História Prisão - Capítulo 66


Escrita por:

Postado
Categorias Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)
Personagens Annie Leonhardt, Connie Springer, Eren Jaeger, Jean Kirschtein, Levi Ackerman "Rivaille", Reiner Braun
Tags Baby, Ereri, Ereri Forever, Fuga, Lemon, Mpreg, Prisão, Prison, Prison Break, Shingeki No Kyojin, Tia Fu, Yaoi
Visualizações 112
Palavras 1.738
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shonen-Ai, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 66 - Quero que você seja...


Fanfic / Fanfiction Prisão - Capítulo 66 - Quero que você seja...

Ricardo- Bom... estão prontos?

Eren e Levi engoliram seco, mas afirmaram com as cabeças. Ricardo ligou a máquina perto de Levi, levou um pequeno fio até ele e o colocou em sua barriga. Depois colocou em seus próprios ouvidos algo parecido com um fone, fechou os olhos e ficou vários minutos em silêncio mexendo o aparelho pra lá e pra cá sob a barriga de Levi.

Eren-... R-Ricardo... e-e então?

Ainda sério, Ricardo retirou os fones, puxou o fio do fone da máquina fazendo ele se soltar e apertou um pequeno botão na lateral... em questão de segundos, o som de um coraçãozinho batendo ecoou pelo quarto.

Eren-...!!!

Levi-...!!!

Finalmente um sorriso surgiu no rosto de Ricardo.

Ricardo-... Não se preocupem... ele está bem. Definitivamente um guerreiro.

Levi parecia em choque, Eren já estava com um Rio nos olhos, caiu de joelhos no chão já que suas pernas falharam e começou a chorar... chorar de felicidade.

Eren- OBRIGADO! MEU DEUS, MUITO OBRIGADO!

Levi parecia nem ter acreditado, ele olhou para baixo e viu sua barriga ainda lisa, uma de suas mãos foi sozinha até ela e a outra em sua boca, abafando seus soluços junto com as lágrimas.

Eren- Levi! Ele tá vivo! - Correu até ele e o abraçou. - Obrigado... muito obrigado...

Ricardo deu um pequeno sorriso vendo a felicidade dos dois.

Ricardo- Vocês vão ter mais cuidado agora?

Eren- Sim. SIM! Todo o cuidado do mundo! Não saio mais de perto dele!

Ricardo- Também sem exageros... Levi, vou te dar uma medicação agora, você vai ficar um pouco fraco mas é normal. Tá? Não precisa ficar assustado.

Eren- Ele tem que ficar aqui?

Ricardo-... por mais um tempinho... mas você pode levar ele até o pátio agora, seria bom ele respirar um ar puro depois desse susto.

Ricardo ficou de pé para pegar a medicação, Eren foi até ele antes disso.

Eren- Rick... você... tem mesmo CERTEZA... que está tudo bem? Não foi erro na máquina ou só um som qualquer... meu filho está mesmo... vivo...?

Ricardo- Não é engano, você acabou de ouvir o coraçãozinho dele. Ou dela, não sei o que é ainda, né...

Foi uma "piadinha" mas Eren nem riu, seus olhos voltaram a se encher de lágrimas e ele abraçou Ricardo.

Eren- Obrigado... obrigado...

Ricardo-... sem problema, Eren.

Charlie encarou Eren como se dissesse "LARGA MEU BOY" mas ficou calado, depois que Eren soltou Ricardo e ele pôde dar os remédios para Levi, também ganhou um abraço dele.

Levi-... não existe pessoa melhor do que você...

Ricardo-... o-obrigado

Foi em questão de segundos, Levi foi ficando menos sorridente e mais sonolento.

Eren-... Lev-

Ricardo- São os remédios, Eren. Eu disse... ele não vai chegar a dormir, só vai ficar um pouco cansado. Pode levá-lo ao pátio agora.

Eren- T-Tá... obrigado de novo.

Charlie-... eu levo vocês lá.

Eren- Tá, obrigado tandem. - Disse indo pegar Levi.

 

.

 

Todos estavam no pátio, o dia estava bastante nublado então todos estavam usando roupas quentes, Annie e os outros sentados em uma das mesas calados sem desviar o olhar de um ponto fixo. Annie sentada com a cabeça deitada sob os braços, Jean sentado olhando pros joelhos, Connie sentado em cima da mesa, Reiner sentado de costas pra eles olhando pro chão.

