1. Spirit Fanfics >
  2. Presente Inesperado >
  3. Capítulo 1

História Presente Inesperado - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Ooiii


Kakakkaka


Minha gente não me mata

Projeto novo akakkakaka

Espero que curtam, quem tá lento essa como a minha primeira obra , entre no meu perfil, tem uma fic taekook chamada "ELITE" tá quase concluída ...

Queria dizer desde já que fico muito grata pelo apoio que "Presente inesperado" irá receber, espero que ela seja bem acolhida...

Queria explicar as atualizações galera:

ELITE será atualizada 1 ou 2 vezes por semana, faltam cerca de 5-6 capítulos para conclui-la.

COMO FLORESCE O AMOR só será lançada quando ELITE for concluída.

PRESENTE INESPERADO será atualizada de 15 em 15 dias...

Por que ? Por que eu tenho alguns capítulos prontos e se caso eu não postar um Capitulo de ELITE , eu posto um de PRESENTE INESPERADO.


AVISOS IMPORTANTES.....

Você deve ter visto ...ou não ...

Mas essa fanfic faz insinuação a sexo, violência,LGBT-óbvio-drogas e afins , então se você é sensível a esses assuntos, PLEASE, NÃO LEIA....


OKAY?


Boa leitura


Dia 20-03-2020

Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Presente Inesperado - Capítulo 1 - Capítulo 1

Taehyung estava em um avião particular , com roupas caras, pele tratada e mãos bem macias, estava voltando de férias, acho que podia-se chamar isso de férias , vinha retornando de uma viagem que tinha feito ao Havaí, mas ele queria poder estar em casa , assistindo alguma bobeira na televisão ou indo visitar seus parentes, a verdade era que Kim Taehyung estava como acompanhante de luxo de um homem que bem, ele não sabia o nome e não importava, não trabalhava com esse tipo de coisa.

Nomes não faziam diferença neste tipo de trabalho e manter seu nome guardado era uma forma de preservar a única coisa que podia nessas situação , evitar que o seu nome fosse tão banal  em um quarto de motel, ou em viagens como essas , isso até que não parece ruim, ter todo esse tipo de tratamento, mas era.

Esse era um cliente que denominava-se "lótus" mas sabia que era um pseudônimo e Taehyunh tinha o seu próprio "Tahy" era assim que era conhecido por todos os seus clientes.

 -Tahy- o homem mais velho o chamou , a verdade era que Taehyung estava querendo com todas as forças voltar para sua casa - venha aqui querido, já estamos chegando e você bem que podia me pagar mais um boquete com essa boquinha de vadia que você tem.

Taehyung odiava isso , não que não fosse verdade, se sentia assim afinal, mas não queria que as pessoas o lembrassem que ele era só um garoto de programa, estavam pagando para terem sua companhia, era a realidade e ele já estava acostumado.

Foi andando da sua poltrona ao encontro do seu cliente , que apontou para sua perna e o mais novo obedeceu , sentando-se e lhe dando total liberdade para que ele fizesse o que quisesse com ele, então assim foi feito.

O homem logo agarrou os seus cabelos e o deu um beijo um pouco exagerado buscando de prontidão que o mais novo desse passagem para sua língua, então aprofundou o beijo e já se podia notar a sua excitação e seu membro fazendo um volume na calça , Taehyunh realmente pensou em como em um único beijo o pobre homem se excitou e isso o fez se sentir um pouco orgulhoso, mas logo afastou esse pensamento pois não era algo para se ter orgulho.

Continuou obedecendo todas as vontades do rapaz e acabaram com um belo e gostoso boquete , pois o avião já estava pousando e eles precisavam se recompor.

Saíram do avião e o rapaz deu-lhe um beijo e um tapinha na bunda.

 -Nos vemos em breve- sussurrou no ouvido do mais novo e lhe entregou algumas notas e saiu sem acrescentar mais nenhuma palavra.

Taehyung o viu entrando em seu carro caro e percebeu que o dinheiro era para que pegasse um taxi até sua casa.

-Filho da puta-pragueijou enquanto via ele se afastar.

Assim fez, e apesar de parecer estar bem queria estar em seu dormitório seguindo para o banheiro para tomar um banho demorado e tirar toda aquela fragrância de sua pele , até não restar sequer uma lembrança dos toques do mais velho.

Saiu do local onde tinha desembarcado e percebeu que já era noite, chamou por um taxi e lhe falou o endereço , pensando se teria que trabalhar a noite também , isso o deixava frustrado pois estava exausto.

