História Preso em seu encanto. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias SHINee
Personagens Jinki Lee (Onew), Jonghyun Kim, KiBum "Key" Kim, Minho Choi, Taemin Lee
Tags Desejo, Jonghyun, Jongtae, Romance, Taemin
Visualizações 45
Palavras 2.171
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que embarque nessa luta entre o sim e o não de um homem apaixonado.
não tem como competir com a força do destino, quando duas pessoas estão predestinadas o Não é um Sim.

Capítulo 1 - Rendido


No começo eu não entendia o que ele queria comigo, tentei evita-lo o quanto eu pude, mas quanto mais eu o afastava, mais ele se tornava um mistério para mim. Percebia seus olhares em minha direção e seu sorriso a me ver ou quando ouvia minha voz, confesso que tudo era muito intrigante gostava de vê-lo exposto daquele jeito. Como eu poderia me afastar? Tudo se tornava impossível sua beleza me cativava, sua sinceridade me comovia era um mistério definir quem ele era, um homem quente  ou um homem frágil.
 

Dormitório SM

- O que está fazendo aqui, de novo Taemin?
- Não consigo dormir no meu quarto, vou ocupar a cama ao lado.
Taemin sempre fazendo o que ele quer, logo se acomodou muito confortável  meu coração disparava toda vez que ele se aproximava e eu sabia que isso era um sinal de alerta.
- Não consegue dormir Hyun?
- Boa noite!
Não quis esticar nossa conversa, sentia minha respiração ficando cada vez mais forte. Podia sentir seus olhos sobre mim, o que eu poderia fazer? Como me segurar?
- Está frio hoje, não quero dormi sozinho.
-Sai da minha cama, o que você esta fazendo?
-Me esquente Hyun, essa noite está fria demais.
virei para olha-lo ele estava radiante com um sorriso largo no rosto até mesmo sem maquiagem sua pele transmitia luz, nem o sol pode competir com Taemin, sentiria muita inveja, a luz fraca do abajur iluminava o quarto  me fazendo ser transparente minha guarda estava baixa. Senti suas mãos agarrando minha cintura e devagar ele se aninhou em meu peito.
- posso ouvi-lo, vamos nos esquentar Hyun assim nenhum de nós fica doente.
 Sua face estava totalmente relaxada, aos poucos ele pegou no sono e eu demorei muito para dormir não podia acreditar que ele estava me provocando desse jeito! Ousado e muito esperto, senti seu perfume colando em minha pele, seu corpo estava colado ao meu. Eu precisava de ar, então resolvi ir treinar até o sol brilhar no céu.

No Estúdio
- você pare esgotado.
- que horas são?
- 6 horas da manha, desde que horas esta aqui?
- não me lembro, dormiu bem?
-Como um anjo!
Sorri satisfeito que pelo menos um de nós conseguiu dormi, não prometo me segurar da próxima vez que ele se aproximar de mim dessa forma.
- Vamos tomar café, todos já estão acordados.
Saiu da sala me deixando lá, desliguei o radio, peguei minha toalha para limpar o suor do meu rosto e fui para cozinha à única cadeira vazia era ao lado do Taemin, eu sentia como se ele tivesse arquitetado tudo.
-Bom dia. – falei para todos e me sentei
-Você estava treinando desde madrugada?
- Sim Jinki, não conseguia dormi.
- Porque não? Aconteceu alguma coisa?
Taemin colocou sua mão sobre minha coxa enquanto falava tranquilamente tomando seu café, eu corei na mesma hora como ele pode ser tão abusado.
- Alguém entrou sorrateiramente no meu quarto, cortando por completo meu sono.
Todos na mesa riram muito, já sabiam que era o Taemin  que havia invadido meu quarto.
- Porque você não invade o meu Taemin?
- O quarto do hyun é maior MinHo e você tranca a porta, deixe aberta para mim.
Olhei boquiaberto para ele, como ele pode pensar em entrar no quarto do Minho? Senti o ciúme correndo em meu sangue, todos conversavam tranquilamente na mesa.
- Temos uma entrevista na Radio CKB não se atrase!
-Vamos junto com meu carro, sou subir e me arrumar.
Key estava lindo como sempre, seu estilo é único. Seguimos juntos para a entrevista, que levou algumas horas, confesso estar intrigado com Taemin não consigo voltar para realidade me pergunto o que ele está se tornando para mim? Sua beleza me deixa embriagado fico com vontade de toca-lo cada vez que se aproxima, seguia dirigindo de volta para o dormitório deixar o Key e ir para minha casa.
- Jong você esta pensativo, aconteceu alguma coisa?
- Não eu estou bem.
- O que vai fazer hoje á noite? – sua mão apertou minha coxa fazendo eu me ajustar no banco do motorista, olhei rapidamente em sua direção, key mordeu os lábios enquanto sua mão se aproximava do meu membro.
- Estou dirigindo, para você esta tirando minha atenção.
- Você estava tão sexy dançando na madrugada.
- Você não presta se continuar assim vou parar o carro aqui na estrada.
- Ótimo! Pare esse carro agora.
Parei o carro em uma estrada de terra, andamos alguns metros achei um lugar e estacionei, com as mãos no volante olhei para o Key sedento por prazer, retirei o cinto de segurança afastei o banco para trás e logo ele montou em mim, me beijando com urgência já gemendo baixinho.
“ Jong, me foda com força”
eu correspondia suas vontades, retirei sua camisa comecei a mordiscar seu mamilo enrijecidos fazendo-o jogar sua cabeça para trás.
-Vamos para o banco de trás, quero que me coma Jong.
Eu o obedeci, tiramos nossas calças e coloquei de 4 para mim lhe dei algumas palmadas em sua bunda deixando a marca da minha mão em sua pele, retirei sua cueca Box vermelha, chupei meus dedos e penetrei sua entrada fazendo movimentos circulares, key era uma delicia sempre estava preparado. Revelei meu pau batendo em sua entrada.
“ Há Key você é tão gostoso...”
Comecei a estocar com força o fazendo gritar de prazer segurei no seu ombro para empurrar com mais força e logo ele gozou no meu banco e eu me derramei dentro dele.
- Você é tão bruto, adoro isso.
- Safado! Precisamos ir embora.
Colocamos as roupas e logo o deixei no dormitório não podia correr o risco de entrar e acabar dando carona pra alguém com esse cheiro de porra no meu carro, corri para minha casa lavar. Depois de limpo fui tomar um banho o perfume do key estava grudado em mim.
sem que eu percebesse já estava de noite e ninguém havia chegado, os meninos sempre vem em casa jantar.
- Alo? Onew, tudo bem? Vocês vão demorar em chegar?
-Estamos a caminho.