Annie-...

Jean-...

Connie-...

Reiner-...

Jean-...

Connie-...

Annie-...

Reiner-...

Connie-...

Annie-...

Jean-...

Reiner-...

Jean- DÁ PRA ALGUÉM FALAR ALGUMA COISA?!

Annie-... acho que o plano não vai acontecer tão rápido quanto imaginamos...

Jean-... sim, Eren deve passar o dia inteiro na enfermaria com Levi, mas eu não sei se iam querer que a gente adiantasse tudo.

Connie- Um de nós até poderia ir visitar eles na enfermaria e perguntar.

Annie- Acho que eu posso ir... eu também tô muito preocupada com o Levi.

Jean- Eu também, quero saber como ele está.

Connie- Eu nem vou fugir mas eu também quero saber detalhes.

Reiner-...

Annie-... Reiner...

Reiner-...

Annie-... Você voltou esquisito desde que Levi teve esse problema... 

Reiner-...

Jean-... aconteceu algo com vocês?

Reiner-...

Annie- Você quer que a gente-

Connie- Gente! Olha!

Annie e Jean olharam para trás onde Connie apontava, Reiner não, continuou quieto olhando para a grama.

Os 3 viram, saindo da porta do prédio, Charlie e logo atrás dele, Eren vindo com Levi em seus braços.

Annie- Hã?! Levi?!

Reiner-...!

Jean- Eu achei que ele ia passar o dia na enfermaria!

Connie- Pq o Eren está carregando ele?

Annie-... eu não sei...

Reiner-...

 

.

 

Charlie- Abre o portão, Ted.

Ted- Ue, o Ackerman aqui? Achei que ele tava "doente"

Charlie- Ricardo disse que faria bem ele ficar aqui ao ar livre por um tempo.

Ted- Hm, daqui a pouco tá fingindo, só pra ter algum tratamento melhor que os outr-

Todos... TODOS os detentos dentro do pátio, olharam para eles quando Charlte agarrou Ted pela camisa e o pressionou na grade fazendo um barulho enorme.

Charlie- Abra essa merda dessa porta... Agora.

Ted-...

Eren continuou os olhando sem esboçar reação, Levi ouvia tudo mas seus olhos não estavam abertos, estava um pouco "Mole/Fraco" por causa dos remédios.

Ted engoliu seco e destrancou o portão, Charlie o soltou e olhou pra Eren.

Charlie-... pode entrar.

Eren-... Arigato...

Nenhum dos detentos tirou os olhos de Eren e Levi quando eles entraram, Eren não ligou pra eles, só foi caminhando calmamente até a mesa onde seus amigos estavam. Os 3 olhando pros dois com cara de "NÃO DEVIAM ESTAR NA ENFERMARIA?!", Reiner era o único sentado de costas olhando pro nada.

Annie-... L-Levi! - Quase gritou, chegando para o lado para Eren poder sentar com Levi.

Eren primeiro colocou Levi no banco e lhe deu um beijo no rosto, depois sentou do seu lado.

Annie-... E-Eren... e-e então?

Connie- Tá tudo bem?

Jean- Vai ficar tudo bem?

Reiner continuava sentado de costas para todos, mas ouvindo tudo, afinal... também queria saber.

Eren olhou nos olhos dos 3 e deu um sorriso.

Eren-... Levi não o perdeu... ele está bem.

Annie-... YOKAT-

Eren- NÃO!!! - Impediu ela de esmagar Levi em um abraço. - Não não não... ele tá meio fraco por causa dos remédios, ele só veio aqui fora tomar um ar, não esmaga ele pelo amor de Deus.

Annie- Ah... mesmo assim, yokatta... 

Connie- Então o bebê não morreu?

Jean- Definitivamente um Ackerman.

Eren- Eu sou uma piada pra você?

Jean- Ó se é...

Connie- Mas gente... como que começou tudo isso? Levi, o que você fez pra isso acontecer?

Ficou um silêncio ali, Levi olhou para Reiner de costas.

Levi-... eu... eu só ca-

Reiner- Eu não cuidei dele como devia... foi isso que aconteceu.

