História Presente especial - Capítulo 1


Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Alexander Calvert, Bill Skarsgard, Casamento, Hemlok Grove, Romance, Supernatural
Visualizações 155
Palavras 1.535
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oiiiiii,

Sei que é diferente do que normalmente escrevo mas... Estava com vontade de escrever sobre eles então escrevi, espero que gostem e boa leitura.

Capítulo 1 - Capítulo Unico


Bill tinha passado o dia impaciente e acabou saindo mais cedo do trabalho, era aniversario de Alexander e também de um ano de casamento dos dois. 
Queria fazer algo especial para ele. Tinha que ser algo romântico, Alexander gosta de coisas doces, flores e jantar e um bom vinho, mas poderia dar um toque apimentado.
Talvez uma fantasia? Nunca usou nenhuma fantasia com ele, mas sabe que o loiro curte, poderia fazer isso para ele hoje. Bill sorriu com a ideia.
Passou em uma loja de fantasias e procurou algo que pudesse agradar Alexander.
Acabou escolhendo uma calça de couro preta e justa e um colete provou e estava bem justo marcando seu corpo. 
- Ei ,ficou bom? - Perguntou a vendedora, viu o rosto da moça corar e riu. 
- Ficou muito bom. - Ela respondeu olhando para baixo.
- Então vou levar. - Bill voltou a olhar as roupas para encontrar algo para Alexander.
Viu os vestidos curtos e sensuais, de enfermeira, diaba, anjo e muitas diversidades mas a que chamou sua atenção foi a vermelha de diaba.
Pegou a peça e olhou imaginando o loiro nela. Ia ficar uma delicia de diabinha.
Tinha uma tiara com chifrinhos, um corpete transparente e saia curta e rodada de babado. 
- Esse tem não tem uma calcinha para acompanhar? - Perguntou para a moça.
- Vendemos separado. - Levou Bill para ver as calcinhas. 
O moreno escolheu uma vermelha transparente. Segurou no dedo olhando, imaginando aquilo tudo que Alexander tem dentro dessa peça minúscula.
Com certeza ia sobrar Ale ai, quando ficar duro. Ia ficar com aquela cabeça gostosa para fora. Delicia, para chupar. Bill mordeu a boca.
Quando olhou a moça estava da cor da peça de roupa que ele segurava. 
Bill sorriu, tinha que ser menos expressivo. 
- Vou levar ela.
O moreno foi para casa e arrumou tudo para esperar o marido, fez um jantar como ele gosta.
Arrumou um banho de banheira com espuma e encheu o quarto com pétalas de rosa. E vestiu a fantasia para Alexander.
Alexander abriu a porta e viu Bill sentado no sofá.
 - Oi meu amor - Foi ate o moreno e beijou. - Que roupa é essa em? Eu gostei. - Sorriu com malicia .
- Gostou? - Puxou Alexander para sentar no seu colo - Eu trouxe uma para você também. - Bill desabotoou a camisa do loiro e beijou seu peito e subiu beijou pelo pescoço. Alexander gemeu e virou o pescoço para Bill continuar.
- Vai lá colocar para mim vai. - Mordeu o queixo do loiro, pegou o embrulho no sofá ao seu lado e entregou.
- O que tem aqui? - Sorriu imaginando o que Bill teria escolhido para ele.
- Vai lá colocar.  - Mordeu os lábios e Alexander sorriu pegando o pacote e foi para o banheiro.
O loiro vestiu a roupa e se olhou no espelho, e seu rosto corou. Bill bateu na porta do banheiro. 
- E ai ficou bom? - Alexander não respondeu, estava pensando seriamente em tirar a roupa, mas Bill abriu a porta e entrou.
- Alê, que delicia. - Foi ate o loiro e abraçou por trás e beijou seu ombro olhando a imagem dos dois no espelho. - Sabia que você ia ficar gostoso de diabinha. 
- Você é doido Bill. - Alexander deitou a cabeça no ombro do moreno e ele chupou seu pescoço e deslizou a mão pela lateral de Alexander ate a barra da saia e levantou.
- Hummmm que delicia. - Falou olhando pelo espelho a calcinha minúscula e o pênis do loiro duro atrás do tecido transparente.
Olhou o rosto do loiro e viu que Alexander estava corado.
- Você fica mais gostoso ainda assim com vergonha. - Chupou seu pescoço e passou a língua em sua orelha. Enquanto massageava o pênis do loiro de vagar.
- Billl... - Gemeu se encostando mais no corpo do moreno.
Bill afastou Alexander de seu corpo fazendo o loiro se apoiar a na pia e ficar com a bunda inclinada para ele levantou a saia para ver a calcinha fio dental no corpo de Alexander e deslizou a mão pela bunda empinada  e apertou um lado.