Casa Jonghyun.
 

- Como foi à entrevista?
- Foi tudo ok, as mesmas perguntas de sempre.
MinHo sempre foi muito atencioso! Ele se lembra de todas as datas importantes e sempre se preocupa em perguntar como estamos.
- MinHo me abraça estou carente.
Key o abraçou pedindo atenção,  logo pensei: tão safado se jogando em cima do bonitão, ainda deve ter gozo meu ai! Lancei um sorriso dizendo: você não esta saciado não?
- O que foi Jong? Quer abraço também? 
Taemin me observava de longe! Eu nunca passo despercebido pelos seus olhos.
- Não Taemin estou bem! Key o que você vai preparar hoje?
- Nunca tem nada nessa casa, tenho certeza que terei que comprar de novo.
-Vamos eu  compro dessa vez, quem vai comigo?
- Eu vou Onew, tenho que comprar algumas coisas para mim.
 sei que no final todos foram menos Taemin que ficou comigo em casa, dizendo que era para me fazer companhia.
- Vou tomar um banho, o key chegou ao dormitório já atropelando todo mundo, não pude tomar banho.
- Pode usar o meu se quiser.
Taemin foi para meu quarto se despiu e tomou seu banho muito demorado por sinal, eu me perguntava o que ele faz debaixo do chuveiro, enquanto assistia TV, meus pensamentos maldosos tomavam conta de mim, de repente a energia caiu.
- Jooooonggggg corre aqui! Acho que queimei seu chuveiro.
- Há Taemin você quer tomar um banho de 2 horas?
Religuei a Luz e fui para o banheiro, Taemin estava coberto por espumas!
- O que esta olhando? Nunca me viu nu?
- Deixe regular a temperatura pra você, assim você não pode colocar fogo na casa.
Enquanto mexia na regulagem Taemin ligou o chuveiro me fazendo ficar encharcado, senti sua mão envolver-me pela cintura  sua cabeça encostou em minha costa, embora sua mão estivesse vida porque vocês sabem, minha camisa começou a subir.
- Não faça isso, não serei capaz de parar!
- Eu quero que você não precise parar, eu quero você.
Eu sabia que aquele momento seria o meu cheque mate, e estaria preso em sua armadilha pra sempre. Suas mãos delicadas afagava meu corpo semi nu seus olhos se matinha em meu corpo enquanto o meu olhava seu rosto vermelho. Pronto isso foi o bastante para me apaixonar perdidamente por ele, o fato de vê-lo me desejar fazia meu coração acelerar e a respiração dificultava um pouco, o segurei pelo cabelo e coloquei contra parede.
- Você tem certeza disso? Porque nunca mais vou lhe soltar, você será meu enquanto eu respirar.
- Eu serei seu até que não haja mais vida em mim Hyung.
Eu o beijei, com todo meu coração nossas línguas se encontravam com muita urgência, agarrados perdemos o controle do nosso corpo nos acariciávamos com intensidade e desejo.
Meu coração disparou o desejo de possuí-lo tomou toda minha sanidade eu o queria seu corpo era um mistério para mim, preciso desvenda-lo.
” Ah.. Hyung “
ouvi seu gemido pela primeira vez enquanto sugava seu lindo pescoço, isso me deixou louco meu membro ganhou vida própria, procurando por ele.  Coloquei meu pau em sua entrada, e empurrei.  Taemin se contorceu de dor.
-Esta tudo bem?
-  Essa é minha primeira vez.
- Sua... Primeira vez..? Porque não me falou antes.
Desliguei o chuveiro e o levei para minha cama, ele se deitou olhando para mim. Meu coração dançava no escuro do quarto tudo estava silencioso eu so podia ouvir a respiração dele, ajustei a luz do abajur para vê-lo melhor.
-Esta mais confortável?
- Sim estou.
Ele parecia muito nervoso, suas mãos estavam geladas e seus olhos fazia morada em mim, toquei seu rosto com as pontas do meus dedos dando beijo selados por toda parte do seu corpo sentia a maciez da pele dele e o cheiro que ele tinha. É nossa primeira noite juntos precisar ser memorável.
entrei no vão de sua perna, segurei seu membro para começar a masturba-lo como movimentos delicados, subia e descia fazendo ele se movimentar a favor da minha mão.
 