Chegou em casa pagou ao taxista e seguiu para dentro do local onde lia-se na frente em letras grandes e brilhantes em um tom escuro com luzes vermelhas "MIL NOITES".

Tinha chegado e queria ir direto para seu quarto , passou por todas as pessoas , subiu dois andarem ,abriu a porta e adentrou no cômodo , percebendo que estava sozinho foi direto para o banheiro , ligou o chuveiro e tomou um banho demorado na água fria esperando por um pouco de dormência nos nervos.

Depois do banho tomado recebeu uma ligação da recepção , tinha tirado a noite de folga, não seria nem menos que o aceitável, depois de dois dias fodendo igual um condenado queria paz para as suas pernas e todo o seu corpo dolorido.

 -Aish- olhou-se no espelho e percebeu as marcas arroxeadas no abdômen e sobre a extensão de suas costas, ficou irritado- Onde será que que ele guardou o creme para essas manchas?

Não encontrou o creme então pegou roupas confortáveis e foi dormir, sonhou com seus pais,sentia saudades deles.

°°°°°°°°°°°°

Taehyung havia acordado mais cedo do que esperava, ainda eram 11 horas da manhã e viu que seu colega já estava no quarto, pensou em acorda-lo mas deixou que dormisse mais um pouco, afinal de contas o mais velho que ele tinha trabalhado muito na noite anterior, então decidiu levantar-se e ir ao banheiro , fez sua higiene matinal e voltou para a cama, mas quando viu que seu amigo tinha "acordado" ele pulou na cama.

-Chimchim- ele falava animado pois tinha dois dias que não via seu melhor amigo e nem trocavam mensagens - Estava morrendo de saudades da minha outra metade.

-Taehy- falou manhoso empurrando-o para o lado- eu fico aqui sozinho e ainda tenho que lidar com você me acordando a essa hora-o mais velho o olhava com um tom divertido de repreensão e com um bico nos lábios.

Taehyung e Jimim se conheceram ali, ambos acabaram no mesmo lugar por necessidades, Jimin queria "dinheiro fácil" e estava cansado de ver sua família passar por tantas dificuldades, já Taehyung precisava o mais rápido possível do dinheiro para pagar uma das dívidas de seu pai. Acabaram ali por que haviam se acostumado e por obrigações.

Agora eram melhores amigos e um era a "metade" do outro, se conheciam a seis anos , desde os dezoito, tinham a mesma idade , mas Jimin era mais velho 10 meses.

-Que pena- ele falou em tom de lamentação - queria lhe entregar um presente que lhe comprei na viagem .

Os olhos de Jimin logo se abriram e ele sentou-se de imediato na cama , com seu amigo na sua frente , não que Jimin fosse uma pessoa ambiciosa a ponto de cometer loucuras , não mais, mas adorava ser mimado e saber que o amigo lembrara dele.

-Ownnn Saeng- o abraçou e lhe deu um beijo na bochecha- Também senti saudades.

Taehyung lhe entregou uma caixa com chocolates e um "relógio invicta" com a pulseira em couro marrom escuro, iria ser amado eternamente por esse ato, não que tivesse dinheiro para esbanjar com relógios caros , mas queria agradar o amigo, e nem fora tão caro comparado aos presentes que ganhava dos clientes e que tinha que entregar á Cafetina , mas conseguia vender quando ela não fazia questão e conseguia uma grana extra.

Ficaram ali conversando sobre o que havia acontecido durante o tempo que estiveram longe um do outro, saíram para comprar comida em um fast food e almoçaram , hoje não precisariam ir á um salão de beleza, então ficaram o resto do dia no dormitório e quando viram que era hora de se arrumarem tomaram banho e se produziram com roupas mais sensuais e maquiagem.

°°°°°°°°°°°°

Tiveram um dia difícil de trabalho, mas Jungkook não entendia o por que de Hoseok o levar para uma casa noturna em plena Segunda-feira , " Haaa um puteiro é realmente o que eu preciso para resolver os casos da empresa" pensou ironicamente.

Estava no carro enquanto dirigia para o endereço que o amigo tinha lhe enviado , pensando ainda em por que estava mesmo indo encontra-lo.

Quando chegou viu que o lugar era um pouco mais afastado do centro e era pouco iluminado , entregando uma fachada bem elaborada, havia pessoas entrando e saindo , sozinhas ou com algum garoto ou garota de programa, pensou ele.

