História Primeiro Amor-Cameron Dallas - Capítulo 27


Escrita por:

Visualizações 22
Palavras 1.360
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Luta, Poesias, Policial, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Guys volteiiii ♡´・ᴗ・`♡

Capítulo 27 - Ficar comigo pra sempre pt.1


Fanfic / Fanfiction Primeiro Amor-Cameron Dallas - Capítulo 27 - Ficar comigo pra sempre pt.1

Cameron Dallas pov's 

Acordei e deu falta de alguém ao meu lado da cama, fui para o banheiro e não vi ela, corri para a sacada e ela também não estava lá. Desci as escadas correndo. Vejo Karol na cozinha olhando o seu celular comendo uma maçã.

- Meu Deus, bom dia.

- Meu Deus digo eu, achei que você tinha me deixado.

- Calma Cam eu estou aqui.

- Não me deixa pequena.

- Cameron eu estou aqui e não vou te deixar. - Ela veio até mim e me abraçou, peguei ela pela cintura a fazendo ficar no meu colo e voltei pro quarto colando ela sobre a cama e beijando a garota.

Tirei sua camisa vendo que ela só usava isso, beijei a denovo colocando um dedo em seu órgão genital acabando com todo o romance, ela mordeu os lábios e começou a rebolar no dedo e sento no meu colo me beijando.

Abaixei a minha bermuda junto com a bixa que eu usava penetrando ela que gemeu e voltou a me beijar, segurava na sua cintura e a beijava fazendo mivimentos lentos. Chega- mos ao nosso ápice juntos me fazendo beijar ela e logo em seguida me jogar ao lado da mulher na cama.

- Meu Deus essa foi de pedir replay.

- Pequena fica aqui comigo pra sempre?

- Cam, estamos aqui a nem uma semana.

- É que quando voltarmos para casa a gente não vai poder ficar.

- Ei, relaxa a gente da fuga e vai pra casa do Nash, lá tem vários jeitos de seu pai e sua namoradinha não saberem.

- Pensando por esse lado até que faz sentido.

- Vem, vamos voltar e tomar o café da manhã.

- Já tomou as suas pílulas?

- Vou tomar daqui a pouco.

Puxei ela pra mim e coloquei uma perna dela em cima da minha e ficamos a manhã toda assistindo televisão.

[ . . . ]

Karol Thompson pov's

Entro no carro junto de Cameron e ele estava dirigindo até a Malibu Farm, meio que uma "lanchonete" que ficava aqui na praia mesmo, Cameron pisou fundo no acelerador e caímos no caminho para comer.

Chegando lá sentamos em uma mesa do lado de fora que dava para ver o mar, pedimos nosso almoço e ficamos conversando sobre todas as nossas viagens.

- Então foi seus avós que te criaram até seus 16 anos? 

- Sim, me apeguei muito a eles mas os mesmos moram no Brazil.

- Mas por que eles te criaram?

- Minha mae engravidou muito nova, 17 anos, minha mãe não quis me assumir então ela me deixou com meus avós para viver a sua vida em Nevada. Meu pai assumia o seu cargo na empresa de meu vô que morreu antes mesmo de eu nascer. Eles tinham meio que um "namoro" mas terminaram, depois de 1 ano eles se encontraram e tiveram a Melinda e para eles isso foi um recomeço da família, meu irmão ficou morando com a minha avó parte de pai em  Atlanta, eu e meu irmão não tínhamos contato  mas a gente sempre recusava vir pra Los Angeles. Meus avós me fez vir pra cá, começar outra vida e não ser a Karol idiota do Brasil.

- E quem era essa Karol lá?

- Uma sonsa que trabalha das 6 horas da manha até as cinco e meia da tarde só pra pagar vinte reais em uma tela pra Netflix e pagar cento e cinquenta reais em uma tatuagenzinha do tamanho da palma de uma mão, tinha vergonha do próprio corpo e tinha Hiago e Bella para me deixarem bebada em uma baladinha.

- Você e o Hiago são bem próximos né? Já rolou algo a mais do que amizade entre vocês?

- Não, apenas amizade mesmo.

- Que bom.

Reviro os olhos e nosso almoço chega, tiro uma foto e posto nos stories do insta, TRA DI ÇÃO. Acabamos de comer e voltamos pra casa.