Todos-........ p-pera, o que?

Eren-...

Levi-... Reiner...

Reiner- Não... não mente... se for pra contar, então conta verdade, que foi por minha culpa que isso aconteceu.

Levi- Reiner, não foi por sua culpa! Eu caí em cima de você, você não tem culpa de nada.

Reiner- Ah Não? Era eu que tinha que ter cuidado de você lá, mas quem cuidou de quem lá? Você! Eu que te arrastei para aquele lugar e acabei te fazendo cair, aí aconteceu isso!

Levi- Reiner, foi você quem caiu primeiro! Como você me fez cair então?

Reiner- Eu te fiz correr até aquele lugar! 

Ninguém ali tava entendendo CARALHO nenhum! Eren só sabia que Levi caiu em cima de Reiner, nada mais.

Levi não respondeu Reiner, ao invés disso, ficou de pé.

Eren- L-Levi! Você não pode-

Levi- Se me segurar eu quebro o seu braço.

*.... eoem...*

Eren tremeu com isso, hesitou um pouco mas largou a blusa dele.

Levi caminhou até o outro lado da mesa em uma velocidade relativamente pequena mas foi.

Levi-... Reiner... olha pra mim.

Levi estava bem na frente dele, mas Reiner não olhava pra outro lugar que não fosse o chão.

Levi-... Reiner!

Reiner-...

Levi respirou fundo pra não sentar a bica na cara dele, os outros lá trás olhavam calados sem entender porra nenhuma.

Levi- Se não quer olhar então não olha, mas você vai me ouvir!

Jean-... taporra...

Annie- Shh! - Calou a boca dele querendo ouvir.

Eren-...

Levi-... Se você acha que tem culpa aqui, recrie na sua cabeça oca os passos que nós dois fizemos... nós ouvimos os guardas chegando e qual foi a sua primeira reação?

Reiner-...

Levi- ME levar para um lugar seguro! Você agarrou meu braço e saiu me puxando atrás de você! Você viu uma porta e achou que era uma saída ou um lugar pra se esconder, você a abriu e entrou, não estava mais me segurando, então não foi você que me arrastou lá pra dentro, eu entrei pq não consegui parar a tempo!

Reiner-...

Levi- E Você se culpa porque eu caí em cima de você... isso só fez com que uma pequena parte da minha placenta se soltasse.

Reiner- "Só"...

Levi- É Reiner! Só! Pq se eu tivesse caído em cima de tudo que você caiu eu não teria nenhum filho agora! 

Reiner-...

Levi- Pode não querer enxergar mas você me salvou... você salvou meu filho da morte mesmo que não queira acreditar nisso...

Reiner-...

Levi-... você não teve culpa de nada... eu fui inteiramente e único culpado de tudo...

Reiner-...

Reiner continuou olhando pro chão mas agora tinha uma expressão de "surpresa", ninguém atrás deles disse nada. Levi segurou a mão de Reiner e a ergueu até que ela tocasse em seu ventre.

Levi-... meu filho está bem... 

Reiner-...

Levi-... graças a você... seu afilhado está vivo.

Agora Reiner olhou, impossível não olhar. Assim que seus olhos viram o rosto de Levi, viu o sorriso no rosto dele.

Levi-... Eu nem falei isso com Eren mas não importa... eu que decidi isso.

Eren- Ah tá...

Levi-... Reiner...

Reiner-...

Levi-... Quero que seja o padrinho do meu filho...

Duas certezas que todo mundo ali achou que nunca ia ver na vida, Reiner com medo de Ratos... e Reiner começar a chorar.

Reiner-... L-Levi... - Os olhos já transbordando de lágrimas - ... v-você... tem certeza?

Levi-... é claro.

Um bom tempo em silêncio, quando Reiner finalmente entendeu que não era brincadeira, ele parou de segurar as lágrimas, as deixou cair e abraçou Levi, como ainda estava sentado e já que Levi não é tão alto, Reiner conseguiu ouvir baixos sons dentro da barriga dele.

Reiner- ...  snif... Levi... a-arigato...

Levi voltou a sorrir e abraçou com gentileza o rosto de Reiner enquanto ele ainda ouvia o bebê dentro dele.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...