História Primavera - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jung Hoseok (J-Hope), Min Yoongi (Suga)
Tags Fadas, Yoonseok
Visualizações 81
Palavras 1.714
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção, Lemon, Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom se quiserem entender um pouco mais dessa shot tem a "origem" dela
:") link da fic que completa essa

https://www.spiritfanfiction.com/historia/a-luz-da-minha-escuridao-taekook-13877548

Boa leitura

Capítulo 1 - Primavera


Após o sino tocar os dois meninos de outros mundos foram embora é os fadinhas foram para sua casinha se arrumar para a festa de primavera que o vilarejo das fadas iria fazer

Assim que suga se arrumou foi arrumando a casinha pois sabia que hoje era uma noite especial para ele e seu esposo

- pronto amor vamos ?

Apareceu o fadinha laranja na sala e o azul sorriu e vou até ele o dando um selinho carinhoso

- você está lindo meu amor - diz e tira de trás de si uma pequena coroa de flores e coloca na cabeça de seu amado fadinha de cabelos laranja- eu te amo

-voce tambem está lindo - sorri tímido- obrigado amor - diz ele com os olhinhos brilhantes vendo a coroa de flores ser colocada em sua cabeça- eu também te amo

O fadinha laranja da um selinho no azulado e entrelaça seus dedos e saíram de casa indo para a festa da primavera

~

Ao chegarem lá sorriam felizes em escutar a música e ver o vilarejo feliz e todos a dançar no ar a dança das fadas

O fadinha azul segurou a mão do laranja e subiram para o ar e começaram a dançar lentamente soltando sobre os brilhos de pólen pelo ar que com a luz da lua ficavam lindos

Se olhavam intensamente e cheios de alegria por terem a presença um do outro

Amavam a primavera foi bem no dia em que deram o primeiro beijo e onde se declararam um para o outro, bem em meio a festa

Era o dia perfeito, o laranja ri baixo ao lembrar de como o azul tinha ficado vermelho enquanto fazia sua declaração

- do que ri ? - pergunta o azul enquanto paravam a dança e desciam indo para o chão

- de você - ele diz enquanto entrelaça seus dedos no do azul vendo sua cara confusa- do dia em que você se declarou, estava tão vermelho quanto uma pimenta

- aish... tem mesmo que lembrar dessa parte? Por que não lembra só do nosso primeiro beijo ?

- por que eu amei ver você daquele jeito - ri- o primeiro beijo... ah eu nunca vou esquecer

Sorriram e o sino tocar anunciando que era primavera finalmente , agora todas as fadas gritaram alto e alegres junto à faíscas e pólen jogados pelo ar com as flores da noite se abrindo e mostrando seu brilho

O laranja sorri e cola seus lábios nos do azul em um beijo cheio de amor e felicidade

Se separaram do beijo e foram aproveitar o resto da festa

××

Os dois fadinhas entraram em casa ,Já era mais ou menos 3 horas da madrugada e era a hora que o fadinha laranja estava tão inseguro de uns dias pra cá

Assim que o fadinha laranja entra no quarto respira fundo olhando a janela e sente os pelos de seu corpo se arrepiar ao escutar a porta do quarto ser fechada

Deixa suas asas baixas ao sentir sua cintura ser agarrada por trás é solta um suspiro baixo

-a-amor , vai com calma você sabe q-que eu sou inseguro e-e....- antes dele continuar a falar seu marido fica em sua frente e sorri

- eu sei amor , vou com calma e carinho ok?

Diz o fadinha azul enquanto acaricia o rosto do alaranjado com o polegar e o beijo com carinho

°suga°

Seguro sua cintura com cuidado sem querer o assustar e o deixar confortável na situação. Vou aprofundando o beijo lentamente de um jeito gostoso explorando sua boca enquanto vou dando passos para frente o fazendo dar passos para tr as até chegar na cama onde me separo do beijo e o deito na cama com cuidado e fico por cima

- s-suga ... - escuto um arfar baixo dele assim que começo a marcar seu pescoço

Sorrio de lado e passo minhas mãos lentamente por seu corpo sentindo suas curvas que eu tanto amo

Seguro suas coxas as levantando minimamente dando um sinal para ele colocar suas pernas em volta de minha cintura , que ele logo faz puxando meu corpo para mais perto do dele

Coloco minhas mãos embaixo de sua blusa acariciando sua via cintura e subindo um pouco mais até seus mamilos os massageando com meu polegar e ouvindo ele soltar arfares e gemidos baixos

Cansado dos tecidos tiro sua blusa rapidamente e passo minha boca de seu maxilar passando pelo pescoço e peitoral , deixava leves mordidas e beijos chegando em sua barriga onde passo minha língua lentamente por seu umbigo e desço até sua calça olhando em seus olhos o vendo Corar

Dou um sorrisinho e começo a abaixar sua calça lentamente a tirando de seu corpo e vejo seu membro excitado

- mas já está assim meu amor? Nem comecei - digo malicioso o vendo corar e virar o rosto um pouco para o lado desviando o olhar e eu aproximo nossos rostos, seguro seu queixo o fazendo olhar para mim e o beijo

