História PRISIONEIRO (Jikook) - Capítulo 23


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, Teen Angels
Personagens Jackson, Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lali Espósito, Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Jikook, Jikook!flex, Jimin!seme, Jimin!uke, Jungkook!seme, Jungkook!uke
Visualizações 959
Palavras 1.700
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Lemon, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem os erros e boa leitura.

Capítulo 23 - Capítulo 22


JIMIN ON

Após terminar aquele trabalho gigante, vi que já havia anoitecido. Decido ir até o banheiro para tomar um banho. Depois que eu termino o meu banho volto para a minha cama quentinha afim de dormir um pouco, mas isso não foi possível graças a jungkook que apareceu do nada na porta do meu quarto e ainda ficou me encarando com o maxilar trincado e os com os braços cruzados.

– o que foi? - pergunto a ele me sentando na cama.

– não acredito que esqueceu - ele diz logo adentrando o meu quarto sem permissão e se senta na minha cama ao meu lado.

– esqueci o que? - volto a me deitar e fico de bruços abraçando meu travesseiro.

– que eu ia te levar em um lugar hoje - jungkook diz sério, me analisando.

– mas eu tô com tanto sono, não pode ser outro dia não? - pergunto na esperança dele ir embora e eu poder dormir.

– não, levanta dessa cama rápido anda - ditou em uma ordem dando em seguida um tapa estalado na minha bunda, e eu arregalo os olhos pela surpresa e a ardência no local - não me olhe assim, já fizemos coisas bem piores, e você nessa posição não ajuda muito.

– desde quando você ficou assim? - digo me levantando da cama e ficando em pé, dou uma leve massageada na minha bunda dolorida.

– assim como? - jungkook arquea a sombrancelha.

– assim safado, antes você vivia me ameaçando de morte e agora fica me assediando na cara de pau - falo bravo por causa de sua ação de agora a pouco.

– safado eu sempre fui, e agora que já fodemos posso ter mais liberdade com você - jungkook sorri ladino e eu revirei os olhos. Idiota.

– e quem te deu essa liberdade toda? - cruzo os braços e o olho bravo.

– eu mesmo, e não me olha assim não porque sei que no fundo você gosta - ele se aproxima de minha pessoa com um sorrisinho cafajeste nos lábios - você não pode negar que gostou quando eu te fodia forte e fundo - ele se aproxima mais ainda e eu me afasto, porém não durou muito já que bati as minhas costas na parede, ficando sem ter para onde ir - sabe jimin, quando você gemia meu nome era como uma melodia para meus ouvidos - ele fica em minha frente e poe suas mãos na minha cintura, apertando ali - mal posso esperar pra te sentir de novo - ele começa a beijar meu pescoço e eu me arrepio ficando praticamente paralisado em sua frente.

(Será que ele ta drogado ou algo do tipo? Ainda não to acreditando na audácia desse filho da mãe.)

– jimin você pode me emprestar o seu carregador? O meu ta.. - tae fala ao entrar no meu quarto e para de falar assim que nos avista. No começo ele apenas arregala os olhos surpreso, mas logo a feição em seu rosto se torna em um sorriso malicioso - oh desculpe atrapalhar.

(Mal o tae sabe que ele me salvou, eu não sei se conseguiria resistir às tentações de jungkook.)

– cla-claro que não - digo todo atrapalhado saindo de perto de jungkook e pegando meu carregador na cômoda - toma - o entrego meu carregador - nossa tá quente aqui né? - dou um sorriso sem graça e saio do meu quarto apressado, quase correndo.

Vou até o banheiro que tem no corredor e me tranco nele. Ao me olhar no espelho vejo que o meu rosto estava completamente vermelho - de vergonha suponho -.

(Que raiva do jungkook, ele sempre me deixa em situações embaraçosas e eu nunca sei como agir.)

Depois de lavar o meu rosto saio do banheiro e volto para o meu quarto, e para a minha tristeza jungkook ainda estava lá.

– não faça mais isso! - o repreendo sem encara-lo - você querer se tornar meu amigo tudo bem, mas não me faça mais ficar em situações embaraçosas desse jeito Jeon.

– tudo bem, me desculpe - ele levanta a mão em rendimento, não demorou para o mesmo vir até mim e levar sua mão ao meu rosto levantando meu queixo para eu poder encara-lo - é que desde que "ficamos" eu não consigo pensar em outra pessoa que não seja você, mas não vamos falar sobre isso agora, vem - ele pega minha mão me puxando para fora do quarto - ainda quero te levar em um lugar - assenti mesmo estando sem vontade.

(Se ele soubesse que passo pelo mesmo que ele.)

Entramos em seu carro e ele começou a dirigir, passamos por vários lugares onde alguns eu já conhecia e outros não. Derrepente ele para em um lugar que parecia ser um parque antigo, pois havia vários brinquedos desgastados pelo local.

– que lugar é esse? - pergunto ao sair do carro.

– aqui é onde a gente vinha quando éramos pequenos - jungkook caminha pelo local e eu apenas o sigo - quando os seus pais começavam a brigar eu sempre te trazia aqui. Está vendo pra aquele poço ali - ele aponta para um poço no meio do parque e eu apenas assenti - eu te falava que ele era mágico e realizava desejos, e toda vez que você fazia um desejo para o poço, eu te pedia para você me contar, assim eu poderia realizar todos os seus desejos.

