1. Spirit Fanfics >
  2. Presa no mundo de CDZ >
  3. O frio dos "invernos"!!!

História Presa no mundo de CDZ - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Lembrem de ler o capítulo 2 de novo,no máximo só mudei a aparição do Hyoga na fanfic,mas mesmo assim eu mudei.
Desculpe a demora para postar o capítulo e espero que gostem.
Obrigada por ler e tenha uma boa leitura.

Capítulo 3 - O frio dos "invernos"!!!


        Após andar por um longo tempo encontro ele de novo.


Plutão-boa noite senhorita

Flávia-o que você quer agora?

Plutão-vim ver como você esta,parece meio emburrada...

Flávia-pouco importa,eu preciso da sua ajuda,e também quero saber o que pretende fazer por aqui.

Plutão-esta duvidando de mim?o que eu fiz para você pensar isso?

Flávia-ah...nada não...só matou várias pessoas e guerreiros e tem planos de destruir o mundo,só isso

Plutão-você pode ter certeza de que eu não farei isso,tenho novos planos para a minha vida.

Flávia-sei...mas então,preciso que você me ajude a fugir dos cavaleiros ou me de alguma arma ou poder para me defender deles ou de qualquer inimigo desse universo.

Plutão-farei o possível para te ajudar,mas por enquanto tenho coisas para fazer,em breve eu voltarei.

Flávia-legal....-_-

Ele desaparece e eu me sento debaixo de uma árvore e adormeço naquele lugar.



Ao acordar sinto meu corpo gelado e um vento forte e frio passando pelo local,ao abrir meus olhos percebo que estou na Sibéria.
Muito legal Plutão....muito legal "Awesome"   >:(


Me levanto com dificuldade e observo tudo ao redor,não via nada além de vento e neve no chão,não tenho ideia do que fazer agora.


Começo a andar pelo local sentindo muito frio e fraqueza,até espirro um pouco e tusso(não sei se é assim que se escreve)
O frio daqui pode me matar em questão de segundos,preciso sair daqui e ir para um lugar mais quente.
Continuo andando até achar a vila onde o Cavaleiro de cisne mora e treinou para se tornar um cavaleiro de bronze,os moradores estão trabalhando e fazendo coisas simples nada de anormal por aqui.
Me escondo atrás de uma casa para observar melhor e não ser vista,olho pela janela da casa onde me escondia e percebo que não tem ninguém dentro dela,vou ver se posso pegar alguma coisa para me esquentar aqui.
Invado a casa pela janela e acendo a lareira da casa,é tão bom ficar quentinha depois de ficar mais de 1 minuto naquele frio dos "Invernos".
Resolvo ver mais coisas da casa e encontro uma faca velha,vou usa-la como arma,talvez ela me ajude em algumas coisas.
Após pegar a faca ouço uma porta se abrindo atrás de mim.

???-ei!quem é você?

Olho para trás e vejo o amiguinho do Hyoga,Jacó ou Jacob,na dublagem brasileira falam Jacó.

Jacó-você....você está com uma faca!

Flávia-.........

Saio pela janela rapidamente e começo a correr para bem longe da Vila,eu estou ferrada mesmo,serio!
Continuo correndo por mais alguns segundos e paro de correr para descansar,o frio volta a me deixar mal de novo,e novamente volto a espirrar.
Só espero que ninguém venha atrás de mim.
Mesmo assim ouço passos de alguém andando na minha direção,parecia ser bem alto e usava algum tipo de casaco.
Sua silhueta mostrava que o mesmo tinha cabelos bagunçados e sua pele parecia ser bem clara principalemnte nesse lugar frio.
Assim que ele se aproxima percebo que era justamente ele quem eu não queria encontrar,mas ao mesmo tempo queria também.

Hyoga o cavaleiro de cisne

Flávia-.........

Hyoga-você está perdida garotinha?

Flávia-.........

Ele se aproxima um pouco mais

Hyoga-me disseram que você invadiu uma casa e parecia estar procurando alguma coisa,deve estar com fome certo?

Flávia-..........(Eu não sei o que pensar,ao mesmo tempo que isso parece ser tão legal da parte dele tenho medo.....)

Hyoga-não precisa ter medo,eu conheço um ótimo lugar onde você comer e descansar.

Flávia-eu....preciso ir....

Hyoga-ir?ir pra onde?

Flávia-........

Olho para baixo tentando desviar do olhar dele,eu não tenho ideia do que dizer.
Eu realmente não sei o que fazer nessas horas.
Ainda sinto seus lindos olhos azuis olharem para mim,ele coloca sua mão no meu ombro e me da um pequeno sorriso.

Hyoga-não se preocupe,venha comigo eu cuidarei de você.

Flávia-tem certeza que vai querer cuidar de uma criança?

Hyoga-isso não será problema para mim,você está sozinha e precisa de ajuda,não posso deixar alguém como você sem proteção em um lugar frio como a Sibéria.

Flávia-muito obrigada.....

Tusso mais duas vezes e ele pega seu casaco e o envolve no meu corpo,é um casaco tão quentinho e confortável.
Ele me pega no colo e me leva até a casa onde ele morava,ficava um pouco afastada da Vila,porém dava para ver o local por perto.
Ao entrarmos na casa ele me coloca sentada na cama dele e me trás um chocolate quente.