Estacionou o carro e seguiu para o interior do lugar , passou pela recepção e perguntaram se ele queria algum nome de cliente mensal, que era uma forma de saber os clientes que iam com mais frequência ao lugar, então lembrou que o amigo lhe disse para se registrar e então o fez, agora era "JK" ( jey key) .

°°°°°°°°°°°°°°°°

Taehyung sabia que ficaria sozinho na parte inferior do prédio , pois Jimin tinha uma apresentação na parte VIP (superior).

Então tentou descolar alguém ali mesmo , tinha que fazer pelo menos dois programas esta noite e não seria difícil , geralmente era bastante solicitado na recepção quando algum cliente registrado o chamava ou ali mesmo no meio de tantas pessoas, a verdade era que o ruivo era carismático e tinha um corpo com curvas perfeitas, além de uma bunda durinha e farta, não tão quando a de Jimin, mas ainda assim era desejada.

°°°°°°°°°°°°°°°°°

Jungkook se encontrava perdido naquele lugar , então mandou mensagem para o amigo.

                                                                                                                             JK|23:33                                                                                                                          Onde você esta seu desgraçado, espero que arrume uma justificativa convincente para que eu esteja aqui.

Hoseok|23:34                                                                                                                            Oiii também amor, só pergunte onde fica a área VIP e pergunte pelo nome HOPE.

                                                                                                                               JK|23:34                                                                                                                                           Ok.

Já estava ali, então foi de encontro ao amigo , perguntou a uma das garçonetes e foi guiado até o andar de cima se deparando com Hoseok em um grande sofá vermelho.

Quando Hoseok viu o amigo se aproximar lhe deu um aceno mesmo sabendo que já havia sido notado.

-Oi senhor nervosinho- falou sorridente o chamando para sentar-se ao seu lado – venha apreciar o show.

-Acha que estou com cabeça para isso ? Sério? – falou num tom um pouco mais sério, mas não conseguiu ficar chateado com aquilo- então por que me trouxe aqui?

-Bem como pode perceber aqui se fabrica manteiga-falou sério olhando o mais novo que si- por Deus Jungkook-falou de forma impaciente- sabe que estou com muito estresse acumulado do escritório e queria relaxar –disse simplesmente- e percebi que você anda muito tenso.

-Idiota...-falou indignado com a atitude do outro-mas é verdade – admitiu depois de um tempo- mas não vejo como uma noitada irá me fazer bem, sabendo que amanhã tenho que acordar cedo e você sabe que não gosto desse tipo de lugar.

-shiiii- fez colocando o dedo em frente da boca pedindo que lhe ouvisse- Jeon relaxe , já vai começar as apresentações e solte esses ombros pelo amor de Deus.

Jungkook sabia que aquilo não era uma ordem ou coisa do tipo , eles eram muito próximos , tinham uma empresa de advocacia , eram sócios , desde que ele deixou sua casa para abrir sua própria empresa e o amigo tinha a mesma ideia, apesar de tudo realmente não gostava desse tipo de lugar, e por mais que estivesse tenso com o trabalho não relaxava em lugares como aquele, mas sentou-se e pediu uma água , pois não podiam beber já que estavam dirigindo dando atenção as cortinas vermelhas a sua frente .

°°°°°°°°°

Jimin realmente não se sentia incomodado com aquele tipo de apresentação , já fizera várias, mas não no espaço VIP e o que lhe incomodava era ter que se apresentar com Suga, que realmente não era uma das suas pessoas mais queridas, pois este já tinha a atenção de Hope que era um dos clientes que pagavam bem naquele lugar, ele sabia que o homem ia pelo menos 4 vezes ao mês , mas dificilmente tinha como se oferecer á ele, já que não havia aquela conhecidência de estar se apresentando no mesmo dia em que ele estivesse no lugar,pois Hope era cliente VIP, e quando Jimin soube que ele estava lá naquele dia ele decidiu faria o seu melhor pra ganhar sua atenção.

Abriram as cortinas e suga estava sentado em um banco estofado com roupas que marcavam o seu corpo e o deixavam sexy enquanto Jimin estava no poli dance , e havia mais três homens junto a eles .

Jimin contornava o poli e suas expressões era sensuais o que provocava tesão em muitos dos que estavam ali, os dancarinos não podiam exemplificar nada , só os provocar , ainda haveriam outras pessoas para serem "expostas" então depois da apresentação deveriam ser escolhidos por alguém .

