História Prisioneira - Kim Taehyung - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Kim Taehyung, Prisioneira
Visualizações 133
Palavras 966
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa noite.
Voltei
Estou reescrevendo a história.
Espero que gostem.

Capítulo 1 - Capítulo 1



   


Meus dias são todos iguais parecem que não tem fim, às horas não passam, fui sequestrada por homens que nem mesmo conheço, vivo na esperança que eles me deixem voltar para casa, esperança inválida, dizem para mim que nunca poderam me deixar sair, que eu nunca poderei fugir daqui. Eu choro a cada momento, sinto saudades de casa, da minha família, da minha amiga há qual dividia apartamento, já se fazem três  dias que estou aqui de acordo com minhas contas, estava indo para o meu trabalho quando fui sequestrada, tudo ficou escuro e aqui estou eu, sem saber onde estou, ou oque vai acontecer comigo. Todas às manhãs um garoto vem  me buscar para que eu possa me alimentar, é tudo tão estranho, estava feliz a três dias atrás, agora estou sozinha, em uma sela imunda, fria e sem iluminação.


-- Ei garota levanta.  -- Era a hora de me alimentar, e o garoto já estava a minha espera no portão. 

   

Fui levada ao refeitório desse lugar, percorrir o caminho todo calada, por medo do que poderia acontecer comigo. Cheguei ao refeitório e sentei em uma das mesas, sozinha, ninguém naquele local se aproximava de mim, tinha outras garotas, mas elas não falavam comigo, nem se quer me olhavam, logo foram chegando outras garotas e sentando distante. 



-- Será que posso sentar com você? -- Me assusto com a pergunta de uma garota. 

-- Pode sim.  -- Eu não a conhecia, nunca tinha há visto por aqui. 

-- Como se chama? -- Ela sentasse a minha frente. 

-- _______. -- A encaro -- E você? Qual seu nome?

-- Jessy. -- Sorrir, um sorriso meio triste, mas quem pode ser feliz nesse lugar.

-- Como você consegue sorrir em um lugar como esse? -- Me observa, suspirando em seguida. 

-- Você apreende a fingir. -- Responde -- Chegou a pouco tempo? 

-- Sim. -- Forço um sorriso -- Eu não queria estar aqui . 

-- Bom... ninguém queria tenha certeza disso, há não ser a Katherine. --- Mexe em seu cabelo.

-- Quem é Katherine? -- Questiono confusa. 

-- Aquela garota -- Aponta para uma garota loira -- Digamos que ela é a "Favorita" do dono desse lugar. -- Faz aspas com os dedos. 

-- Como assim? -- Não estava entendo.

-- Ela tem um caso com o dono, se pegam, entenda como quiser, pelo menos é oque todas dizem. --- Suspira.

-- Ela tambem é prisioneira? --- Como alguém pode ter um caso com o cara que a sequestrou.

-- Ninguém aqui é prisioneira ______, a não ser você. --- Jessy rir.

-- Você já tentou fugir? -- Eu precisava achar uma forma de sair desse lugar.

-- Não tem como sair daqui, não há formas, nem pense nisso, falo isso pro seu bem. -- O modo como a garota fala me assusta. 

-- Mas.. - Sou cortada. 

-- Mas nada, não tente fazer isso se você tem amor a sua vida. -- Jessy estava temerosa. 

-- Aqui está a comida.  -- O garoto pálido joga a bandeija em cima da mesa. 

-- Onde está a da ______, Yoongi? -- Jessy pergunta ao garoto. 

-- Não sei, só mandaram para você -- O homem me encara. -- Talvez ela não coma hoje. -- Sorrir. 

-- Olá para todos! -- A tal Katherine se aproxima de nós.

-- Não me dirija a palavra. -- Yoongi parecia não gostar muito da garota. 

-- Quem é essa? -- O olhar da mulher para em mim. 

-- É o novo amor do Taehyung. -- Yoongi diz divertido. 

-- O Tae a trouxe? Porque? --- Katherine pareceu não gostar doque Yoongi disse.

-- Se quer tanto saber, vai perguntar para ele.  -- Yoongi responde a garota. 

-- É isso que irei fazer. --- Katherine sai.




[...]



                     P.O.V Katherine


  Eu não estava entendo o porque dessa nova garota está recebendo todos esses cuidados, o Taehyung não é um cara de tratar às pessoas tão bem, ainda mais melhor que ele trata a mim, muito pelo contrário, ele é frio, o Yoongi não tratou a garota com indiferença, e ele é bem puor que o Tae, esses garotos estão tão estranhos. Chego até a sala do Tae, bato na porta, logo escutando um " entre" e assim faço, adentro o local vendo o homem sentado em sua cadeira, coberto por papéis em mãos. 

-- Oh, não Katherine, não tenho tempo para me satisfazer hoje. -- Fala sem nem mesmo me olhar. 

-- Acha que só sirvo para isso? -- Cruzo os braços. 

-- Vai dá uma de santa agora? -- Larga os papéis, enfim me olhando. 

-- Não, até porque não sou. -- Sorrio sincera. 

-- Que bom, porque não tenho tempo a perder com você dando uma de virgem. -- Responde grosso como sempre. 

-- Adoro quando me trata assim. -- Me inclino na mesa -- É excitante! 

-- Garota.. não me provoque. -- Tae suspira pesado. 

-- Quem é _____? -- Vou direto ao ponto vendo a expressão do garoto mudar, ficando sério e logo depois dando um sorriso de canto. 

-- Já a conheceu? -- Sorrir bobo, eu não estou gostando dessa história. 

-- Quem é ela Taehyung? Porque está aqui? Porque é tratada melhor que eu? -- Disparo às perguntas. 

-- Katherine. -- Suspira pesado -- Eu não te devo nenhuma satisfação.

-- Mas ... - Sou cortada. 

-- Mas nada, não te devo nenhuma satisfação, você somente trabalha pra mim, agora saia. -- Aponta para a porta. 

-- Tae ... --- Sou cortada mais uma vez.

-- SAIA! -- Ele grita me assustando, faço como o mesmo mandou saindo de sua sala. 

Porém para ao lado de fora do corredor, ouvindo ele falar com alguém ao telefone.

-- Jimin, traga a _____ até a minha sala.


Notas Finais


Gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...