1. Spirit Fanfics >
  2. Pride and Wolfes - ABO (Taekook) >
  3. Aliados

História Pride and Wolfes - ABO (Taekook) - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


 ❥ oi ɑmores

 boɑ leiturɑ ...❥

Capítulo 12 - Aliados


Fanfic / Fanfiction Pride and Wolfes - ABO (Taekook) - Capítulo 12 - Aliados


Caos . Apenas essa palavra poderia descrever como aquela cela e sala estavam . Sangue , muito sangue , pedaços destroçados de corpos desconhecidos . Um animal , olhos negros e famintos .



- TAEHYUNG ACORDA !


Meu corpo solavanca como nunca antes e sinto uma fisgada forte nas têmporas .

  

- O-o que aconteceu ?! - Meu corpo estava todo molhado de suor e meus batimentos disparavam demais .

 

 - Você tava delirando...- Hoseok diz e olha um pouco estranho para mim , mas eu conhecia esse olhar , medo e curiosidade .

 

 - Pode perguntar . - Digo entendiado.


  - Por que você disse que me mataria ?

 

 - Eu sempre disse isso Hoseok . - Digo e sopro um riso , logo me sentando naquela cama metálica.

  

- Não. Você deitou agora , fechou os olhos e então começou a dizer coisas que jamais disse antes .

 

 - Ah Hoseok...Por favor . - Vi ele ficar cabisbaixo , e isso estava me assustando . - O que eu disse ?

   

- Disse que me torturaria , que...me desmembraria e mais coisas ruins .

 

 Respiro fundo e então minha raposa surge do além e fala bem baixinho , parecia até estar fraca ou algo parecido .

  

- Peça desculpas TaeTae .

 

- Desculpa . - Sai como algo rápido demais e automático , não era como eu queria mas eu nunca demonstrei algo assim para o meu irmão .

  

 - Tudo bem . - Ele sorri meigo e eu tento retribuir , porém não sai nada . Logo ele suspira e passa a mão pela coxa e inícia outro assunto . - Você tem alguma coisa a mais , porque eu sei que sua raposa não faria você fazer isso .

  

 - 'Tá bom Hoseok , a gente teve um momento sentimental mas não vem falar sobre esse animal que habita em mim . Você mais do que ninguém sabe o quanto odeio todos esses bichos e ser um me faz querer me matar .

  

 - Ok ! Calma . Eu só disse .

   

- Então não diz mais nada . Agora me deixa sozinho . - Ele olha para mim desconfiado . - Por favor !

  

Ainda relutante ele se levanta daquela cadeira e me deixa sozinho . Perfeito ! Primeira parte do plano concluída . Me livrei do Jung. 

 

 - TaeTae...isso é errado .

  

- Você sabe que não tem moral alguma né ? Porque você queria se jogar pra cima do Jeon ?! 'Tá louco ? Sabe que eu não gosto dele .

  

- Pode até não gostar dele , mas queria ver negar uma foda . Ele parece tão apetitoso e você fica se fazendo de cú doce por causa do seu orgulho.

  

- Cala sua boca . Antes de qualquer coisa , porque ficou afastado por tanto tempo ? Não que eu me importe ou goste de você , mas me admirou não te escutar enquanto eu matava aqueles lobos nojentos .

 

  Silêncio.


  Bufo e reviro os olhos , essa raposa só pode ser muito sensível ou bipolar , do nada me abandona .


  Ouço a minha barriga roncar , a fome já estava me deixando de saco cheio , eu precisava comer algo ou morreria . Ainda mais aquelas malditas correntes . Sinceramente ? Para que ? Eu vou sair daqui de qualquer forma mesmo.

  

Escuto um assobio distraído e logo o som para quando uma silhueta surge em frente ao espaço da porta.

  

- Oi Kim . - A pessoa diz e eu não repondo . - Você destruiu muita coisa semana passada . Eu gostei . - Ele gira algo na porta e então a mesma abre . O que esse cara tá fazendo ?


 - Quem é você ?

 

 - Mark Tuan . E eu acho que podemos ser amigos .

  

Jungkook narrando...


Era verdade mesmo , Namjoom e Seokjin estavam namorando ! Quando liberaram para eu entrar na tal sala do líder , me deparei com Jin ali , aos amassos com aquele Namjoon . Além de saber que ambos estão juntos , tive que presenciar isso .

 

 - Kook...Você tem que entender . Tá parecendo aquele garoto de dezesseis anos de novo . - Não consigo conter a cara fechada e sorrio forte , me lembrando da era Jeon Jungkook o rebelde sem causa .

  

- É...mas agora tudo tá diferente . Olha com quem justamente você foi se meter .

 

 - Assim...Não por nada , mas eu estou aqui ainda. - Namjoon diz e eu bufo , com um leve drama .