- Alê... Você me enche de tesão amor. - Encostou a virilha contar a bunda de Alexander e puxou o corpo do loiro contar o dele segurou o queixo do loiro para trazer ele para um beijo afoito, enquanto apertava o pênis preso na calça contra a bunda do Alexander.
Soltou Alexander de supetão e abaixou atrás dele baixando a calcinha com força pelas pernas do loiro e segurou sua bunda empurrando ele contra a pia e abrindo os lado para tocar aquele ponto que fazia sua boca salivar.
- Vou te chupar bebê. - Alexander Encostou a cabeça em cima do braço sobre a pia e com a outra mão começou a se tocar.
Bill abriu os lados e passou a Língua em cima sentiu Alexander se contraindo na sua língua e gemendo pedindo mais. Colocou o dedo junto e procurou a próstata do loiro e massageando de leve se excitado com os gemidos que deixavam a boca de Alexander enquanto empurrava a língua contra o anus apertado entrando o máximo que podia. Sentiu Alexander ceder nas pernas com o prazer e levantou segurando ele pelo meio e voltou a atacar seu pescoço com beijos e leves chupões.
- O que meu loirinho quer? Hum? Pede que hoje é seu aniversário... - Beijou de novo o pescoço de Alexander que encostava todo o corpo contra Bill.
- Me chupa Bill. - Falou quase sem voz.
- Quer minha boquinha aqui? - Segurou o pênis na mão massageando de leve.
- Quero... Quero Bill.
- O aniversario é seu meu amor, você manda.
Bill conduziu Alexander até a cama sem desencostar ele do seu corpo, e jogou ele em cima do móvel e abriu suas pernas para ele. Abaixou entre elas e segurou suas coxas e desceu com a boca no pênis duro que escorria pré gozo deixando Alexander entrar até tocar sua garganta.
- Bill.... - Alexander segurou forte o cabelo do moreno sentindo ele deslizar com a boca no pênis passando a lingua por, e meteu contra sua boca, e Bill apertava a carne de suas coxas deixando Alexander comandar o ato. 
- Bill eu vou gozar. - Bill afastou a Boca do pênis de Alexander e olhou para seu rosto de desagrado.
- Eu quero meu presente também amor. - Colocou o dedo de novo no Ânus de Alexander que fechou os olhos e gemeu. 
- Você é tão gostoso Ale. - Tocando sua próstata e fazendo o marido se agarrar nos lençóis com força e quase gritar.
- Meu Deus Bill - Jogou a cabeça para trás apreciando o prazer de ter os dedos do moreno dentro do seu corpo lhe fazendo delirar.
Bill se deitou sobre Alexander para beijar sua boca sem tirar os dedos de dentro do loiro, que agarrou pelos cabelos fartos enfiando a língua em sua boca com paixão em um beijo desesperado.
Bill tirou devagar os dedos e se afastou para abrir a calça afoito tirando o pênis duro que já doía relando por atenção.
 - Vai chupar meu pau minha diabinha deliciosa? 
 - Vou meu amor, vem me dar ele aqui. - Abriu a boca para Bill.
E o moreno colocou um joelho de cada lado da cabeça do loiro. E Alexander segurou o pênis com as duas mãos e levou para a boca sugando Bill com vontade.
-  Chupa gostoso delicia. - Segurou na cabeceira da cama gemendo olhando o loiro chupar seu pênis com gula.
Bill gemia apertando a madeira, sentindo a mão macia do loiro lhe enlouquecendo  e a boca morna e molhada lhe sugando com força.
- Hmmmm Aleee!-  Bill tirou o pênis da boca do loiro e beijou ele, ou ia gozar se ele continua-se.
- Deixa eu te comer minha diabinha gostosa.
- Vem, sou todo seu. - Alexander se virou na cama fazendo Bill ficar deitado de peito para cima. Segurou o cós da sua calça do moreno e desceu junto com a cueca. 
Segurou o pênis de Bill e guiou  para dentro do seu corpo. Sentando de vagar ate entrar tudo.
- Quero ele todo dentro de mim. - Bill gemeu sentindo o corpo do marido lhe engolindo e apertando o seu pênis.
- Que gostoso Ale - Deslizou as mãos nas coxas do loiro ate sua bunda e ajudou a cavalgar no seu pênis.
Era muito excitante ver o pau duro do loiro balançar entre os babados do vestido vermelho.
- Mete forte Bill. Me fode gostoso meu amor!
- Alexander segurou o pênis e começou a masturbar.
- Me fode Bill! – Fechou os olhos e inclinou a cabeça para trás
O moreno meteu forte e viu o loiro se derramar abundante sobre sua barriga.
Meteu mais um pouco e gozou também. E Alexander se deitou sobre seu corpo exausto e abraçou .
- Ei - Bill chamou e o loiro levantou a cabeça para ver seu rosto - Feliz aniversario meu amor.
Alexander sorriu cansado e beijou Bill. 
-Eu te amo tanto.


Notas Finais


O amor é lindo S2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...