1. Spirit Fanfics >
  2. Prison and Love >
  3. 001

História Prison and Love - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oi amores,fic novaaaa
Escrevi essa fic faz um bom tempo,mas estava muito insegura em postar,por isso,peço por favor que dêem muito amor a ela.

Ela é inspirada na série Prison Break(aliás recomendo muito)
A prisão descrita na fic,é a mesma da série e alguns acontecimentos também são inspirados nos de lá.

Espero que gostem.
Sorry se tiver erros.
Boa leitura!

Capítulo 1 - 001


Fanfic / Fanfiction Prison and Love - Capítulo 1 - 001

Ano passado me prejudicou

Mas eu o superei com você ao meu lado

Ao redor do mundo e voltando

Espero que você esteja esperando no final - There for you,Troye Sivan


— Abaixe a arma e deite no chão!  gritou um policial apontando uma A-80 na direção de Park.


Ele estava em frente ao banco,o qual havia acabado de roubar.Segurando uma bolsa com milhares de dólares,e uma A-80,idêntica à do policial.

Park sentia seu coração bater acelerado no peito,suas veias carregadas de adrenalina,e uma raiva inexplicável de seu pai.

Ele não tinha conhecimento do que acabara de fazer,ele só queria fugir,e a primeira coisa que veio à sua mente ao sair da casa de seus pais,foi assaltar o banco do centro da cidade.

O por quê?Porque com uma ficha suja,ele não poderia mais ser o herdeiro da empresa de seu pai.

Park jogou a arma e a bolsa na direção das viaturas paradas em frente ao banco,e levantou os braços em rendimento,e um policial correu em sua direção,e o algemou.

Você tem o direito de permanecer calado, tudo o que disser poderá ser usado contra você num tribunal. - falou o policial ajudando Jimin a se levantar.

Eles caminharam até uma viatura,e Park entrou na mesma,sendo gravado por várias câmeras de diferentes emissoras de TV,que se encontravam na frente do banco.

A viatura logo começou a andar,na viatura só estava Park e o policial que havia algemado o mesmo,que estava dirigindo.

Durante o trajeto até a delegacia,Jimin pensou no quanto seu pai ficaria furioso e sua mãe decepcionada.E era provável que sua advogada fosse a namorada de seu irmão,já que seu pai a considerava a melhor advogada de Joliet.

Park não queria aquilo.Ele podia muito bem pagar um advogado para si,mas sabia como seu pai era.Ele iria insistir até Jimin concordar.

....

Na delegacia,Park foi levado até uma cela,e ficou por lá durante meia hora,até seu pai chegar.

— Park Jimin!  começou seu pai,quando o policial se retirou,os deixando à sós.  Por quê fez isso?Você é o herdeiro da Park's Warner!Não vai poder trabalhar nela com uma ficha suja!

— Era exatamente isso que eu queria.  disse Park confiante vendo seu pai bufar.

— Filho!  sua mãe entrou no local,e passou sua mão pela grade da cela,acariciando o rosto do mesmo. Por quê fez isso meu filho?  sua mãe parecia preocupada,ela sempre se importou com Jimin diferente de seu pai.

— Ele é um inútil Eunji!  murmurou seu pai furioso.

— Não diga isso Hyeon.Ele é nosso filho. 

— Não mãe,tudo bem.  os olhos de sua mãe estavam cheios de lágrimas.

— Vou tentar impedir que você vá para a prisão,mas não conte comigo para mais nada,me entendeu Park Jimin?  ele assentiu e seu pai saiu do lugar,pisando duro.

— Não ligue para ele meu filho,ele te ama.Agora a mamãe precisa ir,tudo bem?

— Tudo bem mãe,eu te amo.

— Também te amo.  ela disse por fim e saiu,deixando Park sozinho ali,mais uma vez.

Só então ele sentiu medo.Pois se lembrou da prisão.Talvez ele até estivesse arrependido.Como iria sobreviver numa prisão?

Ele respirou fundo e tentou não pensar nisso,não naquele momento.

...

Park acordou com o Sol em seu rosto,que saia de um pequeno buraco com grades.Se levantou da cama dura,e soltou um bocejo.Caminhou até a grade,olhou pelo pequeno corredor e viu um policial vindo em sua direção.

