os meus dentes e vou até a cozinha fazer um pequeno lanche, pego um pão de sanduíche e coloco queijo dentro, inclusive, esqueci de perguntar a Amy se ela estava com fome.

 

Subo novamente para meu quarto e paro em frente a Amy a observando dormir, ela realmente estava muito cansada e devastada.

 

Deito na cama indo em sua direção fazendo assim, ficarmos de conchinha.

 

Ah Amy....

 


Notas Finais


OMG eu juro que não havia planejado isso, mas aconteceu kkkkk

O que será que o Shawn vai fazer com Scott no próximo capítulo?

Me falem se estão gostando da fanfinc!

Quem não favoritou ainda, favorita❤

Bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...