Chegou a hora dele e suga se tocarem , Jimin a contra gosto depositou beijos pelo corpo do mais velho enquanto apoiava os joelhos no chão e olhava para as pessoas que presenciavam o momento , o de cabelos escuros colocou os dedos entre os cabelos loiros do rapaz mais novo o levando próximo a seu membro, parando a centímetros e olhando nos olhos do mesmo sentiu necessidade de foder a boca de Jimin , mas se recompôs pois não podia fazer tal ato, improvisando , o puxou para que voltasse ao seu abdômen.

O mais novo ficou surpreso com a ação de Suga, o que lhe causou um certo formigamento e arrepios por todo o corpo, mas sabia que só queria que as pessoas vissem como ele podia provocar alguém, logo depois de voltar a beijar o corpo do mais velho Jimin foi guiado pelo mesmo ao poli, recebendo um tapa na bunda que o fez arfa.

Já seguro ao ferro ,com as mãos do outro ao seu redor, controlando sua respiração olhou confuso para o mais velho.

-O que foi isso?- sussurrou com a voz entrecortada com o mais alto que estava com o corpo colado a seu por trás com a respiração descompassada, o mesmo passou a mão por seu corpo de forma precisa, Jimin fechou os olhos e suspirou, esquecendo por um segundo o que era aquilo- se afaste um pouco...

Suga o fez e o girou para que as pessoas pudessem ver o membro do mais baixo, que já estava ereto, o deu um beijo molhado no pescoço, soltou suas mãos e seguiu para se apresentar com os outros.

Jimin se recompôs e pegou um chicote para continuar a entrosação com os outros.

Hoseok apreciava a apresentação atentamente, observando cada detalhe, traço e ação, sentiu tesão por ver os dois rapazes no poli, tendo a necessidade de tocar seus corpos e os submeter.

Jungkook recebeu uma ligação e estava distraído do que estava acontecendo a sua frente, decidiu sair do local e afastar-se um pouco para poder ouvir melhor.

-Desculpe-me, o que o senhor disse ? – falou confuso pelo barulho , era um de seus clientes - ok, revisarei os papeis até amanhã, boa noite.

Seguiu voltando ao sofá tirando a atenção do amigo do palco a trazendo para si.

- Hope – falou irônico – preciso ir agora.

- Já ?- viu o amigo assentir e fez cara de pena - ok, até amanhã JK , se caso me encontrar dormindo no escritório não me mate por favor e nem me acorde .

Hoseok levava o trabalho a sério e nunca se atrasava , mas era fácil o pegar cochilando em um sofá depois dos fins de semana e assim Jeon assentiu de novo e o deu as costas seguindo para o andar de baixo.

Taehyung tinha conseguido um bom programa e voltava do banheiro em encontro ao homem loiro que havia escolhido , tinha ido retocar o gloss nos lábios e vinha apressado pois já havia demorado um pouco e não gostava de deixar as pessoas esperando.

Descendo na escada Jungkook esbarrou em uma mulher ruiva e se desequilibrou , caindo nos últimos degraus , já se vendo no chão chamando a atenção das pessoas.

Taehyung já conseguia ver o seu cliente e acenou para o loiro, mas por extinto estendeu os braços e apoiou as pernas para segurar um moreno bem vestido que havia tropeçado nas escadas no momento em que ele estava passando.

Jungkook não poderia ter morrido por cair no chão, pensou, pois não sentiu nada e achou que estava morto, quando abriu os olhos viu cabelos ruivos em sua frente, estava no inferno, concluiu.

Também havia uma boca fina , mas cheinha, sentiu nas costas mãos grandes o segurar por estar apoiado a elas, e logo achou que tinha ficado surdo, por que não conseguia ouvir nada, apenas ver os olhos brilhantes do rapaz a sua frente.

Taehyung nunca havia visto uma pessoa tão bem vestida e com o cabelo milimetricamente penteados, sentiu suas mãos grande sobre suas costas e um formigamento subiu sobre sua espinha, olhou e viu olhos grandes e negros e uma boca fina, mais carnuda, saiu do transe quando fora empurrado por estar na passagem das pessoas, o tirando do transe ao que lembrava-se do seu cliente.

-Você é pesado- falou fazendo o mais alto-Jungkook- se afastar prontamente- não se jogue assim nas pessoas.


Notas Finais


I PURPLE YOU GYUS, MY FLOWERS💜💜💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...