Flávia-muito obrigada mesmo :)

Hyoga-não precisa me agradecer

Logo depois ele acende a lareira e se senta em uma cadeira de madeira,bebo um pouco do chocolate quente,é tão bom :)
Mas agora eu me pergunto,o que vai acontecer?será que o Hyoga vai falar mais alguma coisa,será que o Plutão vai fazer bosta?eu não tenho mais ideia do que fazer.

Hyoga-me diga,como você veio parar aqui?onde estão os seus pais?

Flávia-eles estão em casa.

A melhor resposta possível pra te dar nesse momento

Hyoga-você mora aqui perto?

Flávia-eh....não

Hyoga-não?

Flávia-sim...

Hyoga-hum....como você se chama?

Flávia-flavia

Hyoga-prazer em conhece-la,me chamo Hyoga.

Disso eu já sabia,um nome tão lindo
❀◕ ‿ ◕❀

Flávia-o seu nome combina com você

Hyoga-rsrs

Hyoga-em qual lugar você mora?

Flávia-eu moro.....no Brasil

Hyoga-Brasil?

Diz ele surpreso

Hyoga-mas...mas como veio parar aqui?

Flávia-digamos que o teletrasporte de uma certa pessoa está fazendo isso

Hyoga-teletrasporte?...

Flávia-é complicado te explicar isso,e você deve tá achando isso retardadiçe já que eu sou uma criança.

Tô tentando agir de forma mais normal possível,só pra não fingir que sei de tudo se não eles vão estranhar.

Hyoga-me fale mais sobre esse teletrasporte,quem está fazendo isso com você?

Flávia-digamos que tem um ser com grandes poderes que está tramando alguma coisa,porém ele não quer me contar e me leva para vários lugares e situações só para que eu não atrapalhe ele.

Hyoga-como se chama esse ser?

Flávia-plutão

Hyoga-plutão...o nome romano do deus hades,será que ele....

Flávia-sim...ele é o hades

Hyoga-hum...?

Ele levanta a cabeça e olha para mim

Flávia-não sei como ele voltou,mas de alguma forma ele conseguiu um novo corpo e novos poderes e pretende fazer algo pior do que ele pretendia fazer antes.
E eu sou a única que tenho alguma ligação e aproximação com ele.

Hyoga-você é amiga dele?

Flávia-ele tenta se fazer de bonzinho comigo,mas eu sei bem as intenções dele,não sou burra.

Hyoga-é interessante saber que uma menina da sua idade tenha esse tipo de aproximação com um ser divino.

Flávia-de divino ele não tem nada,é um demônio maldito...

Hyoga-esse tipo de deus assim como hades não deveria ter tal poder para fazer coisas tão erradas e malignas somente com o intuito de matar e destruir vidas.

Eu amo ouvir a sua doce voz Hyoga,me sinto tão segura perto de você :)
É um sonho realizado estar perto do seu personagem favorito e poder confiar nele e saber que ele confia em você.

Derrepente ouço um barulho estranho vindo do lado fora,passos pesados de alguém caminhando em direção a casa.
Parece que o Hyoga ouviu também.

Hyoga-sinto um cosmo estranho se aproximando,fique aqui e não saia de forma alguma.

Flávia-esta bem.

Hyoga vai até o lado de fora onde ele encontra....adivinha quem?
Ele mesmo (-_-)

Hyoga-precisa de alguma coisa...Plutão?

Hyoga encara Plutão com um olhar sério

Plutão-hum...to ficando famoso e nem sabia

O homem encarava Hyoga com um pequeno sorriso

Hyoga-digamos que uma amiga sua falou bastante a seu respeito

Vou até a porta e olho eles conversarem

Plutão-eu vim aqui falar com ela,algum problema?

Hyoga-sobre o que pretende falar com ela?

Plutão-não é da sua conta loiro idiota!agora me de licença

Hyoga-não vou deixar você se aproximar dela sem antes eu saber suas intenções

Plutão-hum...certo,não vou poder..dar um presentinho pra ela

Flávia-presente?

Saio de dentro da casa e tento me aproximar

Hyoga-flavia?o que está fazendo?

Flávia-que tipo de presente você se refere Plutão?

Plutão-você me disse que queria uma arma para se defender certo?

Flávia-exatamente

Ele teleporta uma faca com um cabo cor de rosa e uma energia estranha emanava da arma,eu a pego rapidamente e guardo no meu bolso.

Plutão-espero que goste,até logo

Ele se vira para ir em bora

Flávia-o que você vai fazer agora?

Plutão-uma visitinha na mansão kido

Flávia-visitinha?

Ele logo desaparece

Hyoga-saori!precisamos ir até o Japão

Eu até que gostaria de ver Atena se ferrando nas mãos do Plutão,mas não posso deixar ele fazer bosta.
Vou ter que ajudar o Hyoga,já que ele é o meu personagem favorito.

Flávia-como iremos até o Japão?

Hyoga-eu sei um caminho rápido para chegar lá.

Flávia-(eu não vou andando nem ferrando,vamos ver o que essa faca pode fazer)

Olho bem para a faca e penso em uma habilidade que eu gostaria que ela tivesse,cravo ela no chão e abro ele criando uma espécie de portal.

Flávia-eu tenho uma ideia melhor

Hyoga-um portal?

Flávia-confie em mim,vai dar certo

Entro no portal e Hyoga vem logo atrás de mim.



          CONTINUA...........



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...