História Preto e branco não se misturam-Jikook - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink, HyunA, Jay Park, SHINee
Personagens HyunA, Jay Park, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jonghyun Kim, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé, Taemin Lee
Tags Jikook, Jimin!bottom, Jungkook!top, Kookmin, Namjin, Taeyoonseok, Tia_kimj
Visualizações 38
Palavras 947
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá my mochis ^-^
Hoje o capítulo será um pouco diferente,vamos ver o lado do nosso querido Jeon um pouco pra entender ele também não é? Não podemos fazer com que entendam que ele seja mal.pode ficar meio confuso mas é só pra saber o que o coelhinho quer com o nosso querido bolinho.

Espero que gostem e boa leitura!

Capítulo 5 - Capítulo IV


Fanfic / Fanfiction Preto e branco não se misturam-Jikook - Capítulo 5 - Capítulo IV

Sentimentos são únicos

Jeon PV's


Não entendo o por que do Park me rejeitar tanto,eu lhe fiz algo que causou desprezo a mim? Jimin parecia ficar irritado com minha presença sempre que eu estava perto de si e isso me incomodava.Quero saber o motivo de ele ser tão ignorante comigo.


Eu ainda terei aquele garoto para mim,eu ouvia meus pais falarem sobre a beleza estonteante de Park e como ele era gentil e delicado com todos,mas como o ele não se agradou nem um pouco,ele me olhava com ranço.


Acordei tão disposto essa manhã,me levantei da cama e andei em direção ao banheiro,caminhei até o boxe e abri registro do chuveiro regulando a temperatura da água deixando a mesma encher a banheira,me afastei um pouco do boxe e logo me despi deixando meu corpo totalmente nu.Voltei até o boxe e entrei dentro do mesmo me sentando na banheira,relaxando meu corpo.


-Jungkook?-ouvi a voz da minha mãe vindo do meu quarto,do lado de fora do banheiro


-Estou aqui-digo em um tom que a mesma pudesse me escutar


Ela vem até o banheiro e me encara com um cara nada boa e com alguns papéis em mão-Jeon Jungkook que papéis são esses?


-Como eu vou saber...-falo grosso-...deixe-me ver isso-ela entrega os papéis em minhas mãos-ah isso,são os novos contratos com a família Kim


-Meu menino,você acha que é uma boa idéia dar metade das nossas ações para o marido do seu irmão?-minha mãe diz em um tom preocupado


Suspiro em um ar de tédio,minha mãe como sempre queria se meter nos meus negócios,me levantei saindo da banheira,peguei o roupão em cima da pia e me vesti com o mesmo cobrindo meu corpo.


-Jeon o Namjoon ele é um homem egoísta e esbandeja dinheiro atoa


-Não acho que cuidar da família e dar uma boa vida ao esposo seja esbanjar dinheiro


-Jungkook me ouça você...-Não deixei a mesma terminar e logo a interrompo


-minha mãe,do meu dinheiro eu que sei e eu faço com ele o que eu bem entendo-digo indo até o meu closet-você e o papai não tem que dar opinião em algo que eu conquistei sozinho,vocês dois só vivem aqui por que eu deixei


-Jeon não seja tão precipitado,só não quero que jogue tudo fora


-minha mãe querida por favor deixe-me sozinho,você é esses papéis estão estragando a minha manhã calma


A mesma não disse nada,apenas se retirou me deixando sozinho,suspirei e caminhei até os meus ternos escolhendo um de tantos,acho a minha cor sempre  foi preto,ternos para mim sempre foram os pretos.

Coloquei a calça social preta e passei o cinto pela cintura fechando a manivela,coloco uma camisa branca social e uma gravata azul escura e por fim vesti o blaser preto,arrumei meus cabelos para trás,dei um leve suspiro por me ver no espelho,sempre tive que deixar com que a pose rigida sempre estivesse a mostra.


[....]


Estava dentro do carro que o meu motorista sempre dirigia,um corolla pós-mordeno 2018,olhava para o lado de fora da janela do mesmo vendo a paisagem da cidade,quem diria que Busan seria minha só por eu ser um dos homens modernos e ricos do mundo.


Logo que o carro para em frente à minha empresa,saio do mesmo e fecho a porta do carro e caminhei até a porta do grande prédio e comprimentei a minha secretária que ficava na portaria,senhorita Nancy ele era uma mulher já casada e de idade,uma das minhas melhores secretárias que eu tinha na empresa.


Entrei no elevador,apertei no pequeno botão indo para o último andar onde ficava a minha sala,assim que o elevador parou no andar certo,caminhei até a minha sala entrando na mesma,nem comprimentei a minha segunda secretaria por ver que a mesma estava ocupada.


O dia realmente estava sendo exaustivo,ouvindo vários empresários e agentes de outros lugares falando coisas que eu não estava nem interessado em ouvir,isso era entediante.


Estava assinando alguns papéis importantes até ouvir meu telefone que ficava ao lado do computador tocar,imediatamente apertei o botão vermelho.


-diga o que foi Nancy?-digo ainda concentrado nos papéis


-Senhor Jeon tem um garoto querendo falar com o senhor aqui-ela diz em um tom neutro


-Nome?-falo curto e grosso


-Park Jimin...-no instante que escutei o nome de Jimin meu coração disparou 


-Mande subir-desligo o telefone


Jimin estava aqui? Ele veio me ver? Por que? Tantas perguntas se passavam pela minha cabeça.Jimin nunca quis saber de mim e agora ele aparece assim do nada,aquilo era uma boa notícia finalmente algo para deixar esse dia menos chato.


Jimin era um garoto fascinante,o mesmo tinha um jeito que me conquistou e eu não sabia o como explicar,de alguma forma eu criei sentimentos de atração pelo pequeno Park,ele era pefeito e lindo,aquela noite em que ele havia me rejeitado aquilo me deixou furioso mas não poderia fazer nada se ele não quisesse.


Novamente escutei o telefone tocar,assim que atendi minha secretária havia dito que Jimin estava na porta me esperando,disse que a mesma o deixasse entrar.Desliguei o telefone e ouvi a porta sendo aberta,olhei para frente vendo o Park parado me encarando.


-Olá Park-digo dando um sorriso calmo-é bom ver você aqui,veio me visitar isso é novo e diferente-digo me encostando na cadeira-estava com saudades de mim?


-Não senti saudades de ninguém Jeon-Jimin fecho a porta atrás de si-só vim conversar com você


-Pois bem-digo apontando a mão em direção a cadeira fazendo sinal para que o mesmo se sentasse-sente-se e fale o que quer dizer


O mesmo caminhou até a cadeira em frente a minha mesa e se ajeitou na mesma,ele me encarou e o encarei de volta-muito bem Park,me fale o que quer?


Jimin parecia meio desconfortável e o vi se remexendo na cadeira,ele estava nervoso? Isso é impressão minha talvez.


-Eu não quero me casar com você Jeon...










Notas Finais


Continua... :^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...