— Sua audiência é hoje Sr.Park.  Jimin arregalou os olhos.Não podia ser. Por que está surpreso?Seu pai é poderoso,Park. disse por fim e saiu do local,fazendo um barulho enorme ao fechar a porta.

O policial estava certo,seu pai estava na lista dos empresários mais poderosos de Illinois.Ele podia muito bem fazer com que sua audiência fosse o mais rápido possível.

— Desgraçado.  sussurrou baixinho,se sentando na cama dura.Passou as mãos pelos seus pulsos,estavam doloridos por conta das algemas.

— Jimin!  escutou uma voz masculina no corredor.Foi até a grade e se deparou com Hyunjae,seu namorado. 

— Amor!Que saudade.  disse olhando fundo nos olhos do mais velho.

— Oi meu anjo.Desculpe não ter vindo ontem,eu estava resolvendo umas coisas na cidade vizinha e...

— Tá tudo bem.Você está aqui agora,não é?

— Por que fez isso meu amor?

— Meu pai Hyunjae.Tivemos outra briga,e eu já estava de saco cheio.  ele soltou um suspiro,e colocou sua mão no rosto macio de Jimin.

— Vai dar tudo certo ok?Eu prometo. Park assentiu.  Agora vou precisar ir,tudo bem?

 Tudo bem.Te vejo na audiência.  ele fez uma última carícia no rosto de Park,e caminhou até a porta,saindo em seguida.

Mais uma vez Park sentiu arrependimento.Se fosse condenado,não iria mais ver Hyunjae.E ele poderia se apaixonar por outra pessoa com Jimin longe.

Park agora estava domado por uma onda de ansiedade.Ele queria sair daquela cela,ir ao tribunal e ver no que resultaria.

Sendo interrompido por passos de salto no corredor,Park olhou para fora.

 Scarlett?  chamou Jimin.

 Park,que droga você fez?  perguntou a mulher de frente para Park,extremamente atraente com uma saia vermelha justa,marcando sua cintura fina e uma camisa social preta,seus cabelos pretos estavam soltos caídos pelos ombros.Mas aos olhos de Park,ela era apenas uma interesseira que adorava se aproveitar de seu irmão. 

 Como pensei,meu pai lhe mandou para ser minha advogada.  olhou para ela com desprezo.

 Só quero lhe ajudar Park,pare de ser chato por um momento.  disse abrindo sua pasta marrom.

 Não me lembro de ter pedido sua ajuda.  ela soltou uma risada baixa.

 Tudo bem.Quer saber?Não estou fazendo isso por você,e sim por seu irmão,que se preocupa com o irmãozinho mais velho.  a mulher literalmente cuspiu as palavras na cara de Jimin,que mantinha sua expressão debochada.Ele sabia que ela nem ligava para seu irmão,que estava fazendo aquilo para não se sujar,não ser mal vista pelo sogro.

 Que se foda.Vamos logo com isso,mas não pense que irei agradecer.  disse por fim,recebendo um sorriso ladino da mulher que logo começou a falar sobre a audiência.

...

  Você ficará em uma prisão de segurança máxima nível 1,a mais próxima é a Penitenciária Estadual Fox River.O senhor ficará preso por 5 anos,poderá solicitar condicional na metade deste tempo.A sentença deverá ser iniciada imediatamente.  disse o juiz por fim,batendo o martelo em seguida.

Ao ouvir as palavras do juiz,tudo ao redor de Park começou a ficar em câmera lenta.Ele não conseguia acreditar.Realmente ele havia sido condenado.

Ainda em câmera lenta,ele viu sua mãe chorando desesperada,seu namorado o olhando com lágrimas nos olhos,e seu irmão chorando enquanto tentava acalmar sua mãe.Já seu pai o olhava com fúria nos olhos.

Quando ele saiu de seu transe,já estava algemado novamente.Scarlett o olhava com pena e pedia desculpa por não ter conseguido o ajudar.

Vários flash batiam no rosto de Park,eram os repórteres.Aquilo com certeza sairia nos jornais,e seu pai teria mais ódio dele por isso,já que "poderia sujar a imagem da empresa".

Park passou pelo tribunal lotado as pressas,sendo levado por dois policiais.Ele nem pode se despedir de sua família ou de seu namorado.