Chegamos e eu sai correndo pra praia, tiro minha roupa e eu fiquei de biquíni e eu entrei no mar com Cameron e ele começou a jogar água em mim. Ele me colocou no seu colo me beijando e uma onda bate na gente fazendo a gente se separar.

De noite...

Já era noite e o Caminho estava dormindo, amanhã a gente vai embora e eu não estava. Andei até o espelho do banheiro e vi que eu estava com marquinha do biquini, essa foi a melhor que eu já tive.

Não estou nada afim de acabar com as melhores férias da minha vida pra uma rotina que se baseava em: acordar cedo, ir pra escola e passar o resto do dia em casa. Esse é o meu ultimo ano aqui, vou poder viajar o mundo como sempre sonhei.

- O que você está fazendo acordada? Ja são 4 horas da manhã.

Olhei Cameron que me encarava, andei até ele e dei um selinho no mesmo.

- Refletindo sobre a vida, eu não quero voltar pra casa.

- Hey calma, deita aqui e amanhã quando acordar você já vai estar na sua casa e vai voltar pra sua rotina normal.

- Hey vamos nos despedir.

- Já fizemos isso, música no volme máximo, video game, praia, piscina, banheira...

- Seu bobo eu falei no sentido de sexo.

- Ta foguenta hein pequena.

- Sim, meu fogo ascende quando se tem um Homem gostoso sem camisa na sua frente, meu corpo entra em chamas e quer ser usado em todos os sentidos.

Cameron Dallas pov's

Levanto Karol e ela coloca as pernas em volta da minha cintura, aperto a bunda dela entre o beijo e nos separamos com selhinhos quando perdemos o fôlego. Caminho com ela até a cama e a deito na cama ficando por cima, tiro a minha roupa que ela estava usando deixando a mesma só de lingerie.

- Eu vou te fuder tanto - Falo e beijo o pescoço e tiro o sutiã dela.

- Porra então vai logo - Ela tirou minha blusa e minha bermuda deixo um chupão no pescoço  da garota e desço os beijos deixando marcas por onde passava. Rasgo a calcinha da mulher e jogo longe, penetrou dois dedos nela. 

- Awn! - Gemeu assim que comecei a chupar ela, fico um tempo brincando com o citrolis dela e me levanto. Tiro minha box e me posiciono no meio de suas pernas e coloco só a cabecinha depois tiro.

- CAMERON VAI LOGO! - Faço a mesma coisa novamente.

- Quero ver voce implorando pra mim te comer! - Falo e repito o mesmo movimento.

- Cameron anda com isso! - Faço novamente.

- Implora! - Mordo o lábio inferior da garota.

- Porra, Cameron me fode! - Disse cravando as unhas em meus braços.

- Assim? - Dei duas estocadas fortes e lentas.

- Aaawwwwn sim! - Começo a me movimentar, e ela arranha meus braços.

- Porra! - Aumento a minha velocidade.

- M-mais ra-rapido! - Aumento a velocidade e a força, levo uma mão até o seio dela e começo a massagear. Me abaixo um pouco sem parar com os movimentos e beijo ela.

- Caralho! - Ela gemeu entre o beijo, e inverteu as posições ficando por cima. Ajudo ela com os movimentos, o quarto estava quente nem o ar condicionado que estava no mínino refrescava.

- Porra! - Arfo assim que sinto ela contraindo sua intimidade em meu membro.

- C-Cameron eu to quase! - Acelera os movimentos. 

- Ah nossa! - Gemeu rebolando gozando em seguida, ela espera uns segundos e logo volta a se movimentar, aumento a velocidade depois de um tempo acabo gozando também.

2, 3, 4, 7 vezes acabamos tranzando pra caralho, sentia a cabeça do meu pau latejar um pouco mais vermelha que o normal.

- Pequena tu acabou comigo na moral e ainda temos que voltar para Los Angeles daqui algumas horas. - Falo me jogando na cama após tomarmos banho e trocar os lençóis.

- Pelo menos foi bom! - Ela fala com um sorriso no rosto - Certeza que eu vou estar toda dolorida amanhã - Dou risada e a puxo fazendo ela deitar em meu peito.






Notas Finais


Hi guys voltei ( ̄ω ̄;)
Querem mais um cap hj?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...