(Vou admitir que isso foi fofo)

– e o que eu costumava pedir? - pergunto curioso.

– nada demais, as vezes você pedia por algum brinquedo que viu em alguma loja, e em outras vezes você pedia por doces, muita das vezes era chocolate - ele sorri mostrando seus dentinhos de coelho.

– isso foi bem legal da sua parte - sorrio envergonhado - então acho que devo retribuir certo? - ele concordou - mas como você foi mau comigo eu apenas vou deixar você ter um desejo, mas nada que envolva sexo - o aviso - e então o que vai querer?

– vejamos - ele parecia pensar - acho que vou querer um beijo - engulo seco, eu não havia pensado que ele poderia pedir isso - e tem que ser com lingua, afinal gastei um monte de dinheiro com você.

– pra alguém que é rico acho que não faz falta - digo dando de ombros.

– mas antigamente fazia, você que não sabe como eu fiquei triste quando fui comprar o boneco novo do homem de ferro e faltava dinheiro, e pra piorar era a semana de lançamento. Eu só pude compra-lo depois que já havia saido a outra versão dele - jungkook diz como se aquilo fosse a coisa mais triste do mundo - fiquei triste por 2 meses - dramático.

– pare de ser tão dramático - ele se aproxima de mim colocando sua destra em minha nuca e a canhota na minha cintura - você parece uma criança desse jeito e também... - ele me cala com um beijo.

O beijo era calmo mas cheio de sentimentos, coloco minha mão em sua nuca e puxo de leve os seus cabelos negros, já com a outra mão faço um carinho de leve em sua bochecha. Depois de ficarmos minutos ali nos beijando, ficamos com falta de ar e nos separamos.

JUNGKOOK ON

(Não sei o que esta acontecendo comigo em relação a jimin, tudo o que eu mais quero é poder beija-lo e cuidar dele, e é algo que eu não posso evitar.)

– posso repetir o pedido? - digo e jimin bate de leve no meu braço - o que? foi ruim?

– não... quero dizer - ele começa a ficar vermelho de vergonha - para de me fazer ficar assim - ele faz um biquinho e eu lhe roubo um selinho rápido - aish, assim você me faz ficar com vergonha - fala em um tom bravo, mas eu sei que é porque ele está com vergonha.

– certo, desculpa - levanto minhas mãos fingindo me render aos seus xingamentos - fica parado - finjo me espantar.

– o que? Porque ? - jimin me olha assustado temendo ter algo em si.

– tem uma coisa bem aqui - aponto para seus lábios e ele tenta limpar a área em que eu apontei - ainda não saiu, deixa eu te ajudar - o roubo outro selinho.

– JUNGKOOK! - grita ficando mais vermelho ainda e eu começo a rir - porque você está rindo? - ele cruza os braços irritado.

– porque você fica fofo bravo - ele abaixa a cabeça pela timidez, fofo - vem, vou te levar para casa.

Adentramos meu carro e logo começo a dirigir.

– jungkook?

– sim - o respondo sem tirar os olhos da estrada.

– se você não descobrisse que eu era o seu amigo de infância você me mataria?

– claro - o olho pelo retrovisor e ele parecia chateado por minha fala.

– bom saber - ele resmunga focalizando sua atenção na janela e começa a olhar a paisagem que se passava por ali.

– mas sabe, foi até bom ter descobrido porque assim eu tenho a chance de me redimir com você - ele me olha por uns segundos mas logo desvia seu olhar para a janela novamente - já comeu? - mudo de assunto.

– não, mas não estou com fome - ele diz curto e grosso.

– certo, mas vamos comprar algo para você comer, mais tarde você com certeza vai sentir fome - ele apenas assentiu sem me olhar.

Passamos em um supermercado e eu comprei um sanduiche para o jimin e um açai para mim.

(Já fazia muito tempo que eu não comia açai, já que era bem raro ter isso por aqui.)

Depois de 15 minutos chegamos na casa de taehyung.

– xau, obrigado pelo sanduiche - jimin diz saindo do meu carro, fechou a porta do carro e começou a andar até sua casa.

– espera - ele para de andar e me encara - você está bravo comigo?

– não - deu de ombros, porém era notório que ele estava.

– é mesmo? - ele assente - então vem aqui e me de um beijinho se for verdade.

– eu não vou fazer isso, xau jungkook - quando ele foi voltar a andar puxei seu pulso e o beijei novamente.

(Ele pode até tentar negar mas eu sei que ele está atraído por mim igual eu estou por ele.)


Notas Finais


LEIAM MINHAS OUTRAS OBRAS.

MEU HÍBRIDO ALFA: jikook (jk!top)
https://www.spiritfanfiction.com/historia/meu-hibrido-alfa-hiatos-11937959 #Drama #comedia #romance #híbrido


AMIZADE COLORIDA: jikook (jk!top)
https://www.spiritfanfiction.com/historia/amizade-colorida-jikook-13391741 #drama #romance #muitolemon


BE MY ÔMEGA: jikook (jk!top)
https://www.spiritfanfiction.com/historia/be-my-omega-hiatos-13151883 #drama #romance



Até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...