Desço minha mão para sua cintura e a seguro e a outra vou para seu membro ainda coberto começando a massagear lentamente

Solto um arfar ao sentir as mãos de seok puxando os cabelos de minha nuca enquanto ele dava gemidos entre o beijo

Coloco minha mão dentro de sua roupa íntima e começo a masturbar ele, me deparo do beijo vendo suas expressões de prazer e escutando seus gemidos que pareciam músicas para meus ouvidos

Volto a marcar seu pescoço e desço novamente os beijos e tiro minha mão de seu membro tirando sua roupa íntima e vendo seu membro , passo minha língua devagar por toda a extensão e abocanho seu membro chupando ele devagar

Vejo ele se contorcer de prazer e colocar sua mão em minha cabeça e puxar os fios de meu cabelo

Começo a movimentar minha língua na cabecinha de seu sexo enquanto o chupava mais rápido,cravo minhas unhas em suas coxas sentindo seu pré-gozo em minha boca e tiro seu membro da boca escutando um gemido de reprovação dele, o olho nos olhos

- quero que você goze junto comigo

Digo e tiro minhas roupas e seguro suas pernas o puxando para mais perto e vejo sua entrada, mordo os lábios já imaginando o qual apertado ele é , me masturbo um pouco deixando meu membro molhado com um pouco de pré-gozo e passo ele em sua entrada

- v-vai com calma amor - diz seok mordendo os lábios

- eu irei - beijo sua testa que já estava suada e com os seus cabelos grudados nela e começo a penetrar ele devagar

Vejo lágrimas se formarem nos olhos de seok e entrelaço nossos dedos o deixando apertar minha mão por causa da dor

Assim que estou por completo dentro dele , sentindo meu membro ser apertado por sua entrada tentando o expulsar, espero ele se acostumar enquanto deixava beijos em seu rosto com carinho

-p-pode começar - diz ele baixinho rebolando de leve e começo a me mover devagar em seu interior

Após algum tempo começo a acelerar meu movimentos indo com um pouco de força e escutando ele gemer alto pelo meu nome

Deixo nossos dedos entrelaçados e com a outra mão aperto sua cintura indo fundo e escutando ele soltar um gemido quase inaudível

- p-por favor , m-mais uma vez aí - diz ele com dificuldade é eu faço o que ele pede e acerto mais vezes no seu ponto sensível

Começo a masturbar seu membro na mesma velocidade das estocadas ,sentindo que meu orgasmo estava próximo vou com brutalidade escutando a cama ranger e seus gemidos misturados ao meu com o som de nossos corpos se chocando

Vejo ele se arrepiar e soltar um gemido mudo e goza em minha mão, solto um gemido rouco sentindo seu interior me apertar e dou a última esticada gozando logo em seguida

Seguro suas pernas envolta de minha cintura que pareciam estar moles e sorrio ofegante e beijos sua testa suada

- eu te amo

- eu também te amo ,obrigado por tudo - diz ele e segura meu rosto me dando um selinho breve

Deixo meu corpo Sobre o dele , estava cansado e ele também pois já estava quase caindo no sono

- descansa amor amanhã vamos ter um longo dia

Digo e beijo sua bochecha e ele faz um sim com a cabeça e acaba dormindo

- Boa noite

Sorrio e envolvo sua cintura com meus braços e durmo

×××

No dia seguinte acordei aí da encima de seok e sorrio beijando seus lábios e me levantando indo no banheiro e tomando um banho logo me vestindo e indo para a cozinha fazer nosso café da manhã

^hoseok^

Acordo sentindo o sol em meu rosto e uma dor enorme em meu quadril

Abro os olhos ainda relutante pois ainda estava com vontade de dormir mais , suspiro derrotado e me sento na cama com dificuldade e olho para o lado não vendo suga na cama

Me levanto e abro minhas asas voando já que não sentia minhas pernas e vou para o banheiro e tomo um banho quase dormindo no mesmo

Saio da banheira e vou até a frente do espelho e vejo que minhas asas não estavam amarelas como antes , estavam verdes

Sorrio e sinto meus olhos marcharam e vou voando para a cozinha onde vejo suga e o abraço com força

- eu te amo muito , vamos ter um neném amor , eu estou tão feliz - digo tudo rapidamente em meio a lágrimas enquanto o abraço

- eu também te amo , agora vamos ser uma família - ele diz e escuto sua voz embargada e olho seu rosto e o beijo

- obrigado por tudo

- eu que digo isso - ele limpa minhas lágrimas e me beija - mas não deveria estar voando dentro de casa seok acabou de quebrar um vaso

Coro

- e-eu não conseguia andar é sua culpa você limpa

Ele ri de mim é eu dou um tapa em seu ombro

- seu chato...

- te amo seok- ele diz e me da um selinho

- eu também meu limão azedo

Ri da sua cara de bravo

"Só daqui mas 6 messes e vamos ter outro ser aqui em casa"

Penso acariciando minha barriga e sorrio


Notas Finais


Tá aqui , desculpa os erros de escrita
Espero que tenham gostado até


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...