1. Spirit Fanfics >
  2. Princípios da magia. Eremika; >
  3. "Ohos verdes e.. cabelo castanho?"

História Princípios da magia. Eremika; - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura. ❤

Capítulo 4 - "Ohos verdes e.. cabelo castanho?"


Fanfic / Fanfiction Princípios da magia. Eremika; - Capítulo 4 - "Ohos verdes e.. cabelo castanho?"

A loira chegou até uma pequena chácara, depois de algumas horas de viagem, ter passado por inúmeros perigos e cansado muito, muito mesmo. 

- Mayu, sou eu! - A Ral gritou, estava quase sem magia.

Bateu na porta exatamente três vezes e aguardou um tempo, até vê-la ser aberta por uma jovem, cabelos pretos longos, olhos também pretos e um corpo escultural, além de uma cicatriz no canto da bochecha. Ela se inclinou um pouco e apertou os olhos, encarando Petra por alguns segundos. 

- Um minuto. - Entrou por cerca de cinco segundos, até voltar correndo com um óculos preto redondo, colocando-o no próprio rosto. - Perdão, eu tenho miop- 

Os olhos negros e intensos da feiticeira se arregalaram em surpresa.

- Achei que não fosse me reconhecer. - A diretora cruzou os braços e sorriu levemente.

- Peetra! - Como uma criança, ela se jogou nos braços da loira, a abraçando fortemente, mas mal deu tempo para que a moça processasse a informação, já foi a empurrando para dentro da chácara e fechando a porta.

- Então, Mayu.. - A Ral aconchegou-se na poltrona macia que havia ali, era um espaço pequeno, mas ao mesmo tempo bem limpo, delicado  decorado.

- Problemas com ele de novo, não é? - Mayura sentou em frente a amiga.

Petra concordou com a cabeça, abaixando-a em seguida, sentindo-se a maior das decepções.- A professia está próxima, eu sinto isso. 

- Não há como segurá-los, minha amiga. - Tateou a mesa de centro até achar um livro com capa preta e detalhes em dourado. 

- Mayura, você... - Petra arregalou os olhos, encarando a jovem.

- Preciso fazer meu trabalho como antiga estrela gêmea, não? - Passou a mão pálida e cheia de anéis e amuletos na capa do livro, os olhos negros lacrimejaram. 

- Pare, você morrerá se fizer isso! - A Ral tentou intervir de alguma forma, mas a mulher abriu o livro e feriu a própria mão, passando o sangue brilhante na página.

- O meu novo eu vai resolver tudo, tenho certeza. - O corpo de Mayura começou a se desintegrar pouco a pouco, e ela levantou com pressa, trazendo consigo algo que parecia ser um pano vermelho. - Esse cachecol é a chave! 

A loira estava chorosa, havia se lembrado de que Mayu' podia ver o futuro, a ação repentina foi provavelmente para evitar algo grande no futuro, ou talvez aliviar a situação, os tempos ficariam mais complicados dali pra frente.

;

Mikasa levantou da cama rápido, estava ofegante e com os olhos arregalados.

A lua estava brilhante, eram exatamente meia noite. Os pés pisaram no chão frio, os olhos da Ackerman estavam sem brilho, como se estivesse sendo controlada por algo, ou alguém.

Perdeu totalmente a consciência, não sabia pra onde estava indo ou o que estava fazendo.

A cada passo sentia seu coração se acelerar mais, as mão tremulas, respiração desregulada e frio na barriga eram as únicas coisas que Mikasa ainda controlava.

Foram dez minutos de caminhada até chegar ao limite da barreira, pôs a mão sobre ela, se sentindo ser impedida. A barreira era especificamente para nem Mikasa e nem Eren passarem por ela, mas à este ponto, o poder que a jovem exalava era imenso, à ponto de a fazer chutar  com força e abrir um buraco , fazendo toda a magia que cercava o local se enfraquecer de imediato.

Ela atravessou a floresta como se não fosse nada, mesmo com os pés descalços, até chegou a pisar em galhos e se ferir.

A Ackerman colocou a mão sobre  a madeira da árvore, e sentiu uma certa energia ser depositada na palma da mão, era uma outra interrupção, o local estava muito bem protegido.

Porém, à este ponto, literalmente nada poderia romper a conexão do casal denominado como estrelas gêmeas.

Começou a descer as escadas, a cada passo mais e mais encantamentos eram quebrados, e, por alguma causa, os olhos de Mikasa começaram a lacrimejar.

Ao chegar no final da escada, ela suspirou, finalmente retomando sua consciência, e arregalou os olhos, tentando entender o que havia feito, e como diabos foi parar ali.

- Eu esperei tanto tempo pra' te ver. - A Ackerman viu uma criança sair das sombras, ela tinha olhos verdes e cabelos castanhos.

Mas..

Calma..

Olhos verdes e.. cabelo castanho?

Os olhos de Mikasa se arregalaram, e ela quase caiu para trás.



Notas Finais


Deixei esse cap meio no ar, quero ver as teorias de vocêss 👀


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...