“ Mais rápido Hyung, mais rápido”
 
assim eu fui indo cada vez mais rápido, o fazendo gozar primeiro em minha mão, ele mordia os lábios e eu me deliciava ao vê-lo com prazer.
- Hoje vou lhe proporcionar prazer, e te deixar pronto para mim.
- Estou pronto.

Limpei sua pele junto com minha mão, voltei a beija-lo com zelo e carinho, entre um beijo e outro eu o olhava cedendo cada vez mais, mordi seu mamilo e desci meu dedo ate sua entrada, com apenas um fazia movimentos entrando e saindo, seu pau já começou a se preparar novamente.
- Você já foi chupado?
-Não, você é o único homem que esta tocando em mim.
 Ele diz tudo que precisa ouvir, e isso me deixava mais louco a vontade de foder com ele era tão grande que mal podia me controlar.
segurei seu pau e chupei, que delicioso! Eu não podia acreditar no que estava acontecendo, eu estava empolgado, eu o engoli por completo.
 
“Ah que delicia, não para! Por favor mais rápido”
Taemin estava pronto para gozar de novo quando tirei minha boca do seu membro, seu rosto estava vermelho e seu corpo já respondia todos os meus toques, como ele estava sensível para mim.
- Agora, se prepara não aguento mais me segurar preciso de você Taemin.
 o coloquei de quatro beijei sua bunda, e coloquei meu pau na sua entrada e dei a primeira estocada, ele segurou a colcha com muita força e gritou alto. Logo comecei a me movimentar com mais força em um vai e vem frenético.
eu estava fora de mim, respirava com muita dificuldade, gemia tão alto de tanto desejo , possuí-lo era a melhor coisa que eu poderia fazer.

“ eu vou gozar Hyun, não aguento mais. “
 

Loucos de desejo um se entregou para o outro, caímos na cama sem forças para continuar, Taemin estava sorrindo para mim, satisfeito e feliz e eu estava nostálgico.
- Obrigado por me aceitar.
- Não tive escolha, você me tem! Acho que sempre teve.
- Hyun eu te esperei por muito tempo.
- Desculpa, você não precisa mais se preocupar com isso, eu não percebia, mas desde sempre eu era apaixonado por você.
- E eu por você.
Limpamos-nos e descemos para esperar os meninos, depois de mais uma hora eles chegaram com tudo pronto, nenhum quis escolher algo específicos então comemos um pouco de tudo o que eles trouxeram.
Taemin estava sentado ao meu lado da mesa nossas mãos estavam entrelaçadas enquanto conversávamos e nos divertíamos com nossa família.
 

“Hoje é o inicio da nossa historia e de muitos momentos que direi sim, desfrutaremos de um romance afetuoso e amoroso, nunca te deixarei sozinho, serei seu porto seguro e seu maior fã” ·.

Apertei enviar, ele sorriu e sussurrou em meu ouvido: Eu te Amo Kim Jonghyun.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, logo estarei trazendo novidades e melhorando cada dia mais!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...