História Preocupado demais;; chenle - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Chenle
Tags Chenle, Nct, Nct2018, Nctdream
Visualizações 28
Palavras 567
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ficção Adolescente

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


!¡tabém postada no wattpad!¡

já faz um tempo que eu não posto nenhuma fanfic e sinto muito, mas não estava conseguindo escrever, ainda año consigo direito, estou passando por um bloqueio criativo, espero que entendam.

ps.: eu acabei de terminar essa história e tô atualizando quase dormindo de tanto sono, então se tiver alguma coisa errada, avisem pra eu podee arrumar rs


bjs, boa leitura! 💘

Capítulo 1 - Para aproveitar


Quando falamos sobre ensino médio, existem alguns tipos de alunos. Têm aqueles que ficam animados porque acham que vão viver uma adaptação do High School Musical; os que só consideram como mais alguns anos escolares; os que vêm se dedicando desde o fundamental para essa nova fase pois já sabem desde pequenos o que querem ser, e os que só seguem normalmente — dando zero fodas — porquê precisam terminar a escola.

No primeiro ano, Chenle era do primeiro tipo. Quando o fim do ensino fundamental enfim chegou, ele se animou. Ele queria poder encher a boca pra dizer que estava no ensino médio, queria poder falar o quanto estudar biologia era difícil. O chinês já havia idealizado seus próximos anos. No segundo ano, ele começou a perceber que as coisas não seriam do jeito que estava sonhando. Chenle passou a ver como só mais um ano. O Zhong percebeu que além de um maior grau de dificuldade de suas antigas matérias, e mais algumas novas, nada havia mudado. Quando o último ano veio, Chenle já não aguentava mais, ele passou a ser o aluno que mesmo comportado e com boas notas, só queria terminar logo a escola, mas aí ele lembrava que ainda tinha a faculdade por vir.

Faculdade.

Essa palavra vinha tirando sua paz há um bom tempo. Ele via seus colegas já decididos sobre o que fazer da vida, enquanto ele não sabia nem se queria cursar a faculdade no próximo ano. Ele via seus amigos trabalhando duro, desde cedo, e tudo que ele fazia era dormir a tarde toda. É claro que ele tinha vontade de ganhar seu próprio dinheiro e parar de depender de seus pais pra tudo, mas ele ainda estava assustado, o tempo passava tão depressa. Todos à sua volta pergutavam o que ele queria fazer, que carreira queria seguir e seus planos para o futuro, mas a verdade é que nem ele sabia.

O chinês poderia facilmente ser médico, engenheiro, arquiteto ou advogado, se quisesse, ele era muito inteligente e tinha muita capacidade, mas o garoto não queria se matar de estudar. O Zhong gostava de aprender coisas novas, mas ele não iria passar 12 horas por dia com a cara em livros sobre coisas que não lhe interessavam e que provavelmente nunca iria precisar para além de fazer uma prova. Chenle não achava normal passar o dia inteiro trancado dentro do quarto somente para passar numa faculdade.

Ele não queria terminar igual ao seu primo, que entrou em depressão quando não foi aprovado para a faculdade de seus sonhos, depois de passar quatro longos anos se preparando para o vestibular através de cursos e intensas rotinas de estudo. O garoto era extremamente inteligente, todos sabiam disso, ele havia vencido diversas olimpíadas de química e matemática, mas o nervosismo na hora de uma prova literalmente acabou com sua vida. Aquilo não era saudável.

Chenle queria viajar pelo mundo, conhecer novas pessoas e culturas, aprender novos idiomas e ensiná-los à quem se interessasse. Ele queria ir à muitos lugares e passar por uma experiência que mudasse sua vida, queria se apaixonar profundamente e fazer tatuagens, seja um globo terrestre e um aviãozinho em seus pulsos, ou simplesmente a palavra "wanderlust" em alguma área de seu braço direito. Ele queria viver.

Zhong Chenle só queria aproveitar sua adolescência tranquilamente, mas as pessoas achavam um absurdo que um garoto de 16 anos não tinha toda a sua vida planejada.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...