1. Spirit Fanfics >
  2. Princesa >
  3. Capítulo Único.

História Princesa - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


— Plágio é crime, amor.

— +18

— Principal: MadaIno

— Secundário: ObiHina

— Envolve fetiche.

Capítulo 1 - Capítulo Único.


— Madara está chateado, Ino — avisou Hinata para a amiga que rolou os olhos azuis claros e deu de ombros.

— Problema dele. Está sempre com cara de bunda.

— Você também não está ajudando paquerando com o maior inimigo dele — a outra continuou, vendo a loira a piscar provocativamente para o homem alto de cabelos brancos e olhos vermelhos.

— Ah, Hinata, vamos dançar e nos divertir! Quem liga para o Obito e o Madara? — exclamou a Yamanaka com um enorme sorriso no rosto, puxando a amiga para a pista de dança do salão e começando a dançar sensualmente.

— Eu ligo para o Obito… ele é meu noivo. — respondeu a Hyūga, mas acabou por desistir de argumentar com a loira e se juntou para dançar, chamando a atenção de uns certos olhos. Meros segundos depois, Obito Uchiha apareceu para levar a noiva “numa volta pelo jardim”, Ino fez sons de vômito e continuou a dançar. 

Percebeu que Tobirama Senju não parava de olhar para ela e Madara os observava com os olhos negros cheios de pura raiva. Ele se levantou, ignorando o questionamento dos clientes e amigos, e caminhou para a pista de dança, onde parou na frente dela com os braços cruzados.

— Está se divertindo, Yamanaka? Eu tenho negócios para fazer.

— Você deveria de crescer uma pele mais forte, Uchiha, é tão fácil te distrair — Ino sorriu vitoriosa. — Tanto eu como tu sabemos muito bem que não vais voltar a sentar naquela mesa… pelo menos não por hoje. — Ela o viu se aproximar e passar o braço pela sua cintura.

— Vamos para o quarto — Madara falou — Agora.

Os dois caminharam para sair do salão, Ino deu um pequeno aceno de adeus provocativo para Tobirama que sorriu de canto. Madara a puxou, com as mãos na bunda dela, e andou apressado para chegar no seu enorme quarto. Ao fechar a porta, ele começou a tirar as luvas de cabedal pretas e o comprido casaco formal, os atirou em cima da secretária de madeira antiga.

— Você não sabe respeitar quem te cuida? — perguntou com a voz rouca. Ino sorriu de canto e apontou para o dedo sem anel como resposta. Madara gargalhou das provocações da parceira enquanto arregaçava as mangas compridas da camisa social branca, expondo as suas tatuagens de corvos. — Princesa má. — Ino sorriu animada, o vendo sentar na poltrona, apontando para as pernas em seguida. A loira caminhou para perto e se deitou nas coxas dele, com a barriga para baixo. A sua saia subia para cima ao mesmo tempo que Madara massageava as suas pernas, puxou a peça de roupa ainda mais para cima ao chegar no pé da nádega, notando que a mesma não estava usando roupa íntima. — Que garota endiabrada… vinte anos de pura rebeldia. Agora entendo o porquê de Inoichi perguntar-me se eu tinha certeza em querer ficar com você — provocou o Uchiha, passando os dedos levemente pela intimidade úmida ouvindo os gemidos suaves dela.

— Escroto…

Madara deu um forte e suave tapa na nádega direita de Ino, que mordeu o lábio para impedir que o gemido saísse e desse qualquer tipo de satisfação para o Uchiha. Outro dois tapas caíram na sua pele já vermelha.

— Me explica o porquê de estares a dar atenção para o lixo Senju? — perguntou dando mais um tapa e apertando a nádega fortemente.

— V-Você estava prestando mais atenção neles do que em mim! — reclamou a loira entre os suspiros.

— Eu estou fazendo negócios para manter o teto acima de nós, garota! — respondeu com mais um tapa — Mas, esses seus momentos de ciúmes são tão fofos. — suspirou colocando o dedo indicador na boca e logo depois enfiando, lentamente, na intimidade, curvando.

— Madara…

— Palavra errada… — avisou tirando o dedo. Ino reclamou e rebolou.

— Daddy!

O Uchiha sorriu de canto e continuou a fudendo com os dedos, ficando excitado apenas com os gemidos e do jeito que ela mexia contra a sua mão. Quando ele sentiu que Ino estava perto, Madara parou os movimentos outra vez.

— Senta-te de costas para mim — ordenou ajudando Ino a se levantar e a sentar no seu colo. À frente deles, havia um enorme espelho que a Yamanaka insistiu a colocar para tirar fotos para o seu instagram. Ele sorriu de canto ao vê-la notar seu plano. — Vai, princesa… — ele falou suavemente, abrindo as calças e tirando o seu membro das boxers. Ino ficou bem mais acanhada, porém pegou no membro duro e acariciou, brincando com a ponta e direcionou na sua entrada. Ela desceu aos poucos, sentindo as suas paredes sendo esticadas.

— Madara… — ela gemeu corada, evitando olhar para o espelho.

— Abre os olhos, princesa. — Ino o obedeceu extremamente corada, começou a se movimentar de cima para baixo usando os apoios da poltrona enquanto observava os próprios seios pulando, mesmo ainda estando escondidos pela camisola. Os movimentos eram lentos e prazerosos, mas, do nada, Madara a pegou e a colocou no chão de joelhos. Ino reclamou de imediato, balançando a bunda para ele.

— Daddy!

Madara a ficou vendo implorar, com um sorriso provocativo nos lábios.

— Por favor!

Ele se aproximou, tocando no rosto dela com as pontas dos dedos e olhando intensamente nos olhos azuis claros.

— Daddy, me fode, por favor… 

Sorriu vitorioso e se colocou de joelhos atrás dela, pegando no suado cabelo ondulado e puxando, provocando um suspiro prazeroso dela. Pouco a pouco, para provocá-la, ele voltou a fudê-la aumentando a velocidade à medida que os gritos de prazer pairavam pela casa.

Obito e Hinata, que se arrumavam no banheiro trancado, ouviram os ecos dos gemidos altos e olharam um para outro com nojo.

— Vamos embora antes que fique pior, pelo amor de deus — falou o moreno guardando a calcinha de renda branca da noiva no bolso do casaco, acabando por levar um tapa da noiva.


Notas Finais


Obrigada Buuh pela betagem e Jackie pela capa! ♥


D é de Daddy:
Daddy Kink é um fetiche, em que existe o daddy/mommy e o babygirl/boy. Daddy é o ativo e o que mima, dá ordens e/ou punições. Não está relacionado com incesto e nem pedofilia.


Link com a lista: https://www.spiritfanfiction.com/listas/-meu-alfabeto-5915645


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...