  

- Como é que isso aconteceu ? - Pergunto olhando para Jin , que no mesmo momento cora , mas logo depois me olha com um semblante engraçado e tentando puxar para o lado malicioso . - Oh...nem preciso de respostas .

  

 - Então...já que estamos todos na  paz e no amor . Você poderia soltar o Taehyung ? - Namjoon pergunta diretamente para mim .

   

- As coisas estão ficando interessantes entre nós...

  

 - Estão mesmo...Jungkook mandou todo mundo matar o Kim . - Uma voz surge do nada e nós três nos espantamos , era Jimin e Jihoon . Os dois alfas estavam parados na porta.

  

 - Ah Jungkook ! Não é o que eu tô pensando , é ? - Seokjin põem a mão na testa e exclama preguiçoso .

  

 - O que vocês estão fazendo aqui ? - Pergunto ignorando a fala anterior.

  

 - Algumas crianças viram nós dois e pediram para entrarmos . E então nós entramos .

   

- Essas crianças...- Ouço Namjoon exclamar não tão alto .

    

- Ok ! Eu fiz aquilo mesmo , foi errado ? Foi . Mas...urgh ! Que porra ! Taehyung afirmou com todas as palavras que sentiu prazer em matar minha irmã e os filhotes dela . Como acham que eu me senti ?

   

- Eu peço desculpas . Talvez nenhum de vocês acreditem , mas Taehyung já foi um alguém muito bom e doce . - Namjoon diz e me recuso veemente em crer nisso . - Ele passou por tantas coisas que me admira ele não ter enlouquecido ou se suicidado . - Ok , talvez eu me sinta curioso agora .

  

- Mesmo assim não podemos saber se isso que você diz é verdade mesmo , Taehyung nunca demonstrou nenhum outro sentimento além de ser um filha da puta . - Digo e Seokjin me repreende com um olhar . - Bem...Eu não tenho mais nada para fazer aqui , se essa é sua escolha Jin , espero que você seja feliz.

 

 Me levanto para ir embora , quando de repente Namjoon diz para esperarmos . Então escuto pacientemente a conversa deles .

  

- Que foi Nam ?

  

- Jin , eu gosto muito de você , muito mesmo . Mas você precisa ajudar eles , precisa voltar a sua vida , precisa ter de volta à sua liberdade . - Namjoon fala e eu chego a ficar intrigado com aquilo .

  

- Mas...e nós ?

  

- Daremos um jeito amor . - Namjoon beija a testa do outro Kim e sorri quando os olhares brilhosos se encontram. - Droga Jin ! Eu te amo .

  

Nesse momento eu acho que nem o próprio Seokjin acreditou no que ouviu , eles se beijaram de um modo que só eles sabiam e então se abraçaram .

  

- Fica bem . Vamos nos ver logo , né ? - Jin pergunta enquanto começa a caminhar para a saída .

  

- Vamos sim meu bem .

  

E então a conversa de ambos termina ali , eles não disseram "tchau" ou "adeus" . Isso pareceu deixá-los confortáveis , me senti bem por eles também , apesar de ser algo totalmente novo para mim .


Taehyung narrando...


Tudo que eu sabia de Mark Tuan era seu nome e que assim como eu , ele não gostava do Jeon .

  

- Como posso confiar em você ? Eu sequer já te vi por aqui . - Digo a ele , que senta a minha frente , próximo demais até , muito próximo.

   

- Esse sou eu . Apenas uma sombra que só se mostra para quem realmente merece . Você me inspira Kim . - Ele passa audaciosamente o dedo indicador pela curvatura do meu pescoço .

  

 - O que você quer ? De verdade . - Digo enquanto observo os movimentos circulares sobre minha pele .

   

- Destruir o Jeon . Ter o que ele tem , ser melhor que ele . Eu quero poder Kim e eu sei que só junto de você eu posso conquistar isso . - Admito que esse cara era muito sedutor , mas suas palavras pareciam de alguém fracassado e pessoas assim , merecem ser usadas .

   

- Ok . Mas antes de se aliar a alguém  , você precisa saber do que essa pessoa é capaz . Está disposto a descobrir isso ? - Ele desce os dígitos para meu abdômen coberto pela blusa e com a outra mão , o coreano leva a chave até os cadeados superiores e abre-os .

 

 - Mais do que você imagina .

 

 - Espero que não se arrependa .

  

Sorrio para ele e pego a mão que explorava pouca parte do meu corpo , coloco a mesma sobre o colo dele e lentamente pego a chave da outra mão e abro os cadeados das correntes inferiores .

  

Pensando bem , eu não precisei de merda de plano algum , quando boa parte das coisas estão ao meu favor .

  

Continua...


Notas Finais


e os conflitos vα̃o começɑr ...jungguk vɑi tomɑr no rɑbinho (?)

 e só tenho isso ɑ dizer
 
 comentem por fɑvor , isso é cɑtivɑnte ...ツ


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...