A audiência tinha durado cerca de 3 a 4 horas.

Quando Jimin saiu do tribunal,havia um ônibus lá.

 Esse ônibus irá levar você até Fox River Park.Boa sorte,vai precisar.  disse um dos policiais.

Jimin entrou no ônibus cheio de homens tatuados,que o olhavam com uma expressão nada agradável.

Ele se sentou no fundo do ônibus,onde não havia ninguém.Olhou através da janela e suspirou com medo.

Na sua mente só havia uma pergunta,como era possível ele ir para prisão tão rápido?

Normalmente,o condenado era transferido para prisão em no máximo 12 horas após a sentença do juiz.E Jimin já iria naquele momento.

"Droga!" ,pensou sentindo seu corpo se encher de ansiedade e medo.

Quem poderia ter feito aquilo?Seu pai?Com certeza.Se ele havia conseguido fazer com que a audiência fosse o mais rápido possível,ele poderia muito bem,mandar Jimin para cadeia o mais rápido possível também.

Jimin apenas respirou fundo,o ônibus começou a andar e ele sabia,que estava a caminho de Fox River.

...

O ônibus finalmente parou,Park olhou para fora e viu a penitenciária.Sua respiração acelerou um pouco por conta do medo.

Os prisioneiros começaram a sair do ônibus e Park apenas fez o mesmo.

Todos foram levados para uma sala enorme,dentro da prisão.Lá eles tiraram a roupa e ficaram somente de cueca,passaram por um detector e tomaram um banho rápido.Colocaram o uniforme do presídio,que era uma camisa de manga comprida branca com uma calça e uma blusa sem manga azul claro.

Depois tiveram que dizer se tinham alguma doença,alergia e coisas do tipo.Park apenas disse que tomava um antidepressivo,e o policial anotou o nome.

Por fim,cada um pegou uma cesta com itens de higiene,2 trocas de roupa e fotos que eles permitiam levar se você tivesse com alguma no momento.Park tinha uma foto em sua carteira com Hyunjae e foi essa que ele levou.Então,se dirigiram ao local das celas.

Adentraram o lugar,sendo recebidos por gritos,uma verdadeira farra.

Era um lugar grande com 3 andares em cada lado,todos com inúmeras celas.

Os agentes então,indicaram a cada um sua devida cela.A de Jimin era a cela 124,localizada no 2° andar do lado direito,bem no centro.

Ele entrou na cela receoso,e deu uma olhada em tudo.Foi quando a barulheira parou,os agentes saíram e só se ouviam pessoas conversando.

A cela de Jimin era como qualquer outra,uma beliche,uma pia pequena de inox e um vaso também de inox.

Ele olhou para a parte de cima da beliche,parecia ter alguém já que estava um pouco bagunçada.

Então ele começou a organizar suas coisas.Deixou os itens de higiene e as trocas de roupa na própria cesta e a colocou em baixo da cama.Pegou sua foto,a encarou um pouco e deixou em baixo de seu travesseiro.

— Ah,olá. — Park deu um pequeno pulo por conta do susto e olhou para o homem,ele estava sorrindo.Tinha cabelos negros,e era um pouco mais alto que Jimin. — Você deve ser meu novo companheiro de cela.Prazer,sou Hoseok.

— Prazer,sou Jimin. — ele tentou forçar um sorriso,mas estava muito assustado.

— Primeira vez na prisão,não é? — Park assentiu. — Fique tranquilo,aqui é bacana. 

— Hoseok. — outro homem entrou na cela,tomando a atenção de Park toda para si.

Era um homem alto,cabelos castanhos,lábios finos e bem vermelhos,e um tanto...sexy.

Park se sentiu totalmente atraído por ele.

"Puta que pariu,que deus grego",pensou Jimin.

— O que quer? — indagou Hoseok com uma expressão séria.

— Ah,espera.Já falo com você Hoseok.— disse o outro olhando para Jimin. — Quem é você gatinho? — perguntou molhando os lábios finos com a língua.

— Jimin,sou...novato.— respondeu Park meio encabulado.

— Prazer gatinho,sou Jeon Jungkook.


Notas Finais


E aí?O que acharam?
Não deixem de favoritar e comentar,por favor,isso me incentiva muito a continuar
Espero que tenham gostadooo 💕
Beijuss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...