1. Spirit Fanfics >
  2. Primeira Claridade - Jikook >
  3. Surpreendente

História Primeira Claridade - Jikook - Capítulo 2


Escrita por: e Kill-This-Love


Notas do Autor


Boa leitura🌷💖



[×] Capítulo Revisado [×]

Capítulo 2 - Surpreendente


Fanfic / Fanfiction Primeira Claridade - Jikook - Capítulo 2 - Surpreendente

Não sabia onde vovô estava me levando realmente, eu nunca mais tinha vindo para cá desde os meus 10 anos, na época em que minha avó ainda estava viva e com boa saúde. Minha avó morreu de câncer mamario, o que era bem raro na época.

  Quando chegamos, eu só via uma garagem enorme com vários carros incluindo Mercedes, Picapes e BMW'S. Eu realmente fiquei admirado, não sabia quantos carros meu avô tinha, pensava que ele era rico sim, eu tinha plena consciência disso, mais não sabia o quão rico ele era.

_ Jimin meu neto, pode escolher o carro que quiser, ja tens dezessete anos provavelmente sabe dirigir não é?- perguntou para mim, enquanto andávamos pela grande e extensa garagem

_ Claro vovô! Hoojen me ensinou a pilotar um carro. - digo isso predendo meus ohos em um carro, para ser mais exato uma Ferrari 612 Scaglietti, um antigo modelo, mas um modelo clássico.

_ Vou lhe deixar a vontade pra escolher. - ele solta uma risada soprada e sai lentamente do lugar, eu acompanho com meus olhos cada passo seu

   A Scaglietti era linda, preta e como eu sempre sonhei, — vou agradecer muito ao vovô todos os dias pela Scaglietti. Quando eu entro dentro da máquina vejo um pequeno cartão escrito: "Sabia que iria escolher esta faça bom proveito dela, sua avó amava esse carro ass: vovô Lohan" nesse exato momento não me contive e de meus pequenos olhos saiam somente águas.

                         . . .

Eu sai do carro e segui o mesmo caminho de quando viemos pra cá, me dei de cara com uma moça aparentemente doce e gentil, ela sorriu pra mim e me leva pra dentro da casa. Era realmente uma linda a casa, cada móvel era exatamente perfeito, onde estava e a posição que estava, as cores em harmonia, eram madeira avermelhada e os moveis alaranjados, as poucas paredes que haviam ali eram brancas com detalhes, o resto era de vidro temperado.

    Era tudo tão bonito, que até me dava vontade de ficar observando aquele lugar, mas infelizmente eu tive que subir para o andar de cima, onde ficavam os quartos e os escritórios. A mulher me levou para um dos cômodo, no fim do corredor, quando ela abriu a porta, meus olhos brilharam. Eu ja tinha consciência de que a partir de hoje aquele seria meu quarto.

 Meu quarto era perfeito, tinha uma parede somente de livro que dava de frente para uma floresta, que foi realmente uma das únicas árvores que eu via na grande cidade. Na outra parede tinha vários discos de músicas dos meus cantores e grupos favoritos, do outro lado tinha uma cama enorme e bem arrumada, ela era baixa e bem proxima ao chão. Ja na parede ao lado da porta havia uma televisão de 49 polegadas e abaixo tinha controles e livros, das minhas coleções favoritas. Estou achando que meu avô andou lendo o meu diário.

Depois de admirar bastante meu novo quarto, a mulher gentil veio e trouxe minhas malas praa dentro de meu quarto, quando a mesma estava prestes a fechar porta de meu novo quarto eu a barro e pergunto.

_ Qual seu nome moça?- eu estava realmente curioso, eu queria saber mas não demonstrei.

_ Meu nome e Mingi prazer, sou sua "cuidadora". - fez o gesto de aspas com a mão. - Se precisar de alguma coisa pode me chamar Sr.Park

_ Mingi, pode me chamar apenas de Jimin ou se preferir Minnie, não apreciso de formalidades. - ao dizer isso ela assentiu e em seguida, saiu do meu quarto.

                         . . .


Eu estava extremamente com fome e não esperaria mais um segundo. Desci do meu quarto e fui para a cozinha, que era bem grande também. Vejo uma enorme geladeira em minha frente, tomei a tortal liberdade para abrí-la e pegar algo para comer. Assim que meus olhos viram aquilo, eu só via naquela geladeira alimentos zero lactose e coisas verdes. Qcabo entrando em pânico em minha mente, mas parando pra pensar meu avô ja era de idade e com certeza ele vai ao medico com mais frequência do que eu, ou até qualquer outro, e tem apenas ele e os empregados na casa então..

Quando olho para o lado, vejo um pedaço de papel branco sulfite em cima do balcão, estava escrito meu nome com uma letra muito delicada, em azul. Eu estava extremamente curioso para ler o que estava resgistrado naquele pequeno pedaço de papel, então fecho a geladeira, sento em uma das banquetas avermelhadas que tinham em frente a esse balcão preto, apoiando meus braços sobre a extensão.

Ao abrir o papel vejo que estava registrado o seguinte "Soube que nao gostava desses tipos de alimentos, então fui ao mercado buscar outros alimentos.

Não me supreendia o fato de minha mãe ter dito, que havia feito uma lista com tudo que eu gostava e tudo que eu nao gostava. Vou falar pra Mingi da próxima vez me levar ao mercado, mesmo que eu não goste muito eu iria pra ajudar.

                         . . .


 E la estava eu no meu quarto comendo pipoca com sazon e aproveitando para escutar minha música predileta — a música que me fazia esquecer de todos os meus problemas —, esse hino era nomeado de "Milk And Cookies" produzido pela Melanie Martinez, sim, eu sou um Cry Baby e me orgulho muito disso.

    Retiro meus fones com cuidado e os guardo na segunda gaveta do meu novo criado-mudo de madeira, logo vou para o banheiro que tinha no quarto. Entro no lugar e começei a me despir, paro de frente ao espelho e fico observando minha própria face, diversos pensamentos passaram para mim, sacudo minha cabeça e vou tomar meu banho. 

Assim que terminei o meu banho, fui para minha cama e fiquei imaginando se vou ser aceito no novo colégio. Eu nunca tive problemas com pessoas me zoando nem me maltratando, mesmo não tendo muitos amigos na minha cidadezinha todos se respeitavam, por isso era o mais impressionante e aconchegante de lá. Até deu uma leve vontade de voltar para escola, para aumentar o vocabulário, ampliar o conhecimento. Em todos esses meus pensamentos acabo pegando em um sono profundo e aconchegante, por conta da minha mais nova cama ser macia.

     Eu estava nervoso para o dia de amanhã, sera que vão me aceitar? Será que vou ter amigos de verdade agora? Sera que vão me olhar torto, por causa do meu avô ser rico? 

Estou com medo e com um enorme nervosismo.


Notas Finais


Jungkook vai talvez aparecer no próximo capitulo.

Beijos🌷💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...